Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Presidente da Câmara anula tramitação do impeachment

Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) assinou a decisão para anular a tramitação do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff no Congresso, nesta segunda-feira (9).
Como o processo seguiu para o Senado com a aprovação na Câmara, Waldir solicitou ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) a devolução dos autos do processo. Ele também determinou uma nova sessão para votação do processo de impeachment na Câmara, a contar de cinco sessões a partir desta segunda (9).
A decisão deve ser publicada na edição do Diário da Câmara de terça-feira (10). As sessões anuladas foram as dos dias 15, 16 e 17 de abril, quando os deputados federais aprovariam a continuidade do processo de impeachment. O pedido foi feito pelo Advogado Geral da União (AGU), José Eduardo Cardoso, de acordo com a presidência da Casa. O argumento é de que ocorreram vícios no processo de votação, tornando nula a sessão.
Ele considerou que os partidos políticos não poderiam ter fechado questão ou orientado as bancadas a votarem de um jeito ou de outro sobre o processo de impeachment. “Uma vez que, no caso, [os deputados] deveriam votar de acordo com suas convicções pessoais e livremente”, diz nota do presidente interino divulgada à imprensa.
Maranhão também considera que os deputados não poderiam ter anunciado publicamente os votos antes da votação em plenário em declarações dadas à imprensa. Considerou ainda que o resultado da votação deveria ter sido formalizado por resolução, como define o Regimento Interno da Casa.
Maranhão assumiu a presidência da Câmara após Eduardo Cunha (PMDB) ser afastado do cargo de deputado federal pelo Supremo Tribunal Federal, na última quinta-feira (5). O parlamentar também é investigado no âmbito da Operação Lava Jato. Ele foi citado em delação de Alberto Yousseff como um dos políticos que receberam dinheiro de propina para o PP.
Com a palavra
Segundo nota, ele acolheu parte dos argumentos do ministro José Eduardo Cardozo, da Advocacia-Geral da União, que disse terem ocorridos “vícios” no processo.
“Não poderiam os partidos políticos ter fechado questão ou firmado orientação para que os parlamentares votassem de um modo ou de outro, uma vez que, no caso deveriam votar de acordo com as suas convicções pessoais e livremente”, escreveu em sua decisão. O deputado descumpriu orientação do PP, seu partido, e votou contra o impeachment de Dilma na Câmara. Maranhão assumiu a presidência da Câmara após Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ser afastado de seu mandato por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na última quinta-feira (5).
O processo de impeachment que tinha sido aprovado pela Câmara se encontra no Senado. Após passar por uma sessão da comissão especial, ele seria lido hoje no plenário do Senado. O impeachment de Dilma estava marcado para ser votado nesta quarta-feira (11).
Nota da Câmara
“Atendendo a pedido da Advocacia-Geral da União, o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu anular a sessão em que houve a votação do impeachment da presidente da República, ocorrida nos dias 15, 16 e 17 de abril.
Segundo Maranhão, os partidos não poderiam ter orientado a votação; os deputados não poderiam ter anunciado seus votos previamente; e a defesa da presidente não poderia ter deixado de falar por último.
Waldir Maranhão pediu que o processo seja devolvido pelo Senado Federal e determinou que seja realizada nova sessão para votar o pedido de impedimento de Dilma Rousseff no prazo de 5 (cinco) sessões da devolução do processo”.
Fonte Paraná Portal


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Senhor De 83 anos tem a casa arrombada é agredido e assaltado em Pitanga.


imagem ilustrativa 

No dia 08 Maio 2016, por volta das 13h50min, segundo o solicitante, seu sogro 83 anos teve sua residência no Bairro Planalto, arrombada, não sabendo precisar o horário. Sendo que o senhor foi agredido fisicamente, e roubada à importância de aproximadamente setecentos e oitenta reais (R$ 780,00) em espécie. No local foi constatado que a porta da frente da residência foi arrombada com a utilização de uma chave de fenda. A vítima foi atendida pela equipe do corpo de bombeiros e encaminhado para atendimento médico no hospital. Foram efetuadas buscas e patrulhamentos sem êxito. As vítimas foram orientadas às demais providências legais.

Fonte  POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ



====================================================================================================================



Homem ataca mulher com facão e briga com vizinho no Turvo.

                             
imagem ilustrativa 



No dia 07 Maio 16, por volta das 22h, a equipe recebeu uma informação que teria um homem embriagado na casa da solicitante de posse de um facão teria ferido uma mulher e agredido sua esposa. Deslocado até a Localidade Carriel, onde foi constatado que a senhora 37 anos havia sido ferida pelo convivente 39 anos. Relatou a vítima que o senhor estava agredindo sua filha, momento que a mesma tentou intervir e o senhor de posse de um facão desferiu um golpe que atingiu seu braço, que conseguiu fugir até a casa do vizinho, que o agressor foi atrás sendo contido e desarmado por integrantes desta casa. O agressor voltou a sua residência pegou outro facão e foi até a casa de seu vizinho e em dado momento desferiu um golpe contra o Sr. 21 anos o qual reagiu e entraram em luta corporal sendo que o autor ficou inconsciente após o fato. A equipe encaminhou o casal até o hospital para atendimentos médicos. Diante dos fatos foi apreendido dois facões e entregues na 14ª SDP, onde após alta hospitalar autor e vítima serão encaminhados para as providências cabíveis.

Fonte  POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ



====================================================================================================================




Palmital - Sessenta famílias do Voltaiado 

já foram atendidas pelo Porteira Adentro.

Palmital - Sessenta famílias do Voltaiado já foram atendidas pelo Porteira Adentro

Através do setor da Agricultura, a Prefeitura de Palmital, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e o facilitar o escoamento dos produtos da agricultura familiar, está realizando o projeto Porteira Adentro.

Entre as ações executadas dentro das propriedades, estão a construção e reforma de açudes, bebedouros para animais, cascalhamento de mangueiras e proximidades, construção de silo trincheira, terraplanagens e melhorias na infraestrutura das propriedades rurais.
Em pouco mais de dois meses, já foram atendidas aproximadamente 60 famílias, na comunidade Voltaiado.

Teófilo Zebosni, um dos produtores atendidos pelo projeto disse que nunca foi feito algo parecido em sua propriedade. "Pra mim foi feito um bebedouro e terraplanagem, nós ficamos satisfeitos. Agradeço muito o prefeito Darci Zolandek, porque nesses 60 anos de vida, nunca vi um projeto como este, é a primeira vez. O prefeito Darci está de parabéns", concluiu Teófilo.

Valter Luiz Martins, diz que o projeto facilitou muito a vida no campo. "Aqui foram feitos o cascalhamento da mangueira e as proximidades e a construção e a limpeza de bebedouro, tudo a custo zero. Nós ficamos surpresos com o projeto e agradecidos, porquê é disso que o produtor precisa, deste tipo de apoio. Em dias de chuva a gente atolava no barro e as vacas tinham muito problema de mastite, era grande o sacrifício e maior ainda prejuízo. Agora estamos tranquilos, pode chover", disse Valter.

Edmilson Cecura, responsável pela Agricultura do município, em visita a comunidade Voltaiado, na tarde da última segunda, dia 02.

O jovem Joel Jusviak foi um dos produtores beneficiados. 

A próxima comunidade a ser atendida é Palmitalzinho.

Fonte Portal Cantu 



===================================================================================================================





Pedestre fica em estado grave após ser atropelado por caminhão em Guarapuava.


Um homem de 45 anos ficou em estado grave após ser atropelado por um caminhão na tarde desse domingo (08) na PR 170, no bairro Vila Bela.
O acidente foi atendido pelo Corpo de Bombeiros às 17h42, nas proximidades da Polijuta. No local, um caminhão atropelou o pedestre Agostinho Ronik. Ele foi encaminhado em estado grave pelo Samu para atendimento médico.
O motorista e o veículo que atropelaram o pedestre não foram identificados.
Fonte Redesul

====================================================================================================================


Vento forte provoca estragos no perímetro urbano.


Foto: Gerson TH - Rede Massa

Os ventos fortes e a chuva acompanhada com granizo por volta das 14 horas deste domingo (08) causaram estragos em alguns bairros de Francisco Beltrão.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas casas foram destelhadas, uma na Rua Nossa Senhora da Gloria próximo ao morro do Cristo, bairro Guanabara. Os bombeiros ainda realizaram a retirada de seis árvores que caíram devido ao temporal. Estragos também foram registrados no bairro Nossa Senhora Aparecida, onde uma árvore caiu danificando o muro de uma residência. No bairro Presidente Kennedy, uma árvore e um outdoor caíram com a força do vento. 
Um veículo que estava estacionado no 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado ficou danificado após ser atingido por uma árvore. O temporal também estourou os vidros de uma empresa na área central.
Na Rua Romeu Lauro Werlang, a Copel retirou a proteção de um prédio em construção que se soltou e atingiu a rede elétrica.
Na zona rural, algumas estufas de cultivo de hortaliças foram atingidas pelas pedras de granizo. 
Foto: Gérson TH - Rede Massa
Foto: Gérson TH - Rede Massa
Foto: Gérson TH - Rede Massa
Fonte PPNEWS

====================================================================================================================


Batida entre caminhão e carro mata casal na PR-558.

Um acidente em Terra Boa, no Noroeste do Paraná, deixou duas pessoas mortas no final da noite deste sábado (7). Um Fiesta bateu de frente contra um caminhão na PR-558, no km 40. 

O motorista do carro Renan Natal Flauzino de Oliveira e a passageira Angélica Sipião Garcia morreram na hora. Os corpos foram levados ao IML de Campos Mourão. Não houve feridos entre os ocupantes do caminhão.
Fonte Bonde


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Após transitar em marcha à ré pela contramão e se exibir, motorista bêbado é preso. Veja o vídeo.








A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante no final da manhã do último sábado um motorista bêbado que havia acabado de transitar em marcha à ré pela contramão na BR 277 em Cascavel, região oeste do Paraná.
O homem, de 22 anos de idade, dirigia um automóvel Chevrolet Omega. Ele também efetuou uma série de outras manobras ilegais, como derrapagens e arrancadas bruscas com arrastamento de pneus, além de avançar o sinal vermelho do semáforo.
As irregularidades foram gravadas pelo sistema de videomonitoramento da rodovia. As câmeras, instaladas pela concessionária que administra o trecho, são usadas pela PRF para monitorar o trânsito, em tempo real.
Nas imagens, é possível ver que o motorista preso colocou em risco a vida dos demais usuários da rodovia. Vários deles foram obrigados a ultrapassar o veículo, que transitou em marcha à ré pela contramão ao longo de dezenas de metros, inclusive em um trecho de curva.
A equipe da PRF abordou o homem a cerca de um quilômetro do local onde foram cometidas as infrações.
Agressivo, ele resistiu à prisão. Ao chegar à 15ª Subdivisão da Polícia Civil, em Cascavel, simulou ter sido agredido e furtado pelos policiais rodoviários federais. Por fim, ainda ameaçou os agentes da PRF.
Levado a uma unidade de prontoatendimento, não foi constatada lesão alguma no preso.
O exame do bafômetro apontou 0,87 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, mais que o dobro do patamar de 0,34 a partir do qual há crime de trânsito.
O homem foi preso pelos crimes de conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, direção perigosa e resistência. O veículo foi recolhido a um pátio da PRF.
O preso ainda foi autuado pelas seguintes infrações de trânsito: dirigir sob influência de álcool (multa de R$ 1.915 e suspensão do direito de dirigir por um ano); utilizar-se de veículo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus (multa de R$ 1.915 e suspensão do direito de dirigir); avançar o sinal vermelho do semáforo (multa de R$ 191), e transitar em marcha à ré (multa de R$ 127).
Fonte Tribuna

====================================================================================================================

Guido Mantega é conduzido em nova fase da Operação Zelotes.


Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, é um dos alvos de nova fase da Operação Zelotes. Mantega foi conduzido coercitivamente e está prestando depoimento neste momento na Polícia Federal. A nova etapa da operação foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (9). A Zelotes apura esquema de corrupção no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão do Ministério da Fazenda.
Em novembro, os sigilos bancário e fiscal do ex-­ministro da Fazenda Guido Mantega foram quebrados por ordem do juiz da 10ª Vara Federal de Brasília, Vallisney de Souza Oliveira, responsável pela Zelotes, que acolheu um pedido do Ministério Público Federal.
A intenção do Ministério Público, com as quebras era verificar se Mantega sofreu influência indevida ao nomear determinados membros do Carf. Ao mesmo tempo, os procuradores investigavam a extensão do relacionamento de Mantega com o empresário Victor Sandri, da empresa Cimentos Penha, que conseguiu reverter multas no valor de R$ 106 milhões em uma votação no Carf.
À época, o advogado de Mantega, José Roberto Batochio, afirmou que a relação entre Mantega e Sandri começou há cerca de 20 anos, quando o ex-ministro vendeu ao empresário um terreno, que recebera de herança de seu pai. Sandi pagou o imóvel com unidades de um condomínio construído no local. “Esse negócio ocorreu quando Mantega não era ministro”, disse o advogado.
Cimento Penha
A Cimento Penha é uma firma do empresário Victor Garcia Sandri, amigo de Mantega. A empresa teria comprado o então conselheiro do Carf Valmar Fonseca de Menezes para anular seu débito. O MPF sustenta que Mantega nomeou, em junho de 2011, Valmar e também o então conselheiro José Ricardo da Silva – já condenado na Zelotes – para a câmara que analisou o caso do seu amigo. Com isso, a Cimento Penha conseguiu abater débito de R$ 106 milhões em julgamento no Carf.
Em e-mails interceptados pela Zelotes, o empresário Victor Sandri menciona o nome de Mantega em conversas com o então conselheiro Valmar. As investigações teriam encontrado pagamento de R$ 15 milhões para empresa de auditoria e consultoria vinculada a Valmar.
Fonte Paraná Portal

====================================================================================================================

Moro homologa acordo de leniência da Andrade Gutierrez.

Cropped image (2)

O juiz federal Sérgio Moro homologou acordo de leniência entre a empreiteira Andrade Gutierrez e o Ministério Público Federal (MPF), pelo qual a empresa pagará R$ 1 bilhão de indenização. A informação foi divulgada neste domingo (8) pela empreiteira, que nesta segunda-feira (9) explicará os termos do acordo em nota que será publicada oficialmente nos principais veículos de comunicação do país.
Na nota, a empresa pede desculpas ao povo brasileiro. “Reconhecemos que erros graves foram cometidos nos últimos anos e, ao contrário de negá-los, estamos assumindo-os publicamente. Entretanto, um pedido de desculpas, por si só, não basta: é preciso aprender com os erros praticados e, principalmente, atuar firmemente para que não voltem a ocorrer”, diz o texto.
A nota explica que a Andrade Gutierrez concluiu a negociação de acordo de leniência com o Ministério Público Federal, iniciada em outubro de 2015, e que durante os últimos meses vem prestando todos os esclarecimentos devidos sobre assuntos pertinentes à Operação Lava Jato.
Os acordos de colaboração premiada dos ex-executivos da empresa foram homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no início de abril deste ano, e o acordo de leniência da companhia foi homologado pelo juiz Sérgio Moro na última quinta-feira (5), de acordo com a Andrade Gutierrez.
A empresa diz ainda que vai colaborar com as autoridades no decorrer das investigações.
Leia a íntegra:
Pedido de desculpas e manifesto por um Brasil melhor
A Andrade Gutierrez (AG) concluiu a negociação de acordo de leniência com o Ministério Público Federal, iniciada em outubro de 2015, e durante os últimos meses vem prestando todos os esclarecimentos devidos sobre os assuntos pertinentes à Lava Jato. Os acordos de colaboração premiada dos ex-executivos da AG foram homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no início de abril deste ano e o acordo de leniência da companhia foi recém-homologado pelo juiz Sérgio Moro, em 5 de maio. Passadas essas fases, é o momento de a empresa vir a público e admitir, de modo transparente perante toda a sociedade brasileira, seus erros e reparar os danos causados ao país e à própria reputação da empresa.
Além do pagamento de indenização de R$ 1 bilhão, previsto no acordo de leniência, a Andrade Gutierrez deve um sincero pedido de desculpas ao povo brasileiro. Reconhecemos que erros graves foram cometidos nos últimos anos e, ao contrário de negá-los, estamos assumindo-os publicamente. Entretanto, um pedido de desculpas, por si só, não basta: é preciso aprender com os erros praticados e, principalmente, atuar firmemente para que não voltem a ocorrer.
Neste sentido, desde dezembro de 2013 estamos implementando um moderno modelo de Compliance, baseado em um rígido Código de Ética e Conduta, em linha com as melhores práticas adotadas em todo o mundo. Sabemos que o processo de aprimoramento desse modelo é longo, mas queremos reforçar nosso compromisso de sermos absolutamente intolerantes com qualquer tipo de desvio ético ou moral. Dessa forma, também mantemos nosso compromisso de continuar colaborando com as autoridades no decorrer das investigações.
É com esperança em um Brasil melhor e mais justo que assistimos aos recentes avanços trazidos pela atuação do Ministério Público Federal, dos juízes condutores deste processo e das demais instâncias do Poder Judiciário brasileiro. Acreditamos que a Operação Lava Jato poderá servir como um catalisador para profundas mudanças culturais, que transformem o modo de fazer negócios no país. Esperamos que esse manifesto contribua para um grande debate nacional acerca da construção deste Brasil melhor, ajudando na eliminação de alguns de seus piores defeitos, como o desperdício de dinheiro público e a impunidade, entre muitos outros. Este é um momento propício para que as principais entidades do setor de infraestrutura componham com o governo federal um movimento para atuar em prol de melhorias nos processos adotados até aqui.
A Andrade Gutierrez tem uma história de 67 anos, com atuação em mais de 20 países, e se orgulha de poder contribuir com a geração de milhares de empregos e com o desenvolvimento da infraestrutura das comunidades nas quais atua.
Mais que fazer obras, queremos colaborar com a construção de um Brasil melhor, mais próspero, justo e desenvolvido. Por isso, apoiamos todo o esforço do Ministério Público Federal para aprimorar os mecanismos legais anticorrupção, e destacamos abaixo uma série de sugestões que acreditamos serem capazes de criar uma nova relação entre o poder público e as empresas nacionais, com atuação em obras de infraestrutura. Relação que privilegie a ética, a responsabilidade social e o zelo com o dinheiro público.
Propostas para um Brasil melhor
1) Obrigatoriedade de estudo de viabilidade técnico-econômica anterior ao lançamento do edital de concorrência, descartando-se obras que não contribuam para o desenvolvimento do país;
2) Obrigatoriedade de projeto executivo de engenharia antes da licitação do projeto, permitindo a elaboração de orçamentos realistas e evitando-se assim previsões inexequíveis que causem má qualidade na execução, atrasos, rescisões ou a combinação de todos esses fatores;
3) Obrigatoriedade de obtenção prévia de licenças ambientais, evitando-se contestações judiciais ao longo da execução do projeto e o início de obras que estejam em desacordo com a legislação;
4) Aferição dos serviços executados e de sua qualidade, realizados por empresa especializada, evitando-se a subjetividade e interpretações tendenciosas;
5) Garantir que ambas as partes tenham os seus direitos contratuais assegurados, passíveis de serem executados de forma equitativa;
6) Modelo de governança em empresas estatais e órgãos públicos que garanta que as decisões técnicas sejam tomadas por profissionais técnicos concursados e sem filiação partidária;
7) Início de obras somente sob garantia de disponibilidade de recursos financeiros, vinculados ao projeto até a sua conclusão;
8) Assegurar a punição de empresas e contratantes que não cumpram os contratos na sua totalidade.
Sabemos que essas mudanças não serão possíveis se não houver o engajamento de todos os agentes do setor e de toda a sociedade. Dessa forma, a Andrade Gutierrez espera que as entidades que representam o setor de infraestrutura, assim como as demais empresas desse mercado, se juntem em um movimento que possa definitivamente trazer mais transparência e eficiência para todo o mercado, resultando em um Brasil melhor.
Fonte Paraná Portal

====================================================================================================================

Enem 2016: inscrições estão abertas e vão até o dia 20 de maio.


Sistema para inscrição do Enem 2016 já está no ar (Foto: Reprodução)

A taxa de inscrição custa R$ 68 – R$ 5 a mais que na edição do exame no ano passado. Dessa vez, ela poderá ser paga em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência de Correios (antes, só era possível quitar a guia no Banco do Brasil).
Prova
Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia, sábado, o candidato terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de Ciências Humanas e de Ciências da Natureza. No domingo, ele terá 5 horas e 30 minutos para as perguntas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e redação.
Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão, nos dois dias, às 13h30.
Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 9 de novembro. Já os resultados ainda não têm data marcada para serem apresentados.
Isenção
Aqueles que irão concluir o ensino médio em 2016 e estiverem matriculados na rede pública de ensino terão direito à isenção automática da taxa de inscrição.
Já os que pertencerem a famílias de baixa renda, mas que não sejam concluintes de escola pública, poderão declarar carência para conseguir a isenção. Durante o período de inscrição, o sistema avisará se o pedido foi aceito.
Lembrando que, a partir deste ano, os estudantes que conseguiram a isenção da taxa em 2015 e não compareceram à prova, sem justificar a ausência, vão perder o direito de não pagar a inscrição em 2016.
Atendimento especializado
Os candidatos que precisarem de atendimento especializado (com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, auditiva e intelectual, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou outras condições especiais) devem indicar na inscrição qual o recurso que desejam para fazer a prova. Também podem solicitar auxílio: gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas.
Entre os dias 1º e 8 de junho, pela plataforma do Inep, a pessoa deve enviar o documento que comprova sua condição. Ele deve conter o nome completo, o diagnóstico com a descrição do que motiva o pedido de atendimento especial e a assinatura de um médico ou profissional especializado, com seu CRM (registro no Conselho Regional de Medicina).
As adaptações que o candidato pode solicitar são: prova em braile ou com letra ampliada (fonte 18, com imagens maiores) ou super-ampliada (fonte 24, com imagens maiores), tradutor-intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais), guia-intérprete para pessoas com surdocegueira, auxílio para leitura (inclusive a labial) e transcrição, sala acessível e tempo extra de uma hora em cada dia da prova.
A participante lactante que precisar amamentar durante as provas deve levar um acompanhante adulto, que ficará em uma sala reservada e cuidará do bebê enquanto a mãe fizer o Enem. Já aquele que estiver internado para tratamentos de saúde deve assinalar a opção “classe hospitalar”. O Inep entrará em contato com o hospital em que a pessoa estiver para verificar as condições necessárias para que a prova seja feita.
Os sabatistas precisam marcar a alternativa “guardador do sábado por convicção religiosa” para fazê-la em outro horário. Eles entrarão no local de prova quando os portões abrirem, às 12 horas, juntos com os demais, e aguardarão até as 19 horas para fazer a prova.
Nome social
Travestis e transexuais que quiserem tratamento pelo nome social devem informar o pedido ao Inep na inscrição, além de enviar cópia do documento de identificação, com foto recente e formulário preenchido, entre os dias 1º e 8 de junho.
Para que serve o Enem?
Criado para avaliar os conhecimentos dos estudantes que concluíram o ensino médio, a prova também substitui vestibulares no acesso a instituições federais de ensino superior. No entanto, essa não é sua única função.
As notas do Enem podem ser usadas por quem tem mais de 18 anos para obter a diploma do ensino médio. Também são exigidas para o candidato que pretende uma bolsa de estudos pelo ProUni ou financiamento estudantil pelo Fies.
O Ciência sem Fronteiras é outro programa federal que pede boas notas no exame nacional como critério de seleção.
Veja abaixo as funções do Enem e suas regras:
Seleção para universidades
As notas do Enem são usadas para selecionar alunos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino.
As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. O Sisu já recebeu a adesão da maioria das universidades e institutos federais e, na última edição, ofereceu mais de 205 mil vagas.
Programa Universidades Para Todos (Prouni) 
Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% a 100% do curso de uma instituição de ensino superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação. Na última edição do programa, foram ofertadas 213.113 bolsas em 1.117 instituições.
Financiamento Estudantil (Fies)
Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e querem solicitar o Fies devem ter feito Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. A partir deste ano, o candidato precisa ter obtido 450 pontos no exame nacional e não pode ter zerado a redação.
Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês.
Seleção para ensino técnico (Sisutec)
Quem estiver interessado em uma vaga gratuita de cursos técnicos oferecidos em instituições públicas e privadas pelo Sisutec deverá ter feito as provas do Enem. As notas no exame serão usadas para classificação dos concorrentes.
Ciência Sem Fronteiras
O programa do governo federal oferece bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado a alunos de graduação e pós. Para participar da seleção de bolsas durante a graduação, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.
Certificação para o Ensino Médio
Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.
Fonte G1
========================================================================


Funk e Ricardo Oliveira ovacionado: veja como foi a festa do título do Santos.




Logo depois de toda a festa no gramado da Vila Belmiro por causa do título do Campeonato Paulista sobre o Audax, a comemoração seguiu no vestiário com jogadores e comissão técnica. Nem o treinador Dorival Júnior escapou das brincadeiras do elenco.  

O grande destaque da festa foi o técnico. Incentivado pelos jogadores, ele não resistiu e ensaiou um passo de funk. O atacante Gabriel e outros atletas foram ao delírio quando Dorival se soltou para participar das brincadeiras. 

Depois, o treinador quis homenagear todo o elenco, inclusive os jogadores que sequer jogaram neste Campeonato Paulista. Ele fez questão de destacar, por exemplo, o volante Valencia, que ainda se recupera de uma lesão de ligamento no joelho,  e não atuou em 2016.

Foto: Reprodução / InstagramSantos comemora título no vestiário






















Quando Dorival terminou, foi a vez de Ricardo Oliveira falar na roda. O centroavante, com dores no joelho, fez tratamento intensivo durante toda a semana para estar em campo. Este, inclusive, marcou o gol da vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Audax.

O atacante agradeceu a Joel, que treinou como titular nos últimos dias, enquanto ele permaneceu no departamento médico do Peixe para tentar se livrar do problema no joelho e estar em campo neste domingo. 

Por fim, todo o elenco, assim como a torcida do Alvinegro costuma fazer nas arquibancadas, cantou: "Ah, é Oliveira!" para o capitão santista.

Fonte G1


====================================================================================================================



Antes, durante e depois: choro, tabus e provocações no título do Atlético-PR




Atlético-PR campeão (Foto: Giuliano Gomes/ Agência PR PRESS)

Quis o destino que o ídolo Zé Roberto assistisse de cima a grande final do Campeonato Paranaense. No mesmo solo em que o ex-craque desfilou sua arte com encanto nos anos 60 e 70, Coritiba e Atlético-PR escreviam o último capítulo do Campeonato Paranaense 2016. No mesmo Couto Pereira em que o atacante marcou história e foi unanimidade com as camisas verde e branca e vermelha e preta, os eternos rivais decidiam quem ficava com a taça do estadual. 
Era a segunda parte, mais 90 minutos em jogo. Antes de Coxa e Furacão encarnarem o espírito do maior clássico do estado, as torcidas deram um espetáculo à parte. Do lado de fora do estádio, um mar verde e branco recepcionou a chegada do ônibus do Coritiba, com muita fumaça, fogos, sinalizadores e bandeiras. Do outro, milhares de atleticanos rumavam à final na caminhada da sede da torcida até o estádio rival. 
Enquanto os alviverdes entoavam o grito de "Eu acredito" e faziam do Couto um ambiente hostil aos visitantes, os atleticanos reforçavam o coro confiante na conquista do título após o placar do primeiro jogo, quando o Furacão aplicou 3 a 0 no rival na Arena da Baixada. Bastou o apito inicial do árbitro Edivaldo Elias da Silva para o som subir e os ânimos se acirrarem.
torcida atlético-pr atletiba final paranaense (Foto: Monique Silva)Atleticano provoca o rival (Foto: Monique Silva)
Atletiba (Foto: Monique Silva)Atletiba da paz do lado de fora (Foto: Monique Silva)


Diante de um público total de 22.939 (foram 19.163 pagantes), o Coritiba foi para cima do Atlético-PR. Na pressão, marcava a saída de bola dos visitantes e buscava o ataque a todo custo, sufocando o adversário. Aos sete minutos, Alan Santos invadiu a área, tirou do goleiro Weverton e Leandro, dentro da pequena área e sem goleiro, chutou para fora, para desespero dos torcedores alviverdes. O camisa 11 levou as mãos à cabeça, sem acreditar no gol perdido. E não parou por aí. Logo em seguida, o Coxa teve outra chance de abrir o placar, quando Ruy pegou o chute mascado e a bola passou perto da trave direita de Weverton.
Defendido por 4 mil vozes na arquibancada visitante, o Furacão respondeu com Walter. Até então sem marcar na temporada, o atacante foi solidário com Leandro e perdeu uma chance incrível aos 23 minutos, quando Ewandro cruzou da esquerda e o camisa 18, sem goleiro, mandou para fora. Mas quem acabou pagando o preço foi o Coritiba, que baixou a guarda e viu o zero sair do placar aos 29. Walter aproveitou a sobra na esquerda, após tentativa de Ewandro, e anotou o seu primeiro gol em 2016. Correu para a torcida, foi abraçado pelos companheiros e caiu no choro. Era o fim do primeiro jejum da tarde.
A torcida alviverde continuou cantando, mas o Coxa acusou o golpe. Ainda fez algumas boas jogadas ofensivas, mas esbarrava na falta de pontaria. Enquanto os atleticanos viram Weverton crescendo para cima do chute de Alan Santos, novo grito de gol para os atleticanos. Já nos acréscimos, Walter cruzou na medida para Ewandro ampliar o marcador para o Furacão. O Coritiba esmoreceu: 5 a 0 no placar agregado.
Fonte G1
==========================================================================

Rodrigo provoca o Flamengo após bi: "Mostrei que é o nosso território"




Vasco levanta a taça do Campeonato Carioca (Foto: André Durão)

O zagueiro Rodrigo tirou onda com o Flamengo após a conquista do bicampeonato carioca, neste domingo, com o empate por 1 a 1, no Maracanã. Pegou uma bandeirinha de escanteio e imitou o polêmico gesto de Wallace na semifinal do estadual, vencida por 2 a 0 pelo Cruz-Maltino. Ao explicar a provocação, disse que é preciso mostrar em campo quem está por cima. Além disso, afirmou que a defesa do Vasco atua como uma "fortaleza", aludindo à vitória do Tricolor Cearense por 2 a 1 sobre o Fla, na última quarta-feira.
- A nossa defesa parece uma fortaleza, a gente joga firme. Ali eu quis mostrar que aqui é o nosso território, já que todo mundo quer fincar bandeira, fazer aquilo, mas aí esquece de jogar. Nós não esquecemos, jogamos e depois falamos aqui "é nóis" - 
Tiração de sarro à parte, Rodrigo tratou de dividir os louros da conquista com elenco, presidente e comissão técnica. Além disso, afirmou que é preciso respeitar a história vascaína e recolocar o clube de vez entre os clubes da elite brasileira.
- Quando vc faz as coisas de coração, as chances de as coisas darem certo é 99%. É o caráter de cada jogador. Não é só o Jorginho. A diretoria. Isso resume o que está sendo visto hoje. A nossa defesa parece uma fortaleza, a gente joga firme. A gente está precisando voltar com força, colocar o Vasco onde merece. Um clube com a história que tem, com os jogadores que passaram por aqui, então a gente tem que pegar, olhar um pouco para trás e entender o que é vestir essa camisa - encerrou.
Fonte G1
==========================================================================