Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 28 de julho de 2016


leitor que está com celular Click Aqui para ler as noticias atualizadas do Blog do Beto.

====================================================================================================

 PREVISÃO DO TEMPO



====================================================================================================

       Piadas

====================================================================================================
Neste Sábado realizará um encontro municipal do Partido dos Trabalhadores, Com a Presença do Deputado Professor Lemos.


====================================================================================================

 VERSÍCULO DO DIA


====================================================================================================
 Nesta madrugada vândalos danificaram a retroescavadeira hidráulica em Santa Maria do Oeste, Veja as Fotos:


Nesta madrugada desta quinta - feira danificaram a retroescavadeira hidráulica da Prefeitura. 
A retroescavadeira estava em serviço na região da comunidade do Pratinha, fazendo cascalhamento quando seus operadores no final da tarde trancaram a máquina e deixaram na região, durante a noite vândalos quebraram o vidro e destruíram botões da máquina.

O caso esta sendo investigado pela policia militar, para que as devidas providencias possam ser tomadas com os autores deste ato, quem tiver informações entrar em contato com a Policia Militar e sua identidade será preservada, vamos nós cidadãos ajudar para que possamos colocar esses meliantes em seu devido lugar na cadeia. 




====================================================================================================
Grande Feirão de Carros e Motos em Santa Maria do Oeste.


====================================================================================================

Justiça condena assaltantes da agência dos Correios de Turvo.


O procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior participou de julgamento realizado no Tribunal do Júri da Subseção Judiciária de Guarapuava, que resultou na condenação de três pessoas envolvidas no assalto à agência dos Correios do município de Turvo, no Centro-Sul paranaense. O roubo, que terminou em tiroteio contra policiais militares, ocorreu em julho de 2015. Os réus foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) em agosto do ano passado, e o julgamento ocorreu na última segunda-feira (25).

Carlos Alberto de Melo Almeron foi condenado a 10 anos, 7 meses e 21 dias de reclusão pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e roubo; e Tiago Feitosa da Silva teve a pena fixada em 16 anos, 2 meses e 12 dias no regime fechado pelos crimes de disparo de arma de fogo, roubo e porte ilegal de arma de fogo. Os dois seguem presos na Cadeia Pública de Guarapuava.

O terceiro réu, Kaique Gonçalves Barbosa, que também estava preso desde o ano passado, empreendeu fuga da Casa de Custódia no mês de março e segue foragido. Ele foi condenado a 18 anos, 9 meses e dias de reclusão pelos crimes de disparo de arma de fogo, roubo e porte ilegal de arma de fogo. Na sentença proferida pela juíza federal substituta Fernanda Bohn, foi expedido mandado de prisão para recaptura de Kaique.

Em julho de 2015, logo após assaltarem a agência dos Correios de Turvo, dois dos rapazes foram surpreendidos pela Polícia Militar do município, que chegava ao local na hora da ocorrência. Eles correram para um matagal e o terceiro assaltante, que estava em um veículo dando apoio aos comparsas, foi cercado pelos policiais e preso na hora.

Durante a perseguição aos outros assaltantes, a Polícia Militar cercou toda a cidade. Após invadirem uma residência e roubarem um Fiat Uno, os rapazes abandonaram o veículo e se esconderam em um matagal. Depois de passar toda a tarde vasculhando a mata, os bandidos trocaram tiros com policiais até serem rendidos. Com os dois ladrões foram apreendidos uma pistola ponto 40 e o dinheiro levado da agência dos Correios.

Fonte: Assessoria PRP Procuradoria da República no Paraná e Blog do Elói.
====================================================================================================
Jovem tenta Furtar veiculo no Turvo e acaba sendo encaminhado para a Delegacia.


No dia 27 Jul. 16, por volta das 01h30min, a equipe de serviço recebeu uma ligação informando que teria um indivíduo furtando um veículo no Jardim Filadélfia. Abordado a pessoa posteriormente identificada com 18 anos, que teria retirado o veículo do interior de uma garagem, e estava em via pública tentando fazer uma ligação direta, o jovem ao avistar a equipe dispensou uma faca no interior do veículo, que estava na sua posse, sendo dada voz de prisão ao mesmo e encaminhado juntamente com a faca e o veículo recuperado para 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Policia Militar.

====================================================================================================
Família viaja e ladrões fazem "a limpa" na casa

Casa foi toda revirada durante e furto (Foto: Danielle Araújo)

A proprietária de uma casa que fica no bairro Alto Cascavel/Aeroporto, em Guarapuava, Danielle Araujo, levou um susto ao chegar na residência nessa quarta feira (27), após passar uma semana em viagem com o marido e os dois filhos. Além das janelas arrebentadas e as telhas quebradas, os ladrões levaram roupas, calçados, brinquedos, material escolar das crianças, botijão de gás e até a compra completa do mês, que havia sido feita antes da viagem.

De acordo com Danielle, o primo de seu marido ficou de caseiro, porém, na única noite em que não posou na casa, os bandidos aproveitaram para entrar e levar o que tinha. A família foi até a polícia e confeccionou Boletim de Ocorrência.  

"Os bandidos fizeram uma limpa em casa e ainda para piorar meu marido pegou férias esse mês e não vai ter pagamento, portanto preciso de um botijão de gás. Temos duas crianças e para não passar fome estamos indo comer na casa da tia do meu esposo".

Quem tiver interesse em ajudar Danielle pode entrar em contato pelo telefone (42) 9974-1864 ou ir até a sua casa, que fica na rua Almirante Tamandaré, número 315, Bairro Alto Cascavel/Aeroporto. 

Fonte: Rede Sul.

====================================================================================================
"Competência para julgar policial que matou jovem no turvo é da PM", diz tenente

                                                  O jovem Saulo (Foto/Reprodução: Facebook)

A reconstituição da morte do jovem Saulo Filipin Prestes, anunciada pelo Polícia Civil, não terá efeito legal perante o caso, uma vez que o autor dos disparos é um policial militar.

De acordo com a tenente Manfroi, da PM, a competência desse julgamento cabe exclusivamente à Polícia Militar. Porém, segundo a policial, qualquer contribuição que possa ser dada ao inquérito militar será aceita. “Essa reconstituição poderá contribuir com as nossas investigações, assim como qualquer outro dado que possa ser feito por testemunhas que estavam no local no momento do episódio”. Segundo Manfroi, para isso basta o cidadão ou cidadã dirigir-se até o quartel do 16° BPM para informar detalhes.

A morte do jovem aconteceu por volta da 1h30 da madrugada de sábado (23), em frente à loja de autopeças da família em Turvo. Saulo estava acompanhado de dois amigos e quando os três já estavam indo embora, Saulo patinou o carro quando um policial militar deu ordem de parada e o jovem não obedeceu. Em seguida, o policial atirou em um dos pneus do veículo e depois disparou contra o vidro, atingindo Saulo na cabeça. 

A PM dá outra versão. De acordo com Manfroi, o policial retornava da escala de serviço de Palmital para o Turvo, onde residia. Quando chegou na cidade viu um veículo com os faróis apagados fazendo manobras perigosas. Mediante a ordem para que parasse o carro houve reação. “O Saulo jogou o carro tentando atropelar o policial que sacou o revólver e atirou no chão, mas o Saulo continuou acelerando. Um novo tiro foi disparado e acertou a vítima”.

Segundo a tenente Manfroi, o policial permaneceu no local, comunicou a PM, chamou a ambulância, a criminalística, o Instituto Médico Legal (IML) e, junto com uma testemunha, prestou termo de declaração.

O PM envolvido encontra-se liberado e trabalha normalmente. “Não podemos julgar uma pessoa antes da conclusão do inquérito. Abrimos as investigações na última segunda feira para esclarecer os fatos de forma imparcial, sem qualquer corporativismo”.

AMEAÇAS

Ameaças por telefone, por mensagens no WhatsApp e em redes sociais estão sendo feitas à esposa e ao filho do policial que atirou contra Saulo. Esse tipo de coação obrigou o PM a retirar a sua família de Turvo, cidade onde residia.

“Ele [policial] teme pela integridade da sua família”, completa Manfroi.

 Fonte: Rede Sul.
====================================================================================================

Acidente fatal ocorreu durante ultrapassagem na BR-277.
Acidente fatal ocorreu durante ultrapassagem na BR-277
O grave acidente que deixou uma vítima fatal e outra gravemente ferida, na manhã desta quinta dia 28, ocorreu durante uma tentativa de ultrapassagem forçada.

A colisão foi na BR-277, entre Santa Tereza do Oeste e o pedágio. Um caminhão e dois carros se envolveram na colisão.

Segundo informações apuradas no local, o motorista de um Civic que seguia sentido Foz do Iguaçu iniciou a ultrapassagem de um fila de veículos. Antes de ele conseguir retornar para a sua pista um caminhão veio em sentido contrário.

Segundo testemunhas. Os dois veículos jogaram para o acostamento ao mesmo tempo e quando voltaram para a pista colidiram frontalmente. Desgovernado, o caminhão ainda atingiu um veículo Fusion que seguia sentido Foz.

O motorista do Honda Civic era um jovem, ainda não identificado, que morreu na hora. O veículo que tem placa de Cascavel ficou destruído em meio à pista.

O condutor do caminhão foi atendido por socorristas da Ecocataratas em estado grave. Pedro Ivo, de 52, foi trazido para um hospital de Cascavel. Os dois ocupantes do Fusion não se feriram. 

O caminhão e o Fusion pararam em um matagal, ao lado da pista após o acidente. O trânsito ficou em meia-pista e foi controlado pela Polícia Rodoviária Federal. 

Fonte: CGN.

====================================================================================================

Aliados preparam estratégias para defender Dilma Rousseff do impeachment.

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A partir de segunda-feira (1º), os corredores vazios das últimas semanas de recesso branco do Senado devem voltar a ficar movimentados e as atenções, mais uma vez, estarão todas voltadas para a Comissão Especial do Impeachment.
Com a leitura do relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), marcado para terça-feira (2), os partidos que apoiam a presidenta afastada Dilma Rousseff passarão o fim de semana elaborando dois votos em separado em defesa do mandato da petista. O instrumento é apresentado quando algum parlamentar não concorda com o conteúdo do relatório oficial.
Um deles está sendo preparado por senadores do PT e do PDT – Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR), José Pimentel (PT-CE) e Telmário Mota (PDT-RR). O segundo, pelos senadores Vanessa Grazziottin (PCdoB-AM) e Randolfe Rodrigues ( Rede-AP).
“Estamos decidindo se apresentamos à comissão dois votos ou se vamos juntar os argumentos em um só”, adiantou Vanessa Grazziotin. A senadora acrescentou que a estratégia será resolvida em uma reunião dos aliados de Dilma na própria segunda-feira. O mais provável, no entanto, é que os dois votos em separado sejam apresentados na comissão. Na votação da pronúncia no plenário da Casa eles devem ser condensados em um só.
Apesar do mesmo objetivo, as duas peças têm linhas diferentes. Um deles se concentra em questões técnicas e insiste que Dilma não cometeu crime de responsabilidade e que argumentos nesse sentido indicam “tentativa de golpe”.
“Será muita forçação de barra do relator apresentar um voto dizendo que pedalada foi crime. Acho que sobre isso, depois de tudo que foi apurado, não há mais dúvida, não houve. A própria pericia do Senado disse que a presidenta Dilma não atuou em pedaladas. O Ministério Público diz o mesmo sobre essa questão. E sobre os decretos, se a gente aplicar toda a legislação e a conduta dos anos anteriores , está claro, não houve dolo”, defendeu Vanessa.
Voto em separado
Como o regimento do Senado só prevê a leitura de voto em separado quando o relatório oficial é rejeitado, o que não deve ocorrer, as negociações com o presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), já começaram.
Os defensores da petista pediram ao senador 30 minutos para, mesmo sem efeito prático, lerem um relatório paralelo. No encontro, Lira chegou a falar da possibilidade da leitura apenas do resumo de um dos votos, mas ainda não decidiu nada a respeito.
“Vou voltar a me reunir na segunda-feira com o senador Anastasia, que também está fora de Brasília, para decidir sobre o assunto, que ainda está totalmente pendente. Vou conversar com ele e com minha consultoria para definir o melhor caminho. É preciso analisar o impacto que eventualmente essa decisão terá entre os demais senadores e até se seria o caso de eu colocar essa possibilidade em votação ou não”, acrescentou o presidente da comissão.
Na fase de admissibilidade do processo contra Dilma no Senado, não foi permitida leitura de voto em separado. A leitura do parecer de Anastasia durou quase três horas. Dessa vez, o tucano também terá o tempo que for necessário para ler o relatório. Mais uma vez, a sessão promete ser longa, já que a promessa é de um texto ainda mais consistente.
Reuniões
O cenário político do Senado deve ser movimentado não somente pelos trabalhos da comissão, que vota o relatório de Anastasia na quinta-feira (4). Também estão previstas reuniões com a própria presidenta Dilma.
Entre outras ações, ela deve divulgar oficialmente uma carta de compromisso com o país. Nela, o tema central é o comprometimento com o plebiscito para que a população decida se deseja novas eleições presidenciais. A proposta, defendida por Dilma em conversas anteriores, foi bem recebida por alguns membros do Congresso, mas é vista por outros com ceticismo. Uma reunião entre a petista e seus apoiadores para tratar de tudo isso ocorrerá terça-feira (2) em Brasília.
Nos próximos dias a preocupação é dar uma perspectiva à população brasileira sobre como será a governabilidade caso Dilma consiga sair vitoriosa do processo. Para conseguir mais apoio das ruas, Dilma quer passar a ideia de que o retorno ao poder não seria em um cenário de insegurança e de confusão.
“Não queremos que ela volte para continuar a confusão. Não é esse o objetivo. Além do resgate da democracia, o mais importante é mostrar que é possível debelar a crise econômica”, avaliou um parlamentar próximo à presidenta afastada.
Para os parlamentares que apoiam Dilma Rousseff, o problema maior é que os partidos que defendem o impeachmentconseguiram uma maioria parlamentar e apoio na opinião pública. Por outro lado, eles avaliam que, pelas pesquisas de opinião sobre o atual governo, esse cenário está se desfazendo. Por isso, lembram a pressa dos aliados do presidente interino Michel Temer em julgar logo o processo.
“Ele [Temer] pode buscar o filho na escola, ir para os jogos olímpicos, mas nada disso adianta, porque os compromissos que ele assumiu para chegar ao poder são contrários à maioria da nação. Estou falando das reformas nocivas aos tralhadores e à sociedade que ele defende”, criticou Vanessa Grazziotin.
Cartas Marcadas
Entre os senadores ouvidos pela Agência Brasil não será surpresa se a decisão da maioria da comissão for pela continuidade do processo de Dilma. O mesmo deverá ocorrer no plenário na fase de pronúncia. Essas duas votações serão as últimas com exigência de maioria simples de votos, ou seja, metade mais um dos presentes à sessão.
Caso as previsões se confirmem, a partir daí para afastar definitivamente Dilma Rousseff do cargo e torná-la inelegível por oito anos o julgamento final do processo exigirá 2/3 dos votos, isto é, 54 dos 81 votos dos senadores. É aí que os defensores da presidente afastada esperam mudanças. Eles acreditam que não será fácil atingir essa meta entre os senadores.
Sobre as acusações de que a comissão especial é um jogo de cartas marcadas, o presidente do colegiado disse que, no momento em que os blocos de defesa e de acusação participam integralmente de todas as reuniões e do processo de funcionamento da comissão, não há jogo de cartas marcadas.
“O que há é uma maioria e uma minoria. Isso é tradicional em qualquer parlamento e em em qualquer comissão. O que pode ser dito é que não há um equilíbrio entre as forças políticas. Cartas marcadas, não.
Alegações finais
Até o fim da tarde desta quinta-feira (28), as alegações finais da defesa da presidenta afastada devem ser entregues à Comissão do Impeachment pelo advogado José Eduardo Cardozo. O prazo de 15 dias terminaria ontem (27), mas, como durante esse período o sistema eletrônico do Senado ficou indisponível por algumas horas, impedindo a consulta do processo, a pedido da defesa o prazo foi estendido até hoje.
Fonte: paraná portal.
====================================================================================================

Lula recorre a ONU contra suposto “abuso de poder” de Sérgio Moro.

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

A defesa ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou um recurso ao Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta quinta-feira (28), contra as ações do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato e dos procuradores envolvidos na operação, que considera como “abuso de autoridade”. Segundo a petição, Lula se diz perseguido pelo juiz.

Na petição, os advogados de Lula afirmam que existe “falta de imparcialidade” nas investigações. Além disso, apontam supostos “atos ilegais”, como a condução coercitiva de Lula a divulgação de conversas dele com a presidente afastada Dilma Rousseff. A defesa alega que o juiz não tem condições de julgar ou prender o ex-presidente.

O Comitê dos Direitos Humanos deve avaliar as alegações de acordo com a Convenção Internacional de Direitos Políticos. A entidade não pode punir o Brasil ou impedir uma prisão, mas um posicionamento pode causar pressão nas decisões do juiz.

Além da declaração de que os atos de Moro foram ilegais, os advogados também pedem a declaração de parcialidade do magistrado e que investigação seja conduzida por um “juiz imparcial”.

“Lula busca uma decisão nesse sentido pelo comitê, na esperança e expectativa de que seus pontos de vista sobre essas queixas não só irão fornecer alguma compensação pela violação de seus direitos, mas vão ajudar os futuros governos na elaboração de leis e procedimentos que possam aprimorar o combate à corrupção, enquanto protegem os direitos básicos dos suspeitos”, destacou a peça.

A decisão pode levar meses ou até dois anos. O comitê da ONU afirmou que ainda não recebeu o documento oficialmente. A peça foi protocolada na sede do Comitê, em Genebra, na Suíça. Segundo a defesa, o documento é uma resposta aos atos de Moro, que “não podem ser satisfatoriamente corrigidos na legislação brasileira”.
Fonte: paraná portal.
====================================================================================================

STF ouve ex-diretor da Câmara em ação penal contra Eduardo Cunha.

Foto: Lula Marques/Agência PT

O Supremo Tribunal Federal (STF) está tomando o depoimento na manhã desta quinta-feira (27), do ex-diretor do Centro de Informática (Cenin), da Câmara dos Deputados, Luiz Antônio Souza da Eira. Ele é uma das testemunhas de acusação na ação penal em que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) responde pelo recebimento de US$ 5 milhões de propina em contas não declaradas na Suíça.
O depoimento está sendo realizado em uma sala do STF. As audiências foram marcadas no último dia 11 e constam em despacho assinado por um juiz auxiliar do gabinete do ministro Teori Zavascki. Entre as testemunhas, figuram cinco delatores da Operação Lava Jato.
Na semana passada, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, negou, por motivos processuais, pedido da defesa de Cunha para suspender os depoimentos das onze testemunhas de acusação.
O ministro entendeu que não cabe habeas corpus, recurso utilizado pela defesa de Cunha contra decisão de um membro da Corte. O mérito da questão não chegou a ser analisado.
No próximo dia 1º de agosto, serão ouvidos na Justiça Federal no Rio de Janeiro o ex-diretor da Área Internacional da Petrobrás, Nestor Cerveró, o ex-diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, e o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano. O empresário Júlio Camargo falará à Justiça Federal, em São Paulo, no dia 8 de agosto.
Fonte: paraná portal.
====================================================================================================