Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

19/01/2018 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Ocorrência de Roubo é registrada em distrito de Guarapuava



Às 23h20min, uma equipe de policiais militares deslocou até a BR 277, num posto de combustíveis, onde a vítima relatou que estava no interior do estabelecimento com outra funcionária, quando adentrou uma pessoa encapuzada, portando uma espingarda que deu voz de assalto e subtraiu certa quantia em dinheiro, empreendendo fuga em seguida. Foi efetuado patrulhamento, sem lograr êxito na localização do autor.

Fonte: Policia Militar.


OMISSÃO DE CAUTELA NA GUARDA DE ANIMAIS É REGISTRADA EM PITANGA


No dia 18 de janeiro de 2018, relatou o solicitante que seu cachorro estava na rua em frente de sua residência, sendo que um homem passou na rua com um cachorro Pitbull de cor branca, sendo que o pitbull veio a atacar e matar seu cachorro. Relatou saber do endereço do dono do cachorro. A equipe foi até o local e localizou dono do pitbull, o qual confirmou o fato e disse que estava distraído e quando o cachorro latiu e atacou o pitbull, não conseguiu segura-lo, momento em que o pitbull escapou e atacou o cachorro do solicitante, vindo a mata-lo. Foi elaborado termo circunstanciado e orientadas as partes. 

Fonte: Policia Militar.


Marinha do Brasil já fiscalizou 668 embarcações no Oeste, Sudoeste e Norte do Paraná durante a Operação Verão 2017/2018


Inspeção Naval de militares da DelGuaira na Represa de Xavantes, rio Itararé, município de Siqueira Campos, distante cerca de 570 quilômetros da sede da Organização Militar. Fotografia: Delegacia Fluvial de Guaíra

 O Comando do 8º Distrito Naval (Com8DN), representante da Autoridade Marítima nos Estados do Paraná, São Paulo, sul de Minas Gerais, e três Municípios do Mato Grosso do Sul, inspecionou 668 embarcações no Oeste, Sudoeste e Norte do Paraná durante a Operação Verão 2017/2018, por intermédio de equipes da Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP), sediada em Foz do Iguaçu (PR), e da Delegacia Fluvial de Guaíra (DelGuaira), com sede em Guaíra (PR). As Ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário com ênfase nas embarcações de esporte e recreio já resultaram em 95 notificações e na apreensão de 11 lanchas devido a irregularidades. A principal razão para o impedimento das embarcações foi a exposição de passageiros e tripulantes ao risco de acidentes, como: navegação com excesso de passageiros; criança sem colete salva-vidas; falta de colete para todos os passageiros; documento da embarcação com validade vencida; condutor não habilitado; e embarcações sem o documento de inscrição junto à Autoridade Marítima. A Operação Verão 2017/2018 da Marinha do Brasil é uma campanha voltada para a intensificação de ações de conscientização e de fiscalização do tráfego aquaviário nas áreas de maior concentração de embarcações, sobretudo as de esporte e recreio e as de turismo náutico, por ocasião de férias e feriados prolongados. Os militares verificam o cumprimento das regras de segurança da navegação, como habilitação dos condutores, documentação da embarcação, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, a lotação e o estado da embarcação. Além disso, serão utilizados etilômetros, tendo em vista que é proibido o consumo de bebidas alcoólicas pelos condutores. O serviço é executado em todo o Brasil desde o dia 22 de dezembro de 2017 e segue até após o Carnaval. Na área de jurisdição da CFRP e da DelGuaira, as equipes de Inspeção Naval atuam de forma simultânea e contínua em áreas lindeiras ao Lago de Itaipu; e com concentração de banhistas e navegantes nos rios Paraná, Iguaçu e Itararé. A CFRP destacou uma equipe de militares para atuar nos reservatórios das usinas hidrelétricas ao longo do baixo e médio rio Iguaçu, durante todo o período da Operação Verão, atuando a mais de 200 quilômetros de Foz do Iguaçu. A DelGuaira tem atuado na região da Represa de Xavantes, no rio Itararé, municípios de Carlópolis e Siqueira Campos (PR), distantes cerca de 570 quilômetros da Organização Militar. O conceito da campanha da Operação Verão 2017/2018 é “Segurança da Navegação: quem valoriza a vida, respeita”. De acordo com informações da Diretoria de Portos e Costas, a principal causa dos acidentes em embarcações de esporte e recreio é a falha humana, o que por vezes pode resultar em consequências irreversíveis. Para minimizar a possibilidade da ocorrência de desastres náuticos, a campanha da Operação Verão deste ano elaborada pela Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil traz como mote a valorização da vida e a responsabilidade do proprietário e do condutor da embarcação, especialmente durante as atividades de lazer. A CFRP incentiva que as pessoas apoiem a fiscalização como um ato de cidadania, a fim de contribuir, em caráter permanente, para a segurança da navegação. A conscientização é tão importante quanto a fiscalização. Neste sentido, qualquer situação que represente risco para a segurança da navegação, para a salvaguarda da vida humana nos rios e lagos e para a prevenção da poluição hídrica deve ser comunicada à Capitania Fluvial do Rio Paraná pelo telefone (45) 3523-2332 ou pelo e-mail cfrp.secom@marinha.mil.br.

“Travessia Segura”

Uma novidade que ocorre dentro da Operação Verão 2017/2018 é a campanha “Travessia Segura”, com foco especial nas embarcações de transporte de passageiros e de turismo náutico, que tem seu fluxo intensificado durante o período de férias nas regiões litorâneas e nos balneários. Nesta campanha, a equipe da CFRP realizou a distribuição de panfletos e orientação sobre a segurança de navegação na balsa “Jaracatia I”, que faz a travessia do rio Iguaçu entre os municípios de Três Barras do Paraná e Nova Prata do Iguaçu (PR). A equipe da Marinha do Brasil realizou a Inspeção Naval na embarcação para verificar as condições de navegação e o estado de conservação dos equipamentos, tais como casco, motor, estrutura, presença e validade de extintores de incêndios e boias, além da disponibilização de coletes salva-vidas em locais de fácil acesso; cumprimento do limite de pessoas a bordo e de transporte de carga; existência de tripulação mínima para operação; regularidade na documentação e presença de equipamento de comunicação de fácil acesso para casos de incidentes.


Equipe de Inspeção Naval da CFRP realizando a campanha “Travessia Segura” na balsa “Jaracatia” na travessia do rio Iguaçu, entre Três Barras do Paraná e Nova Prata do Iguaçu. Fotografia: 3ºSG-EL SILVIO Roberto Santiago Barbosa.

 Confira as 15 recomendações para a Segurança da navegação:

1) Esteja atento e vigilante durante a navegação. Você é o responsável por tudo que acontece a bordo. O timão está em suas mãos!

2) Navegue a mais de 200 metros de distância da praia, respeite os banhistas. Lembre-se, seu direito termina quando começa o do outro.

3) Tenha em mãos a sua habilitação e os documentos obrigatórios. Confira tudo antes de sair e passe o dia tranquilo.

4) Conduza sua embarcação com velocidade segura. Isso permite a realização de manobras em caso de situação imprevista e evita acidentes.

 5) Faça manutenção preventiva na sua embarcação. Assim como a gente, a embarcação também precisa de cuidados constantes. Cuidem-se !!!

6) Não consuma bebidas alcoólicas quando for conduzir sua embarcação. Quando existe respeito, a diversão não tem limites.

7) Conheça bem todos os lugares por onde a embarcação irá navegar. Não navegue no “escuro”.

 8) Conheça a previsão do tempo antes de sair e fique atento às possíveis mudanças. Com precaução, não existe mau tempo.

9) Previna incêndios em sua embarcação. Pequenas medidas, como verificar o quadro elétrico e a validade dos extintores de incêndio evitam grandes tragédias.

10) Respeite o limite de pessoas a bordo e garanta a estabilidade da embarcação. A maioria dos acidentes com vítimas fatais são causados por esse descuido.

11) Informe seu plano de navegação e a lista das pessoas a bordo ao seu iate clube. Leve sempre um equipamento de comunicação. Navegar é bom, mas mantenha contato com terra firme.

12) Calcule o consumo de combustível para ir e voltar. Faça o cálculo em três partes: um terço para ir, outro para voltar e um de reserva.

13) Quando ancorado, não acione motores ou movimente a embarcação se tiver alguém por perto na água. A diversão e a segurança precisam navegar juntas !!!

14) Tenha coletes salva-vidas para todos a bordo. Mas não se esqueça de que a prevenção é o seu melhor salva-vidas. Lembre-se – o colete salva-vidas deve ser homologado pela Marinha do Brasil.

15) Não polua mares, rios e lagoas. Lugar de lixo é no lixo !!!


Menina de oito anos morre afogada.

O corpo de Maiara Karina Bobato foi retirado da água e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa (Foto: reprodução)
Uma menina de oito anos morreu afogada na tarde dessa quinta feira (18) em Imbituva. A tragédia aconteceu na localidade de Lontrão, por volta das 16h30.
Conforme informações da Polícia Militar, os pais contaram que estavam trabalhando na roça e as filhas de oito e 12 anos ficaram brincando no terreno da chácara, quando a menina mais velha relatou que a sua irmã, que estava ao lado do tanque, acabou se desequilibrando e caiu na água. O local tem em média de 3 a 4 metros de profundidade. A menina mais velha foi atrás dos pais, que acionaram a PM.
No loca,l os policiais entraram no tanque na esperança de encontrar a menina com vida, mas sem sucesso. Foi comunicado o Bombeiro Comunitário, que acionou o Corpo de Bombeiros de Irati.
Depois de muita procura, os Bombeiros acabaram localizando o corpo de Maiara Karina Bobato, que foi retirado da água e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

(Fonte: Rede Sul. Com informações e fotos de Elio Kohut)

Sargento do Exército é preso levando arsenal de guerra e cocaína para traficantes.

Sargento do Exército do Paraná é preso levando arsenal de guerra e cocaína para traficantes do RJ - Foto- Divulgação PRF

Um sargento do Exército Brasileiro lotado em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foi preso em flagrante durante operação em conjunto da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal na quinta-feira (18) com um arsenal (19 fuzis AR-15, dois fuzis AK-47, 41 pistolas de vários calibres, 82 carregadores de pistola, 39 carregadores de fuzil, munição ainda não contabilizada) e  54 tabletes de pasta base de cocaína. A polícia acredita que todo o material iria ser entregue a traficantes do Rio de Janeiro. No momento da abordagem o militar estava fardado.


Sargento transportava 19 fuzis AR-15, dois fuzis AK-47, 41 pistolas de vários calibres, 82 carregadores de pistola, 39 carregadores de fuzil, munição ainda não contabilizada e  cocaína - Foto: Divulgação PRF
Os policiais tentaram realizar a abordagem ao veículo Logan porém o militar empreendeu fuga, mas acabou detido. Os policiais conseguiram abordar o veículo suspeito e prender em flagrante o sargento de 40 anos, que vinha da cidade de Foz do Iguaçu. O sargento dirigia um veículo clonado, com as mesmas características de uma viatura oficial, para ludibriar a ação dos agentes e tentar chegar até a região Metropolitana do Rio.


Foto: Divulgação PRF
Identidade funcional e intimidação.
Ele apresentou identidade funcional e tentou intimidar os policiais dizendo que estava a serviço militar. Na sequência, os agentes da PRF realizaram buscas pelo veículo e encontraram os materiais ilegais camuflados em várias partes do carro. A abordagem aconteceu na Via Dutra, próximo da divisa entre São Paulo e Rio de Janeiro.


Foto: Divulgação PRF
Arsenal, munições e droga.

A Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) confirmou que dentro do carro dirigido pelo militar foram encontrados 19 fuzis AR-15, dois fuzis AK-47, 41 pistolas de vários calibres, 82 carregadores de pistola, 39 carregadores de fuzil, 54 tabletes de pasta base de cocaína e munição ainda não contabilizada.

Fonte: Notícias 24 HRS 
Após tentativa de roubo ladrão pede para chamar a polícia.


Uma situação inusitada foi registrada pela Polícia Militar do 21º BPM na manhã de quinta-feira (18), por volta de 10h30 quando os policiais foram acionados no bairro Cristo Rei, onde um homem que tentou praticar um roubo em um bar, dizendo ser integrante de uma facção criminosa. O proprietário reagiu, o acusado fugiu, entrou em outro estabelecimento comercial sendo perseguido e detido por populares.

Quando foi detido ele pediu que ligassem para o 190 (telefone de emergência da Polícia Militar), pedindo socorro.

No local, os policiais prenderam o homem que tinha em seu desfavor um mandado de prisão pelo artigo 157 do Código Penal, (roubo agravado com uso de arma). Ele foi entregue na 19ª SDP.

Fonte: PPnews.


Investigação sobre atropelamento indica homicídio culposo, diz delegado.


O delegado da 12ª Delegacia de Polícia Gabriel Ferrando disse, na manhã de hoje (19), que um possível ataque epilético no motorista Antônio de Almeida Anaquim é a principal linha de investigação sobre o atropelamento de 17 pessoas na Praia de Copacabana, na noite de ontem (18). Até o momento, a avaliação do delegado é de que o crime foi um homicídio culposo, em que não há intenção de matar, e que o suspeito deve responder em liberdade.

"Ele narra que teria tido uma espécie de disritmia, decorrente do problema epilético. Segundo ele, essa disritmia causa nele um apagão", disse o delegado, que mantém o motorista na delegacia até o momento, para continuar com os esclarecimentos. "Esse apagão, segundo ele, teria ocasionado a perda de consciência temporária no momento em que estava conduzindo o veículo".

O delegado afirmou que nenhuma hipótese ainda está descartada e que a vida pregressa do motorista continuará sendo investigada. Na opinião de Ferrando, com as informações que ele tem até o momento, não há como indiciar o motorista por homicídio doloso, quando há intenção de matar, nem por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

"Trabalhar com a hipótese, com os elementos que eu tenho no momento, de que ele tinha a intenção ou assumiu o risco, eu acho temeroso".

O delegado argumentou que a legislação não prevê prisão em flagrante para casos de atropelamento em que o motorista se mantém no local do incidente. A prisão também foi descartada até o momento porque os exames iniciais não apontaram ingestão de álcool e outras substâncias, e também porque o motorista não participava de um pega. Ferrando também considera que a alta velocidade, ao que tudo indica, foi causada pela disritmia.

Fonte: CGN.


Acidente entre duas motos deixa uma pessoa ferida na PR - 180.


Um acidente envolvendo duas motos ocorrido na tarde de quinta-feira (18) na rodovia PR-180, próximo a comunidade de Alto Pinhal, em Enéas Marques deixou uma pessoa ferida.

O acidente ocorreu por volta das 15h50 quando o condutor da moto Honda CG 150 ESD Titan cor vermelha com placa de Francisco Beltrão saiu de uma estrada rural e acabou colidindo com uma Honda CG 150 Titan KS cor prata emplacada em Cruzeiro do Iguaçu que transitava pela rodovia.

O condutor da moto de Cruzeiro do Iguaçu teve ferimentos leves e foi encaminhado a UPA de Francisco Beltrão.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu prestaram atendimento na ocorrência. 

Fonte: PPNews.


Colisão frontal deixa mortos na PR - 218.


Três pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida em uma colisão frontal na manhã desta sexta-feira (19) na PR-218, em Joaquim Távora.
Segundo as primeiras informações, três homens e uma criança estavam em um Fiat Uno, com placas de Joaquim Távora, que seguia sentido Guapirama.
Um caminhão teria invadido a pista contrária e colidido frontalmente com o carro. Três ocupantes do Uno morreram no local, a quarta vítima foi socorrida e encaminhada em estado grave ao Pronto Socorro de Santo Antônio da Platina. O motorista do caminhão não se feriu, mas entrou em estado de choque.
Ainda de acordo com as primeiras informações obtidas pela reportagem no local do acidente, as vítimas seriam todas moradoras em Joaquim Távora e funcionários de uma construtora da cidade. Suspeita-se que a criança seja filho do motorista do veículo.
O texto é do site TÁ NO SITE.
Garoto de 11 anos é baleado durante assalto na BR-277.


Uma família passou por momentos de tensão na madrugada de hoje na Baixada do Mico na BR-277, próximo a Santa Terezinha de Itaipu.
Eles foram abordados por assaltantes que renderam as cinco pessoas, entre elas duas crianças.
Com o intuito de parar o carro um disparo foi efetuado e atingiu a criança de onze anos que precisou ser encaminhada ao hospital.
A família retornava para São Paulo no momento do assalto.
Os bandidos abandonaram um casal com uma criança de colo e fugiram com outro menor de 11 anos e o motorista do veículo.
O carro é um Fiat Uno placas EAH-7282 de São Paulo.

Antes da chegada ao posto da PRF em Santa Terezinha os dois reféns foram liberados e diligências foram feitas.

O caso foi registrado pela Polícia Civil de Foz do Iguaçu e os Policiais Rodoviários Federais fizeram patrulhamento em busca dos bandidos e do carro.
fonte: CGN.
Temer recorre ao STJ para tentar garantir posse de Cristiane Brasil

Resultado de imagem para STJ

O presidente Michel Temer recorreu na manhã desta sexta-feira (19) ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) para tentar garantir a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o comando do Ministério do Trabalho.
A informação foi confirmada pela AGU (Advocacia-Geral da União). O jornal Folha de S.Paulo antecipou a informação na última segunda-feira (15).
O Palácio do Planalto ingressou com um pedido de suspensão da liminar que foi concedida pelo juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, e que barrou a posse da parlamentar.
O pedido deve ser analisado pelo vice-presidente do STJ, Humberto Martins, que assumiu nesta quinta-feira (18) o plantão judiciário, substituindo a presidente Laurita Vaz.
Na semana passada, a equipe do presidente recebeu o aceno de que, em caso de recurso, a tendência era de que Laurita mantivesse a suspensão da posse.
A avaliação de assessores e auxiliares presidenciais é de que Martins é um ministro de mais diálogo e de posições mais ponderadas e a expectativa é de que ele tom uma decisão ainda nesta sexta-feira (19).
Na segunda-feira (15), o juiz federal Vladimir Vitovsky, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 2ª Região estabeleceu que a competência para julgar o episódio era da 4ª Vara Federal de Niterói, que negou inicialmente a posse.
Para o Palácio do Planalto, o episódio foi "politizado" pela Justiça do Rio de Janeiro e o STJ poderá fazer uma análise "menos contaminada" sobre a posse da parlamentar.
O recurso ao STF é também uma maneira de evitar que o caso seja analisado pela presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia. Na semana passada, Temer também recebeu sinais de que a tendência de Cármen é manter a suspensão da posse.
fonte: CGN.

Serra afirma que não será candidato na eleição deste ano.


O senador José Serra (PSDB-SP) afirmou na noite desta quinta (18) que não será candidato a governador de São Paulo ou a presidente da República nas eleições deste ano. A informação foi antecipada pelo site do jornal "O Estado de S. Paulo".
Ao jornal ele declarou que irá se dedicar a seus projetos em andamento no Legislativo, como o que trata da instituição do sistema distrital misto no país. Ele defende alterações no sistema eleitoral e político brasileiro. O mandato de Serra no Senado vai até 2022.
O tucano era um dos cotados de seu partido para disputar o governo do Estado de São Paulo. Outros nomes considerados são o do prefeito de São Paulo, João Doria, o do secretário de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro, e o do cientista político Luiz Felipe d'Ávila.
Em jantar com deputados estaduais em novembro do ano passado, Serra se disse disposto a disputar eleição, mas não especificou em qual cargo concorreria.
Ele é alvo de um inquérito que investiga se ele recebeu recursos da Odebrecht, via caixa dois, para financiar sua campanha na eleição de 2010.
Em depoimento à Polícia Federal, o executivo Pedro Novis, que presidiu a Odebrecht de 2002 a 2008, afirmou que o senador pediu e recebeu, para si e para o partido, R$ 52,4 milhões de 2002 a 2012.
Segundo o delator, parte era propina (ligada a algum negócio da empreiteira com o governo), e parte, não.
fonte: CGN.