Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Caminhão tomba na PR 170.


O Corpo de Bombeiros atendeu um tombamento de caminhão no final da tarde dessa quinta feira (19) na PR 170, no distrito guarapuavano de Entre Rios.
O acidente foi registrado às 17h32, nas proximidades do acesso ao Taguá, no quilômetro 415. No local, o motorista Air Costa de Oliveira perdeu o controle do caminhão Mercedes Benz Axor, com placas de Pinhão, e capotou fora da pista.
O motorista, de 55 anos, não se feriu. 

Fonte: Rede Sul.


Temer se compromete ajudar caminhoneiros e reunião com Eliseu Padilha será na próxima semana, revela senador Medeiros; veja vídeo:


O presidente Michel Temer garantiu que irá ajudar o setor do transporte de cargas de Mato Grosso e do país. A posição do presidente da República foi afirmada para o senador mato-grossense José Medeiros (PSD-MT) durante reunião na tarde desta quinta-feira, 19 de janeiro. A audiência com o Chefe do Executivo Nacional foi um dos motivos apresentados pelo parlamentar do Estado na quarta-feira, 18, para que caminhoneiros e empresários liberassem as rodovias federais em Mato Grosso, após seis dias de greve.

Cerca de 10 mil caminhões ficaram parados em Mato Grosso, principalmente em postos, garagens em Rondonópolis. O movimento, que teve início no dia 13 de janeiro, em Rondonópolis chegou atingir outros Estados, como Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso do Sul.


Na quarta-feira, 18, o senador José Medeiros, esteve em Rondonópolis reunido com representantes do Movimento dos Transportadores de Carga (MTG), onde garantiu levar as reivindicações do setor do transporte de cargas para a audiência que teria nesta quinta-feira, 19, com o presidente Michel Temer.

“Passei para o presidente Michel Temer a gravidade da situação pela qual o setor passa. Ele se comprometeu que o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, irá receber o setor do transporte na próxima semana. O presidente demonstrou preocupação e afirmou que quer que o governo participe dessa discussão”, revelou Medeiros ao Agro Olhar, após a reunião com Temer.

Em vídeo gravado pelo senador José Medeiros, o presidente Michel Temer declarou que “Designei o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, para ter uma primeira conversa com o senador Medeiros e quem mais ele deseje que esteja presente para nós nos inteirarmos sobre esse assunto e verificar se o Governo tem condições de fazer alguma coisa”.

Reunião com o Governo de Mato Grosso

Na tarde de quarta-feira, 18, representantes do setor do transporte de cargas reuniram-se com o vice-governador Carlos Fávaro. Na ocasião ficou definida uma reunião entre a categoria, o Governo de Mato Grosso, Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja).

Fim da paralisação e impactos

Foram seis dias de paralisação na BR-364 em Rondonópolis. O movimento levou as multinacionais a operarem em seu limite. A Bunge informou a reportagem do Agro Olhar que a unidade durante o período operou com "limitações, já que o bloqueio está na portaria de veículos, tanto na entrada quanto na expedição de caminhões".

Já a ADM chegou a paralisar suas operações na unidade fabril de processamento de grãos localizada em Rondonópolis. "A empresa continua atendendo clientes de diferentes locais, mas está com navios esperando para serem carregados no Porto de Santos (SP), e a greve está impactando significativamente a cadeia de produção na área local. A ADM espera que o problema seja resolvido o mais rápido possível para que possa retomar normalmente suas operações", disse por meio de nota a ADM.

Crise

O setor do transporte de cargas, principalmente de grãos, vem passando por uma crise há três anos aproximadamente, tendo o seu “enterro do segmento” com a quebra da safra 2015/2016, onde somente entre soja e milho foram quase 9 milhões de toneladas a menos produzidas .

Em 2015, como acompanhado pelo Agro Olhar, os caminhoneiros em Mato Grosso chegaram entre os meses de fevereiro e março a bloquear as principais rotas de escoamento da produção de grãos. Em todo o país foram realizados manifestos em prol de melhores condições de trabalho e um frete que cubra os custos de produção.

O projeto de lei 528/2015 foi criado após as paralisações realizadas no primeiro semestre de 2015, aonde em Mato Grosso todas as principais rotas de escoamento da produção agropecuária com destino aos portos chegaram a ficar bloqueadas. O texto visa o estabelecimento de uma tabela de preço mínimo para o frete, que hoje não cobre os custos de operação do setor de transporte de cargas.

Fonte: Agro Olhar.

Temer se compromete ajudar caminhoneiros e reunião com Eliseu Padilha será na próxima semana, revela senador Medeiros; veja vídeo

Greve dos Caminhoneiros de Pitanga continua e o Blog do Beto esteve presente, Assista ao Vídeo e veja as Fotos:


Ontem dia 18/01/2017 o Blog do Beto esteve presente na Greve dos Caminhoneiros de Pitanga, segundo eles: “A Luta continua contra os baixos valores dos fretes e altos custos de Pedágios e Combustíveis”.

Cada vez mais caminhoneiros estão aderindo à paralisação, que se iniciou na PR – 466, perto da entrada do Parque Industrial, ontem a equipe de Reportagem do Blog que acompanhou a paralisação até ás 22:00 horas  viu que carros de Passeio, ambulâncias, ônibus e veículos com carga perecível, Trafegam normalmente.

O Blog do Beto acompanhará está greve, e continuará trazendo mais notícias aos nossos leitores no decorrer dos fatos !!!






Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos após queda de avião em Paraty, diz filho.


Imagem relacionada

ator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Teori Zavascki morreu na tarde desta quinta-feira (19), aos 68 anos, após a queda de um avião em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki em uma rede social.
Às 18h05, o filho do ministro, Francisco Prehn Zavascki, escreveu no Facebook: "Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!". Às 17h22, ele já havia publicado: "Amigos, infelizmente, o pais estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre".
No meio da tarde desta quinta, chegou ao STF a informação de que o nome do ministro estava na lista de passageiros da aeronave que caiu no litoral fluminente. A lista foi entregue para a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e também para o presidente da República, Michel Temer.
A Infraero informou que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, na capital paulista. O avião é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.
A Anac informou que a documentação da aeronave estava em dia, com o certificado válido até abril de 2022 e inspeção da manutenção (anual) válida até abril de 2017.
O dono e operador da aeronave é o Hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac.
Viúvo desde 2013, Teori deixa três filhos. Ele se tornou ministro do STF em 2012 por indicação da então presidente da República, Dilma Rousseff.
O magistrado teve o nome aprovado no Senado com 54 votos favoráveis e quatro contrários. Ele substituiu o ministro Cezar Peluso, que havia se aposentado no mesmo ano.
Natural de Faxinal dos Guedes (SC), Teori também foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), presidiu o Tribunal Regional Federal da 4ª região (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) entre 2001 a 2003 e atuou como juiz do Tribunal Regional Eleitoral na década de 1990.
Ele ingressou na carreira jurídica em 1971, em Porto Alegre, como advogado concursado do Banco Central, onde atuou por sete anos. No anos 80, o magistrado se transferiu para a superintendência jurídica do Banco Meridional do Brasil.

A queda do avião

Segundo o aeroporto de Paraty, o avião saiu de São Paulo (SP) e caiu a 2 quilômetros de distância da cabeceira da pista. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), quatro pessoas estavam a bordo.
Por volta de 14h50, a Polícia Militar disponibilizou uma lancha para auxiliar as buscas. A Capitania dos Portos e o Corpo de Bombeiros também trabalhavam no resgate.
Na tarde desta quinta, a Infraero informou ao G1 que a aeronave prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo (SP), com destino a Paraty. A aeronave é de pequeno porte e tem capacidade para oito pessoas.
O dono e operador da aeronave é o hotel Emiliano, segundo informações de abril de 2016 disponíveis no Registro Aeronáutico Brasileiro, documento divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil que reúne uma relação de todas as aeronaves brasileiras certificadas pela Anac.
Atuação no STF
Além dos processos regulares na Corte, o ministro acumulava em seu gabinete mais de 50 inquéritos e ações penais da Lava Jato. No momento, o caso mais importante, que ainda aguardava sua homologação, era a delação premiada de 77 executivos da Odebrecht.
O ato, que oficialmente reconhece a validade jurídica dos acordos, estava previsto para o início de fevereiro. Só a partir dele, a Procuradoria Geral da República (PGR) poderia iniciar novas investigações com base nos depoimentos.
Na análise do caso, Zavascki era considerado pelos pares e advogados um relator técnico e discreto. Nunca concedeu entrevista sobre o assunto e só se manifestava nos autos.
Numa das decisões mais marcantes, no final de 2015, convocou uma sessão extraordinária na Segunda Turma – responsável pela Lava Jato – para confirmar uma ordem de prisão do então senador Delcídio do Amaral e do dono do banco BTG, André Esteves. Na época, veio à tona gravação com indícios de que ambos pretendiam comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.
“O presente caso apresenta linha de muito maior gravidade. O parlamentar não está praticando crimes qualquer, está atentando contra a própria jurisdição do Supremo Tribunal Federal”, disse Zavascki.
Outra decisão marcante foi o voto permitindo a prisão de condenados após a segunda instância. Como relator, Zavascki obteve a adesão de outros 6 ministros da Corte (Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes); 4 votaram de forma contrária (Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski).
O julgamento levou à reação da própria classe política: no fim de maio, veio à tona uma gravação na qual o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), atacou a mudança de jurisprudência em uma conversa com o ex-presidente da Transpetro Sergio Machado. No diálogo, o senador do PMDB – investigado pela Lava Jato – afirma que o Congresso Nacional precisa aprovar uma nova lei para restabelecer as prisões somente após o trânsito em julgado.
A fala do presidente do Senado foi interpretada por procuradores da República como indício de uma tentativa de atrapalhar as investigações do caso e chegou a embasar o pedido de prisão apresentado ao Supremo contra Renan por Janot. Relator da Lava Jato no STF, o ministro Teori Zavascki rejeitou o pedido de prisão.
A irritação de Renan Calheiros foi motivada, em parte, pelo fato de que a decisão do Supremo de rever a regra de execução das prisões serviu como estímulo às delações premiadas, na medida em que, temendo a prisão mais rápida, muitos investigados acabaram fechando acordos de colaboração com a Justiça em troca do abrandamento da pena.

Veja a trajetória de Teori


  • - Nasceu em 15 de agosto de 1948 em Faxinal dos Guedes (SC)
  • - Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Era mestre e doutor em Direito Processual Civil pela mesma universidade
  • - Ingressou na advocacia em 1971
  • - Foi professor de Direito da UFRGS, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UniSinos) e da Universidade de Brasília (UnB), além de advogado do Banco Central do Brasil
  • - Foi nomeado juiz federal em 1979 e exerceu cargos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região entre 1989 e 2003. Ele chegou a presidir o tribunal
  • - Zavascki também foi ministro do Superior Tribunal de Justiça de 2003 a 2012, onde chegou a ser presidente da 1ª Turma - no biênio de 2004 a 2006 - e presidente da 1ª Seção, de 2009 a 2011
  • - Em 2012, durante o governo Dilma, foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal. Na Suprema Corte, presidiu a Segunda Turma de 2014 a 2015. Atualmente, era o relator dos processos da Operação Lava Jato
  • - Teori tem seis publicações em direito de sua autoria, além de outros 28 em co-autoria
  • - Recebeu diversas condecorações, títulos e medalhas, como Ordens do Mérito Judiciário do Trabalho e Militar, além de outras regionais
  • - Foi membro do Instituto Ibero-Americano der Direito Processual e Instituto Brasileiro de Direito Processual.
  • Fonte G1
Homem morre ao tentar manter relação com animal.

Bituruna -  Um homem morreu ao tentar manter relações sexuais com uma égua. O caso foi registrado pela Polícia Militar nessa terça (17), numa propriedade rural, entre Porto Vitória e Bituruna. Segundo informações da Rádio União, a potranca desferiu um coice fatal no órgão genital do homem. A identidade dele não foi revelada, mas populares dizem que se tratava de uma pessoa muito conhecida na localidade.
Algumas pessoas classificaram o caso como “inusitado”. Já outras consideraram “aberração”. 
Fonte Redesul

Nuvem rara que anuncia temporais chama a atenção no Paraná; fotos.

Mammatus em Campo Magro, na quarta-feira (18) (Foto: Isael Moreira Monteiro/Arquivo pessoal)

Nuvens Mammatus chamaram a atenção de moradores de Curitiba e do interior do Paraná na quarta-feira (18). As Mammatus têm "bolsas", que são resultados dos ventos fortes no interior da nuvem. Quando aparecem no céu, o que é raro, é sinal de temporal a caminho.
A Mammatus pode aparecer novamente nos céus do Paraná nesta quinta-feira (19). A previsão é de pancadas fortes de chuvas em todas as regiões; nas cidades do norte, o risco é ainda maior.
As temperaturas não sobem tanto na região leste do estado por causa do céu carregado e das poucas aberturas de sol. A máxima é a de 25ºC em Curitiba e a de 26ºC em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. No litoral e em Cascavel, no oeste, faz calor de 30ºC; já em Paranvaí, no noroeste paranaense, chega a fazer 34ºC.
Na sexta-feira (20), as áreas de instabilidade continuam provocando chuvas em boa parte do Paraná. O tempo fica mais firme no sul do estado. A máxima chega a 31ºC em Maringá, no norte paranaense; e a 26ºC em Curitiba.

Mammatus em Curitiba, na quarta-feira (18) (Foto:  Victor Born/Arquivo pessoal)Mammatus em Curitiba, na quarta-feira (18) (Foto: Victor Born/Arquivo pessoal)
Mammatus em Colombo, na quarta-feira (18) (Foto: Heloise Klapowsk/Arquivo pessoal)Mammatus em Colombo, na quarta-feira (18) (Foto: Heloise Klapowsk/Arquivo pessoal)
Mammatus em Almirante Tamandaré, na quarta-feira (18) (Foto: Sandro Baduy/Arquivo pessoal)Mammatus em Almirante Tamandaré, na quarta-feira (18) (Foto: Sandro Baduy/Arquivo pessoal)
Mammatus em Curitiba, na quarta-feira (18) (Foto:  Conce Solange Éto Miguel/Arquivo pessoal)Mammatus em Curitiba, na quarta-feira (18) (Foto: Conce Solange Éto Miguel/Arquivo pessoal)
Mammatus em Campo Largo, na quarta-feira (19) (Foto: Marcos Antonio Do Nascimento/Arquivo pessoal)Mammatus em Campo Largo, na quarta-feira (19) (Foto: Marcos Antonio Do Nascimento/Arquivo pessoal)Fonte G1







Mulher fica ferida em acidente na BR 277.
O acidente envolveu dois veículos: um Corsa de Iporã e um Cruze, de Cascavel, ambas cidades paranaenses.

Na BR 277, KM 431, trevo de acesso à cidade de Virmond, na tarde desta quarta dia 18, os dois veículos seguiam sentido Foz do iguaçu Curitiba, quando aconteceu a batida.

As primeiras informações, ainda extra-oficiais, apontam para uma colisão Traseira. O condutor do Cruze reduziu a velocidade para passar por uma lombada, quando o outro condutor não conseguiu frear e bateu.

Oito pessoas (cinco no Cruz e três no Corsa) foram atendidas pela equipe da Ecocataratas. Somem uma mulher, que estava no corsa teve ferimentos que exigiram mais cuidados e ela foi levada para atendimento hospitalar em Laranjeiras do Sul.

Fonte: Portal Cantu.


Morre no hospital motociclista atingido por caminhão na PR 170.
Morreu no hospital o jovem atingido por um caminhão que tombou na PR 170 na tarde dessa quarta feira (18). Lucas Felipe dos Santos, de 19 anos, chegou a ser socorrido e encaminhado para atendimento médico no hospital em Pinhão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava, de onde foi liberado para que os familiares providenciem o sepultamento.

O corpo de Lucas está sendo velado em domicílio no distrito de Entre Rios e o sepultamento ocorre hoje às 17h, no Cemitério São José Operário.
Fonte: Rede Sul noticias.