Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 12 de abril de 2018

12/04/2018 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Criminosos rendem família e roubam trator em propriedade rural.


As polícias Civil e Militar da região de Umuarama estão atrás da quadrilha que cometeu ousado assalto na zona rural de Maria Helena. Quatro homens armados, dois deles encapuzados, invadiram a fazenda Ouro Verde, na estrada Vila Formosa, e renderam quatro pessoas da mesma família, na noite desta quarta-feira (11). Ninguém ficou ferido.

As vítimas disseram à polícia que os criminosos chegaram por volta das 20h e tinham como principal alvo um trator John Deere 6110, avaliado em R$ 180 mil. Para o transporte foi empregado um 'caminhão prancha'.

Um dos integrantes da família, que retornava do distrito de Carboneira, notou que estava sendo seguido e foi o primeiro a ser abordado, na entrada da propriedade. Os criminosos, a princípio, se identificaram como policiais. O grupo portava três revólveres, uma pistola e dois usavam luvas cirúrgicas.

Além do implemento agrícola, foram roubados celulares e um tablet. Os bandidos deixaram a sede por volta das 21h, mas devido a intimidações, as vítimas só saíram da casa no início da madrugada.

Os rastros deixados na estrada indicam que a quadrilha seguiu em direção a Douradina. Apesar das diligências intensas, os suspeitos não foram localizados.

As informações são do O Bemdito.


Israel para e lembra os 6 milhões de vítimas do Holocausto.

Resultado de imagem para Israel

Os israelenses paralisaram suas atividades hoje (12)  durante dois minutos, enquanto as alarmes antiaéreos em todo o país foram acionados para lembrar e honrar os seis milhões de judeus mortos pelo nazismo no Dia de Lembrança do Holocausto.

"Quando chega este dia e as sirenes soam fico todo arrepiado", disse à agência de notícias EFE Yaakov Hazon, segundos depois de a sirene desligar e a rua recuperar sua agitação normal.

"E nesses minutos penso naquele genocídio em massa e em toda essa gente que não chegou a conhecer Israel", lamentou Hazon.

Às dez da manhã, Israel parou: os ônibus e carros pararam em ruas e estradas, alguns motoristas permaneceram dentro dos veículos e outros saíram em atitude coletiva. Alguns transeuntes se emocionaram, outros rezaram e muitos filmaram com seus telefones.

Décadas depois da libertação dos campos de extermínio nazista na Segunda Guerra Mundial, o Dia de Lembrança do Holocausto é marcado com solenidades em Israel; na tarde anterior, lojas, restaurantes e comércio em geral fecham e durante 24 horas a televisão e a rádio transmitem programas relacionados com a Shoah (Holocausto em hebraico).


A data é lembrada no mesmo dia em que aconteceu a revolta do gueto de Varsóvia, a rebelião judia malsucedida contra os nazistas da Polônia ocupada de 1943 para impedir a transferência do que restava da população para o campo de extermínio de Treblinka.

Aquela revolta teve um papel importante na subsequente identidade judaica e israelense, que desenvolveu o princípio de que nunca mais os judeus ficariam indefesos frente à aniquilação.

Ao longo do dia de hoje haverá cerimônias por todo o país, em escolas, instituições públicas e bases militares.

A maioria dos colégios inclui em seus atos a presença de alguns dos 200 mil sobreviventes que ainda restam em Israel e que lhes relatam a sua história.

Fonte: Agência Brasil


Homem foi atraído para encontro e morto em assalto.


Tiago Macedo, de 30 anos, que está desaparecido desde dia 17 de fevereiro, foi assassinado com tiros de revólver calibre 38, durante um assalto em que teve o carro roubado, e teve o corpo ocultado no município de Cidade Gaúcha. Ele teria sido atraído para o assalto através de um encontro íntimo.
Para o delegado de polícia de Cruzeiro do Oeste, Gabriel Menezes, o crime está elucidado, apesar de o corpo de Tiago Macedo não ter sido localizado.
Durante entrevista coletiva concedida na tarde de terça-feira, 10, o delegado relatou que assim que foi noticiado o desaparecimento de Tiago, se descobriu que ele saiu de Mariluz para Umuarama para ter um encontro íntimo com uma pessoa que seria moradora de Cidade Gaúcha.
Dias depois se descobriu que o veículo Gol Track de Tiago tinha passado para o Paraguai e que o celular da vítima estava em Cidade Gaúcha. Com essas informações foi pedida a prisão temporária de um acusado, que está preso em Cruzeiro do Oeste desde o início do mês de março. Ele nega o crime.
Na continuidade das investigações, chegou-se a um segundo suspeito, que não teve o nome revelado, que manteve contato por mensagens com a vítima e que esteve na cidade de Guaíra no dia em que o carro passou para o Paraguai.
Esse segundo suspeito também teve a prisão temporária decretada. Ele negou participação no crime, mas afirmou que o acusado contou a ele que tinha matado Tiago com tiros de revólver calibre 38 e que o corpo estava escondido em Cidade Gaúcha. Ele indicou o local onde estaria o corpo, mas ele não foi encontrado.
O delegado Gabriel Menezes salientou que agora vai ouvir novamente o detido e possivelmente depois realizará uma acareação entre os dois suspeitos do crime. As diligências agora buscam localizar o corpo de Tiago Macedo.

As informações são do Goionews.

PF cumpre mandados de prisão de acusados de fraudes em fundos de pensão.

Resultado de imagem para PF

Policiais federais cumprem hoje (12) dez mandados de prisão contra acusados de fraudar os fundos de pensão dos Correios e do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Além dos mandados de prisão, estão sendo cumpridos 21 mandados de busca e apreensão. A operação é feita no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Distrito Federal.

A chamada Operação Rizoma, que conta com a participação do Ministério Público Federal, investiga os crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e corrupção, por meio de investimentos malsucedidos que geraram prejuízos aos fundos de pensão Postalis, dos Correios, e Serpros, do Serpro.

De acordo com a Polícia Federal (PF), valores oriundos dos fundos de pensão eram enviados para empresas no exterior, gerenciadas por um operador financeiro brasileiro. As remessas, apesar de aparentemente regulares, referiam-se a operações comerciais e de prestação de serviços inexistentes.

Ainda segundo a PF, depois de receber os recursos desviados, o operador financeiro pulverizava o dinheiro em contas de doleiros também no exterior, que disponibilizavam os valores em espécie no Brasil para suposto pagamento de propina.

Segundo a Polícia Federal, o nome da operação, Rizoma, na botânica, refere-se a uma espécie de caule que se ramifica sob a terra, numa referência “ao processo de lavagem de dinheiro e ao entrelaçamento existente entre as empresas investigadas”.

Fonte: Agência Brasil


Mulher fica ferida após camionete capotar na PR-483.


Uma Renault/Duster de Santa Izabel do Oeste saiu da pista e capotou na manhã desta quarta-feira (11) na rodovia PR-483, próximo a entrada de acesso ao Km 20, em Francisco Beltrão.
A passageira do veículo teve ferimentos e foi encaminhada a casa hospitalar.
Corpo de Bombeiros, Samu e Polícia Rodoviária Estadual atenderam o acidente.
Fonte PPNEWS
Trabalhador que se demitir poderá sacar integralmente o FGTS.


A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta quarta-feira (11) o projeto de Rose de Freitas (PMDB-ES) que permite o saque integral da conta vinculada ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), em caso de pedido de demissão do trabalhador (PLS 392/2016).

A proposta foi terminativa, então poderá seguir diretamente à análise da Câmara dos Deputados, caso não haja recurso para uma nova votação no Plenário do Senado.

O relator foi Paulo Paim (PT-RS), que lembrou que o texto atual da CLT (fruto da reforma trabalhista — lei 13.467) já prevê o resgate de 80% do FGTS em casos de demissão por acordo entre patrão e empregado. Sendo assim, o projeto de Rose, no entender de Paim, é um passo a mais rumo à "correção de uma distorção histórica" na legislação que trata do FGTS, que buscava restringir o acesso a estes recursos que pertencem originariamente ao próprio trabalhador.

Fonte: Agência Senado


STJ manda investigação sobre Alckmin para Justiça Eleitoral de SP.


A ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Nancy Andrighi, relatora de um inquérito sobre o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), decidiu nesta quarta-feira (11) enviar a investigação para Justiça Eleitoral de São Paulo. O caso está em sigilo.

A investigação foi aberta no STJ em novembro do ano passado a pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República) com base em delações de executivos da empreiteira Odebrecht. Os delatores disseram ter acertado com Alckmin e repassado à sua campanha valores superiores a R$ 10 milhões por meio de caixa dois.

O tucano era investigado perante o STJ porque, como governador, tinha foro especial nessa corte. Ao renunciar para concorrer à Presidência, ele perdeu o foro especial.

Fonte: Agência Brasil