Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

terça-feira, 21 de março de 2017

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.

Creche de Santa Maria do Oeste é furtada.


Neste dia 20/03/2017 a creche Maria Ward ao lado da Prefeitura Municipal, teve sua janela quebrada e um funcionário percebeu que teriam sido furtados vários objetos e alguns materiais escolares como Lápis de cor, Lápis normal, Estojos, Papel Sulfite e outros objetos sendo assim foram encaminhados o caso para Policia Militar de Santa Maria do Oeste.

  

Jovem morador de Pitanga é 

morto com 10 tiros em Curitiba


Um jovem de 24 anos, morador de Pitanga, foi morto com 10 tiros em Curitiba. Marcos Ohse foi assassinado na rua Wilson Dacheux Pereira, próximo ao cruzamento da rua Tenente Coronel Vilagran Cabrita, no Alto Boqueirão. A namorada do rapaz, que estava junto com ele no momento do crime, não foi ferida.
O crime aconteceu por volta das 4h30 de domingo (19), quando Marcos chegava a um bar. Conforme a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele estava estacionando o carro, um VW Gol, quando foi atingido pelos disparos. O rapaz caiu ferido na calçada.
Os tiros atingiram a cabeça, os braços, uma das mãos, o peito e as nádegas de Marcos, que morreu minutos depois, antes mesmo da chegada do Siate.
Próximos ao corpo foram encontrados projéteis de pistola calibre 380, que foram apreendidos pela perícia do Instituto de Criminalística.
CÂMERAS
Numa lanchonete em frente ao local onde o assassinato aconteceu, existe uma câmera de segurança que pode ter registrado pelo menos parte da ação.
As imagens vão ser analisadas pela DHPP e os investigadores esperam chegar ao autor do crime nos próximos dias.
Além das imagens, o depoimento da namorada do rapaz deve ajudar os policiais nas investigações. Ela não foi atingida, mas familiares tiveram que retirá-la do local do crime, pois estava em estado de choque. Nos próximos dias, a jovem deve ser ouvida.  

Fonte Redesul

Acidente na BR-280 deixa condutor de moto gravemente ferido.


Foto: Diário da Informação

Um acidente envolvendo uma motocicleta e um carro na manhã desta terça-feira (21) na rodovia BR-280 deixou um rapaz gravemente ferido. O acidente ocorreu por volta das 10h20, entre Marmeleiro e Flor da Serra do Sul.
De acordo com informações repassadas pelo condutor do Fiesta, ao realizar a conversão para entrar em uma propriedade rural ele acabou atingindo a motocicleta que seguia no sentido contrário. Ele disse que avistou a moto e calculou que daria tempo de entrar à esquerda.
O condutor da motocicleta teve ferimentos considerados graves e foi encaminhado a casa hospitalar pelo Samu.
Fonte PPNEWS
Candói - Fiesta com placas de Cantagalo 
capota na BR-373.

Candói - Fiesta com placas de Cantagalo capota na BR-373

Na madrugada desta terça dia 21, a equipe de socorristas do corpo de bombeiros de Candói-PR, foram acionados até uma área rural na BR-373, mais precisamente próximo a fazenda São Pedro, em Candói. 

No local foi socorrido a pessoa de Saulo Pereira de 33 anos, o qual conduzia um veiculo Ford/Fiesta com placas de Cantagalo que havia capotado. 

A equipe socorreu Saulo, e encaminhou o mesmo com ferimentos considerados moderados ao hospital Santa Clara. 
Fonte Portal Cantu
Projeto polêmico que afasta 
vereadores será votado hoje 
em Guarapuava

Pela quarta vez entra na Ordem do Dia da Câmara de Vereadores de Guarapuava o projeto do vereador Elcio Melhem, que prevê o afastamento dos vereadores do cargo e a convocação de suplentes, caso o pedido de afastamento seja feito pelo Judiciário. O projeto entra em votação na sessão desta terça (21).
De acordo com a proposta de Melhem, caso o vereador seja afastado judicialmente pelo prazo de 90 dias das funções, ele deverá perder o subsídio mensal e o suplente será imediatamente convocado.
O autor do projeto assegurou que ele passará a vigorar a partir da data da sua publicação, sem efeito retroativo. A preocupação dos vereadores é que, caso seja retroativo, o projeto afastará os vereadores Marcio Carneiro e Celso Costa, que estão há um ano com afastamento judicial. Neste caso, os suplentes Neto Rauen e Airson Horst seriam convocados.
Na sessão desta terça (21), o projeto de Melhem volta com uma emenda da vereadora Terezinha Daiprai, a “Professora Terezinha”, que prevê o afastamento imediato do cargo, e não após 90 dias, como destaca o texto de Melhem.
Nos bastidores da Câmara, os vereadores estão divididos com a proposta. Para ser aprovado, Melhem precisa contar com o apoio de 2/3 dos vereadores, ou seja, 14 edis devem ser favoráveis à emenda. A preocupação dos vereadores, é que eles próprios podem ser alvos desta proposta no futuro e podem perder a função.
Fonte Redesul

Gás de cozinha tem aumento e chega a R$ 65 em Ponta Grossa.

Resultado de imagem para botijão de gas

Preço do gás de cozinha sobe a partir desta terça-feira (21), em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. Segundo a Petrobrás, o reajuste de 9,8% é para botijões de até 13 kg (P-13). Na cidade, o preço deve ser em média de R$ 65.
Segundo o dono de uma distribuidora de gás, Ivan Rentschler, o aumento ocorreu após a Petrobrás reajustar o preço do repasse do produto para as distribuidoras. A última mudança, conforme a companhia, foi realizada em 1º de setembro de 2015 e teve aumento de 10% em todo Paraná.
Com o aumento no preço, moradores já pensam em alternativas. “Ninguém gosta de pagar esse preço. Estou pensando em até comprar lenhas”, enfatizou o aposentado Paulo Dourado, que compra um botijão por mês.
Além disso, a Petrobras informou que o reajuste é aplicado sobre os preços praticados pela companhia, sem a incidência de tributos e que a revisão dos valores não se aplica ao gás de petróleo liquefeito (GLP) destinado a uso industrial.
Fonte G1

‘No mundo ideal, brasileiro deveria se aposentar aos 50 anos’



Ao defender a necessidade de reforma da Previdência, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta terça-feira (21) que, se fosse possível, todos os brasileiros deveriam se aposentar aos 50 anos. Essa conta, no entanto, ficaria muito alta, de acordo com a argumentação do ministro.
"Do meu ponto de vista, todos os brasileiros deveriam se aposentar aos 50 anos de idade, estaria ótimo. O problema é que alguém tem que pagar. Quem paga é a população brasileira", afirmou.
A declaração ocorreu depois de reunião do ministro e do secretário de Previdência, Marcelo Caetano, com a bancada do PSDB. Durante o encontro, Meirelles defendeu que a reforma da Previdência é uma "necessidade", e não uma questão de "opinião".
"O Brasil tem que enfrentar essa questão. O povo brasileiro que tem que decidir o que é melhor: se é uma Previdência que garanta que todos vão receber aposentadoria e que terá condições de pagar ou não", defendeu Meirelles.
Parlamentares do PSDB defendem flexibilização da reforma da Previdência – entre eles, as regras de transição e de cálculo, a aposentadoria rural e as mudanças propostas para o BPC (Benefício de Prestação Continuada), pago a idosos e pessoas com deficiência com renda mensal per capita de até 25% do salário mínimo.
Meirelles afirmou que "se vai tirar algo, tem que botar algo equivalente no lugar", ao ser questionado sobre se o governo concordava com alterações no texto.
"No fundo, a mensagem é o seguinte: tudo bem, todos somos favoráveis ao maior número possível, ao maior valor possível de benefícios. A questão é: precisamos pagar isso. E quem paga é a população brasileira. Então temos que equilibrar os benefícios com o custo desses benefícios", disse.
Apesar de não ter detalhado os pontos de divergência, o líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP), disse que Meirelles "deixou uma porta aberta de negociação".
"Ele abriu o canal. Isso é o mais importante numa democracia, onde o governo, através do seu ministro da Fazenda, vem ao Congresso Nacional, à bancada do PSDB, e deixa o canal aberto na possibilidade de estarmos discutindo os itens que foram colocados como divergentes", disse.
Publicamente, a equipe econômica vem defendendo a aprovação do texto no formato original. O ministro e o secretário de Previdência têm se reunido com bancadas de partidos da base na Câmara para esclarecer dúvidas dos deputados e defender o texto enviado pelo Executivo, que enfrenta resistência inclusive dos aliados.
Nesta segunda (20), o presidente Michel Temer pediu que os ministros atuem em defesa do texto junto às bancadas no Congresso Nacional. A proposta é considerada a principal medida do governo no Congresso em 2017.
Com informações Folha/UOL.

Jurisprudência no TSE dá aval a voto para cassar chapa Dilma-Temer.


Uma pesquisa na jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, obtida pelo jornal O Estado de S. Paulo, mostra os casos concretos em que o ministro e relator Herman Benjamin vai balizar o seu parecer no processo que pede a cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer, reeleita em 2014. Entre esses casos, estão os processos em que o TSE cassou os mandatos de governadores, com seus respectivos vices, por prática de ilícitos eleitorais: Francisco de Assis de Moraes Souza (PMDB), o Mão Santa, do Piauí, eleito em 1998; Cássio Cunha Lima (PSDB), da Paraíba; Marcelo Miranda (PMDB), do Tocantins, e Jackson Lago (PDT), do Maranhão, estes eleitos em 2006.
Em todos os casos se aplicou automaticamente a perda de diplomas aos governadores e, pelo princípio da indivisibilidade, aos vice-governadores. Os relatores respectivos desses processos foram à época os ministros do TSE Nelson Jobim (no caso de Mão Santa), Eros Grau (Cunha Lima e Lago) e Felix Fisher (Marcelo Miranda). Nenhum dos acórdãos suscita dúvida sobre a inclusão dos vices na cassação dos titulares.
Consta do levantamento um caso que não resultou em cassação, mas que está sendo considerado relevante. É o que envolveu o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, eleito em 2006, relatado pelo ministro Felix Fisher. Silveira foi absolvido da acusação de abuso do poder econômico. Mas a discussão, na fase preliminar do caso, a de instrução, apontou para a necessidade de o vice compor o polo passivo em ações nas quais se pretenda cassar o seu mandato e o do titular. Essa posição mudou a jurisprudência do TSE sobre o tema, desde então pacífica.
O tribunal concluiu, ali, que “em razão da unicidade monolítica da chapa majoritária, a responsabilidade dos atos do titular repercute na situação jurídica do vice, ainda que este nada tenha feito de ilegal, comportando-se exemplarmente”.
A jurisprudência de casos envolvendo prefeitos também reforça os argumentos pela indivisibilidade da chapa eleita. Um dos casos, relatado pelo ministro Napoleão Nunes Maia Filho, é o do prefeito de Itaboraí (RJ), Helil Cardozo, eleito em 2012 pelo PMDB e acusado de uso indevido de meios de comunicação social. A cassação foi revogada no TSE, por 4 a 3. Durante a discussão do caso, o ministro Herman Benjamin defendeu a indivisibilidade da chapa para fins de cassação.
Outro dos casos da jurisprudência que integra a pesquisa sobre princípio da indivisibilidade é o Recurso Especial 695-41, de Goiás, relatado pelo ministro Gilmar Mendes, hoje presidente do TSE. Gilmar escreveu: “Cassação de diploma de vice-prefeito. O mero benefício é suficiente para cassar o registro ou o diploma do candidato beneficiário do abuso de poder”. Também está incluído, na pesquisa, caso semelhante relatado pelo ministro Henrique Neves (Recurso Especial 1089-74/MG).
O levantamento ainda enumera, como apoio à tese da indivisibilidade, processos relatados em períodos diversos pelos ministros Luciana Lóssio, Nancy Andrighi, Dias Toffoli, Laurita Vaz, Cármen Lúcia, Arnaldo Versiani, Marco Aurélio, Ayres Britto, Cesar Asfor Rocha e Ellen Gracie.
Inelegibilidade
O levantamento mostra, ainda, que a jurisprudência do TSE é igualmente pacífica quanto à decretação de inelegibilidade. Nesse caso, há necessidade de provar que o acusado tinha conhecimento direto dos delitos cometidos. “A inelegibilidade constitui sanção de natureza personalíssima e aplica-se apenas a quem cometeu, participou ou anuiu com o ilícito, e não ao mero beneficiário”, diz a pesquisa. Entre os precedentes estão decisões dos relatores Gilmar Mendes e Henrique Neves. Para fins de inelegibilidade individual, diz trecho de um dos acórdãos citados, “deve ser feita distinção entre o autor da conduta abusiva e o mero beneficiário dela. Caso o candidato seja apenas beneficiário da conduta, sem participação direta ou indireta nos fatos, cabe eventualmente somente a cassação do registro ou do diploma, já que ele não contribuiu com o ato”.
Se a jurisprudência indica que não há mais dúvida de que o parecer do ministro-relator vai pedir a cassação dos dois eleitos – Dilma Rousseff e Michel Temer -, ainda há sobre o quesito inelegibilidade. Os autos precisam provar se os dois, ou um dos dois, tinham conhecimento pessoal de fatos que caracterizam abuso de poder econômico. Se não é fácil chegar a uma conclusão com os depoimentos e perícias que estão disponíveis no site do TSE, resta aguardar a divulgação integral dos depoimentos ainda sob sigilo dos delatores da Odebrecht.
Vereador Marcio fala na bancada da sessão de vereadores que Portal da transparência não esta atualizado em Santa Maria do Oeste.

                               Resultado de imagem para imagem dos vereadores Marcio de Santa Maria do Oeste

Na sessão da Câmara de vereadores realizada ontem dia 20/03/2017, o Vereador Marcio quando pediu a palavra para falar na bancada da sessão comentou que o portal da transparência da Prefeitura de Santa Maria do Oeste não esta atualizado pedindo providencia por parte da Prefeitura.
Para que os moradores do Município possam acompanhar o andamento da Cidade com clareza.

 

Policiais impedem fuga na 

Cadeia de Palmital.


O volume alto no rádio e barulho atípico numa das celas chamaram a atenção do agente carcerário da Cadeia Pública de Palmital, a cerca de 139 quilômetros de Guarapuava. Para entrar na carceragem, o agente pediu o apoio das polícias civil e militar que perceberam um buraco no teto de uma das celas, por onde os presos tentariam fugir. No local foram encontrados um balde, cinco sacos de concreto que haviam sido extraído. além de ferramentas.
De acordo com a Delegacia de Polícia de Palmital, a cadeia comporta 33 presos e está com 36. O flagrante aconteceu na tarde desse domingo (19) e nesta segunda (20), o clima é de tranquilidade.
Fonte Redesul
Governo libera R$ 1 milhão para 

investimentos na área urbana de Pitanga.

Pitanga recebe do governo do Estado, recursos de R$1Milhão reais,  para investimentos de infra-estrutura urbana

O Prefeito Municipal de Pitanga, Maicol Callegari Barbosa, esteve na manhã de hoje (20), em mais uma audiência com o governador Beto Richa; o Chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (Deputado Federal); e os Deputados Estaduais Alexandre Curi, Bernardo Carli e Pedro Lupion, desta vez, para a liberação de recursos na ordem de R$ 1 milhão de reais, para investimentos na área urbana do município.

"Acabamos de nos reunir com o Governador Beto Richa e o Prefeito de Pitanga, Maicol, para a liberação de financiamento para o município no valor de R$ 1 milhão. O recurso será aplicado na construção de calçamento urbano", explicou  Bernardo Carli.

Para o prefeito Maicol, os recursos vêm de encontro às necessidades da população, que sofre em muitos bairros que ainda não tem o benefício de ruas organizadas. "Vamos agilizar os projetos que já estão em andamento, para resolvermos uma boa parte destes problemas urbanos", destacou o prefeito Maicol.

O Deputado Estadual Alexandre Curi, que também está auxiliando o município à conseguir mais recursos para os projetos do prefeito Maicol Barbosa e vice-prefeito Carlos Brandalise, disse que: " A população será a maior beneficiada com muitos avanços, à partir desta união, entre o município e o governo do Estado", comentou Curi.

Da Assessoria de Comunicação  de Pitanga
PREFEITO NEY UNI FORÇAS AOS OS 

PREFEITOS DE MARQUINHO E 

LARANJEIRAS PARA INÍCIO DE OBRA NA 

BR 158.


Estiveram em Brasília na Sede do Ministério dos Transportes no DNIT o Prefeito Ney e o Prefeito Zinho da Cidade de Marquinho-PR. Na ocasião os dois prefeitos reivindicaram junto ao DNIT pela liberação de recursos para obras de recape asfáltico e ampliação de alguns pontos para a construção de 3ª faixa na BR 158 que liga Palmital a Laranjeiras do Sul.
O esforço em conjunto dos três prefeitos Ney, Zinho Prefeito de Marquinho e Berto Silva Prefeito de Laranjeiras do Sul teve resultado positivo. Segundo o Departamento Nacional de Transito – DNIT as obras de recape asfáltico e ampliação de alguns pontos da via serão iniciadas já neste mês de abril.
Esta obra conquistada pelos Prefeitos irá proporcionar melhor acesso aos municípios e facilitar o escoamento da produção por ser uma importante ligação a BR 277.

Fonte Da Assessoria de Comunicação  de Palmital

Defensoria pede a interdição da Cadeia Pública de Arapongas.


O Núcleo da Cidadania e Direitos Humanos (NUCIDH) da Defensoria Pública do Paraná e a Defensoria Pública em Maringá protocolaram na Vara da Fazenda Pública de Arapongas uma ação civil que pede a interdição da Cadeia Pública de Arapongas, na região norte do Estado. Durante vistoria conjunta com o Ministério Público Estadual, realizada no dia 7 de fevereiro, constatou-se a superlotação da unidade, além das péssimas condições estruturais do local.
No dia da vistoria, havia 182 detentos na unidade, quando o número de vagas é de apenas 36. Posteriormente, a Defensoria oficiou uma recomendação para a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária tomasse providências para esvaziar o local. Como a recomendação não foi atendida, os defensores públicos Camille Vieira da Costa, Bruno Passadore, Bruno Müller Silva, Adriana Shinmi e Cecília Ferreira, que assinam a ACP, recorreram à Justiça para interditar a Cadeia.  
Liminarmente, ou seja, com urgência, a ação civil pede que a unidade prisional seja esvaziada, com a remoção de todos os presos em uma semana e que sejam proibidos novos encarceramentos no local antes que sejam feitas reformas estruturais, adequando-se as instalações às diretrizes da Lei de Execução Penal. Caso essas medidas não sejam tomadas, a ação pede que o governo seja multado. O Estado também deve indicar o novo local para onde os presos deverão ser encaminhados.
No mérito da ação, a Defensoria também solicita que o Estado reconheça a situação de calamidade da Cadeia de Arapongas e assuma a responsabilidade sobre o caso. Confirmada a tutela de urgência, a ação prevê que sejam realizadas reformas na carceragem. Também foi feito à Justiça um pedido de danos morais coletivos, que consiste em um pedido de desculpas público pela violação de direitos humanos ocorrida na Cadeia de Arapongas. Além disso, há pedidos de danos morais individuais em prol dos presos, motivados pelas condições desumanas a que foram expostos no período de 16 de março de 2012 até o final da ação.
Quando esteve na Cadeia Pública de Arapongas, a comitiva da DPPR e do MP analisou a estrutura do local, conversou com os presos e constatou que a situação da carceragem é insalubre, além da questão da superlotação. “O prédio que abriga a Cadeia está com a estrutura comprometida. Tem várias rachaduras pelas paredes”, descreveu o defensor público Bruno Passadore. A informação sobre as más condições da Cadeia Pública de Arapongas chegou à DPPR e ao MP após uma denúncia da Pastoral Carcerária, ligada à Igreja Católica.
Informações são do site TN ONLINE.

GDE apreende artefatos que seriam usados em bancos.

Policiais do Grupo de Diligências Especiais de Foz do Iguaçu receberam informação, na tarde de ontem, dando conta de que várias pessoas estavam numa casa, em posse de armas de fogo e artefatos explosivos que seriam utilizados em explosão de caixas eletrônicas.
Após as informações, os policiais realizaram a abordagem na casa.
No local, foram encontradas quatro bananas de dinamite, 10 espoletas para detonação das dinamites, dois coletes balísticos, diversas munições, bloqueador de celular, além de um carro e uma moto.
Os três abordaram foram detidos.
Informações são do TRIBUNA POPULAR.

Carro com cigarros se envolve em acidente.


Ao atender um acidente de trânsito na PR-495, no KM-35 entre Medianeira e Missal, um Chrysler com placas de Medianeira teve que ser recolhido pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Santa Helena, pois o mesmo apresentava R$ 10.629,00 em débitos. 
O veículo se envolveu em uma colisão com um caminhão. Por sorte ninguém se feriu. Devido as pendências de documentação dos anos de 2016 e 2017 e uma multa por evadir-se para não efetuar o pagamento do pedágio, o veículo foi recolhido ao pátio da PRE para regularização.
Informações são do CORREIO DO LAGO.

Câmara prevê quando Reforma da Previdência deve ser ‘aprovada’.



O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou acreditar que a reforma da Previdência deve ser aprovada até o início de maio.
Segundo Maia, apesar das vozes contrárias, a maior parte dos parlamentares já se manifestou a favor da medida.
O deputado classificou o projeto positivo como está sendo elaborado atualmente como positivo, e afirmou que não serão necessários longos debates sobre o assunto, tornando a tramitação mais rápida.
Entretanto, caso o texto não seja aprovado, Maia disse prever um cenário de caos e afirmou que, se a proposta não for aprovada agora, o Brasil corre o risco de ter que fazer a transição de uma forma brusca no futuro.
“É a última oportunidade para o Brasil de fazer uma reforma que não vai tirar benefício de ninguém à vista. Diferente [das reformas] de Portugal e da Grécia, onde se cortaram salários e aposentadorias”, destacou.
Com informações Band UOL.

Calcinha pendurada em galho de árvore chama a atenção.



Uma calcinha pendurada no galho de uma árvore na esquina da Avenida Tiradentes com a Rua João de Oliveira Dias, na região central de Goioerê (PR), chamou a atenção de quem passou pelo local e de quem mora e trabalha nas proximidades.
A calcinha usada, estava pendurada em um galho razoavelmente alto da árvore e as fotos nas redes sociais geraram comentários, alguns bem-humorados, como o de um internauta que questionou se a calcinha foi deixada no local para esconder a prova do crime ou foi durante uma fuga inesperada.
No entanto houve, quem relacionasse o fato com alguns pontos de sujeira existentes na cidade.
 Uma moradora das proximidades, incomodada com a cena dantesca, tirou o objeto da árvore e o colocou no lixo.
Fonte CGN
Cristina Silvestri pede ao DER 
alargamento da estrada de 
Goioxim.
A deputada estadual Cristina Silvestri reforçou o pedido de alargamento da rodovia estadual que liga Guarapuava ao município de Goioxim (Rodovia PR Engenheiro Luiz Douglas de Araújo), durante audiência com o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER), Nelson Leal Junior. Também estavam presentes a prefeita de Goioxim, Mari Terezinha da Silva, o secretário municipal do Planejamento, Benildo Sponchiado, e o assessor Tiago Malaver, funcionário da Secretaria Municipal da Agricultura. 
Apesar de sua importância estratégica para escoamento da produção agrícola e do grande fluxo de veículos, a estrada de Goioxim tem apenas três metros de largura com asfalto, onde passa só um carro. Esse formato foi concebido no último Governo Jaime Lerner, há mais de 20 anos, no programa "Caminhos do Campo".
A solicitação de Cristina Silvestri é para que a pista seja alargada para comportar o tráfego de caminhões pesados nos dois sentidos, em toda a extensão da rodovia, com 39,5 quilômetros. A PR tem ligação para os municípios de Cantagalo e Campina do Simão. O pedido foi oficializado em requerimento endereçado ao DER, subscrito também pelos prefeitos de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, e de Campina do Simão, Emílio Altemiro Lazaretti, além da deputada e da prefeita de Goioxim.
Segundo Cristina Silvestri, Goioxim produz anualmente 101.905 toneladas de grãos e conta com uma unidade armazenadora da COAMO. " O tráfego intenso, com enorme demanda de veículos, vem registrando crescimento significativo do número de acidentes, inclusive com vítimas fatais", alertou a parlamentar.
O diretor do DER afirmou que iniciará estudos de viabilidade para implantar as melhorias.
Fonte Redesul

Com emenda da bancada do Paraná, municípios terão R$ 43 milhões para saúde.

Com emenda da bancada do Paraná, municípios terão R$ 43 milhões para saúde

O deputado federal Zeca Dirceu vai beneficiar 24 municípios com indicações feitas à bancada do Paraná na Câmara Federal que vai destinar R$ 43 milhões para a saúde dos municípios do Estado.

A cota de investimentos de Zeca Dirceu vai possibilitar a aquisição de kits de fisioterapia e de transporte sanitário (ambulâncias).

Cada kit no valor de R$ 40 mil e a ambulância de R$ 120 mil, totalizando quase R$ 1,3 milhão somente da cota do parlamentar.

O empenho dos recursos foi liberado pela Secretaria de Governo, para o Fundo Estadual de Saúde do Paraná.

O empenho da emenda foi um esforço coletivo da bancada paranaense no Congresso, direcionada ao ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O deputado federal Zeca Dirceu lembrou que a conquista para a saúde do Estado se deve também aos coordenadores da bancada federal do Paraná, em 2015, o deputado federal João Arruda e o atual, Toninho Wandscheer, pelo trabalho realizado à frente do colegiado.

“Essa é uma vitória para todos os paranaenses. Minha cota de recursos será investida em quatro ambulâncias, e em 20 equipamentos para fisioterapia.

Temos que parabenizar aos coordenadores Toninho, e do ano anterior, deputado João Arruda que conduziram todo o processo com muita eficiência e transparência”, pontuou.

Com os valores já empenhados, significa que estão com garantias no orçamento do Governo Federal. E, em breve serão pagos. Os municípios de Rio Bonito do Iguaçu e Cantagalo, na região de Guarapuava, estão contemplados.

HISTÓRICO

Em 2015, a bancada paranaense apresentou emenda para a Saúde, e firmou compromisso de parceria com o secretário da pasta do Estado, Michelle Caputto Neto.

Agora, na gestão do deputado Toninho Wandscheer, foi empenhado R$ 43 milhões pelo Ministério da Saúde, com aporte de mais R$ 33 milhões do governo estadual, somando um total de quase R$ 80 milhões em recursos para a Saúde do Paraná.

Com o empenho, os 33 parlamentares do Paraná indicaram as insti.
Fonte Portal Cantu

Chefe de inspeção preso na Operação Carne Fraca disse que tinha que ‘dar resultado’ para o PDT.


Em diálogos interceptados pela Operação Carne Fraca, executivos da BRF revelam que o chefe do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal em Goiás (Sipoa-GO), Dinis Lourenço da Silva, tinha de “dar resultado” para a bancada do PDT e pediu doações da empresa durante as eleições municipais de 2016 em troca da liberação de funcionamento da planta de Mineiros (GO), apesar de uma auditoria do Ministério da Agricultura ter pedido a suspensão da habilitação.
Em uma conversa às 22h23 do dia 2 de maio de 2015, o gerente de relações institucionais e governamentais da BRF, Roney Nogueira dos Santos, relatou ao diretor da BRF para o Centro-Oeste, André Baldisserra, que Dinis havia prometido “matar no peito” e não encaminhar para Brasília o resultado da auditoria que havia determinado a suspensão da planta.
Em troca, informou Roney, Dinis teria pedido apoio da empresa para candidatos do PDT nas eleições de 2016 e até R$ 300 mil para um homem que seria responsável por manter Dinis em Goiânia
“O que eles vão propor é suspender a certificação, só, e vão dar 15 dias, 15 ou 20, pra BRF preparar, ali, atender os planos de ação e fazer uma nova supervisão pra voltar à exportação”, disse Roney a André. Após a conversa sobre a punição alternativa, André comemora o fato de que vão conseguir evitar a suspensão da habilitação da planta, que produz para exportação.
Prisão
Roney, Dinis e André tiveram a prisão preventiva decretada na semana passada pelo juiz Marcos Josegrei da Silva, da 14.ª Vara Federal de Curitiba. Para o magistrado, as investigações apontam que Dinis “regularmente se envolve com práticas criminosas”. “Viabilizou a manutenção em funcionamento de Unidade da BRF em Mineiros/GO cuja indicação era de suspensão de atividades”, diz Josegrei, na decisão que deflagrou a Carne Fraca.
Operação
Dinis era um dos servidores que liberavam plantas de produção de carne em troca de propina. A investigação, que começou com o depoimento de um fiscal do Paraná que estava sendo punido por não atuar no esquema, apontou que irregularidades nas superintendências do Mapa no Paraná, em Goiás e em Minas Gerais. Na sexta-feira, a PF informou que há suspeitas de que parte da propina paga aos fiscais e servidores abastecia o PP e o PMDB.
A reportagem entrou em contato com os diretórios nacional e de Goiás do PDT, mas não obteve resposta. A defesa de Dinis Lourenço da Silva não foi localizada. A BRF informa que está colaborando com as autoridades para o esclarecimento dos fatos relativos à Operação Carne Fraca. A empresa diz ainda que não compactuar com práticas ilícitas.
Fonte Banda B