Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 2 de abril de 2020

02/04/2020 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Desentendimento de casal vira caso Polícia em Pitanga.


No dia 01 de março de 2020, a equipe policial de serviço atendeu uma situação de violência doméstica onde uma mulher teria sido agredida por seu amásio. No local, feito contato com a vítima, o autor já tinha se evadido, efetuado patrulhamento e o mesmo não foi localizado. A vítima foi orientada quanto a demais medidas cabíveis.


Fonte: Polícia Militar.


Homem é preso por porte ilegal de arma de fogo e por possível adulteração de sinal identificador de sua moto em Nova Tebas.


No dia 01 de abril de 2020, quando em patrulhamento, a equipe policial visualizou uma motocicleta de cor preta vindo em alta velocidade. A equipe abordou o veículo e em revista pessoal ao condutor, foi localizado em sua cintura um revolver cal. 32, marca taurus, com capacidade para 06 tiros, contendo 05 munições intactas.  O abordado relatou que não possuía documentação da arma.  Em consulta operacional no sistema, a motocicleta constou cor azul, no entanto a mesma ostenta a cor predominante preta.  Em consoante aos fatos foi dada voz de prisão ao abordado, pelos crimes de porte irregular de arma de fogo, bem como adulteração de sinal identificador de veículo automotor, qual foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Manoel Ribas para as demais providências cabíveis.


Fonte: Polícia Militar.


Dois bois são furtados de propriedade de Pitanga totalizando quase 200 KG de carne.



No dia 01 de abril de 2020 o solicitante compareceu até a sede da 3ª cia relatando que foram furtados dois bois (200 kg cada um aproximadamente) de sua propriedade. Orientado a vítima quanto a demais medidas cabíveis.

Fonte: Polícia Militar.


Indivíduo é encaminhado à delegacia de Manoel Ribas por porte ilegal de arma de fogo encontrada no porta luvas do veículo o qual o mesmo ocupava.



No dia 01 de abril de 2020 a equipe de serviço estava em patrulhamento e abordou um veículo. Em busca veicular foi encontrado no porta-luvas uma arma de fogo do tipo revolver da marca Rossi municiado com 06 cartuchos intactos. O condutor do automóvel disse aos policiais que utilizava a arma para sua segurança. Diante do exposto o autor e arma de fogo foram encaminhados até a delegacia de Polícia Civil de Manoel Ribas para demais providências cabíveis.

Fonte: Polícia Militar.


Motorista de aplicativo é sequestrado durante corrida e passa por momentos de terror.


Um motorista de aplicativo, de aproximadamente 25 anos, passou por momentos de terror durante o início da manhã desta quinta-feira (2). Ele foi chamado para uma corrida em frente a unidade de Pronto Atendimento 24 Horas de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, e acabou sendo vítima de um sequestro relâmpago.

“Eles embarcaram no carro e falaram que eu tinha que seguir para o bairro Barreirinha. Começaram a falar para eu fazer determinado trajeto e percebi que tinha alguma coisa estranha. Em determinado momento, falaram para eu ir mais devagar, perguntaram se o carro tinha rastreador, pegaram dinheiro e tudo mais”, descreveu o motorista à Banda B.

De acordo com o motorista, os assaltantes fugiram com o carro dele, um Nissan Sentra placas BBG-7564. “Me pararam em um mato e me abandonaram. Falavam para eu obedecer que nada de mau aconteceria. Foram momentos complicados”, afirmou.

A Delegacia de Almirante Tamandaré investiga o caso.

Fonte: Banda B.



Menino chama a polícia enquanto mãe e padrasto trocavam agressões.


A Polícia Militar foi acionada na noite de ontem (1°) até um imóvel em Corbélia por conta de uma confusão entre um casal.

O chamado foi feito por uma mulher que estaria escutando o choro de uma criança e depois por um menino que residia no imóvel.

Chegando ao local os policiais localizaram um homem bastante alterado com alguns ferimentos que desobedeceu a ordem de abordagem e precisou ser contido.

Durante o atendimento, a esposa dele também saiu do imóvel e tentou atrapalhar o trabalho policial.

O filho da mulher que é enteado do homem preso, afirmou que o casal briga com frequência e que ele tem outros dois irmãos, um de três anos e outros de apenas nove meses de idade.

O casal foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

O Conselho Tutelar foi mobilizado para acompanhar a situação dos menores.

Fonte: CGN.



Ladrão que tentava roubar idoso é detido por populares.


No início da tarde de quarta-feira (01) um homem idoso estava dentro de seu carro em frente a um supermercado na área central de Francisco Beltrão, aguardando seu neto que havia entrado no estabelecimento para fazer algumas compras.

Um rapaz desconhecido chegou até ele e pediu dinheiro e quando ele foi pegar, o rapaz roubou sua carteira.

Alguns populares que presenciaram a situação ajudaram o idoso e acabaram segurando o autor do roubo até a chegada a Polícia Militar.

Com o autor foi recuperado a carteira e R$ 100,00 em dinheiro que ele já havia pegado.

O detido foi encaminhado para a 19ª SDP.

Fonte: PP News.



MATÉRIAS SOBRE COVID-19

TUDO  NO BLOG DO BETO SOBRE O CORONA VÍRUS.


COVID-19



Vereadores beltronenses decidem doar 50% dos subsídios para ações do município.


Desde que a pandemia do coronavírus chegou ao Brasil, e especificamente ao Sudoeste do Paraná, os vereadores de Francisco Beltrão estão adotando medidas de prevenção e realmente estão preocupados com a saúde da população beltronense.

Neste sentindo, os legisladores suspenderam as sessões ordinárias presenciais e continuam discutindo alternativas de auxiliar o município, com medidas que beneficiam a população. Como forma de ajudar o Poder Público no aumento de medidas de prevenção ao coronavírus, os vereadores beltronenses vão doar o equivalente a 50% dos próprios subsídios, nos próximos dois meses de abril e maio.


Além disso, o Poder Legislativo abdicará de receber três meses do duodécimo (abril, maio e junho), para a manutenção da Câmara

O recurso economizado será revertido para as ações que estão em andamento na área da saúde e assistência social, e caberá ao Legislativo a fiscalização da aplicação dos recursos disponibilizados. Nos próximos dias, outras medidas serão divulgadas pelo Legislativo.

Fonte: Portal RBJ.


Amperense de 45 anos morre em São Paulo vítima de coronavírus.


A família Oenning de Ampére confirmou na manhã desta quinta-feira (02) ao jornalista Julio Cesar Alves (Rádio Ampére e Interativa FM), o falecimento de Edson Oenning, 45. Ele morava na cidade de São Paulo e estava internado em um hospital da capital paulista há seis dias com coronavírus.

No começo desta manhã ele teve uma parada cardíaca e entrou em óbito. Informações apuradas com familiares, Edson estava internado na UTI do Hospital da Luz e o teste ao convid-19 foi confirmado por exame, segundo a família.

Fonte: CGN.



Com 26 confirmações, Londrina é o 2º município do Paraná com maior número de casos de covid-19.


Depois de Curitiba, Londrina é o município do Paraná com maior número de casos confirmados do novo coronavírus.

São 26 pessoas infectadas pela covid-19 e 26 com suspeita no município, conforme boletim divulgado nesta quarta-feira (1ª), pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).


Conforme o relatório, a capital do Estado tem 97 casos confirmados da doença e 120 em investigação.

Em todo Estado, são 229 casos confirmados e 602 suspeitos, segundo o relatório da Sesa.

A maior parte das confirmações se concentra em Curitiba, que registrou 97 casos da doença.

Fonte: TN Online



Motoclubes de Curitiba se unem para entregar marmitas a caminhoneiros na BR-376.


Em meio à pandemia do coronavírus, alguns motoclubes da capital paranaense se reuniram em prol de uma ação solidária. Os motociclistas farão a entrega de aproximadamente 200 marmitas a caminhoneiros que passarem pelo Posto Pelanda 3, em São José dos Pinhais, na pista sentido Joinville, na BR-376, a 2 km do pedágio, neste sábado (4).

De acordo com Rogério, um dos voluntários que está na linha de frente da ação, além das marmitas, serão entregues água e frutas para caminhoneiros que “tanto trabalham para fazer com que os mercados continuem abastecidos”. 


Segundo ele, serão colocadas algumas faixas a 1 km dos pontos para sinalizar a oferta de marmitas gratuitamente, com início às 11h30 da manhã nos dois sentidos da rodovia. A entrega só termina quando as marmitas acabarem.

Muitas pessoas, além dos motoqueiros, doaram alimentos e ajudaram na divulgação da ação. Inclusive, no último sábado (28), estes fizeram a mesma ação, que resultou na entrega de cerca de 150 marmitas, apenas com o fruto de doações. “Entregaremos 200 desta vez, mas a meta é que tenhamos mais doações e consigamos chegar a 300”, comentou Rogério.

Contudo, para que a equipe consiga atingir um bom número de entregas é necessário que mais pessoas doem alimentos e produtos, como embalagens e afins. “Por menor que seja, toda doação é muito bem-vinda. Pode ser um litro de óleo, um pacote de macarrão, 1kg de feijão… qualquer coisa”, frisou.   

As marmitas serão confeccionadas, de acordo com Rogério, em uma cozinha industrial na Vila Nossa Senhora da Luz, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), cedida por um voluntário. 

Para ajudar na ação, ele pede que entrem em contato através do número abaixo, podendo ser pelo WhatsApp, ou levem os alimentos na central de arrecadação.

Fonte: Banda B.



Bolsistas já estão atuando e ajudam a desafogar trabalho do Lacen.


O biomédico e farmacêutico Diogo Fanhani Silveira acompanhava em isolamento domiciliar e à distância as notícias do combate ao novo coronavírus no Paraná até meados da semana passada. Nesta quarta-feira (1°), depois de sete dias, ele já cumpria expediente como profissional do Laboratório Central do Estado (Lacen-PR), em São José dos Pinhais. A mudança tem nome e sobrenome extensos: Programa de Apoio Institucional para Ações Extensionistas de Prevenção, Cuidados e Combate à Pandemia do Coronavírus.

“Sou recém-formado e estava procurando emprego, em casa. E diante desse quadro de pandemia da Covid-19 deu vontade de ajudar, voluntariar, principalmente sendo profissional da saúde. Alguns familiares indicaram esse edital e agora já estou ajudando. É um trabalho bem intenso e gratificante”, afirma Silveira. 


Ele é um entre os 1.064 profissionais contratados com bolsas pelo Governo do Estado para todas as regionais da Saúde, postos de divisa rodoviária e o Laboratório Central, para dar mais reforço ao trabalho de combate ao coronavírus. O programa é inédito no País nesse segmento e envolve investimento de R$ 8 milhões.

Foi desenvolvido pela Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Secretaria da Saúde, Fundação Araucária, as sete universidades estaduais do Paraná e a Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Para a biomédica Vivian Cristiane Monteiro Pereira, doutoranda em farmacologia, essa temporada de trabalho no combate ao novo coronavírus é uma oportunidade de devolver à sociedade todo o conhecimento acumulado em uma universidade pública.

“É uma rotina cansativa, mas gratificante. Minha formação foi pública, o mínimo que posso fazer nesse momento é devolver a ajuda. Alguns colegas indicaram o link e o edital, e está dentro da minha área, o interesse foi imediato. É importante contribuir nesse momento”, destaca.

A biomédica e bolsista Beatriz Kochem Martin tem especialização em reprodução humana e não titubeou quando o edital foi lançado. “É uma rotina bem corrida, estamos nos adaptando, mas é muito interessante. Abre diversas possibilidades para aprender novas técnicas. Para um profissional da saúde é bom para contribuir nesse momento de crise”, destaca.

O Lacen já conta com oito bolsistas e nas próximas semanas mais dois serão chamados para complementar o quadro e possibilitar alternâncias nos turnos, uma vez que o laboratório ampliou seu horário de funcionamento (das 7h às 23h). Eles poderão ajudar a Secretaria da Saúde por quatro meses, com possibilidade de extensão para oito meses.

TRABALHO – No Lacen, os bolsistas estão encarregados de ajudar na gestão administrativa dos exames que chegam de todos os municípios do Paraná, nas fases de pré e pós laboratorial. O laboratório faz 600 testes por dia e é um dos responsáveis pelo fornecimento de dados para a elaboração do boletim epidemiológico. O documento é divulgado diariamente e serve como termômetro da circulação viral no Estado.

Os bolsistas desafogaram os trabalhos administrativos dos biólogos moleculares que trabalham diretamente dentro dos laboratórios. Segundo a diretora-técnica do Lacen, Irina Riediger, o reforço foi pontual.

 “É um laboratório bem montado, um dos melhores do País, mas que precisava de mais profissionais nesse momento. Fizemos a seleção das pessoas e eles passaram por uma acolhida sobre os cuidados de segurança, que são peculiares para esta abordagem, para este tipo de exame”, afirma.

A rotina dos bolsistas segue uma lógica que permite que o Lacen divulgue em até 72 horas se o material coletado apresenta indícios do vírus ou não. “Fazer um exame não é simplesmente receber a amostra, abrir o tubinho e colocar em uma máquina. Existe uma série de trâmites burocráticos antes da amostra entrar no laboratório e depois que o resultado ficar pronto”, explica Irina.

“A fase pré-analítica envolve abrir as caixas, verificar o cadastro, as requisições, atribuir numeração, organizar os tubos, transportar entre os setores, protocolos. A pós-analítica envolve interpretação dos controles internos de qualidade, ajuda nos controles externos, planilhamento, acompanhamento, arquivamento”.

No caso de suspeita da Covid-19, cada uma das amostras é submetida a vários testes. A pesquisa envolve os seis vírus que mais circulam, comparando dados e informações de anos anteriores, mais o teste para a identificação do novo coronavírus.

 “O teste padrão ouro, o RT-PCR, é muito minucioso. Tem muitas etapas artesanais. Envolve abertura das caixas, transferência de tubos, processamento para extração do RNA, montagem e distribuição dos insumos usados para fazer o exame, termociclagem, que é o exame em si, análise e reanálise, digitalização e liberação dos resultados”, acrescenta Irina. “Com uma amostra esse processo demora 24 horas. A nossa rotina atual é de 600 testes por dia”.

MAIS FUNCIONÁRIOS – O Governo do Paraná reforçou em mais de 20% o quadro de profissionais do Lacen. O número de funcionários deve chegar a 73 com o ingresso de dez bolsistas, dois profissionais temporários e um profissional que virá de um convênio com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas-Brasil). Os bolsistas foram alocados para as fases pré-analítica e pós-analítica e ajudaram a desafogar os trabalhos administrativos, que antes eram executadas pelos biomédicos que trabalham nos laboratórios.

A diretora-geral do Lacen-PR, Célia Fagundes Cruz, destacou que o reforço no quadro funcional ajuda a manter o compromisso de 600 exames por dia e prazo de 72 horas de resultado. “Foi uma medida fundamental para dar agilidade aos exames. Estava ficando inviável manter essa rotina. São 600 exames de biologia molecular, que é um processo complexo, que exige muitas etapas”, arrematou.

BOLSAS – A primeira etapa do Programa de Apoio Institucional para Ações Extensionistas de Prevenção, Cuidados e Combate à Pandemia do Coronavírus disponibilizou 796 bolsas em dez regionais de saúde e a segunda complementou 268 em outras 12 cidades do Estado.

As primeiras foram para técnicos de laboratório e enfermagem, farmacêuticos, enfermeiros e médicos. Os bolsistas já começaram a atuar sob supervisão da Secretaria da Saúde auxiliando no atendimento em centrais de informações, nas divisas rodoviárias, nas unidades de saúde, hospitais e outros estabelecimentos da área, junto ao Lacen e ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs). O segundo edital atende também o sistema penitenciário.

PROJETOS – Os projetos extensionistas de combate ao coronavírus foram elaborados por pesquisadores em diferentes áreas do conhecimento das universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), Centro-Oeste (Unicentro), Oeste do Paraná (Unioeste), Norte do Paraná (Uenp), Estadual do Paraná (Unespar) e Universidade Federal do Paraná (UFPR).

“Unimos a qualidade dos nossos pesquisadores, profissionais e estudantes da área da saúde em prol do mesmo objetivo. Pela capilaridade das nossas universidades estaduais, a iniciativa possui uma grande abrangência em todo o Estado, permitindo que atendêssemos as 22 regionais de saúde, possibilitando o enfrentamento da pandemia de maneira ampla e imediata”, destacou Aldo Bona, superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. “É um aporte adicional de profissionais e estudantes para atender o Estado”.

Fonte: AEN.



Credenciamento da Unicentro prova, mais uma vez, excelência da nossa universidade.


Deputada Cristina Silvestri, que havia apresentado pedido do credenciamento de laboratório da instituição no início da semana, agradeceu ao governo por ação rápida

Para a deputada estadual Cristina Silvestri, o credenciamento do Laboratório de Análises Clínicas da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) como um dos setores habilitados a realizarem testes de coronavírus no Estado comprova, mais uma vez, a excelência da instituição. A parlamentar, que apresentou o pedido de credenciamento na última terça-feira (30), elogiou a decisão rápida do governador Carlos Massa Ratinho Júnior em atender a demanda.

“O governo foi extremamente sensível em atender esta demanda, em um momento tão delicado como o que passamos hoje. Continuar mandando amostras de pacientes de Guarapuava e região para Curitiba seria totalmente inviável, sabendo que temos condição de fazer estes testes aqui. Isso nos trará diagnósticos mais rápidos e, consequentemente, um tratamento mais rápido para a nossa população que testar positivo para a doença”, disse.

A autorização para o credenciamento de novos laboratórios para os exames da Covid-19 consta no decreto estadual 4.261/2020. Além da Unicentro, as universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG) e do Oeste do Paraná (Unioeste) também serão credenciadas. Com isso, aumenta a condição atual de processamento no Paraná em quase 120%. Hoje, o Laboratório Central do Estado (Lacen-PR) já tem capacidade de executar até 600 exames por dia.

Especificamente na Unicentro, os testes serão feitos inicialmente com um aparelho do laboratório-escola do curso de Farmácia, porém, está em estudo o uso de um equipamento que pertence ao departamento de biologia. Se for comprovada a viabilidade deste segundo equipamento, a capacidade de exames diários da Unicentro pode subir para 200 testes.

Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação do Gabinete Deputada Estadual Cristina Silvestri na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná.



quarta-feira, 1 de abril de 2020

01/04/2020 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Condutor de um Uno Prata danifica barreira Sanitária de Santa Maria do Oeste e Polícia Militar investiga o caso !!!


No dia 31 mar. 2020, às 22h30min na PR 456, a equipe foi acionada, via ligação anônima, que um veículo uno, de cor prata, havia derrubado os cones da barreira sanitária, próximo a um bar na PR 456. A equipe deslocou no local e constatou o fato, que haviam sido destruídos alguns cones, que estavam no local. A equipe realizou patrulhamentos na região, mas não foi encontrado o veículo suspeito

Fonte: Polícia Militar.



Fios de laticínio em construção são furtados em Pitanga, gerando prejuízo de R$ 1500,00 reais.



  No dia 31 de março de 2020, atendendo solicitação via central 190, a equipe deslocou até uma localidade rural, às margens da PR 466, onde no local relatou o solicitante, que está construindo um laticínio em sua propriedade e que nesta data percebeu que os fios elétricos que haviam sido instalados na semana anterior foram subtraídos do local, o solicitante não soube informar a metragem e espessura dos fios, apenas relata que pagou R$ 1500,00 (mil e quinhentos reais) na aquisição dos fios. Diante dos fatos foi efetuado patrulhamento e conversado com os moradores próximos da propriedade, porém ninguém visualizou os autores do furto, sendo então o solicitante quanto aos demais procedimentos.

Fonte: Polícia Militar.



Polícia Militar de Manoel Ribas dá cumprimento a Mandado de prisão de indivíduo.



  No dia 31 de março de 2020, em patrulhamento a equipe abordou um masculino de 27 anos, qual possui um mandado em seu desfavor, sendo então encaminhado para a Delegacia de Manoel Ribas para providências.

Fonte: Polícia Militar



113,519 Kg de substância análoga a maconha é encontrada e um carro apreendido pela Rotam em Parceria com a PM de Laranjeiras do Sul.


No dia 31 mar. 2020, às 13h00min, chegou até a equipe Rotam de Laranjeiras do Sul, de que havia um veículo abandonado em meio a uma área de mata, na BR 277, localidade da Vila Becker. Diante da informação a equipe Rotam realizou buscas e logrou êxito na localização de um veículo GM/Onix, o qual estava com o vidro traseiro, lado direito, quebrado. Após a vistoria foi constatado que o porta-malas estava cheio de tabletes de substância análoga à maconha. Diante do fato, foi acionado o serviço de guincho, e o veículo foi removido até a 2ªSDP. Após conferência foi aferido a quantia de 151 tabletes, mais um saco plástico com drogas prontas para o uso e mais uma bucha da mesma droga, que após pesada totalizou a quantia de 113,519Kg. A droga e o veículo foram entregues na 2ªSDP, para os procedimentos cabíveis.


Fonte: Polícia Militar.



Veículo Furtado é recuperado pela PM de Pinhão.


No dia 31 mar. 2020, às 11h00min na PR 456 (Rodovia Bernardo Carli), Zona Rural, a equipe recebeu uma informação de que havia um veículo abandonado na PR 456, e que alguns indivíduos estavam retirando as peças do automóvel. No local verificado que se tratava de um veículo Kadett, de cor prata, com o lacre da placa da traseira arrancado e constatado via consulta operacional, alerta de furto/roubo. Em consulta ao Boletim de furto, e constatado pela equipe que o mesmo foi furtado na cidade de Tibagi, na data do dia 27 de março de 2020. A equipe policial entrou em contato com a proprietária do veículo, informando quanto aos procedimentos cabíveis. A equipe repassou o veículo para a Polícia Civil, para medidas pertinentes.

Fonte: Polícia Militar.



Mulher é presa ao furtar dezenas de objetos da casa da patroa.


Uma mulher foi presa ontem no Jardim Gisella em Toledo acusada de furto.

Segundo informações, a dona do imóvel em que ela trabalhava percebeu pelo sistema de monitoramento que a empregada estaria furtando objetos do imóvel.


A Polícia Militar foi avisada da situação e conseguiu abordar a mulher com uma sacola com várias peças de roupas e calçados. Dentro do carro dela foram localizados ainda um capacete, itens de higiene pessoal e copos.

Os policiais seguiram para a casa da funcionária e lá encontraram cerca de 100 itens, todos furtados do mesmo imóvel.

Ela foi detida e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuada pelo crime de furto.

Fonte: CGN.



Idoso morre atropelado por carro na BR-376.


Uma pessoa morreu e outras duas ficaram gravemente feridas num acidente ocorrido na tarde de terça-feira (31) na cidade de Ortigueira, região dos Campos Gerais. Um idoso de 70 anos morreu atropelado por um automóvel no quilômetro 350 da BR-376, conforme relato da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente aconteceu por volta de 15h20.

Segundo a polícia, o Prisma seguia em direção a Ponta Grossa quando atingiu dois pedestres – além do idoso, feriu também uma criança de 7 anos. O adulto não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local, enquanto a criança sofreu lesões consideradas graves.

Além dela, a passageira do automóvel também ficou gravemente ferida porque o impacto com os pedestres aconteceu do lado direito do carro. Com isso, o para-brisa e parte da lataria do carro foram parar em cima da vítima. As duas feridas foram levadas por equipes da concessionária até o hospital de Telêmaco Borba para receber atendimento médico.

O corpo do idoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, que identificou a vítima pelas iniciais D.V. da R. O homem deixa a esposa e sete filhos. O sepultamento está marcado para as 12h desta quarta-feira (1º) no cemitério de Reserva (região dos Campos Gerais).

O motorista do carro, de 57 anos, escapou ileso do acidente e aguardou no local até a chegada das equipes de socorro e da PRF. Ele foi submetido ao teste do bafômetro e o resultado confirmou que ele não tinha bebido antes de dirigir.

Fonte: A Rede.



Idoso é morto com requintes de crueldade.


A Polícia Militar de Cambé foi acionada na noite desta terça-feira (31) para atender um chamado na Rua da Catedral, no Jardim Cambé II.

Segundo informações, o vizinho de B. G., de 80 anos de idade, suspeitou ao ver a porta aberta, resolveu adentrar a residência onde viu a sala revirada e a vitima desacordada. De imediato, ele acionou a Polícia Militar e o Siate, que ao chegarem ao local, constataram que a vítima estava com as mãos amarradas e enforcado com um lenço, já em óbito.

A vítima vendia garapa na esquina da capela mortuária da Av. Brasil. Da casa foram levados uma televisão e outros pertences.

Peritos e investigadores da Polícia Civil estiveram no local. O corpo foi encaminhado para o IML de Londrina.

Fonte: Portal Cambé.



Paraná tem menor número de homicídios dolosos em 13 anos.


O Paraná registrou em 2019 o menor número de homicídios dolosos dos últimos 13 anos, a partir do início da publicação do Relatório Estatístico Criminal pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. Foram 175 mortes a menos de janeiro a dezembro do ano passado, quando houve 1.780 homicídios, em comparação com o mesmo período do ano anterior (1.955 casos) – uma redução de 9%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (30) pelo Centro de Análise, Planejamento e Estatística da secretaria.

No primeiro ano de divulgação das estatísticas de homicídios dolosos no site da pasta, em 2007, foram registradas 2.647 mortes, 32,7% a mais que neste último ano. Durante todo o período contabilizado, o maior número de registros ocorreu em 2010, com 3.276 mortes (45,6% a mais que em 2019).


O secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, atribui a queda a diversas atividades desenvolvidas pelo Governo do Estado. “Este foi nosso primeiro ano comandando a Segurança Pública e conseguimos alcançar uma boa redução nos índices de homicídios dolosos. Esperamos manter o controle da criminalidade por meio de ações baseadas na estratégia e na inteligência”, diz.

Dos 399 municípios paranaenses, 143 (35,8%) não registraram nenhum homicídio em 2019, e aproximadamente metade, 195 (48,8%), tiveram menos de cinco mortes durante todo o ano. Marinho também credita a redução à união de esforços. “Tudo isso é consequência de um bom planejamento e muita integração das forças policiais, que se reúnem semanalmente para debater ações de combate à criminalidade”, afirma.

“O número é extremamente positivo, significa que temos uma polícia presente, que tem planejamento e emprego inteligente dos seus recursos, tanto humano como material, e a capacidade de estudar o crime e desenvolver estratégias para reduzi-lo ou anulá-lo”, disse o comandante-geral da Polícia Militar, Péricles de Matos. “Na segurança todos estão trabalhando em sinergia e a polícia na rua, nos locais onde ela deve operar, colabora para os resultados”, avalia.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, a instituição tem investido na formação de seus policiais, em técnicas de inteligência e investigação. Ele acrescenta que a capacidade de relacionar informações sobre o tráfico de drogas e a atuação de organizações criminosas traz melhores índices na solução de homicídios que em grande parte estão relacionados a esses fatores.

“Isso tem aprimorado consideravelmente a qualidade das investigações e das provas, resultando em inquéritos policiais muito bem fundamentados, criminosos presos e condenados ficam fora das ruas mais tempo. Além disso, outros evitam cometer homicídios, pois sabem que serão descobertos e presos. Assim, a redução no número de homicídios ocorre proporcionalmente”, explica Rockembach.

BOX
Veja as regiões que registraram as maiores quedas

Dezesseis, das 23 Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) – forma como o Estado é dividido para análise estatística – registraram queda nos homicídios dolosos e menos de 100 crimes deste tipo de crime no ano passado. Apenas duas tiveram número de mortes superior a esse índice: Curitiba e a Região Metropolitana.

“Apesar disso, em Curitiba e na Região Metropolitana conseguimos reduzir as estatísticas, combatendo a criminalidade com patrulhamento preventivo e ostensivo, além de intensa dedicação nas investigações e elucidações de casos”, destaca o secretário coronel Marinho.

Em números absolutos, a 1ª AISP, referente ao município de Curitiba, foi a que mais reduziu o número homicídios dolosos no Paraná. Foram 48 a menos em 2019, se comparado com o ano anterior. A queda foi de 16,3%.

A 2ª AISP, correspondente à Região Metropolitana da Capital, também teve redução nos homicídios. Foram 46 mortes a menos (-11%) para os 22 municípios. Se destacam os municípios de Agudos do Sul (-85%), Campina Grande do Sul (-61%), Colombo (-23%) e Rio Branco do Sul (-75%). Em São José dos Pinhais, que recebeu em agosto do ano passado o projeto-piloto Em Frente Brasil, do Ministério da Justiça, foram 10 mortes a menos (-14,4%).

DESTAQUES – A 5ª AISP, com sede em São Mateus do Sul, que compreende nove municípios, teve a maior diminuição percentual no Estado: 62,8%. Houve 22 homicídios a menos no ano passado (35 em 2018 e 13 em 2019). Entre os nove municípios, o que mais se destacou foi a Lapa, com queda de 93,3%. Passou de 15 homicídios dolosos em 2018 para apenas um em 2019.

A 21ª AISP, de Cornélio Procópio, com 20 municípios, registrou a segunda maior redução: 48,3%, com 17 homicídios a menos. Somente o município de Cornélio Procópio teve 71% de queda (sete mortes em 2018 para duas mortes em 2019).

Na 12ª AISP, de Foz do Iguaçu, que inclui a sete municípios, a diminuição foi de 18% (110 mortes em 2018 e 90 casos em 2019). Somente na cidade de Foz do Iguaçu a incidência caiu 20,4%: ocorreram 88 mortes em 2018 e 70 em 2019. Também na região Oeste do Estado, Cascavel teve redução de 34%, com 18 mortes a menos (em 2018 foram 53 e em 2019, 35).

Em Maringá a queda foi de 22,5%. Foram sete mortes a menos de janeiro a dezembro de 2019 em comparação com janeiro a dezembro de 2018. A 17ª AISP, de Maringá, com 25 municípios, apontou redução de 10%, com nove mortes a menos no período.

“Para nós é uma vitória alcançar boas reduções estatísticas, principalmente no Interior do Estado. Mas não podemos nos esquecer que, mais importante que os dados, é a sensação de segurança e a prevenção, e isso nos faz continuar trabalhando cada vez mais, para fornecer segurança a todos os paranaenses”, afirma o secretário da Segurança Pública.

Fonte: CGN.



MATÉRIAS SOBRE COVID-19

TUDO  NO BLOG DO BETO SOBRE O CORONA VÍRUS.


COVID-19



Deputada Cristina Silvestri e Deputado Estacho reforçam pedido à Ratinho Júnior para uso do Hospital Regional no combate ao corona-vírus.


Secretário de Saúde, Beto Preto, já sinalizou que a instituição poderá receber hospital de campanha mesmo antes de ser finalizada

A deputada estadual Cristina Silvestri e o deputado estadual Estacho reforçaram, na terça-feira (31), um apelo da região central do Estado para a utilização imediata do Hospital Regional no combate ao novo coronavírus. Atualmente, o prédio está com cerca de 97% das obras concluídas e com alas já finalizadas, o que permitiria a utilização de parte da estrutura para o atendimento de doentes de Guarapuava e da região. Os parlamentares também sugeriram ao Governo do Estado o uso da estrutura do Centro de Especialidades, que já foi inaugurado, mas ainda não está ativo por falta de equipamentos.

“Ambos os prédios facilitariam a instalação de hospitais de campanha, uma vez que suas estruturas físicas são totalmente preparadas para as necessidades da saúde, sendo necessária apenas a instalação dos equipamentos adequados e dos leitos de UTIs”.

Sobre o tema, o secretário de estado de saúde, Beto Preto, falou que a pasta, junto a Paraná Edificações, já está analisando o quadro de Guarapuava e de outros municípios estratégicos para, em caso de agravamento da situação, o Estado utilizar as estruturas dos hospitais.

“Nós queremos fazer com que os hospitais de Telêmaco Borba, Guarapuava, Ivaiporã, que estão no final da construção, que possam ser colocados, de repente uma área deles, já a disposição. Trabalhar dentro destes prédios com hospitais de campanha. Nós já estamos trabalhando para montar as estruturas e ficar na retaguarda da ampliação do número de casos”, explicou o secretário.

OUTRAS DEMANDAS

Na semana passada, Cristina Silvestri já havia solicitado ao Governo do Estado a instalação de 10 novos leitos de UTIs para o Hospital São Vicente de Paulo e 19 novos leitos para o Instituto Virmond frente ao crescimento do número de casos suspeitos da doença na cidade. A parlamentar também solicitou à Secretaria de Saúde mais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais que estão na linha de frente no combate.

Outra ação da deputada, realizada na segunda-feira (30), foi a de solicitar ao Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen) a habilitação do Laboratório de Análises Clínicas do curso de Farmácia da Unicentro para que possa usar sua estrutura e equipamentos na realização de testes. Hoje, se habilitada, a instituição tem capacidade para realizar 100 exames diários.

“Os especialistas preveem um aumento no número de casos confirmados nestas próximas semanas, então estamos trabalhando junto ao governo para evitar um impacto negativo maior na vida das pessoas”, frisou Cristina.

Fonte e Fotos: Assessoria de Comunicação do Gabinete da Deputada Estadual Cristina Silvestri na Assembléia Legislativa do Estado do Paraná.



Respiradores danificados receberão manutenção pelo Senai no Paraná para voltarem a ser utilizados.


Uma ação desenvolvida pelo Senai no Paraná pode contribuir no combate à COVID-19 no Estado, devolvendo respiradores mecânicos que estavam danificados e fora de operação a hospitais paranaenses.

Seguindo uma iniciativa nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem, o Instituto Senai de Tecnologia em Metalmecânica de Maringá está recebendo aparelhos que estejam nessas condições para a realização de manutenção, o que vai possibilitar que eles sejam utilizados novamente, atendendo casos de pacientes com forte insuficiência respiratória, uma das consequências da COVID-19.


“Desde que iniciamos esta ação, já recebemos a demanda de um hospital de Maringá e um de Londrina, mas esperamos contribuir ainda mais com essa iniciativa”, afirma a coordenadora de Tecnologia e Inovação do Instituto, Lídia Gomes Mendonça. 

De acordo com ela, qualquer hospital que tenha algum equipamento desses parado e queira realizar a manutenção pode entrar em contato com o Instituto para solicitar o serviço, pelo e-mail lidia.gomes@sistemafiep.org.br.

“Já estamos levantando parcerias com fornecedores para o caso de necessidade de troca de peças, para que a manutenção seja feita em sua totalidade. Assim, os hospitais só precisam providenciar a desinfecção e o transporte dos aparelhos, para que eles cheguem até nós, para a realização da manutenção”, explica Lídia. Após manutenção, os respiradores estarão novamente à disposição dos hospitais.

O tempo para devolução do equipamento já pronto para ser utilizado novamente, no entanto, depende das condições em que o aparelho chegar ao Instituto. No Paraná, além do Instituto de Tecnologia em Metalmecânica, a Renault também está participando da ação, oferecendo suporte técnico em Curitiba, para o serviço realizado pelo Senai em Maringá. Outras indústrias automobilísticas também estão estudando a adesão à iniciativa. Em todo o Brasil, estima-se que cerca de 3,6 mil ventiladores pulmonares estão fora de operação, de acordo com  a LifesHub Analytics e Associação Catarinense de Medicina (ACM).

Sobre os Institutos Senai de Tecnologia e Inovação

Localizados em regiões estratégicas, os Institutos Senai, como o de Maringá,  fazem parte de uma rede nacional e contam com equipe técnica altamente especializada e laboratórios equipados com tecnologia de ponta para apoiar as indústrias no avanço da pesquisa e da inovação, tendo como missão apoiar a indústria nos desafios tecnológicos e de produtividade.

SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.

Fonte: CGN.



Estabelecimentos terão que medir temperatura de clientes.


A Prefeitura de Arapongas vai cobrar medidas mais rígidas de prevenção para os estabelecimentos que se mantém atividade. O Decreto com as disposições foi publicado ontem (31).

Supermercados e mercearias, além de outros estabelecimentos, ficam obrigados a mensurar a temperatura de todos os clientes na entrada. Com temperaturas acima de 37,7 graus, o cliente deve ser orientado a procurar o atendimento médico. 


No caso de supermercados e mercearias, também passa a ser determinada a limpeza das mãos dos clientes com álcool 70% antes da entrada e limpeza em todos os carrinhos e cestas a serem entregues aos clientes, além das esteiras de caixas e balanças.

O decreto determina também que os estabelecimentos demarquem distância de pelo menos dois metros em todas as filas, além de exigir uso de máscara dos trabalhadores que tenham contato direto com os clientes e estabelecer barreira física com acrílicos em balcões e caixas.

Para os açougues, além das mesmas determinações, não será permitida a entrada de mais que três clientes de uma vez.

Medidas semelhantes se aplicam aos bancos e lotéricas, no que diz respeito à medição de temperatura e higienização com álcool em gel. O decreto traz determinações na mesma linha para postos de combustível e lojas de conveniência.

Salões de beleza e barbearias foram autorizados ontem a funcionar, porém com normas rígidas, como a medição de temperatura e a proibição expressa de atendimento a clientes que apresentarem sintomas respiratórios.

Os profissionais que atuam nesses locais devem usar obrigatoriamente óculos de proteção, não podendo haver concentração de clientes aguardando atendimento.

O decreto estabelece uso obrigatório pelo cliente de avental descartável (TNT), tempo máximo de 45 minutos por cliente no estabelecimento, distância de pelo menos dois metros entre as cadeiras, uso de máscaras cirúrgicas de TNT pelos profissionais e clientes, não sendo permitido o uso de máscaras de tecido e, para procedimentos em que os profissionais precisem ficar a menos de 60 centímetros de distância dos clientes, uso obrigatório pelo profissional de máscaras N95 ou equivalentes.

O município de Arapongas confirmou ontem (31) o primeiro caso de coronavírus.

Fonte: TN Online



Deputados aprovam projeto que proíbe corte de água e luz durante pandemia no Paraná.


O projeto de lei dispõe ainda de outras medidas de saúde para o enfrentamento e intervenção imediata em situação de emergência

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou, na sessão remota de ontem (31), o projeto de lei que dispõe sobre medidas de saúde para o enfrentamento e intervenção imediata em situação de emergência em caso de endemias, pandemias.


Um dos pontos de destaque do projeto é o que proíbe as concessionárias de serviços de energia elétrica e de água e esgoto (COPEL e Sanepar) de realizarem o corte do fornecimento de serviços no período de emergência de saúde.

Serão beneficiadas as famílias com renda per capita de meio salário mínimo ou até três salários mínimos totais, idosos com mais de 60 anos de idade, pessoas com coronavírus, doenças graves ou infectocontagiosas, pessoas com deficiência, trabalhadores informais e comerciantes enquadrados na lei federal como micro ou pequeno empresa ou microempreendedor individual.

O deputado Soldado Fruet (PROS), que era um dos autores de um projeto de lei que pedia a suspensão do corte de água, luz e gás, comemorou a inclusão da proibição da suspensão dos serviços em caso de emergência de saúde.

“Com várias atividades econômicas paralisadas por conta do coronavírus, muitos paranaenses agora precisam optar entre pagar as contas ou colocar alimento na mesa de casa. Essa medida não isenta o pagamento das faturas, mas garante que o fornecimento dos serviços não será interrompido para clientes que ficarem inadimplentes nesse período de pandemia”, comentou.

Fonte: Banda B.



Grupo Boticário doa 216 toneladas de itens de higiene e anuncia apoio à compra de equipamentos hospitalares.


Para ajudar no combate ao Coronavírus, a empresa vai concentrar seus esforços na produção e envase de álcool em gel, líquido e sabonetes para distribuir a pessoas em vulnerabilidade social, redes públicas de saúde e colaboradores.

Para ajudar na prevenção da COVID-19 e aumentar o acesso a itens de higiene à população, o Grupo Boticário, uma das principais empresas de beleza do Brasil e do mundo, intensificou a produção e o envase de álcool em gel, álcool líquido 70% e sabonetes para doação a pessoas em vulnerabilidade social, governo e redes públicas de saúde da Bahia e Paraná e a seus colaboradores e familiares.


Serão destinadas 216 toneladas de produtos no total.

No Paraná, serão ao todo 20 toneladas envasadas e doadas ao governo do Estado para distribuição em comunidades carentes.

Será ainda distribuída 1,5 tonelada de álcool em gel para unidades de Saúde de São José dos Pinhais, cidade onde o Grupo Boticário tem uma das suas fábricas.

No início de março, em parceria com a prefeitura de Curitiba, a empresa também doou 1,7 tonelada em álcool-gel.

Além disso, a empresa assumiu um compromisso com a FEMIPA (Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná) para doar R$ 500 mil para apoio à compra de equipamentos hospitalares. 

Fonte: Bem Paraná



Curitiba confirma 11 novos casos de coronavírus e pacientes chegam a 90.


A Prefeitura de Curitiba confirmou, nesta terça-feira (31), 11 novos casos de coronavírus. Com isso, chega a 90 o número de pacientes confirmados com a infecção. A administração municipal informou ainda que investiga 209 casos suspeitos de Covid-19.

Segundo a médica infectologista da Secretaria Municipal da Saúde, Marion Burger, a prefeitura aguarda a disponibilização de exames por sangue e espera um aumento do número de casos. “É uma questão dinâmica e, com a entrada do outono e do inverno, há um aumento do número de casos respiratórios, então com o Covid-19 não é diferente. Então o monitoramento será feito”, explicou.


Dos 90 confirmados, 42 já estão em conclusão do período de quarentena e não oferecem mais riscos a familiares.

Médico internado
Durante live realizada no Facebook, a Secretaria confirmou ainda que o médico Jamal Munir Bark segue internado na UTI do Hospital Marcelino Champagnat, mas em franca recuperação. Segundo a secretária Márcia Huçulak, a equipe está bem feliz com a evolução. “É um quadro grave, mas os exames são adequados para o quadro. Ele está muito bem com relação a condição clínica”, disse.

Além dele, outras seis pessoas estão internadas com coronavírus em Curitiba, todas na UTI.

Fonte: Banda B.



Com corona-vírus, Câmara deve adiar prazo para declarar Imposto de Renda.


Lideranças da Câmara dos Deputados querem votar ainda nesta semana projeto para adiar o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2020 devido à pandemia de covid-19.

Apesar da pressão para adotar a prorrogação da entrega, a Receita Federal não adiou o prazo, que termina no próximo dia 30.

Os parlamentares querem se antecipar e poder aprovar a medida.

A estratégia do Fisco é prolongar ao máximo a decisão.

Fonte: Bem Paraná.