Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

08/11/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Graças a Rastreador de Celular furtado homem com mandado de prisão é preso em Palmital !!!


No dia 07 nov. 19, o solicitante relatou que o celular de sua esposa, havia sido furtado e que estaria seguindo o suspeito. A equipe deslocou até a Rua XV de Novembro e abordou o autor o qual estava de posse do aparelho. Em consulta operacional foi constatado que o autor estava com mandado de prisão em aberto. Sendo encaminhados para a delegacia de Palmital.

Fonte: Polícia Militar.



15.000 mil maços de cigarro são apreendidos em Manoel Ribas. Veja as Fotos:



Na data de ontem, dia 07/11/2019, por volta das 22h45min, foi realizada uma Operação de Bloqueio em Manoel Ribas aonde resultou na apreensão de 15.000 maços de cigarro !!!






Fonte e Fotos: Polícia Militar.



Jovem de 22 anos é pego com 2.978 kg de Drogas em Guarapuava !!!


No dia 07 de novembro de 2019 às 21h policiais militares da ROTAM, deslocaram a Rua Eugênio Schleder, Bairro Conradinho, após receber a informação de que no endereço supracitado estaria ocorrendo o trafico de drogas, sendo o denunciado, 22 anos. Procedida a abordagem ao denunciado e em busca domiciliar foram localizados 06 tabletes de maconha e 01 porção já fracionada de maconha, os quais totalizaram 2.978 kg, o qual assumiu a propriedade. Dada voz de prisão e conduzido ate a 14SDP.

Fonte: Polícia Militar.



Neste domingo terá carreirada em Santa Maria do Oeste, não perca !!!


O pessoal da organização da Hípica Alfredo Conceição procurou a nossa equipe de reportagens, para nos avisar que neste domingo terá uma nova carreirada, dia 10 de novembro de 2019, a Hípica Alfredo Conceição se localiza no Bairro da Lagoa, no município de Santa Maria do Oeste.

O grande duelo deste final de semana será entre o Dólar Negro e o Nego Véio, Venha e traga toda a sua família não perca !!!


No local haverá churrasco, bebidas e segurança com policiamento.



Mulher é agredida pelo marido e entrega arma de seu convivente a Polícia Militar durante ocorrência em Laranjeiras do Sul.


No dia 07 de novembro de 2019 às 18h, policiais militares deslocaram ao Bairro das Palmeiras, no local a solicitante, com 55 anos relatou que teria sido agredida fisicamente e ameaçada de morte por seu convivente, com 63 anos. Após as agressões o autor saiu tomando rumo ignorado. No local a solicitante fez a entrega de uma espingarda calibre .36, desmuniciada, com numeração ilegível e quatro cartuchos intactos do mesmo calibre, e ainda, uma faca, da marca coqueiro, com aproximadamente vinte e seis centímetros de lamina, as quais já foram utilizadas pelo autor para ameaçá-la. Realizado patrulhamento mas o autor não foi localizado, sendo a vitima e a arma encaminhados ate a 2ªSDP de Laranjeiras do Sul para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Polícia Militar.



Caminhão capota na BR-163 e condutor fica ferido.


Um caminhão que tracionava um semi reboque emplacado em Santa Catarina capotou na manhã desta quinta-feira (07), na rodovia BR-163 em Capitão Leônidas Marques.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão seguia sentido Lindoeste a Capitão Leônidas Marques e no Km 139, saiu de pista e capotou.

O condutor ficou encarcerado na cabine e foi socorrido ao hospital em Capitão Leônidas Marques.


Fonte: PPNews.



Dois homens morrem e um fica ferido em acidente na PR-151.


Um acidente entre um automóvel e um caminhão deixou duas pessoas mortas e uma ferida. O acidente aconteceu durante a noite, na rodovia PR-151 em Piraí do Sul, na região dos Campos Gerais no Paraná.

Dois passageiros do carro, um de 46 e outro de 47 anos, não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

O condutor do carro, um homem de 61 anos, sofreu ferimentos e foi encaminhado ao hospital.

Fonte: PPNews.



Advogados de Lula pedirão soltura hoje; PT prepara agenda política.


O julgamento de ontem no Supremo Tribunal Federal (STF) abriu caminho para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixe a prisão em Curitiba, onde está desde abril do ano passado, quando foi condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá. Em nota após a decisão do STF, a defesa do ex-presidente informou que vai entrar nesta sexta-feira, 7, com o pedido de soltura do petista.

Caso Lula receba autorização da Vara de Execuções Penais para sair do cárcere, não será impedido de viajar pelo País nem de participar de atos políticos, segundo o que é previsto no Código de Processo Penal (CPP). Por outro lado, como já foi condenado por duas instâncias, Lula não pode concorrer a cargos públicos em razão da Lei da Ficha Limpa.

Em tese, a lei também não o obriga a cumprir medidas como se recolher em casa à noite, usar tornozeleira eletrônica ou entregar seu passaporte à polícia. Há uma exceção, porém. Se o Ministério Público Federal (MPF) avaliar que o réu oferece algum risco à investigação, ao processo ou a testemunhas, pode pedir à Justiça uma prisão preventiva ou alguma medida cautelar, como a proibição de sair do País, por exemplo. Desde que começou a ser investigado na Operação Lava Jato, no entanto, o ex-presidente não foi alvo de nenhuma decisão deste tipo.

Dirigentes do PT estão em Curitiba desde ontem para preparar a possível saída de Lula da sala da Polícia Federal onde está detido. Eles trabalham com a hipótese de que o ex-presidente possa deixar o local ainda hoje.

“Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima do uso estratégico do direito para fins de perseguição política”, disseram em nota os advogados de Lula, Cristiano Zanin Martins e Valeska Martins. Apesar da expectativa dos petistas, procuradores e policiais federais que trabalham no Paraná acreditam que a soltura de Lula ainda deve demorar alguns dias.

Juristas ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo afirmaram que o julgamento do Supremo faz com que, se for solto, Lula passe a ter direito às mesmas liberdades de um cidadão que não responde a nenhum processo e pode gozar da presunção de inocência enquanto seu processo não chegar ao trânsito em julgado.

“Lula poderá ter de cumprir alguma medida cautelar, mas isso depende de um pedido do Ministério Público”, disse o professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Davi Tangerino.

Segundo o artigo 282 do CPP, a determinação de medidas cautelares está ligada ao cumprimento de requisitos. “Lula respondeu ao processo inteiro em liberdade, não deu causa a nenhum tipo medida cautelar nem pedido de prisão preventiva. Então, a princípio, estará gozando de sua liberdade plena”, afirmou a presidente da Comissão de Direito Penal da Ordem dos Advogados do Brasil seção São Paulo (OAB-SP), Daniella Meggiolaro Paes de Azevedo.

Agenda

Mesmo antes de terminar o julgamento do Supremo, dirigentes do PT começaram a discutir uma agenda política para Lula. A ideia é organizar o máximo possível de viagens antes do fim deste ano. Segundo a deputada Gleisi Hoffmann, presidente nacional do partido, o PT vai continuar batendo na tecla do “Lula livre” até que o ex-presidente tenha a condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro anulada. A pressão é para que haja o julgamento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro.

Os petistas acreditam que a primeira aparição pública de Lula será na vigília que foi montada em um terreno na frente da superintendência da PF em Curitiba. O grande palco político para Lula, no entanto, deve ser o Congresso Nacional do PT, entre 22 e 24 de novembro, em São Paulo. (Colaboraram Rafael Moraes Moura e Ricardo Brandt)

Fonte: O Estado de S. Paulo.



STF tira sigilo de gastos da Presidência.


O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou um artigo de decreto militar de 1967, que previa sigilo dos gastos presidenciais. A ação foi apresentada em 2008, ano marcado pelo escândalo dos cartões corporativos no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, e questionava a falta de publicidade nas despesas do Palácio do Planalto, prática mantida até hoje.

A decisão que terá impacto sobre os cartões corporativos foi tomada pelo plenário virtual do Supremo, por seis votos a cinco. Votaram pela procedência da ação os ministros Luiz Fux, Celso de Mello, Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, acompanhando a posição do relator, Edson Fachin. As manifestações contrárias foram do presidente da Corte, Dias Toffoli, e dos ministros Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber.

O processo foi movido pelo antigo Partido Popular Socialista (PPS), hoje Cidadania. “Caiu um dos últimos entulhos da ditadura”, disse ao Estado o presidente do Cidadania, Roberto Freire. “Nós entramos no Supremo para dizer que aquela lei da ditadura – utilizada por Lula para decretar o sigilo dos cartões corporativos e mantida até hoje – não poderia ser recepcionada pela Constituição de 1988”.

A ação movida pela sigla alegou que o sigilo violava a Constituição, que prevê a publicidade dos atos públicos do governo como regra. De acordo com o processo, em casos em que fosse necessário o sigilo constitucional, como questões que envolvem a segurança nacional, tal ação deveria ser fundamentada. O partido tratou a lei militar como “nítida ofensa ao princípio da publicidade”.

Dados do Portal da Transparência indicam que a Secretaria de Administração da Presidência gastou R$ 4.649.787,28 desde o início da gestão do presidente Jair Bolsonaro. Trata-se da maior despesa para o período, desde 2014. Deste total, R$ 4,5 milhões (97%) estão sob sigilo e não há detalhamento dos gastos. Os valores estão corrigidos pela inflação.

Bolsonaro já acenou com a possibilidade de levantar o sigilo de suas despesas pessoais com o cartão. A equipe do presidente chegou a cogitar a extinção do cartão, mas desistiu.

Em 2008, quando a ação foi levada ao Supremo, o então presidente Lula estava às voltas com o escândalo dos cartões corporativos. O jornal O Estado de S. Paulo revelou, em janeiro daquele ano, que a União havia registrado aumento de 129% com essa modalidade de gastos, em 2007.

CPI

O caso impulsionou a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso para investigar possíveis irregularidades no uso do dinheiro público e levou à queda da então ministra de Igualdade Racial, Matilde Ribeiro.

O cartão corporativo é usado por servidores do governo, incluindo o próprio presidente, com a finalidade de facilitar o pagamento de pequenas despesas ou daquelas que devam ser pagas no ato da compra, como as realizadas durante viagens. Gastos do ocupante do Palácio do Planalto, no entanto, são postos em sigilo sob a justificativa de “segurança nacional”.

A Advocacia-Geral da União (AGU) foi procurada, mas não havia se manifestado até o encerramento desta reportagem.

Fonte: O Estado de S. Paulo.