Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Veja a Fotos dos Meliantes que Assaltaram a Lotérica de Santa Maria do Oeste.

Através de informações obtidas pelo Blog do Beto os Dois indivíduos presos são Valmir Fabricio e Felipe já o Motorista se chama Júnior dos Anjos.

 Júnior do Anjos


Felipe Camargo


Valmir Fabrício que está Foragido 



Polícia Militar agiu rápido e prende ladrões da Casa Lotérica e suspeitos de outros Crimes em Santa Maria do Oeste.

Resultado de imagem para gif de giroflexo

Através de informações obtidas pelo Blog do Beto os Dois indivíduos presos são Valmir Fabricio e Felipe já o Motorista que se Encontra foragido se chama Júnior dos Anjos ás demais informações seguem da Polícia Militar.

No dia 04 de abril de 2017, às 14h00min a equipe Velado deslocou a Santa Maria onde passaram a levantar informações sobre autoria do roubo ocorrido na Lotérica na parte da manhã naquela cidade; Que segundo informações o veiculo suspeito havia passado em uma casa na localidade São Jose antes do crime e outras testemunhas avistaram a referida Montana transitando sentido Pitanga e entrando numa estrada rural no Rio Feio a direita da rodovia; Com estas informações a equipe ROTAM deslocou em patrulhamento sentido Rio Feio e equipe Velado e RPA Santa Maria deslocaram a São Jose, onde foi checado que o veiculo Montana utilizado no crime estava naquele distrito por volta das 10h30min e um dos ocupantes era um foragido outro comparsa não identificado naquele momento; Foi levantado os possíveis paradeiros  a equipe do serviço reservado de Guarapuava; A equipe Velado da 3 Cia, fez várias diligencias a Turvo, Palmeirinha e São Jose no intuito de localizar os infratores e as buscas não cessaram sendo que por volta das 01h30 o veiculo Montana foi localizado nas proximidades da ABB, Bairro Tancredo Neves, em Guarapuava tendo então  a equipe do Serviço Reservado, RPA e CPU abordado os ocupantes os quais foram identificados e estavam com parte do dinheiro roubado e ainda com um celular e um anel das vitimas; A equipe Velado da 3 Cia foi ate a casa da testemunha em São Jose, distrito Santa Maria do Oeste onde após ver a foto de um dos ocupantes reconheceu sem duvidas ser ele quem estava por volta das 10h30 do dia 04 de abril de 2017 em São Jose momentos antes de cometerem o roubo na Lotérica; No crime ha possibilidade que tenham agido em três, pois segundo informações de populares quando os ladrões saíram correndo da Lotérica havia um terceiro dirigindo a Montana e veio de encontro aos dois; O terceiro elemento não foi encontrado porem segue devidamente identificado; No interior da Montana havia roupas que tem as mesmas cores das usadas no roubo, conforme imagens; um dos ocupantes confessou o crime e disse que ficou com um mil e quinhentos reais, um celular e um anel, e  o terceiro meliante que ainda não foi localizado e ficou com a maior parte do dinheiro e com um revolver cal 38 utilizado no crime.

Das informações colhidas ha possibilidade de que os autores sejam os mesmos dos roubos do caminhão da Loja Pontarolo, pois um do indivíduos possui passagens por crimes de roubo, trafico, e é natural de Palmital e morou em Santa Maria do Oeste, ou seja conhece a região; O modo de agir no roubo da Lotérica e o mesmo utilizado no roubo dos caminhões, o local que abordam os caminhões nas proximidades do Rio Feio foi o mesmo que se evadiram durante a fuga do crime da Lotérica.

Os presos, dinheiro recuperado, veículo, anel e celulares foram entregues na 45ª DRP Pitanga.

O Blog do Beto deixa aqui registrado mais uma vez os Parabéns pela eficiência de todas as equipes que Participaram desta Operação da Briosa Polícia Militar em Especial agradecemos ao Destacamento da Polícia Militar de Santa Maria do Oeste mais uma vez trabalhando para garantir a Segurança e Qualidade de vida de todos os Santa-marienses.


Casa é Assaltada em Santa Maria do Oeste.


No dia 04 de abril de 2017, às 23h30min, a equipe foi acionada, e a vítima veio informar que a casa de sua mãe estava sendo furtada, e que sua esta estava sozinha no local.

Diante do fato foi deslocado até a estrada para Vila Rica, Área Rural, onde em contato com a vitima, a mesma informou que tinha acabado de chegar e percebeu os cômodos bagunçados e a falta de objetos sendo que visualizou do lado de fora um homem de cor de pele clara, com um moletom de cor clara com detalhes azuis, o qual tomou rumo ignorado.

A mesma percebeu a falta de um TV Samsung 42”, um notebook Sony Vaio cor Preta, um botijão de gás, um receptor de antena Duosat cor preta.

Posteriormente foram efetuadas buscas a procura do suspeitos e dos objetos, porém sem êxito. As vitimas foram orientadas sobre as demais providências legais.

Fonte: Policia Militar.


Carro tem Diversos itens roubados em Palmital.


No dia 04 de abril de 2017, Noticiante compareceu ao 4º Pelotão de Policia Militar, onde relatou que deixou seu veículo com a janela aberta na Rua XV de Novembro, em frente ao Ney Moveis por volta das 15h30min e quando retornou as 17h00min percebeu que do interior do veículo tinham sido subtraídos uma bolsa da marca Iodi, uma pasta com toda sua documentação pessoal, RG, CPF, Título de Eleitor, diversos documentos referentes ao veículo, diversas cédulas que totalizaram R$ 85,00 (oitenta e cinco reais), um cartão poupança da Caixa Federal, um documento de aplicação no valor de quase 14 mil reais e uma gaita de boca. Diante do fato foi orientado quanto aos procedimentos cabíveis.

Fonte: Policia Militar.


Guarda Municipal mata dois e rouba carros em Londrina, ASSITA AO VÍDEO:

Um caso intrigante aconteceu em Londrina. Um Guarda Municipal atirou contra familiares de sua ex-esposa. Duas pessoas morreram e várias foram baleadas.
Uma ligação na Polícia Militar (PM) e na Guarda Municipal, no início da noite de segunda-feira (03), informando detalhes de que um GM estava na casa da ex-mulher na Rua Figueira, no Jardim Leonor, efetuando disparos de arma de fogo, foi o primeiro sinal da segunda tragédia anunciada.
A primeira foi registrada no período da tarde, quando o GM matou a sócia da ex-esposa, na Rua Santiago no Parque Guanabara, zona sul. Ele teria ido ao local à procura de uma de suas ex-esposas. Ela não estava e ele matou a sócia identificada como Ana Regina do Nascimento Ferreira de 34 anos.
De acordo com a perícia do Instituto de Criminalística de Londrina, a mulher foi morta com três disparos de pistola, sendo um no rosto, um na mão e outro no peito. O Corpo de Bombeiros nem chegou a ser acionado. Depois de matar Ana Regina, o GM roubou o veículo Ônix dela de cor branca e fugiu sentido Avenida Higienópolis, mas acabou mudando o trajeto para o Jardim Shangri-lá, zona oeste.
Depois roubou um Honda Fit e o deixou próximo ao Jardim Leonor, também na zona oeste, onde cometeu outros crimes.
Segundo homicídio
A primeira viatura da PM chegou no Jardim Leonor na Rua Figueira e constatou que o portão estava fechado, mas havia pessoas pedindo por socorro. Dentro da casa, havia quatro pessoas baleadas da mesma família.
Três ambulâncias do Siate e médico da Samu foram para o local e atenderam o casal: Maura Espinosa Gouveia Siena de 57 anos com tiro na região da coluna e encaminhada à Santa Casa de Londrina, ela é a mãe da Raquel, ex-esposa do GM, e Valdeci Siena de 80 anos com um tiro de raspão na cabeça. Ele foi levado até a UPA do Jardim do Sol e é avô de Raquel. Valdir Siena de 58 anos, pai de Raquel, levou um tiro no tórax e braço, encaminhado em estado grave ao Hospital Evangélico e o quarto baleado morreu no quarto, ao lado da cama, com vários tiros no peito.  Trata-se de Vitor Espinosa Gouveia Siena dos Reis de 16 anos, filho de Raquel, que não foi morta, já que não estava na casa.
As informações repassadas à equipe da TV Tarobá que estava no local é de que o atirador, Ricardo Felipe, seria ex-marido de Raquel e fugiu com o carro da vítima e não foi visto por mais ninguém. Era para ele estar em serviço, mas como está sem porte de arma, estava realizando serviços internos. O porte já havia sido retirado, já que as ameaças contra Raquel eram constantes.
Neste momento, está acontecendo uma coletiva na 10° SDP em Londrina sobre o crime praticado pelo Gm Ricardo Felipe.

Fonte: Tabora.


Projeto Botão do Pânico da Deputada Cristina Silvestri começará por Guarapuava.

A mostrar Foto reunião botao do pânico Grpva.jpg

Guarapuava será a cidade piloto para a efetivação do Botão do Pânico.

Lei de autoria da deputada Cristina Silvestri auxiliará mulheres em situação de violência O Botão do Pânico, lei que auxiliará mulheres vítimas de violência em todo o Paraná, começará a ser testado em Guarapuava. Os resultados obtidos aqui com as primeiras mulheres a usarem o aparelho servirão como modelo para o restante do Estado, que terá a implantação do botão feita gradativamente pela Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (SESP). A lei que implantou o aparelho é de autoria da deputada estadual Cristina Silvestri (PPS) e foi sancionada em agosto do ano passado pelo governador Beto Richa.

Atualmente, a implantação do botão em Guarapuava está em fase de alinhamento entre os órgãos que terão contato direto com as mulheres que estiverem com o botão em mãos, como a 1ª Vara Criminal de Guarapuava, Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Guarapuava, Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e Polícia Militar. A instalação dos primeiros botões em Guarapuava foi garantida à deputada Cristina pelo secretário de segurança, Wagner Mesquita de Oliveira.

Na semana passada, em reunião  com representantes oficiais das unidades de enfrentamento do município,  representados  pela Delegada da Mulher, Amanda Ribeiro, com a juíza Carmen Mondin, com a Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran, com a enfermeira do SAE, Clarice Kunkel, com a tenente Beatriz Manfroi e com o tenente-coronel Eric, foi  discutido a parte da logística da distribuição dos botões e, dos atendimentos para quando os aparelhos forem acionados.

“Estamos definindo quais os grupos de mulheres em situação de violência que serão atendidas neste primeiro momento de implantação. Outra situação que estamos alinhando também é referente à logística de atendimento da PM, que ficará responsável por atender rapidamente as mulheres que acionarem os botões”, explica a deputada Cristina.

Segundo Priscila Schran, secretária de políticas públicas para as mulheres, outro ponto que está sendo definido é sobre o tratamento posterior ao atendimento da PM às vítimas. “Estamos definindo também o tratamento e o amparo que será dado a essas mulheres após o atendimento da PM. Para onde serão levadas e quais os profissionais que farão seu acompanhamento”.

Até o momento, a Secretaria de Segurança não divulgou quantos botões serão disponibilizados na primeira fase de implantação, que deve acontecer efetivamente ainda este ano.

Fonte: Marcia Saad Assessora Parlamentar Gabinete Deputada Estadual Cristina Silvestri.