Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

domingo, 26 de abril de 2015

Professores decidem retomar greve no Paraná.


   

Assembleia realizada na manhã deste sábado (25) em Londrina confirmou a retomada da greve dos professores no Paraná. A mobilização está prevista para começar a partir das 10h de segunda-feira (27). A principal justificativa da categoria é a quebra de acordo do governador Beto Richa (PSDB) em relação ao regime de Previdência dos servidores.

O projeto de lei que a altera a Paranaprevidência deve ser votado durante a semana pelos deputados estaduais. Na assembleia, os professores definiram uma nova mobilização em Curitiba para ocupar o Centro Cívico durante toda votação. 
Na segunda, os professores devem estar nas escolas orientados pais e alunos sobre a retomada da greve. Já na terça, a mobilização na capital paranaense deve ganhar o reforço dos servidores do restante do Paraná.

A APP Sindicato deve visitar os parlamentares entre domingo e segunda para cobrar a retirada ou reprovação do projeto que modifica a Paranaprevidência. A classe deve organizar protestos contra Beto Richa e deputados aliados onde houver agenda pública.

A última greve durou 29 dias entre fevereiro e março e atrasou o início do ano letivo. O movimento foi marcado pela Assembleia Legislativa até que o governo desistiu do "tratoraço" para aprovar o PL 252/2015.
As informações são do Bonde.

Cinzas de vulcão chileno em erupção chegam ao estado do Paraná.


              Foto: Imagem Simepar

O tempo estável no Estado neste sábado (25) foi destaque por conta das cinzas vulcânicas que alcançaram também áreas paranaenses.  Com base nos acessos a imagens de satélite, em canais que detectam as cinzas vulcânicas, pode-se perceber que os detritos lançados pelo Vulcão Calbuco localizado no Chile estão sob a nossa atmosfera, mas com menor concentração e em níveis elevados o suficiente para não trazer maiores riscos a nossa saúde.
Segundo o Simepar, as cinzas vulcânicas foram percebidas em municípios do sudoeste, sul, centro e leste. (Fonte: Simepar)
Fotos das cinzas vulcânicas em Francisco Beltrão no final da tarde.
  Foto: Solange Maciel (PPnews)

Paranaense e mais oito devem ser executados na Indonésia.


   

O brasileiro Rodrigo Gularte já foi levado para a prisão de segurança máxima de Nusakambangan, onde deve ser executado
Os oito estrangeiros e um indonésio condenados à morte por tráfico de drogas na Indonésia, entre eles, o brasileiro Rodrigo Gularte, já foram levados para a prisão de segurança máxima de Nusakambangan, em Cilacap, a cerca de 400 quilômetros de Jacarta, capital do país, onde ocorrerá o fuzilamento. Na última quinta-feira (23), o governo do país asiático notificou os países de origem dos presos sobre a proximidade do cumprimento da pena, que deve ocorrer nos próximos três dias.
Além do brasileiro, na fila de execução há cidadãos da Austrália, das Filipinas, da Nigéria e de Gana. O Ministério das Relações Exteriores brasileiro ainda não recebeu comunicação oficial sobre a data da execução de Rodrigo Gularte, preso desde julho de 2004, quando entrou na Indonésia com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe.
“Hoje, acabamos de notificar todos os condenados [sobre a execução]”, disse o porta-voz do procurador-geral da Indonésia, Tony Spontana. Apesar de o porta-voz não informar a data das execuções, a defesa da filipina Mary Jane Veloso (uma das condenadas à morte) disse que a sua cliente foi informada que seria executada na próxima terça-feira (28).
Pelas leis indonésias, os presos e seus representantes devem ser comunicados com 72 horas de antecedência da execução. A convocação dos representantes das embaixadas gerou especulação entre quem acompanha o caso e os envolvidos de que, hoje (25), as autoridades do país podem definir a data da execução por fuzilamento.
A defesa do paranaense continua tentando convencer a Justiça da Indonésia de que ele precisa de tratamento psiquiátrico, adiando ao máximo execução. “Sem desconhecer a gravidade dos crimes que levaram à condenação de Rodrigo Gularte e respeitando a soberania e o sistema jurídico indonésios, o governo brasileiro segue realizando gestões sobre o caso, por razões humanitárias e tendo em conta o estado de saúde do cidadão brasileiro”, informou o Itamaraty.
O Itamaraty ressaltou os reiterados pedidos feitos, “em caráter urgente”, de internação imediata do brasileiro em hospital local. Além disso, convocou na última sexta-feira (24) o encarregado de Negócios da Indonésia no Brasil para uma reunião com o embaixador Carlos Alberto Simas Magalhães, subsecretário-geral das Comunidades Brasileiras no Exterior. O gesto serviu para demonstrar, mais uma vez, a preocupação do governo brasileiro com a situação e pedir mais explicações sobre o andamento do caso.
Um dos estrangeiros condenados à morte por tráfico de drogas, o francês Serge Atlaoui, de 51 anos, não foi levado para o local do fuzilamento. Spontana informou que o cumprimento de pena do francês foi adiada porque ainda há um recurso legal pendente de exame. Durante a semana, o governo francês ameaçou retaliar a Indonésia caso Atlaoui, condenado em 2007, fosse fuzilado.
Em janeiro, a Indonésia executou seis traficantes de drogas, incluindo o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, o que causou uma crise diplomática entre a Indonésia e o Brasil. O país asiático, que retomou as execuções em 2013 após cinco anos de moratória, tem 133 prisioneiros no corredor da morte, dos quais 57 condenados por tráfico de drogas, dois por terrorismo e 74 por outros crimes.

Informações da Agência Brasil.

Terremoto na Ásia mata dois mil e há   

dezenas de pessoas desaparecidas.


   NEPAL

Equipes de resgate continuam na busca por sobreviventes do maior terremoto em mais de 80 anos no Nepal, que deixou mais de 2 mil mortos. O total de vítimas deve aumentar, já que a situação ainda é desconhecida em áreas remotas, para as quais o acesso é difícil. Muitas estradas em regiões de montanha ficaram destruídas ou estão bloqueadas por deslizamentos de terra.
O terremoto, de magnitude 7,8, atingiu uma área entre a capital e a cidade de Pkhara, e causou avalanches no Monte Everest, que mataram 17 pessoas – o maior desastre na história da montanha. Também houve vítimas na Índia, em Bangladesh e no Tibet.Dezenas de corpos foram levados a hospitais de Kathmandu, que estão tendo dificuldades em atender o elevado número de feridos. Somente na capital, foram mais de 700 mortos.
Foi o pior tremor a atingir o Nepal desde 1934, quando um terremoto matou cerca de 8,5 mil pessoas.
Muitas pessoas dormiram na rua após terem suas casas destruídas ou temendo novos tremores Neste domingo, uma forte réplica atingiu Nepal, Índia e Bangladesh, e outras avalanches foram registradas no Everest. O epicentro deste tremor, de magnitude 6,7, foi 60km a leste da capital de Kathmandu.
Pessoas correram desesperadas pelas ruas em direção a espaços abertos. Gritos e o som de uma avalanche puderam ser ouvidos enquanto um montanhista indiano era entrevistado por telefone perto do Everest pela agência de notícias Reuters.
Os piores terremotos recentes
Irã, 2003: Mais de 26 mil pessoas mortas em um tremor de magnitude 6,6 próximo à cidade de Bam.
Indonésia, 2004: Um terremoto devastador de 9,1 graus gerou uma tsunami, que matou mais de 230 mil em vários países.
Caxemira, 2005: 100 mil pessoas foram vítimas de um tremos de de 7,6 graus.
China, 2008: Cerca de 90 mil foram mortos por um terremoto de magnitude 7,9 na província de Suchuan, no leste do país.
Haiti, 2010: Mais de 220 mil pessoas foram mortas por um tremor de 7 graus.
Suprimentos no fim
Médicos esperam um grande fluxo de pacientes neste domingo. Medicamentos e suprimentos estão se esgotando.
Equipes de resgate usaram as próprias mãos para escavar escombros na busca por sobreviventes durante a madrugada.
Em Kathmandu, tratores não conseguem chegar a algumas das regiões mais atingidas devido às ruas antigas estreitas.
O ministro da Informação, Minendra Rijal, disse à televisão indiana que “foi lançada um grande plano de ação de resgate e reabilitação e há muito a ser feito”. “Nosso país está num momento de crise e precisará de apoio e ajuda imensos”.
Dezenas de pessoas dormiram em áreas abertas no sábado, apesar do tempo úmido e frio, por temores de novas réplicas ou devido à destruição em suas casas.
O governo do Nepal declarou estado de emergência nas áreas afetadas, e diversos países ofereceram ajuda para lidar com o desastre.
Tragédia no Everest
Alpinistas estrangeiros e seus guias locais na região do Everest foram surpreendidos pelos tremores e uma grande avalanche.
Parte do acampamento deles foi soterrada pela neve, deixando 17 mortos e 61 feridos. Helicópteros estão sendo usados para levar os feridos a Kathmandu.
Em Kathmandu, diversas construções históricas foram destruídas, incluindo a torre Dharahara, um dos símbolos da cidade. Serviços de internet e comunicações foram prejudicados, o que tem dificuldado as operações de busca.
“Muitas estradas estão bloqueadas, há escombros, deslizamentos… Isso vai dificultar os esforços de ajuda”, disse a porta-voz da Cruz Vermelha britânica, Penny Sims.
Solidariedade
O Estados Unidos disseram estar enviando uma equipe especializada em desastres para o Nepal e anunciou que doará US$1 milhão (R$3 milhões) para cobrir as necessidades mais imediatas. O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, enviou diversos aviões com suprimentos em aviões militares e um hospital de campanha, além de uma equipe para situações de emergência de 40 pessoas, incluindo cães de resgate.
O Paquistão enviou quatro aviões militares com 30 leitos hospitalares, além de médicos e especialistas, equipes de resgate, 2 mil refeições, 200 barracas e 600 cobertores. O Reino Unido está enviando uma equipe de oito especialistas em desastres.
ANoruega doará US$3,9 milhões (R$11,7 milhões). Alemanha, Espanha, França, Israel e a União Europeia também afirmam que auxiliarão o país.
Fonte : Banda B

Família acorrenta menino de 11 anos à espera de tratamento contra drogas.


   

Uma família de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, decidiu acorrentar um menino de 11 anos que está esperando por tratamento contra a dependência de drogas. Segundo a avó, com quem ele vive, o neto passou a ficar agressivo ainda em 2013 e desde então vem se envolvendo em pequenos furtos e tomando medicamentos para se manter calmo. Ele também já fugiu de uma clínica onde estava internado em Santa Catarina.
O próprio menino admite o envolvimento com drogas. Por estar ainda mais agressivo nos últimos dias, a família procurou atendimento médico, mas a consulta foi marcada somente para o dia 14 de maio. Ainda segundo os familiares, os medicamentos não estão fazendo efeito e “para evitar o pior” tiveram de acorrenta-lo em casa a pedido do próprio garoto.
“Tive que por na corrente para ajudar a esperar ele ficar mais tranquilo, até chegar o dia da consulta”, explica a avó, Maria Carvalho. “Ele mesmo pediu. É triste ver o menino na corrente, mas só assim vejo ele com vida.”
O pai do menino foi levado à delegacia, onde assinou um Termo Circunstanciado por maus tratos. Ele deverá responder pela atitude de acorrentar o filho.A Polícia Militar e o Conselho Tutelar atenderam o caso e acionaram o Samu para levar a criança ao Hospital Municipal, onde deverá ficar por alguns dias. “Agora vamos esperar uma vaga em uma clínica de recuperação. Como em Foz do Iguaçu este serviço não está disponível para crianças, isto pode demorar cinco, dez dias e até mais”, explicou o conselheiro Gabriel Machado ao destacar que também deverão ser tomadas providências quanto à demora.
Fonte : G1

Presos cerram grades de cela e 28 fogem 

da Delegacia de São José dos Pinhais.


   

Vinte e oito presos fugiram da Delegacia de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, por volta das 6h deste domingo (26). A delegacia tem capacidade para 25 presos e no momento da fuga 110 estavam detidos.
O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil foi acionado para a delegacia. Até o fechamento desta reportagem, nenhum preso foi recapturado. A informação é que eles serraram as grades da cela para conseguir liberdade. A Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal intensificam patrulhamento na região para tentar encontrar os foragidos.
Previsto
Representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) apresentaram relatório na semana passada sobre as carceragens de delegacias da Grande Curitiba e citaram São José dos Pinhais. De acordo com o relatório, o local apresentava problemas de superlotação, além da falta de condições mínimas de saúde e higiene.
Fonte : Banda B

Criança morre e quatro pessoas ficam feridas em acidente na PR-151.


     Acidente foi entre carro e caminhão na PR-151, em São Mateus do Sul  (Foto: Anderson Maciel/Arquivo Pessoal )

Um menino de 10 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas em um acidente no quilômetro 470 da PR-151, em São Mateus do Sul, na região sul do Paraná. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas ocupavam um carro que bateu em um caminhão. O acidente foi às 21h30 de sábado (25).
Ainda conforme os bombeiros, as vítimas foram levadas ao Pronto Atendimento de São Mateus do Sul. Conforme o hospital, o menino de 10 anos recebeu massagem cardíaca, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Os quatro permanecem internados neste domingo (26), e não correm riscos. Já o motorista do caminhão não ficou ferido.Uma criança de 11 anos, um adolescente de 17 anos e dois jovens de 18 anos que estavam no automóvel tiveram ferimentos graves. O Pronto Atendimento informou que um dos pacientes foi transferido para o Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, e os outros três para o Hospital Paulo Fortes, em São Mateus do Sul.
O corpo da criança foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de União da Vitória, na região sul do estado, e já foi entregue aos familiares para o velório.
Violência nas estradas 
Um motoqueiro de 32 anos morreu ao bater em um caminhão, às 18h30 de sábado (25), na PR-364, em Palmital, na região central do estado. O corpo do motoqueiro foi levado ao IML deGuarapuava, também na região central. Já o caminhoneiro não ficou ferido.
Um rapaz de 29 anos que atravessava a PR-151, perto do trevo da área rural de Tronco, emCastro, nos Campos Gerais do estado, morreu ao ser atropelado por um veículo por volta das 22h de sábado.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista fugiu e não foi identificado. O corpo do pedestre foi levado ao IML de Ponta Grossa, nos Campos Gerais.
Fonte : G1

Três feridos em colisão envolvendo caminhão e dois automóveis na PR-483.


   

   

   

O acidente foi por volta de 18h na rodovia PR-483, KM-18 na  Linha Gaúcha, envolvendo um caminhão Mercedes-Benz, placas de Francisco Beltrão, conduzido por Ivanir Savegnago, 63 anos, um Renault/Fluence, placas de Francisco Beltrão, conduzido por Jusmeris Regina Bariviera, 49 anos e um Fiat/Pálio, placas de Pinhal de São Bento, conduzido por Dionata Marcos Hermes, 24 anos. Após a colisão o caminhão chegou a tombar e o Pálio capotou.
A condutora do Fluence Jusimeris, teve ferimentos considerados graves e ainda no Pálio o condutor Dionata Marcos , e a passageira Carla Leticia Kist, 21 anos ferimentos leves. As vitimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu e encaminhadas ao Hospital São Francisco.
A Polícia Rodoviária Estadual registrou a ocorrência e orientou o trânsito no local.
Fotos: Ivânia Bonatto (Diário da Informação/TV Beltrão)   Fonte : PPNEWS