Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 21 de março de 2018

21/03/2018 - NOTÍCIA URGENTE !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.




Entrevista Exclusiva com o Sargento Moraes, tranquilizando a população Pitanguense e atualizando os fatos sobre o Roubo aos Bancos de Pitanga. ASSISTA AO VÍDEO:


Na manhã de hoje dia 22/03/2018 por volta dás 10:25 minutos o Blog do Beto gravou uma entrevista exclusiva com o Sargento Moraes da Rotam de Pitanga, em entrevista o sargento relata sobre as informações falsas que estão sendo divulgadas nas redes sociais e pontua dizendo para a população pitanguense ficar calma que está tudo sobre controle, para os cidadãos seguirem sua vida normalmente como de costume.

Já no período da tarde de ontem dia 21/03/2018, recebemos as fotos do veículo Honda HR-V Touring de cor Branca, Ano: 2017 / 2018 com placas: BBR -2044, que foi encontrado em limeira pela Polícia Militar, com munições de Fuzil, explosivos e outros objetos, sendo ainda que havia um meliante tentando abordar os carros que ali passavam e avistado pela equipe policial entraram em troca de tiros aonde o mesmo veio a óbito.


Está mais uma vez de Parabéns a Polícia Militar de Pitanga e Região, em especial o nosso amigo Sargento Moraes e sua equipe pela resposta rápida, a ação dos meliantes trazendo assim segurança a População de Pitanga, que não há o que temer, pois eles estão trabalhando incessantemente para manter a lei e a ordem como de costume !!! 

                             



Notícia Urgente: Mais um bandido é morto pela polícia militar em troca de tiros com assaltantes do roubo aos Bancos de Pitanga.


A equipe de Reportagens do Blog do Beto recebeu na tarde de hoje dia 21/03/2018 as imagens do veículo possivelmente utilizado no assalto ao Banco do Brasil, Caixa Econômica e Itaú da cidade de Pitanga, sendo que este veículo foi encontrado na área rural de limeira pertencente à cidade de Pitanga, sendo um veículo Honda HR-V Touring de cor Branca, Ano: 2017 / 2018 com placas: BBR -2044 recuperado, pela polícia militar de pitanga, com alguns explosivos, e mais alguns itens encontrados em seu interior.

Agora a pouco durante á noite, o Sargento Moraes e sua equipe trocaram tiros com um  meliante que se encontrava próximo de onde encontraram o carro localizado pela Policia e  o meliante veio a óbito.

As primeiras informações que chegam a nossa equipe são de que o BOPE já está na cidade, e já foi solicitado reforço aéreo para intensificar as Buscas na área rural de Limeira.

Por medida de Segurança pedimos para todos os cidadãos de Pitanga e Manoel Ribas permaneçam e fiquem atentos pois estas são algumas possíveis rotas de fuga utilizadas pelos assaltantes dos Bancos de Pitanga.

Qualquer denuncia deve ser passada para Policia Militar.


Fonte: Redação do Blog do Beto.



21/03/2018 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.

Agências da Caixa e do Itaú reabrirão nesta sexta em Pitanga.



As agências bancárias o Itaú e da Caixa Econômica Federal em Pitanga voltarão a atender os clientes a partir desta sexta feira (23). De acordo com o gerente regional da Caixa, Roque Policeno, um espaço alternativo está sendo ajustado dentro da própria agência para que possam ser feitos pagamentos, troca de cheque e depósitos. Em relação ao atendimento em caixas eletrônicos nessas duas agências ainda não prazo para o retorno da prestação de serviços. Já no Banco do Brasil, ainda não há data definida para a reabertura da agência. As informações foram repassadas ao portal RSN pelo repórter Paulo Wolf, da Rádio Poema.
Esse transtorno causado pelas explosões provocadas por mais de 20 assaltantes na madrugada de segunda feira (19), superlotou a única casa lotérica da cidade, o Correios e as unidades do Caixa Aqui.
“Desde ontem as filas são enormes”, disse  Emília Kochinski, moradora na cidade. Segundo ela, praticamente três dias depois do assalto, aos poucos tudo está voltando ao normal.
Na segunda (19), por questão de segurança, as aulas noturnas foram suspensas, já que muitos alunos moram no interior e dependem de ônibus do transporte escolar.
“Como os assaltantes poderiam estar escondidos na zona rural por segurança as aulas foram suspensa, mas agora  estão dentro da normalidade”, disse Paulo Wolf.
Fonte RSN

Mulher tem o rosto queimado com óleo quente por suposta traição.



Uma suposta traição e como consequência mais uma mulher agredida gravemente. O caso é mais um que engrossa as estatísticas diárias dos boletins policiais e foi registrado na madrugada dessa terça (20) em Nova Tebas, a 136 quilômetros de Guarapuava. De acordo com a Polícia Militar, o homem, 27 anos, informou cometeu o crime porque tinha descoberto uma possível traição de sua companheira, 21 anos. Ele aqueceu uma panela com óleo e, enquanto a jovem estava deitada, jogou o líquido quente sobre o seu rosto. A vítima foi levada ao hospital municipal da cidade.
Casos de violência que chegam também à morte, como os três feminicídios com requintes de crueldade registrados na região nos últimos 30 dias, chamam a atenção para a necessidade urgente de políticas públicas regionais nessa área e que deveriam ser implantadas e assumidas pelo Governo do Estado. De acordo com a secretária de Políticas Públicas para Mulheres em Guarapuava, Priscila Schran de Lima, os municípios de pequeno porte não conseguem organizar uma rede de enfrentamento.
“Durante o encontro regional que realizamos na semana passada fizemos uma oficina com os municípios onde sugerimos que a Prefeitura, a Igreja, as polícias, as escolas, os postos de saúde se unam e montem uma rede que comece a trabalhar essa questão. Todos tem o Cras [Centro de Referência em Assistência Social], Conselho Tutelar”.
Ainda segundo a secretária, não basta Guarapuava ser o polo regional e ter uma rede estruturada.
“Nossas vizinhas estão sofrendo e estão morrendo com violências gravíssimas. É que preciso que os municípios enfrentem essa situação e se organizem de acordo com a sua própria realidade”.
Os números da violência contra a mulher em Guarapuava são oscilantes. Em 2017 foram registrados 344 casos contra 319 em 2016, o equivalente a 7,8% a mais no ano passado em relação ao anterior, de acordo com a secretaria. No relatório da PM, foram 536 em 2016 contra 472 em 2017.
ENFRENTAMENTO
Em Guarapuava, a Rede de Enfrentamento é uma das mais bem organizadas do país. Além da Secretaria específica o combate à violência contra a mulher, criada na primeira gestão do prefeito Cesar Silvestri Filho (PPS), a Rede conta com o trabalho conjunto, principalmente, entre as secretarias municipais de saúde, assistência social, obras, Delegacia da Mulher, Polícia Militar Judiciário, Ministério Público, entre outros. Qualquer atendimento policial nesse sentido é encaminhado ao Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, o CRAM, para o atendimento necessário dentro da própria Secretaria.
Uma casa abrigo, hoje com mulheres e crianças abrigadas, dá suporte e segurança ao público alvo. Existem apenas quatro no Paraná (Guarapuava, Maringá, Londrina e Foz do Iguaçu). Em Curitiba há apenas casas de passagem.
Segundo Priscila, na política de regionalização o Estado implantaria novas unidades polos e se responsabilizaria pelo custeio. Entre locação, equipe de profissionais e custeio, em Guarapuava, o custo não chega a R$ 20 mil por mês.
“Não é um custo alto e estamos salvando vidas”. De acordo com a secretária, por enquanto, Guarapuava ainda está acolhendo vítimas de outros municípios desde que a administração municipal se responsabilize pelas despesas.
“Mas em breve, podemos atender apenas vítimas locais como já está acontecendo em Maringá e Londrina”.
Fonte RSN

PMs entram na justiça para conseguir coletes novos.



PARANÁ – Policiais militares do Paraná entraram na Justiça para que o governo do estado troque coletes balísticos vencidos por novos.
Um policial que não quis se identificar levantou questionamentos a respeito da situação. “Você sair de casa sabendo que o seu colete já está vencido… isso gera um estresse ainda maior no teu serviço, né? Como você pode dar segurança à sociedade se nem o Estado te dá o mínimo de segurança?”, disse.
O advogado Rodrigo Viana Freguglia entrou com 15 pedidos de liminar para conseguir os coletes novos, dos quais a Justiça acatou 13. “A ação é contra o Estado do Paraná que está negligenciando a falta do colete balístico”, afirmou.
Segundo Freguglia, “o direito ele tem, que é o equipamento de segurança adequado. Ele tem que ter isso durante todo seu período de trabalho e depois na volta para sua residência, porque ele faz isso fardado e corre o risco de fazer sofrer algum tipo de ação contra a pessoa dele”.
Nos últimos dias, ao menos três juizados de Curitiba e região obrigaram o Estado a conceder os coletes aos policiais. O prazo é de 15 a 30 dias.
A Secretaria de Segurança informou que a empresa vencedora da licitação para distribuir os coletes novos entregará uma amostra, que será analisada por uma comissão, e só depois os policiais receberão o material.
(Via G1)
Juiz Schafranski será cremado nesta quinta-feira.
O juiz da 2ª Vara Criminal, André Luiz Schafranski, será cremado no Cemitério Parque Campos Gerais, nesta quinta-feira (22). O velório acontece no mesmo local e está agendado para 20 horas desta quarta-feira (20). 
A morte do juiz comoveu o município de Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Schafranski foi encontrado morto com um tiro na cabeça, no seu apartamento na Vila Estrela, por volta das 12 horas desta quarta-feira. Peritos da Polícia Científica estiveram no local para levantar informações sobre o caso. 
Natural de Ponta Grossa, o juiz tinha 41 anos e atuava como juiz de Direito na 2ª Vara Criminal. Ele já foi diretor do Fórum Estadual de Justiça da Comarca e era formado na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). 
Fonte aRede

Vereadores decidem se uso de celulares será proibido por servidores durante expediente.


Os vereadores de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, estão prestes a decidir se servidores do município estarão proibidos de usar telefones celulares durante o expediente. O projeto de lei 12/2018 está sendo apreciado pelas Comissões da Câmara Municipal e irá à votação no próximo mês. Com a aprovação, servidores ficam proibidos de usar celulares, smartphones, tablets e outros aparelhos com internet, que possuam acesso às redes sociais e sites de relacionamento durante o horário de expediente e serviço, nos locais de atendimento ao público em todas as repartições públicas.
Embora polêmico, o vereador acredita que o projeto de lei não lhe traga impopularidade e que as opiniões divergentes são comuns em atitudes que envolvam comportamento. “É um projeto polêmico, mas nessa questão sobre setor público é preciso cobrar e fiscalizar para oferecer um melhor atendimento para a população. Tem gente que não vai gostar e tem gente que vai aplaudir. É um projeto que vai de encontro a necessidade da população. A gente não quer ofender ninguém, só queremos e estamos focados em melhorias”, defende Ben Hur.O projeto de lei foi protocolado na última segunda-feira (19) pelo presidente da Casa, Ben Hur Custódio de Oliveira. Para ele, a intenção é que a medida melhore o atendimento à população. “Há uma grande necessidade de fazer esse projeto porque somos muito cobrados pela população nessa questão de atendimento, foco. Às vezes, em alguma situação, não há a atenção necessária que o usuário precisa, justamente, por ter essa questão do telefone celular” explicou, em entrevista à Banda B.
De acordo com o projeto de lei, a proibição se estende aos prestadores de serviços terceirizados e também aos estagiários que atuam no atendimento ao público. O documento ainda diz que, de forma excepcional, o superior de cada repartição poderá autorizar a eventual utilização do aparelho em três situações – auxílio no atendimento ao cidadão demandante dos serviços públicos, atendimento nos cuidados de saúde própria e/ou de seus familiares diretos.
O presidente da Casa acredita que o projeto será votado, no máximo, em até trinta dias, mas que é preciso muita discussão para que nada fique obscuro. “Estamos sempre abertos à opiniões, queremos ouvir a população e precisamos discutir sobre isso. Toda a ideia é bem-vinda”, finalizou.
Fonte Banda B

Ex-prefeito de Campo Largo é condenado por contratar ‘chefe de secretaria’ que atuava como vigia.

Ex-prefeito de Campo Largo Edson Darlei Basso foi condenado por contratação de ‘chefe de secretaria’ que atuava como vigia (Foto: Roberto Corradini/AEN)

Edson Darlei Basso, ex-prefeito de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, foi condenado a ressarcir R$ 33 mil ao município por contratar, por meio de cargo comissionado, um chefe de secretaria que atuava, na verdade, como vigia. Cabe recurso da decisão.
O juiz Eduardo Novacki, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Campo Largo, condenou o ex-prefeito em uma ação civil por ato de improbidade administrativa, ao entender que houve desvio de função na nomeação do ex-servidor, que ocorreu em 2005.
Segundo a sentença, publicada na última sexta-feira (16), cargos como o de vigia só podem ser ocupados por meio de concurso público.
A acusação demonstrou que o ex-servidor atuou na vigilância de uma capela e da rodoviária do município. Testemunhas disseram que ele nunca desenvolveu função de chefia, direção ou assessoramento.
Conforme a sentença, outras testemunhas ouvidas no processo confirmaram a nomeação do ex-servidor para o cargo de chefia, mas não souberam dizer quais as atividades exercidas por ele, que não era alfabetizado.
“Não sendo crível, dessa forma, a sua atuação como Chefe de Setor / Chefe de Seção”, diz a sentença.
Para o juiz, ao nomear o ex-servidor em cargo em comissão, para desempenho da função de vigia, houve violação expressa dos princípios legalidade, impessoalidade e moralidade.
O magistrado ainda relembra que a situação foi reconhecida como ilegal pela Justiça do Trabalho, em ação proposta pelo ex-servidor comissionado, que levou à condenação do município, no valor de R$ 22 mil.
Ainda de acordo com a decisão, o ex-prefeito deve ressarcir R$ 22 mil aos cofres do município, referentes ao valor da condenação trabalhista, e outros R$ 11 mil referentes ao pagamento de multa civil, que corresponde à metade do dano causado.
Além do ressarcimento, a Justiça suspendeu os direitos políticos de Basso pelo prazo de três anos.
Para garantir a futura reparação de danos ao município, a Justiça determinou o bloqueio de bens do réu.
G1 tentou contato com a defesa do ex-prefeito Edson Darlei Basso, mas não teve retorno até a publicação desta reportagem.
Fonte G1

Romeira relata momentos de pânico ao padre Manzotti, incendiado pela quadrilha na PR 466.


O relato emocionado de uma das ocupantes do ônibus de romeiros que foi interceptado pela quadrilha de assaltantes na PR 466 na madrugada da última segunda feira (19) mostra um pouco do pânico sofrido pelos passageiros. Uma das passageiras que retornava de um retiro espiritual coordenado pelo Padre Reginaldo Manzotti no último final de semana em Curitiba, entrou ao vivo no programa radiofônico do sacerdote nesta terça feira (20).  Segundo a mulher, o veículo transportava 40 passageiros, a maioria, mulheres. Os romeiros retornavam a Manoel Ribas e foram interceptados por volta das 2 horas da manhã de segunda (19).
“De repente escutamos tiro e muito tiro. Todos perguntavam: o que é isso? Os bandidos entraram no ônibus, renderam o motorista. Eu me ajoelhei no chão e chamei por Nossa Senhora das Santas Chagas, mas eles diziam era pra nós descermos senão nos matavam. Abriram aporta e disseram que era pra pegar as bolsas que eles iam incendiar o ônibus. Corremos no meio de uma roça. A maioria era mulheres. Rezamos e clamamos as Santas Chagas de Jesus”.
Segundo a mulher, em seguida, só viram o ônibus queimando. “Vivemos momentos de pânico, mas graças a Deus não mataram o motorista e nós saímos salvos”.
Os assaltantes queimaram o ônibus como parte da estratégia para assaltar as agências bancárias em Pitanga. Houve troca de tiros e dois assaltantes foram mortos no confronto.
Fonte RSN

Familiares de assaltantes do roubo em Pitanga tentam a liberação dos corpos.



Familiares dos dois quadrilheiros mortos durante troca de tiros com policiais em Pitanga encontram-se na Delegacia de Polícia em Guarapuava, desde as primeiras horas da manhã desta terça feira (20). Um carro funerário de São José dos Pinhais e outro de Almirante Tamandaré encontram-se estacionados em frente ao IML para o translado dos corpos.
Entretanto, embora o reconhecimento dos corpos tenha sido feito por familiares, como ambos estão sem documentação, não haverá a liberação para velório e sepultamento. “Vamos aguardar o laudo necropapiloscópico. As impressões digitais serão coletadas e encaminhadas ao Instituto de Identificação em Curitiba onde serão comparadas com aquelas registradas num banco de dados. Só após o retorno dos laudos e a confirmação das identidades é que os corpos serão liberados às famílias”, disse um dos funcionários do IML ao RSN. Esse tipo de exame é complexo e pode levar até um ano para ser concluído. Porém, como há pedido de urgência a expectativa é de que possa sair ainda hoje (20). A parente de um dos mortos disse ao portal RSN que eles não são da mesma família e que uma não conhecia a outra.
Os dois assaltantes faziam parte de uma quadrilha especializada em roubos e explosões de agências bancárias. Junto com outros, eles assaltaram três agências na madrugada dessa segunda feira (19) em Pitanga.
Fonte RSN

Vídeo: bandidos invadem e assaltam agência bancária de Araucária.



Uma agência do Bradesco foi alvo de assaltantes na tarde desta terça (20), em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo informações da polícia, os bandidos estavam fortemente armados.
O assalto ocorreu por volta das 14h30. Os suspeitos portavam armas longas e, após realizarem a ação, fugiram em um Uno preto.
Eles seguiram com o veículo, em direção à BR 476, rumo ao município da Lapa. O carro foi abandonado no meio do caminho e trocado por um Fusion, da cor prata. Até o momento, não foi realizada a prisão de nenhum dos indivíduos.
As informações são do Bem Paraná.

Câmeras mostram troca de tiros que resultou na morte de policial militar.



Circuito de segurança flagrou a troca de tiros registrada em um posto de combustíveis de Guaíra.
Nas imagens é possível ver quando os criminosos chegam de motocicleta ao estabelecimento, na BR-163, sendo que um deles vai armado até a loja de conveniência. 
Quando percebe a ação, o policia militar Fábio Pacífico tenta impedir o crime, mas é atingido por disparos de arma de fogo. Mesmo assim, o militar continua atirando contra os criminosos.
Um dos assaltantes, que estava na moto, conseguiu escapar primeiro. O outro se escondeu e depois saiu atirando. O policial militar foi atingido por três tiros e morreu na unidade de pronto atendimento.
Há informação de que um dos ladrões foi atingido com um tiro no braço. Nenhum dos clientes ou funcionários do posto ficou ferido.
Um dos bandidos já foi preso e o outro é procurado.
Fonte CGN

Carro ocupado por 10 pessoas se envolve em acidente com caminhão na BR - 277.



Um Monza e um caminhão se envolveram em um acidente no início da noite desta terça-feira (20) na cidade de Guaraniaçu.
O condutor do veículo estava transitando na BR-277 se perdeu e colidiu em um caminhão que estava saindo de um posto de combustíveis. Havia neblina no local.
No Monza havia 10 pessoas, sendo 6 crianças e 4 adultos. As vítimas foram encaminhadas para o hospital Santo Antônio em Guaraniaçu, sendo uma removida em estado grave para Cascavel.
O condutor do carro apresentava sinais de embriaguez. Ele foi submetido ao teste do etilômetro que apresentou 0,48 mg/l. O homem também não possui habilitação.
O motorista foi encaminhado para a Polícia Civil de Guaraniaçu pelos crimes de embriaguez ao volante e dirigir sem CNH gerando perigo de dano e lesão corporal culposa.
(Informações CGN)

Mega operação cumpre mais de 90 mandados e mira 3 quadrilhas envolvidas com homicídios, tráfico e roubo.



As Polícias Civil e Militar do Paraná deflagraram nesta quarta-feira (21) uma megaoperação para prender três quadrilhas envolvidas com homicídios, tráfico de drogas, roubo de veículos e residências, além de corrupção de menores.
As organizações criminosas atuam principalmente em Londrina e na cidade de Cambé, região Norte do Estado. Mais de 200 policiais estão nas ruas desde as 6h para cumprir pouco mais de 90 mandados expedidos pela Justiça, sendo 47 de prisão preventiva.
A investigação começou em outubro de 2017 de forma conjunta pelos setores de inteligência da Polícia Militar e da Delegacia de Polícia Civil, ambas da cidade de Cambé. Duas das quadrilhas estavam em guerra entre elas disputando pontos de tráfico de drogas. As polícias começaram a atuar conjuntamente e foi idealizada a montagem da “Operação Égide”, que em grego significa Escudo. A intenção é que se formasse um grande escudo por parte de policiais militares e civis para evitar a ação destes criminosos.
Ao longo da investigação, os policiais se depararam com uma terceira organização criminosa que também atuava na região. O líder desta quadrilha, que está preso na cidade de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, comandava as ações criminosas no Paraná.
Presidiários
Entre os alvos da Operação Égide também estão pessoas detidas no sistema prisional paranaense. Os mandados de prisão expedidos contra elas estão sendo cumpridos por agentes do Departamento Penitenciário do Paraná, que dá apoio à megaoperação dentro das unidades penitenciárias.
Ao longo do trabalho de investigação, nove pessoas foram presas entre elas uma advogada que estava com 4 quilos de maconha e 120 gramas de cocaína e um homem que tinha sete mandados de prisão e estava foragido da Penitenciária de Londrina. Além deles, um adolescente foi apreendido por envolvimento nos crimes praticados pelas quadrilhas.
Vítimas destes criminosos relataram à polícia que as quadrilhas eram extremamente violentas durante o roubo a residências. Fortemente armados eles amarravam as pessoas dentro das casas para realizar os crimes.
Operação Égide
Participam da “Operação Égide” 230 policiais, sendo 132 militares do 5º Batalhão da Polícia Militar e 98 civis das Delegacias das Subdivisões de Londrina, Arapongas, Apucarana, Maringá e Paranavaí. O helicóptero do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil também dá apoio à megaoperação.
Os presos irão responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, roubo, organização criminosa e corrupção de menores. Os detidos na megaoperação serão encaminhados e apresentados na sede da Delegacia de Polícia Civil de Cambé.
Mais informações sobre a megaoperação policial serão repassadas a partir de 10h em entrevista coletiva na sede da Câmara Municipal de Cambé com a participação dos policiais civis e militares responsáveis pela investigação, além do secretário da Segurança Pública, Julio Reis, do comandante Geral da PM, coronel Maurício Tortato, do Delegado Geral da PC, Naylor Robert de Lima, e do delegado Adriano Chohfi, diretor do Departamento de Inteligência do Paraná.
Fonte Banda B

Ex-deputado federal do Paraná é achado morto em quarto de hotel em Brasília.

Ex-deputado federal do Paraná  foi achado morto em quarto de hotel em Brasília (Foto: Reprodução/RPC)

O secretário de representação no Paraná em Brasília, Luciano Pizzatto, morreu na madrugada desta quarta-feira (21) aos 60 anos. Ele sofreu um mal súbito por volta da 1h15 no quarto do Hotel Nacional, na capital federal.
A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP). Pizatto acompanhava Cida em uma agenda na capital federal.
Conforme informações da Polícia Militar (PM), uma testemunha que estava no hotel disse que ele tinha histórico de problemas cardíacos e sofria de diabetes, vindo a ter um mal súbito logo ao deitar na cama.
Nascido em Curitiba no dia 23 de março de 1957, Pizzatto formou-se em engenharia florestal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ele foi deputado estadual por um mandato e federal por quatro legislaturas. Ele também presidiu a Companhia Paranaense de Gás (Compagás).
 Pizzato deixa esposa e três filhos.
Com informações do G1