Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

terça-feira, 11 de junho de 2019

11/06/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Blog do Beto visita festa Junina da Escola Balbina. Veja as Fotos !!!


O Blog do Beto esteve presente ontem dia 10/06/2019 na festa Junina da Escola Balbina de Santa Maria do Oeste, aonde foram realizadas diversas atividades com os alunos e pais Vejam algumas Fotos exclusivas !!!









Moradora desconfia que colocaram fogo em sua casa no Sitio em Santa Maria do Oeste.

Resultado de imagem para fogo

Em data de 10 de junho de 2019 às 15h15min, compareceu a este destacamento uma Sra. e relatou que mora no sitio, sendo que durante a semana permanece na cidade de Santa Maria do Oeste a trabalho,  que saiu de seu sitio ontem a tarde com seus dois filhos e que hoje por volta das 10h, recebeu uma ligação de sua nora avisando que sua casa estava pegando fogo,  que em seguida deslocou ate o local e confirmou a veracidade dos fatos, relata ainda que sua vizinha, conversou com sua cunhada e  disse que teria discutido com a proprietária e por isso atearia fogo em sua residência. Diante dos fatos a mesma foi orientada quanto aos procedimentos, foi realizado patrulhamento no local e também constatado o fato pela equipe policial, porem a suposta autora não foi localizada.
Fonte Policia Militar

Lei de Cristina Silvestri que implanta o Dia de Combate ao Feminicídio é aprovada.



Projeto segue para sanção do governador. Data de combate escolhida foi 22 de julho
O Projeto de Lei 92/2019, que implanta no Paraná o Dia de Combate ao Feminicídio em 22 de julho, foi aprovado nesta segunda feira (10), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Agora, o PL segue para sanção do governador Carlos Massa Ratinho Júnior.
De acordo com a deputada Cristina Silvestri, autora da proposta, a ideia de se criar uma data para o combate a este tipo de crime é agregar ao governo mais uma ferramenta de conscientização. 22 de julho foi o dia escolhido em lembrança a data da morte da advogada guarapuavana Tatiane Spitzner, que acendeu, em todo o Brasil e até em outros países, o debate sobre a violência contra a mulher.
“A conscientização e a educação são os caminhos que precisamos seguir para que as mulheres consigam se libertar dos seus agressores e para que os homens se tornem menos violentos. E esta lei vem de encontro a esta proposta, relembrando, ainda, a gravidade deste bárbaro crime”.
EM PROL DAS MULHERES
Além desta lei, tramitam na Alep hoje outros dois projetos de autoria de Cristina Silvestri que atendem, também, os direitos das mulheres. Um deles contempla a educação, pedindo a priorização e preferência de vagas em curso de qualificação técnica e profissional às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar no Estado do Paraná.
“A ideia é que estas mulheres possam se capacitar, ter uma profissão, e não depender financeiramente de seus companheiros. Nós sabemos que a questão financeira é um dos fatores que, muitas vezes, faz com que elas permaneçam com seus agressores.”, explica.
Outro projeto em trâmite pede a priorização de vagas para crianças, filhos e filhas de mulheres em situação de violência em escolas estaduais.
“Não é incomum termos que mudar uma mulher de cidade para que ela recomece a sua vida longe do seu agressor. Ou para que ela fique temporariamente longe dele. Então essa priorização de vagas para os filhos vem nesse sentido, para que em uma mudança, as crianças tenham vaga garantida na escola e a mulher tenha tempo para trabalhar”.
TRABALHO ANTIGO
Desde seu primeiro mandato, Cristina Silvestri tem trabalhado em causas que atendem todas as mulheres paranaenses. Uma das suas principais iniciativas foi o Botão do Pânico, lei de sua autoria implantada no Paraná através de programa do Governo do Estado.
“O Botão do Pânico foi uma conquista que agrega muito para o Paraná. Nós saímos na frente neste quesito, sendo o primeiro Estado a implantar o botão nos municípios do interior e não só na capital”, relembra Cristina.
Atualmente, o botão em seu formato analógico está disponível em Irati, Apucarana, Arapongas, Curitiba e Matinhos. Neste mesmo formato, o dispositivo está em fase de instalação em Londrina e Guarapuava. Nos próximos meses, entretanto, o botão passará a funcionar de maneira digital, via aplicativo da Polícia Militar, atendendo mulheres de todas as cidades do Paraná e, futuramente, também os idosos com medida protetiva, que passaram a ser incluídos no programa Botão do Pânico neste ano através de uma alteração na lei de Cristina.

Após discussão por WhatsApp, tio tenta estrangular a sobrinha em Guarapuava.


Por pouco uma discussão familiar via aplicativo de celular não termina em tragédia na noite dessa segunda feira (10 de junho) em Guarapuava. Após uma discussão via WhatsApp, um tio tentou estrangular a sobrinha no bairro Boqueirão.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar às 20h16, e de acordo com a solicitante, ela teve uma discussão com o tio por WhatsApp, e ele acabou indo até a casa dela e a estrangulou. A agressão foi presenciada pela madrasta da vítima e por outros dois sobrinhos, que impediram que ela continuasse sendo agredida.
Os policiais foram até a casa do agressor, mas ele não foi localizado.
Fonte G+


Audiência de conciliação termina com dois feridos no Fórum de Guarapuava.


Dois homens que participariam de uma audiência de conciliação no Fórum de Guarapuava precisaram receber atendimentos, após um desentendimento no começo da tarde de ontem.
Houve uma discussão e um dos envolvidos utilizou um estilete para ferir o outro homem.
Os dois apresentavam lesões e foram encaminhados pela equipe médica do Samu para a Urgência do Trianon.
A Polícia Militar apurava o que teria causado o desentendimento.
As informações são do Redesul de Notícias.
Suspeito de estuprar adolescente e tentar mesmo crime contra outras três jovens é preso.


Suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos e tentar o mesmo crime contra outras três jovens de Curitiba, um homem de 41 anos foi preso. De acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil nesta segunda-feira (10), a prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que cumpriu o mandado contra ele em Palmeira, na região dos Campos Gerais.
De acordo com o delegado Rodrigo Souza, a equipe policial havia identificado semelhanças nas denúncias das vítimas, o que motivou um reconhecimento fotográfico por elas. “Inicialmente, reconhecemos apenas as tentativas, contra jovens de 17, 19 e 21 anos. Mas, assim que localizamos o veículo, constatamos que ele tinha um alerta de venda junto ao Detran e, por fotos, conseguimos fazer esse reconhecimento com as vítimas. No caso da adolescente, o estupro foi consumado no bairro Ganchinho”, explicou.
As investigações apontam que o suspeito agia sempre da mesma maneira: abordava as vítimas na rua e fazia questionamentos, como status de relacionamento. Nas denúncias, todas as vítimas ainda confirmaram que o agressor tinha uma tatuagem no braço esquerdo, o que é confirmado com a prisão.
Em interrogatório preliminar, o suspeito negou as denúncias, mas a polícia diz ter elementos para manter a prisão. “Em questões de estupro, a palavra da vítima é muito importante, mas temos outros elementos de prova que apontam contra ele”, concluiu.
Para os crimes, o suspeito se utilizava de um Gol branco, que foi apreendido pela polícia.
O caso segue sendo investigado pelo 13° Distrito Policial.
Fonte Banda B

Tombamento é registrado em Tijucas do Sul. Acidente aconteceu na BR-376...

Um acidente de trânsito foi registrado na BR-376, na região de Tijucas do Sul, nesta terça-feira (11). 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, tratou-se de um tombamento ocorrido na altura do quilômetro 650,9, na pista sentido Santa Catarina.
Duas das três faixas precisaram ser interditadas.
O veículo que tombou carregava milho.
Com lesões leves, o motorista recusou atendimento hospitalar.
Fonte CGN

Dois homens morrem após caminhonete cair em rio.


Dois homens morreram na noite desta segunda-feira (10) após a caminhonete em que estavam cair em um riacho. 
O incidente aconteceu em uma estrada rural no Distrito de São Salvador, interior de Cascavel. 
Segundo informações, o condutor perdeu o controle da direção e saiu da pista, sendo que o veículo caiu até a água, afundando. 
Populares correram para o local e conseguiram retirar um dos ocupantes, mas ele não resistiu. 
Várias equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para prestar atendimentos à ocorrência. O corpo da segunda vítima foi retirado pelos militares. 
O Instituto Médico Legal e Criminalística foram mobilizados até o local do incidente para fazer o recolhimento dos corpos e perícia. 
Segundo informações, os homens são de Toledo e estariam trabalhando em um aviário nas proximidades, quando aconteceu o acidente. 
Informações CGN
‘Curiosidade’ de motorista causa acidente com 3 veículos na BR-277.


“Ela parou e eu reduzi, um carro bateu na minha traseira e eu acertei a dela. Foi uma sequência de acidentes porque ela reduziu, acho que por curiosidade”, o motorista de um Honda Civic, que acabou atingido pelo veículo.

Ninguém ficou ferido no acidente. Os ocupantes do carro que capotou antes do segundo acidente deixaram o veículo e não foram localizados.
Fonte Banda B

Professora que viveu noite quente com Neymar defende jogador: ‘Me respeitou’.



A professora e modelo Liza Brito viu sua vida mudar, em fevereiro desse ano, quando passou uma noite quente com Neymar em Paris e vários registros no apartamento do jogador vazaram. Quem teve acesso às imagens chegou a negociá-las com sites e tabloides estrangeiros. Desde então, a filha de um suíço com uma brasileira foi procurada para dar entrevistas e participar de programas de televisão na Suíça, onde ela reside, Turquia, Angola e até na Índia.

“As pessoas chegam a me reconhecer na rua e pedem para tirar fotos”, conta Liza, que não esconde que o encontro com Neymar trouxe trabalhos como modelo e a tornou conhecida. “Realmente, eu consegui fazer uns bons contatos e trabalhos profissionais desde que a história se tornou pública”, completa a jovem, que nunca morou no Brasil e tem um pouco de dificuldade em falar português.
Fonte Banda B

Segunda Turma do Supremo deve julgar recurso da liberdade de Lula nesta terça-feira.


Às vésperas de o ministro Ricardo Lewandowski deixar a presidência da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), o colegiado deve julgar nesta terça-feira, 11, um recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato, que pode colocá-lo em liberdade.
Integrantes do Supremo ouvidos reservadamente pela reportagem acreditam que a sessão pode servir para ministros darem recados ao ex-juiz federal Sérgio Moro e à Operação Lava Jato, depois de o site The Intercept Brasil publicar o conteúdo vazado de supostas mensagens trocadas por Moro e o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol.
As conversas supostamente mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material.
O recurso de Lula começou a ser discutido em abril deste ano no plenário virtual do STF, mas um pedido de destaque do ministro Gilmar Mendes no dia 12 do mesmo mês interrompeu o julgamento e fez com que o processo seja discutido agora presencialmente pelos ministros.
O colegiado fará nesta terça-feira sessões pela manhã e pela tarde, as últimas presididas por Lewandowski, que vai deixar o comando da turma, mas seguirá fazendo parte dela. No fim do mês, a ministra Cármen Lúcia – considerada linha dura no julgamento de investigados – vai assumir a presidência da turma e terá o controle do que será examinado nas sessões. A turma não se reunirá na próxima semana em virtude do feriado de Corpus Christi.
Em fevereiro, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, negou o pedido de liberdade de Lula, que está preso desde abril do ano passado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. O julgamento suspenso no plenário virtual da 2ª Turma envolve um recurso de Lula contra essa decisão de Fachin.
A Segunda Turma é composta pelos ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Cármen Lúcia, Edson Fachin e pelo decano do STF, ministro Celso de Mello.
No caso em questão, Lula recorreu ao Supremo depois de o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ter negado individualmente um recurso do petista contra sua condenação no caso do triplex do Guarujá.
No entanto, a Quinta Turma do STJ – em decisão colegiada e unânime – confirmou em abril deste ano a condenação do ex-presidente por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP), mas reduziu a pena do petista de 12 anos e 1 mês de prisão para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão.
O pedido de destaque de Gilmar Mendes no plenário virtual do Supremo foi feito antes do julgamento colegiado desse outro recurso de Lula no STJ. Ou seja: existe a possibilidade do recurso de Lula no Supremo ter “perdido o objeto” agora, já que a Quinta Turma do STJ fez ajustes na decisão monocrática de Fischer. Na prática, a decisão monocrática de Fischer, contestada por Lula no Supremo, não existe mais.
Fonte Banda B