Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 28 de junho de 2017

28/06/2017 - Deus é Fiel !!! - 11:50

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Não Perca a Apresentação em Santa Maria do Oeste dos produtos que vão mudar a sua vida !!!


Ultimas Ocorrências em Pitanga, 

Palmital e Manoel Ribas: veja as 

matérias. 




 PITANGA



AMEAÇA

          No dia 27 de junho de 2017, às 11h00min, a equipe deslocou na Localidade Rio XV de Baixo, através de solicitação onde relatou solicitante que seu irmão estava ameaçando ela, sua mãe e seus irmãos, perseguindo os mesmos de posse de um facão.
          A genitora do autor já possui medida protetiva contra o mesmo, porem este reside no mesmo terreno da família.
          Relata a família que o autor é viciado em cheirar gasolina e fica revoltado e tenta agredir os mesmos.
          A equipe ao chegar próximo a casa visualizou o autor correndo para o meio do mato, sendo feito adentramento e patrulhamento, porem não foi possível localiza-lo.
          A família foi orientada quanto aos procedimentos.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

          No dia 27 de junho de 2017, as 14h00min, por solicitação, a equipe da ROTAM deslocou até a localidade de Rio XV de Baixo, área rural do município de Pitanga, onde a solicitante relatou que seu filho, o qual é dependente químico, e a mesma possui uma medida protetiva; Que estava agressivo e de posse de um facão estava ameaçando de morte a solicitante e suas irmãs menores de idade.
          No local a equipe logrou êxito em localizar o autor, o qual estava de posse de um facão de aproximadamente 30 centímetros de lamina e estava cheirando gasolina.
          Diante dos fatos foi encaminhado juntamente com o facão para a 45 DRP de Pitanga para providencias cabiveis.

FURTO QUALIFICADO

          No dia 27 de junho de 2017, às 15h20min, atendendo solicitação, a equipe deslocou até a Rua Alípio Portugal, 45, onde relatou a solicitante que se ausentou da sua residencia das 13 às 15 horas, momento que indivíduos arrombaram a janela dos fundos adentrando e subtraindo do interior da mesma R$ 400,00 (quatrocentos reais) em espécie, um celular de cor preta marca samsung uma pulseira.
          Diante dos fatos foram efetuados patrulhamentos, porem sem exito.

ACHADO DE OBJETO

          No dia 27 de junho de 2017, as 20h30min a equipe PM através de solicitação anônima deslocou até a Rua Benjamin Constant, próximo a rodoviária, onde atrás de um poste estava um motor eléctrico (bomba de óleo) com uma bobina externa com um numero em tinta (922), abandonado.
          Diante dos fatos a equipe PM recolheu o objeto e entregou a 45 DRP para as providencias, onde o investigador de plantão o recebeu.



FURTO QUALIFICADO

          No dia 27 de junho de 2017, ás 21h10min durante patrulhamento a equipe PM foi abordada onde a solicitante relatou que nesta data saiu de sua residência por violada das 18 horas e ao retornar as 21 horas encontrou sua residência violada e do interior foi levado aproximadamente R$ 400,00 (quatrocentos reais) em espécie.
          Foi orientado a vitima quanto aos demais procedimentos.



MANOEL RIBAS



CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL

          No dia 27 de junho de 2017, as 15h00min, foi deslocado até a localidade Alto do Ivaí, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão nº 00041825-1-01, sendo o preso informado sobre os seus direitos e encaminhado até a delegacia de Manoel Ribas.


PALMITAL



FURTO SIMPLES

          No dia 27 de junho de 2017, as 13h06min, relata a solicitante que ao retornar para casa do trabalho na hora do almoço, encontrou a porta dos fundos arrombada, e objetos revirados pela casa. Notou a falta de um notebook cinza da marca HP, dois pares de tênis e uma câmera digital de cor lilás, a equipe realizou patrulhamento pelas redondezas porem sem localizar os objetos, a mesma foi orientada.

FURTO SIMPLES

          No dia 27 de junho de 2017, as 16h45min, entrou em contato via 190 solicitante relatando a equipe que um rapaz moreno com calça marrom, moletom preto e boné havia furtado seu celular, sendo um Samsung Galaxy j5 dourado.
          Foi realizada busca no local, localizado na Vila Feliz e encontrado o referido celular escondido em um tronco.
          Efetuadas buscas no intento de localizar o autor do furto, porém sem êxito.
          Diante dos fatos o celular foi entregue a proprietária, que foi entregue aos cuidados de sua tia MARISLEI ALVES RIBEIRO.


Meninas do Colégio Anchieta fazem a abertura dos jogos em Palmital. Veja as fotos dos alunos e medalhas conquistadas.













Tombamento de caminhão na 376 deixa motorista morto e pista interditada. Hoje.



Um motorista de um caminhão carregado com produtos diversos tombou no início da manhã desta quarta-feira (28) no KM 638 da BR-376, em Tijucas do Sul, região metropolitana de Curitiba. O condutor acabou morrendo no local, depois de perder sozinho o controle do veículo.


O corpo do motorista, não identificado foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), para o atendimento ao acidente foi necessário a interdição total da pista sentido Curitiba, que começou a ser liberada por volta das 8h30. Ainda de acordo com a PRF, o motorista do caminhão, com placas de Santa Catarina, pode ter dormido ao volante.



Fonte Banda B

Caminhão carregado com combustível pega fogo após colisão. Veja o Vídeo.


Um caminhão carregado com combustível pegou fogo na rodovia PR-323 entre Cruzeiro do Oeste e Tapejara após se chocar contra outro caminhão, na noite desta terça-feira (27). O conduto do caminhão carregado com calcário freou para passar em um quebra-molas, o motorista do caminhão de combustível que seguia atrás não conseguiu reduzir a velocidade e mesmo tentando desviar acabou se chocando contra o caminhão de calcário, sendo que o caminhão de combustível acabou pegando fogo.
No momento da colisão o caminhão estava carregado com 15 mil litros de combustível, sendo que 5 mil foi consumido pelas chamas, os outros 10 mil não foram queimados e ficaram nos compartimentos do caminhão que não foram afetados.
De imediato o Corpo de Bombeiros de Umuarama foi acionado para atender a ocorrência, assim como os bombeiros de Cruzeiro do Oeste e um caminhão de Usina de álcool da região. As duas pistas ficaram interditadas, mesmo depois da extinção do fogo, visto que ainda havia produto inflamável no caminhão, sendo que a empresa enviou um outro caminhão para a remoção do produto.
De acordo com o motorista do caminhão de combustível ele havia passado no período da manhã neste trecho e não havia este quebra-molas, além de no local haver pouca sinalização, este é o motivo apontado por ele como causa do acidente.
A Polícia Rodoviária Estadual de Cruzeiro do Oeste fez a sinalização do local do acidente e confeccionou o boletim de ocorrências. Não houve feridos.

Informações são do site CGN

Colisão envolvendo carreta, ônibus e Gol deixa uma pessoa morta.



Um grave acidente de trânsito deixou pelo menos uma pessoa morta na noite desta terça-feira (27) em Campo Mourão. A colisão envolvendo três veículos aconteceu por volta das 23h na BR-487, próximo ao trevo de acesso ao Jardim Araucária.
Um VW/Gol, com placas de Campo Mourão, bateu frontalmente em um caminhão, com placas de Pitanga. Segundo o motorista da carreta, que seguia em direção à Campo Mourão, o Gol trafegava no sentido contrário, quando de repetente saiu para o acostamento e em seguida voltou e entrou na pista contrária. Com a pancada, o carro foi arrastado por alguns metros. No Gol estava apenas o condutor, Allan Rafael de Assis, 18 anos. Ele morreu no local.
Após o choque, o motorista da carreta perdeu o controle da direção e o caminhão bateu de raspão no ônibus.
Nenhum dos ocupantes do ônibus se feriu. O condutor da carreta também saiu ileso.
Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu foram acionadas para atender a ocorrência.
O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Campo Mourão.






Informações são do TÁ SABENDO.

Vídeo: Homem é atropelado por ônibus, se levanta e sai andando.


Uma câmera de segurança registrou o momento em que um homem é atingido em cheio por um ônibus, se levanta, sai andando como se nada tivesse acontecido e entra em um pub. O acidente aconteceu na manhã do último sábado (24), em Reading, na Inglaterra.
Identificado como Simon Smith, de 53 anos, o homem sofreu ferimentos leves e, segundo a BBC South Today, disse "ter sorte em estar vivo".
Daniel Fraifeld, de 50 anos, um dos donos do bar Purple Turtle, afirmou que o homem sofreu vários arranhões e contusões, e foi levado por uma ambulância, mas já está liberado do hospital.
O acidente está sendo investigado pela empresa de transporte.
Fonte CGN
PF suspende emissão de 

passaporte por tempo 

indeterminado.

A Polícia Federal suspendeu a emissão de novos passaportes no país por tempo indeterminado sob a justificativa de falta de recursos.
A medida foi anunciada na noite desta terça (27), às vésperas das férias escolares, e em meio à relação tensa do governo Michel Temer (PMDB) com a instituição.
Segundo a PF, usuários atendidos nos postos até esta terça receberão seus passaportes normalmente.
O agendamento on-line do serviço e os atendimentos nos postos da PF continuarão funcionando nesta quarta-feira (28), segundo a instituição, mas não haverá prazo para emissão do documento.
"Não há previsão para entrega do passaporte solicitado enquanto não for normalizada a situação orçamentária", disse a Polícia Federal.
Segundo a instituição, os gastos com esse tipo de serviço chegaram ao limite previsto na lei orçamentária.
"A medida decorre da insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem", informou a PF em nota.
Ela disse que "acompanha atentamente a situação junto ao governo federal para restabelecimento completo do serviço", mas não deu prazo para resolver a situação.
O órgão não deu detalhes do orçamento nem do motivo de eventuais negociações para a elevação da verba antes do estouro do limite.
O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Carlos Eduardo Sobral, responsabilizou o governo Temer.
"Sem a previsão orçamentária, fica difícil a renovação de contratos e convênios. Foi o que ocorreu nesse caso. O contrato acaba e não há dinheiro para renovar. Não foi possível fazer contrato com a Casa da Moeda", afirmou.
Em 2016, a emissão de passaportes foi prejudicada por uma série de questões, desde a falta de matéria-prima para confecção da capa até a falha em uma máquina que faz a perfuração do documento.
O passaporte comum padrão ICAO (cor azul) tem uma taxa de confecção de R$ 257,25. O prazo normal de entrega é de seis dias úteis, mas a PF sempre alerta que somente cada posto escolhido para dar entrada no documento pode dar uma previsão exata da data. Um ano atrás, problemas elevaram a espera para até 45 dias.
A validade dos passaportes é de até dez anos. Após esse prazo, é necessário solicitar novo passaporte (não há renovação do documento).
Nos últimos anos, a PF já vinha fazendo pressão por mais recursos e reclamando de redução de servidores. A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) diz que, em seis meses, triplicou a quantidade de aposentadorias.
Na segunda-feira (26), a instituição apresentou relatório no qual afirma que Temer atuou para embaraçar investigações da Lava Jato.
O ministro da Justiça de Temer, Torquato Jardim, disse a sindicalistas na semana passada que fazem parte de seus planos promover mudanças na cúpula do órgão e colocar em outra instituição funcionários que cuidam de funções como emissão de passaportes e controle de estrangeiros.
As informações são do UOL.
  • Ex-tesoureiro do PT é absolvido em processo da Lava Jato.


A 8ª Turma do TRF4 (Tribunal Federal Regional da 4ª Região), com sede em Porto Alegre, absolveu nesta terça-feira (27) o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto em processo da Operação Lava Jato. Segundo a defesa do petista, com esta decisão, "a Justiça foi realizada" (veja mais abaixo).
A decisão foi tomada por 2 votos a 1, mas a íntegra ainda não foi divulgada pelo TRF4. Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do tribunal, o entendimento dos magistrados que votaram pela absolvição foi de que as provas contra Vaccari são insuficientes por se basearem apenas em delações premiadas.
Votaram pela absolvição os desembargadores Leandro Paulsen (revisor) e Victor Laus, sendo vencido o relator, João Pedro Gebran Neto. A 8ª Turma do TRF4 é a responsável por julgar na segunda instância os processos da Lava Jato que vêm da Justiça Federal do Paraná.
Na primeira instância, Vaccari foi condenado neste processo pelo juiz Sergio Moro, da Justiça Federal do Paraná, a 15 anos e 4 meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.
Vaccari já foi condenado em outros quatro processos da Lava Jato em primeira instância --a última sentença saiu nesta segunda (26)-- e é réu em mais três.Ele está preso preventivamente desde abril de 2015, em Curitiba, por ordem de Moro. No despacho em que determinou a detenção, o juiz disse que o petista poderia continuar cometendo crimes ou atrapalhar as investigações, já que na época ele ainda era o tesoureiro do partido.
Defesa diz que não havia provas de delações
Em nota, o advogado de Vaccari, Luiz Flávio D'Urso, disse que "a Justiça foi realizada", já que a acusação e a sentença de Moro teriam se baseado "exclusivamente em palavra de delator, sem que houvesse nos autos qualquer prova que pudesse corroborar tal delação."
"O Sr. Vaccari, por sua defesa, reitera que continua a confiar na Justiça brasileira", afirmou D'Urso no comunicado.
Às 15h38, o UOL enviou e-mail à assessoria de imprensa do MPF-PR (Ministério Público Federal no Paraná) para saber se o órgão vai se manifestar sobre a decisão ou recorrer da mesma. A reportagem não havia recebido resposta até o horário da última atualização desta reportagem.
A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse em nota que a decisão judicial "mostra o cuidado que deveria ser tomado pelas autoridades antes de aceitar delações premiadas que não são acompanhadas de provas." Segundo Gleisi, "a decisão de segunda instância também chama a atenção quanto ao uso abusivo de prisões preventivas, que submetem, injustamente, pessoas a privação de liberdade."
"O PT expressa mais uma vez sua solidariedade a João Vaccari Neto e sua família. Temos certeza que a verdade prevalecerá no final desse processo", afirmou a senadora.
Pelo Twitter, o ex-presidente da legenda, Rui Falcão, comemorou: "Vaccari absolvido! Vitória do PT e da verdade!! Ninguém pode ser condenado sem provas."
Entenda o processo
A condenação de Moro havia sido a primeira de Vaccari na Lava Jato, em setembro de 2015. O ex-tesoureiro do PT foi acusado pela força-tarefa da Lava Jato, do MPF-PR (Ministério Público Federal no Paraná), de ter intermediado repasses de R$ 4,3 milhões em propinas para o PT decorrentes de um cartel de empreiteiras que atuou em grandes obras das Petrobras a partir do ano de 2006, entre elas a refinaria Presidente Getúlio Vargas (PR), a refinaria de Paulínia (SP) e o gasoduto Pilar (AL) - Ipojuca (PE).
Segundo o MPF, parte do dinheiro ilícito era distribuído aos beneficiários do esquema, entre eles ex-executivos da Petrobras, por meio de contratos fictícios das construtoras com empresas de fachada. No caso do PT, de acordo com os procuradores, a propina chegava sob forma de doação oficial feita por empresas de Augusto Mendonça, dono da construtora Setal, que teria assinado um contrato de fachada com o consórcio responsável pelas obras da Repar para receber o dinheiro de outras empreiteiras envolvidas no esquema.
A 8ª Turma do TRF4 também mais que dobrou a pena do ex-diretor de serviços da Petrobras Renato Duque: de 20 anos e 8 meses para 43 anos e 9 meses. Para os desembargadores, Duque cometeu os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa, e os delitos devem ser somados (concurso material) em vez de considerados como um só (continuidade delitiva). A defesa de Duque diz que não há provas dos crimes pelos quais ele foi acusado e condenado.
No mesmo processo, a turma manteve a pena do empresário Adir Assad, definida por Moro em 9 anos e 10 meses de prisão, e diminuiu as de Sônia Mariza Branco e Dario Teixeira Alves Júnior. Ambos tiveram a pena de 9 anos e 10 meses baixada para 6 anos e 9 meses de reclusão. Os três foram condenados por lavagem de dinheiro e associação criminosa. Assad, Sônia e Alves usaram, segundo o MPF, empresas de fachada para pagar a propina das empreiteiras a Duque e Pedro Barusco, delator e ex-gerente da Petrobras. As defesas de Assad, Sônia e Alves dizem que não há provas de que os acusados conheciam a origem criminosa do dinheiro que operavam.
Com informações UOL.