Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

11/09/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Acidente com Ônibus Escolar e carreta Volvo é Registrado, sentido Manoel Ribas na PR – 466.


A equipe de reportagens do Blog do Beto foi informada por volta dás 22:30 horas, que havia ocorrido um acidente envolvendo um Ônibus Escolar na PR – 466 e um caminhão com placas de Guarapuava.


Segundo informações repassadas por leitores o coletivo tinha somente dois passageiros abordo, o acidente envolvendo a carreta volvo, modelo NL – 10, foi no Km 134 da PR – 466, sentido Manoel Ribas, segundo informações a carreta estava carregada com adubo e a carga seguiria para o Estado do Mato Grosso. 


O corpo de bombeiros foi acionado para prestar socorro. As causas do acidente ainda serão apuradas !!!


O Blog do Beto voltará com mais informações no decorrer dos fatos !!!!

Fonte: Redação do Blog do Beto por Lukas Gonzaga.



Carro e celular são Furtados no interior de Pitanga.



  No dia 10 de setembro de 2019, por volta das 13h55min compareceu a sede da 3ª Cia um Senhor o qual passou a relatar que reside na localidade safra velha bem como trabalha em uma fazenda e que nesta por volta 09h00min se ausentou da residência para trabalhar na lavoura e quando retornou por volta das 11h00min percebeu que haviam adentrado em sua residência arrombaram a janela e de seu interior pegado a chave de seu veículo um Fiat/Uno Mille de cor branca e subtraído o mesmo bem como um aparelho celular (do qual o solicitante não soube informar marca nem modelo). Diante dos fatos foi confeccionado o BOU e orientado quanto aos procedimentos cabíveis. 

Fonte: Polícia Militar.



Namorado de avó tenta estuprar criança de 10 anos.

Namorado de avó tenta estuprar criança de 10 anos em Apucarana

A Polícia Civil de Apucarana, através da delegacia da mulher, investiga mais um caso de estupro que aconteceu na cidade. O namorado da avó, de uma criança de 10 anos, é suspeito de cometer o crime contra a menina.


Segundo a Polícia Militar (PM), uma equipe foi chamada para registrar a ocorrência no final da tarde 

O pai da criança contou que a filha foi passar o último final de semana na casa da avó, no Jardim Ponta Grossa. Quando a garota já estava dormindo, o suspeito teria invadido o quarto dela.

A avó da menina disse, que o namorado também estava dormindo na casa. Que durante a noite, o suspeitou levantou, trancou o quarto e foi até onde a neta estava.

Ainda segundo a avó, ela acordou e percebeu que o namorado não estava na cama e que a porta estava trancada, então começou a gritar por socorro.

O homem voltou para o quarto, o casal começou a discutir e ele deixou a residência.

Depois, a neta contou para a avó, que o suspeito foi até o quarto onde estava dormindo e percebeu que ele tentou passar a mão nela, que teria praticado atos libidinosos, mas afirmou que não aconteceu a conjunção carnal.

Nesta segunda, a avó contou para o pai da criança o que tinha acontecido. O homem nervoso, chamou a PM.

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil, que vai apurar os fatos, e ouvir a vítima e familiares. Mais detalhes ainda serão repassados. 

Fonte: TN Online. 



Diretor pede por sexo e é gravado por adolescente de 17 anos: “Fazer gostoso e protegido”.

Foto: Reprodução EBC

Uma estudante de 17 anos divulgou, nas redes sociais, áudios que mostram a intimidade com que um diretor a tratava nas dependências de um colégio estadual do município de Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba. A adolescente afirma que gravou as conversas para comprovar que era vítima de assédio por parte do professor. Segundo ela, essa não foi a primeira vez que abordagens inapropriadas aconteceram entre os dois, e que após as denúncias, outras alunas também compartilharam histórias semelhantes.

A Banda B teve acesso às gravações, em que o diretor pedia para fazer sexo com a menina. Confira a transcrição de um trecho da conversa:


Diretor: Fazer gostoso e você vai ver como é que se faz. Fazer ficar pensando assim: nossa, por que não foi antes?

As gravações tem cerca de 30 minutos de duração. Em outro momento, o diretor chega  a sugerir que os dois usassem camisinha, pois o homem teria medo de engravidá-la. Acompanhe mais alguns trechos das gravações:

Diretor: Só que o seguinte: vamos fazer tudo protegido. Eu também não gosto muito disso, sabia? Mas fazer o quê?
Aluna: Mas você tem medo? De quê?
Diretor: Claro, imagina se eu engravido você?
Diretor: E daí, outra coisa: fazer umas coisinhas mais gostosas também

Neste momento, a menina ri e tenta mudar de assunto.

Em entrevista exclusiva à Banda B, a adolescente afirmou que tentou denunciar a outros professores do colégio, mas ninguém acreditou no seu relato. “Como ele sempre fez isso durante muito tempo, eu tinha medo de ‘abrir a boca’ e ninguém acreditar. Eu já não aguentava mais. Contei a muitos professores e eles não acreditaram. Então fui aconselhada por uma advogada a gravar as conversas”, contou à reportagem. “Eu precisei dar corda para que ele falasse”, disse a jovem.

Revoltada, a estudante pede que o professor seja punido. “Eu quero que a justiça seja feita e que ele pague pelo que fez, não só comigo. Espero que esse pesadelo acabe. Sinto muita vergonha desse caso”, lamentou. “Eu recebo mensagens o dia todo de apoio, recebo críticas, de gente me julgando, assim como meninas que contam que ele teria feito a mesma coisa com elas, mas que não tinham coragem de denunciar”, revelou a adolescente.

A reportagem também entrar em contato com o diretor. Ligamos várias vezes a um celular que seria de posse do professor, mas ele não atendeu a nenhuma das ligações.

Em nota enviada à reportagem, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte afirmou que “tanto a escola quanto o Núcleo Regional de Educação da Área Metropolitana Norte, que atende Itaperuçu, tomaram todas as providências cabíveis ao caso. O departamento jurídico da Seed foi acionado e será aberta sindicância a fim de apurar os fatos”.

Fonte: Banda B. 



Homem e criança ficam feridos em acidente na PR-483.

Homem e criança ficam feridos em acidente na PR-483

O acidente foi registrado na noite de terça-feira (10) por volta de 21h50 na rodovia PR-483, próximo ao trevo de acesso a Salgado Filho, envolvendo um caminhão Mercedes-Benz/Axor de Pouso Redondo (SC), um ônibus de Francisco Beltrão, e um Gol de Francisco Beltrão.

O condutor do Gol e uma criança de 6 meses sofreram ferimentos médios e foram socorridos por uma ambulância do Samu que passava pelo local e encaminhados a atendimento médico.


O Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Estadual também atenderam a ocorrência.

Fonte: PP NEWS FB.



Jovem cai de moto e tem barriga perfurada por peça.

Jovem cai de moto e tem barriga perfurada por peça em Faxinal

Uma jovem de 26 anos sofreu ferimentos graves após cair em cima de uma moto. Uma peça, conhecida como 'pezinho' teria perfurado a barriga dela. O acidente aconteceu na casa da vítima, no centro de Faxinal, na manhã de ontem (10).

Segundo testemunhas, a vítima teria tentado 'dar tranco' na moto e caiu, quando quebrou a peça e causou o ferimento grave.


Ela foi socorrida por uma Equipe do Samu, Serviço de atendimento Móvel de Urgência e encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal.

Porém, devido a gravidade, foi acionado o Helicóptero Avançado do Samu, para transferir a jovem até o Hospital da Providência em Apucarana.

Fonte: CGN.



Eduardo Bolsonaro diz que fala de Carlos 'não tem nada de mais'.

Eduardo Bolsonaro diz que fala de Carlos 'não tem nada de mais'

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) saiu em defesa do seu irmão no plenário da Câmara nesta terça-feira, 10. Sob protesto de alguns deputados de oposição, o parlamentar disse que a fala do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) sobre a democracia "não tem nada de mais". Para Eduardo, é a oposição que é "amante" de ditaduras.

"O que Carlos Bolsonaro falou não tem nada de mais. As coisas em uma democracia demoram porque exigem debate. Ele falou só isso. Não temos condições de mudar o Brasil na velocidade que gostaríamos. Por nós, teria outra velocidade, mas o tempo do Congresso não é o tempo da sociedade", disse.

Eduardo também acusou a oposição de isentar de críticas a situação da Venezuela e de apoiar países como Cuba. "São amantes de ditaduras. São incapazes de repudiar o governo de (Nicolás) Maduro e vêm aqui posar de amantes da democracia", disse.

Enquanto Eduardo discursava do centro do plenário, deputados pediam que ele "limpasse a boca" antes de criticar os partidos de oposição.

Embaixada

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a embaixada brasileira em Washington, nos Estados Unidos, Eduardo afirmou que a formalização da indicação ao Senado deve acontecer em meados de outubro.

Ele contou que já conversou com mais de 30 senadores e está confiante em sua aprovação. Eduardo terá que ser sabatinado pela Comissão de Relações Exteriores e, depois, terá que ter seu nome aprovado pelo colegiado e pelo plenário da Casa.

Questionado sobre se estaria esperando a reforma da Previdência ser aprovada pelos senadores, Eduardo negou e disse apenas estar esperando o melhor momento baseado nas conversas que têm tido com os senadores, inclusive com os de oposição.

Fonte: CGN.



Após cortes de verbas, Professores recomendam suspensão do vestibular da UFPR.

Após cortes de verbas, Professores recomendam suspensão do vestibular da UFPR

Em assembleia no fim da tarde desta terça-feira (10), em Curitiba, a maioria dos professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) decidiu por recomendar a suspensão do vestibular deste ano. A assembleia foi convocada pela Associação dos Professores da Universidade Federal do Paraná (APUFPR).

A deliberação será levada agora à direção da universidade. Os professores presentes na assembleia também decidiram levar a proposta ao colegiado nacional para fazer dela um movimento em todo o País. A ideia é pressionar o governo federal a liberar verbas de custeio, pesquisa e extensão que estão contingenciadas e comprometem o funcionamento de instituições federais de ensino.

Uma greve de dois dias, em 17 e 18 ou 24 e 25 de setembro, também foi decidida na assembleia sindical. Um indicativo de greve por tempo indeterminado foi aprovado. Em ata oficial, os motivos das deliberações são "contra os cortes no orçamento; contra o Future-se; e que a suspensão do vestibular se deve ao Projeto de de lei orçamentária de 2020 que impede o funcionamento das Universidades".

O reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, disse ao Bem Paraná no início da noite desta terça que a decisão de suspender o vestibular cabe à instituição universitária, sendo a última palavra da reitoria. "Antes de qualquer coisa a gente precisa identificar o que foi discutido. O que sei até agora é que foi decidido que se levasse para o sindicato nacional e reitores para verificar se não há condições de fazer disso (suspensão do vestibular) um movimento nacional. Não sei se o encaminhamento foi esse. Tendo a não acreditar que seja isso, não tem muito a cara do nosso sindicato, e se for isso não é o sindicato que resolve. É a direção que resolve. Claro que o sindicato pode e deve pressionar quando considerar pertinente", disse o reitor que deve se reunir com professores e tomar posição até a manhã desta quarta-feira (11).

Fonseca diz que ainda não foi cogitada a suspensão do vestibular. "Eu estou vivendo o dia a dia. Se não vier dinheiro até o final desse mês nós viveremos uma situação dramática. Não estou criando cenários apocalípticos. Dentre esses cenários, um seria suspender o vestibular. Até agora a gente ainda não cogitou suspender o vestibular. Nós queremos terminar o ano, de um jeito ou de outro. O governo, o ministério, tem dito que sai algum dinheiro e que isso permitiria o fechamento do ano", afirma o reitor.


As inscrições para o vestibular 2019/2020 da UFPR terminaram às 17 horas desta terça. Ao todo, a UFPR ofereceu 5.660 vagas em 129 opções de cursos e turnos de graduação. Pelo Sistema de Seleção Unificado (SiSU) serão disponibilizadas 1.298 vagas, de acordo com a instituição.

Por enquanto, a 1ª fase do vestibular está marcada para o dia 27 de outubro. As provas aplicadas nessa data vão ser de conhecimentos gerais. Os estudantes que passarem para a 2ª etapa vão fazer as provas de compreensão e produção de texto e as questões específicas nos dias 24 e 25 de novembro.

As provas serão aplicadas em Curitiba, Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina e Toledo.

Procurada, a APUFPR ainda não se manifestou oficialmente após a assembleia.

Fonte: Bem Paraná.