Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Professores de Santa Maria do Oeste estão em Greve.
  

O Colégio José de Anchieta situado em Santa Maria do Oeste, comunica que a partir do dia 07/05/2015 Quinta - Feira, estará de Greve por Tempo Indeterminado.






Para toda família, para todos os estilos, no seu 

dia a dia, em seus melhores momentos.

Professores decidem manter greve.


   

Os professores e trabalhadores na educação do Paraná decidiram hoje (05), por unanimidade, manter a greve iniciada no dia 25 de abril em todo o estado. Pela manhã, a categorua protestou contra violência policial na manifestação ocorrida na última quarta-feira (29), quando ficaram feridas mais de 200 pessoas, segundo a prefeitura de Curitiba.
Sob os gritos de “a greve continua” a categoria – que representa 70% do funcionalismo público do estado – optou pela continuidade do movimento, especialmente contra o projeto de lei que alterou o regime previdenciário dos servidores públicos estaduais.
Cerca de 10 mil educadores de todo o estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato), participaram da assembleia no Estádio Dorival Britto e Silva (Vila Capanema).
Fonte : PPNEWS
         BODEGÃO                                                      

              

Comando da PM exige que Francischini assuma responsabilidade do ataque aos professores.


   Policiais que faziam um cerco ao prédio da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) entram em confronto com manifestantes em Curitiba, durante protesto contra votação de projeto que promove mudanças na Previdência estadual (Foto: Paulo Lisboa/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo)

O Comando da Polícia Militar elaborou uma carta endereçada ao governador Beto Richa, exigindo que o secretário de Segurança, fernando Francischini assuma a responsabilidade sobre operação da PM que culminou em 2013 feridos, no último dia 29 de abril, em frente à Assembleia Legislativa.
A PM usou bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha, cães de guarda e cassetetes para não deixar os professores entrarem na Assembleia. Na coletiva do último dia 4 de maio, o secretário Francischini se eximiu de qualquer responsabilidade sobre as consequências da operação, apontando o comando da PM como único responsável.
Esta atitude enfureceu o comando da Polícia Militar, que elaborou este documento para demonstrar o repúdio à atitude do secretário. O governador decidiu manter Francischini no cargo, mas o documento prova que ele não tem mais a confiança da PM, requisito indispensável para comandar a corporação.
Veja a íntegra da carta:
Veja abaixo a íntegra da carta.
CARTA AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ
O Comando da Polícia Militar do Paraná, instituição sesquicentenária que labuta diariamente em prol da segurança pública do Estado do Paraná, cumprindo incansavelmente a sua missão constitucional, vem perante Vossa Excelência manifestar o seu repúdio às declarações atribuídas pela Imprensa ao Secretário de Estado da Segurança Pública, em data de 04 de maio de 2015 – e até agora não desmentidas – as quais atribuem única e tão somente à PMPR a responsabilidade pelos fatos ocorrido em 29 de abril de 2015, quando da manifestação dos professores, pelos fundamento abaixo delineados.
a) A Polícia Militar do Paraná esteve presente no dia 29 de Abril de 2015, cumprindo o seu papel constitucional de preservação da ordem pública, no intuito de garantir a ordem pública e impedir uma possível invasão à Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, em atendimento ao interdito proibitório expedido pela Justiça paranaense, devidamente comandada, com planejamento prévio e ciente dos desdobramentos que poderia advir.
b) Que o Senhor Secretário de Segurança Pública foi alertado inúmeras vezes pelo comando da Tropa empregada e pelo Comandante-Geral sobre os possíveis desdobramentos durante a ação e que mesmo sendo utilizadas as técnicas internacionalmente reconhecidas como as indicadas para a situação, pessoas poderiam sofrer ferimentos, como realmente ocorreu, tendo sido vítimas manifestantes e policiais militares empregados na operação.
c) Que imediatamente após os fatos foi determinada a abertura de Inquérito Policial Militar para a apuração dos possíveis excessos, no sentido de serem responsabilizados todos os que tenham dado causa aos mesmos.
d O que não se pode admitir em respeito à tradição da Polícia Militar do Paraná, seus Oficiais e Praças, que seja atribuída a tão nobre corporação a pecha de irresponsável ou leviana, por não ter sido realizado um planejamento, ou mesmo que tenha sido negligente durante a operação, pois todas as ações foram tomadas seguindo o Plano de Operações elaborado, o qual foi aprovado pelo escalão superior da SESP, tendo inclusive o Senhor Secretário participado de diversas fases do planejamento, bem como é importante ressaltar que no desenrolar dos fatos o Senhor Secretário de Segurança Pública era informado dos desdobramentos.
e) O Comando e os demais integrantes da Corporação deixam claro a Vossa Excelência que nunca deixarão de cumprir o seu juramento desempenhar com honra, lealdade e sacrifício de sua própria vida, as suas obrigações, na defesa da Pátria, do Estado, da Constituição e das Leis.
Curitiba, R, 5 de Maio de 2015.
Cel. QOPM Cesar Vinícius Kogut,
Comandante-Geral da PMPR

Fonte ; Paraná Online

LOJÃO DO BRÁZ

       O melhor para você

Presos liberam refém e encerram rebelião em Piraquara.


   

Depois de 19 horas de negociação, presos da Penitenciária Central do Estado liberaram o agente feito refém e encerraram rebelião
Terminou por volta das 10 horas desta quarta-feira (6) a rebelião na Penitenciária Central do Estado (PCE) em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. O refém que estava sob domínio dos presos rebelados há cerca de 19 horas foi solto e a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp-PR) confirmou que não há feridos. O refém foi atendido por uma equipe da saúde e passa bem.
Nas negociações, os detentos pediam transferência para outras unidades penais. Dos 17 rebelados, apenas cinco foram levados para a Casa de Custódia, dentro do próprio complexo penal. O restante teve o pedido negado. De acordo com a Sesp, entre os pedidos atendidos, um documento foi emitido para que tenha a presença de mais defensores públicos nos inquéritos dos presos.
As negociações foram suspensas ontem, por volta das 20 horas e retomadas na manhã de hoje pelo Departamento Penitenciário (Depen) e pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Acompanharam as mediações defensores públicos e equipe da direitos humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Informações da Banda B.
Agora em Santa Maria do Oeste o Parque 

de diversões São Roque.




Mãe amamenta bebê de um mês e horas depois se desespera ao encontrá-lo morto no berço.


Uma tragédia choca uma família moradora no bairro Jardim Weissópolis, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, durante a madrugada desta quarta-feira (6). Um bebê de um mês morreu logo após mamar.
O Siate do Corpo de Bombeiros chegou a ser chamado para atender a ocorrência, mas nada pôde ser feito, conforme destacou o cabo Nildo. “Quando chegamos era tarde. A mãe tinha amamentado à 1h e dormiu. Às 3h ela foi até o berço e a criança estava roxa. Nós fomos chamados um pouco depois e não tinha mais o que ser feito”, afirmou à Banda B.
Ainda de acordo com o cabo, somente a perícia vai precisar o que aconteceu. “A mãe disse que fez tudo certo e colocou a criança para arrotar. Ela disse que colocou o bebê de ladinho e não dá para saber se foi afogamento pelo leite ou ficou sem ar devido à coberta. Isso fica a cargo da perícia”, disse.
O corpo da menina foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Fonte : Banda B

Câmara de Vereadores de Santa Maria do Oeste.

Câmara de Vereadores de Santa Maria do Oeste

Vândalos violam túmulo e deixam corpo de professora seminu fora do caixão.


   

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a violação de um túmulo e suposto caso de necrofilia no Cemitério Municipal de Paranavaí. Os crimes teriam sido praticados na madrugada desta terça-feira (5), horas depois do sepultamento de uma professora de 41 anos.
Vítima de câncer, a professora morreu na segunda-feira (4) e foi sepultada no final da tarde, por volta das 17h. Durante a manhã de ontem, funcionários do cemitério encontraram a sepultura violada e o corpo fora do caixão.
Segundo o delegado-operacional da Delegacia de Paranavaí, Carlos Henrique Rossato Gomes, conhecido como Caíque, o corpo estava seminu. “O fato de ela estar sem parte das roupas levanta a suspeita de necrofilia, porém precisamos aguardar os laudos dos exames para confirmar ou descartar essa hipótese”, explicou.
O corpo da professora foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) onde foi submetido a exames para identificar se houve abuso ou não. A área próxima ao túmulo foi isolada para a coleta de impressões digitais.
Da Catve com informações de O Diário.com  fonte : J CATTELAN
                      REALIZAR IMOVEIS

18 pessoas ficaram feridas em um acidente na 


BR 277.


  

18 pessoas ficaram feridas em um acidente na BR 277 em Prudentópolis na noite de ontem (5). A batida ocorreu entre quatro veículos na Serra da Esperança, próximo ao Viaduto São João.
Um carro e uma van desciam a serra sentido Curitiba e um caminhão carregado com cilindros de oxigênio seguia na direção contrária. Enquanto isso um outro caminhão tentou ultrapassar a van e o carro em um local proibido e acabou provocando uma batida.
Na van estavam 16 pessoas que iam de Foz do Iguaçu para Ponta Grossa.
O motorista do carro foi levado ao hospital com dores. O motorista do caminhão que provocou o acidente fugiu sem prestar socorro.
Os outros condutores realizaram o teste do bafômetro e o resultado deu negativo.
Os feridos foram encaminhados para um hospital em Guarapuava.

PREFEITURA DA CIDADE DE SANTA MARIA DO OESTE.


                BRASÃO DA PREFEITURA DA CIDADE DE SANTA MARIA DO OESTE.

Caminhão bitrem tomba ao realizar curva.


   

O acidente aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (06), na BR-487, proximidades do Termas de Jurema, em Iretama.
O condutor de um caminhão bitrem, da Coamo, com placas de Campo Mourão, perdeu o controle da direção ao fazer uma curva e o veículo acabou tombando.
Apesar da gravidade do acidente, o motorista sofreu apenas ferimentos leves. Ele foi atendido no local, por uma equipe do Samu, e foi encaminhado ao hospital.
Fonte : CGN