Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 22 de março de 2018

22/03/2018 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Entrevista Exclusiva com o Sargento Moraes, tranquilizando a população Pitanguense e atualizando os fatos sobre o Roubo aos Bancos de Pitanga. ASSISTA AO VÍDEO:


Na manhã de hoje dia 22/03/2018 por volta dás 10:25 minutos o Blog do Beto gravou uma entrevista exclusiva com o Sargento Moraes da Rotam de Pitanga, em entrevista o sargento relata sobre as informações falsas que estão sendo divulgadas nas redes sociais e pontua dizendo para a população pitanguense ficar calma que está tudo sobre controle, para os cidadãos seguirem sua vida normalmente como de costume.

Já no período da tarde de ontem dia 21/03/2018, recebemos as fotos do veículo Honda HR-V Touring de cor Branca, Ano: 2017 / 2018 com placas: BBR -2044, que foi encontrado em limeira pela Polícia Militar, com munições de Fuzil, explosivos e outros objetos, sendo ainda que havia um meliante tentando abordar os carros que ali passavam e avistado pela equipe policial entraram em troca de tiros aonde o mesmo veio a óbito.


Está mais uma vez de Parabéns a Polícia Militar de Pitanga e Região, em especial o nosso amigo Sargento Moraes e sua equipe pela resposta rápida, a ação dos meliantes trazendo assim segurança a População de Pitanga, que não há o que temer, pois eles estão trabalhando incessantemente para manter a lei e a ordem como de costume !!! 

                             


Caminhão carregado com porcos tomba na BR-376.


Um caminhão carregado com suínos acabou tombando na rodovia BR-376, em Ponta Grossa, ontem (21). A ocorrência foi registrada na altura do Km 474, sentido Tibagi-Ponta Grossa, nas proximidades da localidade de Pinheirinhos.

A Polícia Rodoviária Federal atendeu à ocorrência, mas o motorista não se feriu. Diversos animais tiveram lesões. Parte da carga foi retirada do caminhão. O caminhão permaneceu às margens da rodovia aguardando o destombamento.

As informações são do portal Jornal Diário dos Campos. 


Colisão entre veículos resulta em quatro feridos na PR - 323.


Quatro pessoas ficaram feridas, após um acidente envolvendo duas carretas e um veículo de passeio, no início da noite desta quarta feira (21), na PR-323 em Jussara.

O acidente aconteceu por volta das 19h00, no trecho entre Cianorte e Jussara, próximo do rio Ligeiro sentido à Jussara, no final da terceira faixa.

Segundo informações colhidas pela reportagem do noti-cia.com, no local uma carreta que trafegava pela rodovia sentido à Jussara foi fechada por um outra que saía da terceira faixa, sendo que a primeira citada pra evitar a colisão, desviou e invadiu a pista contrária onde vinha uma outra carreta, que ao tentar frear deu “L”, caindo na ribanceira.

A carreta que invadiu a pista contrária, chegou a colidir de raspão na outra que seguia no sentido Jussara à Cianorte e também contra um veículo Santana com placas de Floresta, ocupado por duas pessoas que vinha logo atrás da carreta que deu “L”.

O Corpo de Bombeiros e equipe do Samu, estiveram no local e socorreram quatro vítimas, sendo o condutor e uma passageira do Santana, e os dois motoristas das carretas envolvidas. A outra carreta que provocou o acidente fechando a outra na terceira faixa, não parou e seguiu viagem.


Pela gravidade do acidente, as primeiras informações eram de que havia várias vítimas graves, mas ao chegar no local os socorristas encontraram quatro pessoas feridas com apenas ferimentos leves. Elas foram socorridas e encaminhados ao Hospital Santa Casa de Cianorte e sem risco à vida.

A Polícia Rodoviária registrou a ocorrência para apurar as causas do acidente.

As informações são do Noti-cia.


Polícia Federal prende suspeitos de roubos a SEDEX-Correios.

Resultado de imagem para SEDEX-Correios

A Polícia   Federal   cumpriu   hoje, (22), 04 mandados   judiciais,   sendo   dois   de   busca    e   apreensão   e  dois   de   prisão preventiva, contra   suspeitos de praticarem o crime de roubo qualificado contra os Correios.

Segundo as investigações, os presos que atuavam na região do bairro Sítio Cercado, região metropolitana de Curitiba, faziam parte de um grupo que efetuava abordagens a carteiros e, mediante ameaça com emprego de arma de fogo, roubavam as mercadorias SEDEX.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal em Curitiba.

Os presos serão conduzidos à Superintendência de Polícia Federal em Curitiba onde permanecerão à disposição da Justiça e se condenados poderão ter penas de até 15 anos de prisão.

Fonte: CGN


Venezuela inicia oferta pública de criptomoeda respaldada em petróleo.

Resultado de imagem para criptomoeda

O ministro de Educação Universitária, Ciência e Tecnologia da Venezuela, Hugbel Roa, anunciou nessa quarta-feira o início da oferta pública do petro, a criptomoeda lançada pelo governo e que tem as reservas nacionais de petróleo como lastro. "Já começou a IPO (oferta pública inicial) Petro", disse no Twitter o ministro, sem dar mais detalhes.

A Agência Venezuelana de Notícias (AVN) informou que a pré-venda do petro fechou ontem, depois de um mês, e alcançou valor superior a US$ 5 bilhões em intenções de compra.

"Esse processo contou com a participação de 127 países, entre eles o Afeganistão, a Argentina, o Brasil, a Bolívia, o Equador, a Rússia, o Chile, a Colômbia, Coreia do Sul, Cuba, a Espanha, os Estados Unidos, a França, o Japão e a China", disse a AVN.

O Parlamento venezuelano, de maioria oposicionista, declarou nulo o decreto da emissão da criptomoeda pois, como alegou, se trata de uma moeda "ilegal" que viola a Constituição. A Câmara também rejeitou a pré-venda e alertou os potenciais compradores sobre a "ilegalidade".

Na declaração, o Legislativo citou artigos da Constituição e de leis vigentes no país, segundo os quais é proibido usar as reservas nacionais como garantia, como ocorre com o petro que, de acordo com o governo de Nicolás Maduro, terá como lastro 5 bilhões de barris de petróleo, além de outros minerais.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva que proíbe aos cidadãos do país "todas as transações" com "qualquer moeda digital" emitida pelo governo venezuelano.

Fonte: Agência Brasil.


ONU alerta que 124 milhões de pessoas necessitam ajuda alimentícia urgente

Cerca de 124 milhões de pessoas em 51 países enfrentaram graves crises de alimentos em 2017, número que representa um claro aumento sobretudo pelos conflitos cada vez mais intensos e prolongados, advertiu a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quinta-feira (22).  A informação é da Agência EFE.

O relatório mundial de crises de alimentos, elaborado por diversas agências das Nações Unidas e outros parceiros, destaca que a quantidade de pessoas com fome aguda no mundo aumentou em 11 milhões (11% anual) se comparados os mesmos 45 países analisados neste ano e no anterior.

Em 2016, foram contabilizadas 108 milhões de pessoas que sofriam com grave insegurança alimentícia em 48 países, frente às 80 milhões calculadas em 2015.


"Duas a cada três pessoas com fome procedem de países que vivem crises prolongadas", explicou em conferência o diretor-geral da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva.

As piores crises de alimentos de 2017 se localizaram no Nordeste da Nigéria, na Somália, no Iêmen e no Sudão do Sul, onde havia 32 milhões de pessoas que necessitavam assistência urgente, 16% a mais que um ano antes.

Fonte: Agência Brasil.


Brasileiros acreditam que inflação ficará em 5,3% nos próximos 12 meses, diz FGV.


A expectativa mediana dos consumidores brasileiros para a inflação nos próximos 12 meses ficou em 5,3% neste mês e atingiu o menor nível desde setembro de 2007 (5,2%). Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a taxa ficou próxima da registrada no levantamento de fevereiro (5,4%).

O cálculo da expectativa da inflação é feito com base na resposta dos consumidores para a seguinte pergunta: “Na sua opinião, de quanto será a inflação brasileira nos próximos 12 meses?”. O entrevistado responde livremente, sem qualquer valor sugerido pelos pesquisadors.

A FGV acredita que, como não se esperam grandes flutuações no nível de preços, a expectativa de inflação dos consumidores se manterá nesse patamar nos próximos meses.

Fonte: Agência Brasil.


Zuckerberg diz que vai ajudar a esclarecer vazamento de informações do Facebook.


O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que a empresa "cometeu erros" que levaram milhões de usuários da rede a ter seus dados explorados pela consultoria política, Cambridge Analytica. Ele também garantiu estar disposto à colaborar como for preciso e evitar que dados sejam novamente explorados indevidamente para influenciar campanhas eleitorais na Índia e no Brasil.

"Nós temos a responsabilidade de proteger seus dados [dos usuários], se não pudermos, não merecemos atendê-los", declarou.

A consultoria é acusada de ter usado dados de cerca de 50 milhões de usuários do facebook e ter influenciado eleições de maneira indevida.  A companhia obteve as informações em 2014 e utilizou os dados para desenvolver uma aplicação que "previa e influenciava decisões dos eleitores", segundo reportagens publicadas pelo jornal The New York Times e pelo Canal britânico 4. Segundo as reportagens, a consultoria também poderia agir em eleições na Índia e este ano no Brasil.

Em entrevista exclusiva, na noite dessa quarta-feira (21), à rede de tv norte-americana CNN, Zuckerberg afirmou estar disposto até mesmo a ir ao Congresso brasileiro se for chamado para testemunhar e ajudar.

Ele admitiu ter ocorrido o que chamou de "quebra de confiança".  Mais cedo, já havia publicado um pedido de desculpas em sua página oficial na rede social. Durante a entrevista à rede CNN, Zuckerberg afirmou estar profundamente triste e reafirmou que vai adotar as ações necessárias para proteger os dados de usuários e "dificultar" a coleta de dados de informações por "aplicativos desonestos".

Ele disse que a empresa se compromete a investigar aplicativos que tiveram acesso a grandes quantidades de dados antes de 2014 - quando a rede social reduziu bastante o acesso de dados.

Além disso, informou que vai ser feita uma auditoria forense em aplicativos suspeitos. Aqueles que não concordarem com essa verificação poderão ser banidos. Medidas para proteger contas inativas também deverão ser adotadas.

Zuckerberg afirmou ainda que a empresa vai aprender com a experiência para proteger ainda mais sua plataforma e tornar a comunidade mais segura para todos daqui pra frente.

O facebook investiga o vazamento dos dados que supostamente teriam sido usados pela empresa de consultoria britânica Cambridge Analytica, contratada pela campanha presidencial de Donald Trump em 2016.

Sobre a parceria com a Cambridge Analytica, Zuckerberg disse ter "se arrependido" de confiar na empresa, em 2015. Segundo ele, naquela época, o facebook recebeu uma certificação da empresa de que  teria apagado os dados dos usuários que havia inicialmente adquirido de maneira indevida.

Em outras redes sociais, como o Twitter, vários usuários participaram de uma campanha contra o facebook, com a hashtag "deletefacebook" (apague o Facebook), em uma crítica à segurança da informação na plataforma.

Nos Estados Unidos, as especulações e suspeitas sobre uma interferência russa nas eleições presidenciais de 2016, para um suposto favorecimento do presidente Donald Trump durante a disputa, é investigada pelo FBI. Agora se discute como redes sociais, entre elas o facebook, podem ter sido usadas na veiculação de notícias falsas no jogo político internacional e nacional.

Fonte: Agência Brasil.


Consórcios podem iniciar estudos da ferrovia entre Paraná e MS.


O governador Beto Richa autorizou nesta quarta-feira (21) a abertura dos estudos de engenharia e de viabilidade técnica, ambiental e econômica para implantação de uma nova ferrovia, com cerca de 1.000 quilômetros de extensão, que ligará o Porto de Paranaguá a Dourados, no Mato Grosso do Sul.

A assinatura do termo técnico foi no Palácio Iguaçu, com a presença dos representantes das empresas habilitadas para o trabalho e representantes do Banco Mundial (Bird). Quatro consórcios, entre 18 que se candidatam para a elaboração dos estudos, vão fazer os levantamentos necessários para a implantação do novo ramal ferroviário.

O governador afirmou que a nova ferrovia será um grande vetor para o desenvolvimento do Paraná, ampliando a competitividade dos produtos do Estado. “É uma ferrovia que não precisará inventar demanda. Ela vai transportar as riquezas do agronegócio produzidas não só pelo Paraná, mas também pelo Mato Grosso do Sul, facilitando o escoamento até o Porto de Paranaguá. Além disso, também vai conduzir parte da produção do Paraguai e da Argentina”, disse.

A obra da nova ferrovia está dividida em dois trechos. O primeiro tem 400 quilômetros e liga Guarapuava ao Litoral do Paraná. O segundo vai de Guarapuava até Dourados (MS), passando por Guaíra, com a construção de mais 350 quilômetros de trilhos.

MOMENTO HISTÓRICO - Para o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, o início dos estudos de viabilidade do empreendimento é um momento histórico para o Paraná. “É uma expetativa muito grande e uma enorme conquista para o nosso Estado”, disse.

PORTO - Menos de 20% das mercadorias que chegam a Paranaguá são atualmente entregues por via férrea. A projeção é que haja crescimento de 450% com o novo ramal ferroviário. “E o porto estará preparado para isso, graças ao planejamento eficiente e a modernização que implantamos, além dos investimentos públicos e privados feitos nos últimos anos”, ressaltou o Beto Richa.

Ele citou que em 2011 o porto tinha movimentação anual de 36 milhões de toneladas. Em 2017, foram 51,5 milhões. “Acabamos com as filas de caminhões no porto e de navios, modernizamos equipamentos, como guindastes e shiploaders, que eram da década de 70, garantindo mais agilidade e velocidade na movimentação de cargas”, reforçou.

CONSÓRCIOS – Os consórcios responsáveis pelo estudo são HaB, constituído pelas empresas Bureau da Engenharia ECT Ltda, Hendal e Advice Concultoria e Serviços; o consórcio SSSE, formado pela empresa espanhola Sener Ingeneria e pelas nacionais Sener Setepla e Engefoto; o consórcio Egis-Esteio-Copel, do qual fazem parte a empresa francesa Egis Engenharia e Consultoria Ltda e pelas nacionais Esteio Engenharia e Aerolevantamentos S.A e Copel, e o consórcio formado por Sistemas de Transportes Sustentáveis – STS, Pullin e Campano Consultores Associados e Navarro Prado Advogados, pela consultoria Millennia Systems, dos Estados Unidos, e pela EnVia Technologies International.

PRESENÇAS - Participaram da solenidade o secretário de Estado de Assuntos Estratégicos, Edgar Bueno, da Administração e Previdência, Fernando Ghignone ; o diretor-presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin; presidente da Copel, Antônio Guetter e o diretor-presidente da Celepar, Jacson Leite.

Fonte: AEN