Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Esta faltando dinheiro no orçamento do mês Março de Santa Maria do Oeste. Veja a matéria completa.


Olhando o orçamento do Mês de Março que está disponível através do portal da transparência do Município de Santa Maria do Oeste consta o valor de 549.009,32 tendo uma queda violenta perto dos meses de janeiro e fevereiro deste ano esse valor não paga nem a folha de pagamento dos funcionários.

Como consta em planilha a baixo retirada do portal da transparência e colocada aqui para que não tenha duvida estaremos também mostrando planilhas de cidades como Pitanga, Palmital e Turvo para demostrar que não houve queda de orçamento em nenhum dos Municípios vizinhos.

Estaremos também demostrando a planilha de despesas da Prefeitura Municipal para demostrar o déficit da nossa Cidade que fica com um furo no mês de março de 1.195.853,29 pela falta do restante da arrecadação do Município.

   

   

Ai fica as Seguintes Perguntas:

O erro está aonde no orçamento que realmente não foi mandado pelo governo?

A Prefeitura errou o valor colocado no Portal da Transparência?

A final o que esta acontecendo de verdade nas Contas do Nosso Município de quem é o erro ou não houve erro algum?

VEJA O ORÇAMENTO DAS CIDADES VIZINHAS, QUE NÃO HOUVE QUEDA NA ARRECADAÇÃO.




Hoje dia 21/04/2017 o Portal da transparência da Prefeitura Municipal encontrasse fora do ar.


Em varias sessões da Câmara de Vereadores os mesmos cansaram de cobrar a Prefeitura para atualizar o Portal de acordo com a Lei, pois é um direito constitucional regulamentado pela Lei Federal 12.527/2011.

Essa lei determina que órgãos e entidades públicas divulguem informações e serviços por meio da Internet, também conforme a LC 131, que diz todos os entes deverão divulgar:

- Quanto à despesa: todos os atos praticados pelas unidades gestoras no decorrer da execução da despesa, no momento de sua realização, com a disponibilização mínima dos dados referentes ao número do correspondente processo, ao bem fornecido ou ao serviço prestado, à pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento e, quando for o caso, ao procedimento licitatório realizado;

- Quanto à receita: o lançamento e o recebimento de toda a receita das unidades gestoras, inclusive referente a recursos extraordinários.

Qual legislação regulamenta a Lei Complementar 131?

Em consonância com o disposto pela Lei Complementar 131, foi editado o Decreto nº 7.185, de 27 de maio de 2010, que define o padrão mínimo de qualidade do sistema integrado de administração financeira e controle, nos termos do inciso III, parágrafo único do art. 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF.

A Secretaria do Tesouro Nacional também editou a Portaria nº 548, de 22 de novembro de 2010, que estabelece os requisitos mínimos de segurança e contábeis do sistema integrado de administração financeira e controle utilizado no âmbito de cada ente da Federação.

Conforme definido pelo Decreto nº 7.185/2010, a liberação em tempo real se refere à disponibilização das informações, em meio eletrônico que possibilite amplo acesso público, até o primeiro dia útil subsequente à data do registro contábil no respectivo sistema, sem prejuízo do desempenho e da preservação das rotinas de segurança operacional necessários ao seu pleno funcionamento.

Após a exibição das Leis mostraremos o Portal de algumas cidades vizinhas com nome do funcionário e salario dos contratados e concursados.


Está informação o Portal da transparência de Santa Maria do Oeste nunca foi totalmente clara conforme a Lei pede, esperamos que os Vereadores nos esclareçam o que esta acontecendo com o nosso Portal. Já que tem algum tempo que o mesmo está irregular, Pedimos aqui através dessa matéria que os Senhores e Senhoras Vereadores (a) tomem uma medida, já que o povo que os elegeu e espera que entre com uma queixa no ministério Público, pois até o momento nunca foram atendido nem eles e nem a população. Que fica sem informação adequada e a Transparência que o Prefeito Reinoldo pregou em toda sua campanha junto com seu Vice- Prefeito Luiz Lima, está muito longe de acontecer pelo que parece. Pois não atende aos pedidos feitos pelos Vereadores sobre o Portal e nem os pedidos da População.

Esperamos que tudo isso possa ser Resolvido o mais rápido possível pois os únicos que perdem com tudo isso é o Povo. Está de Parabéns as Prefeituras Vizinhas que foram citadas nessa Matéria Pela Transparência de suas Contas Públicas, Publicadas em Seus Portais da Transparência, infelizmente não posso dizer o Mesmo de nosso Município. 


Osvaldir e Carlos Magrão abrem a Fescentro, em Pitanga.
A dupla Osvaldir e Carlos Magrão abre a programação da Festcentro, na noite desta quinta (20), em Pitanga, a partir das 20h. O prefeito Dr. Mailcol recepciona as autoridades durante a abertura oficial.
O evento, que segue até 1º de Maio, Dia do Trabalhador, contará com barracas de comidas típicas, exposição do comércio, concurso da Rainha da Festa e do prato típico do município, rodeio profissional, show de motocross free style, parque de diversões, entre outras atrações. A entrada é gratuita.
Fonte: Rede Sul.

Projeto de Cristina Silvestri, regulamenta coleta e reciclagem de óleos de origem vegetal e animal de uso culinário.

A mostrar 33577263311_76253ed75b_o.jpg

Um importante projeto de proteção ao meio ambiente, referente ao descarte correto do óleo de origem vegetal e animal de uso culinário e seus resíduos, de autoria da deputada estadual Cristina Silvestri, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná. O projeto 486/2016 regulamenta essa atividade em todo o território paranaense e, além de estimular a coleta dos óleos e gorduras com ênfase para a educação socioambiental, regulamenta a obrigatoriedade de os estabelecimentos comerciais, principalmente, promoverem a reciclagem do produto.

A proposta depende da votação final em plenário na Assembleia Legislativa e posterior sanção do governador Beto Richa, mas já está ganhando grande repercussão no Paraná, na medida em que define todas as etapas do processo – da coleta ao destino final de reaproveitamento – e a participação das empresas (bares, restaurantes, lanchonetes, padarias e congêneres) que utilizam o óleo de cozinha e das indústrias de reciclagem.

As medidas se estendem também às residências particulares e condomínios, orientando-as para que usem o mesmo recipiente (com superfície impermeável) que as empresas. No caso das residências, os moradores poderão armazenar o óleo usado em garrafas pets e deixar num estabelecimento comercial próximo que esteja dentro do programa. O morador individual não poderá ser cobrado por isso, em hipótese nenhuma, pois se trata de um projeto de alcance social e coletivo.

DETALHES

As empresas, por sua vez, segundo o projeto, deverão obedecer às técnicas de armazenamento previstas em lei e encaminhar o material para as seguintes instituições: fabricantes dos produtos ou seus representantes legais, empresas da iniciativa privada especializadas em reciclagem do material, Organizações Não Governamentais (ONGs), associações de catadores e cooperativas locais com atividades voltadas a esse fim e que estejam devidamente autorizadas pelo órgão ambiental competente, para reciclagem do material. Os empreendimentos que trabalham com refeições em geral e os estabelecimentos comercializadores de óleo de cozinha deverão firmar acordos de parceria com essas instituições.

Todos os detalhes para o efetivo cumprimento da lei estão previstos na proposta de Cristina Silvestri, inclusive cartazes para serem afixados na porta dos estabelecimentos informando sobre a importância da reciclagem do óleo de cozinha.

“O óleo de cozinha, despejado na pia, causa entupimento na rede de esgoto e polui nossos rios e mares. Apenas um único litro de óleo de cozinha usado pode poluir até 20.000 litros de água potável”, alerta Cristina Silvestri.

Veja a íntegra do projeto aqui http://zip.net/bqtJKw.

Fonte: Marcia Saad Assessora Parlamentar Gabinete Deputada Estadual Cristina Silvestri.


Veículo capota na BR 277.

Cantagalo - Veículo capota na BR 277

No final da tarde desta quinta dia 24, a Polícia Rodoviária Federal, juntamente com a equipe de socorro da Ecocataratas, atenderam a um acidente de trânsito, tipo capotamento na BR 277, Km 424 em Cantagalo.

O condutor de uma Ford Ranger com placas de Cascavel, perdeu o controle da direção, saiu da pista e acabou capotando.

Danos materiais de grande monta no veículo, o condutor saiu ileso.

Fonte: Portal Cantu.


Três pessoas da mesma família morrem em acidente BR-163.

Três pessoas da mesma família morreram em um grave acidente registrado na noite desta quinta-feira (20), na rodovia BR-163, próximo ao acesso a Lindoeste. 
Segundo informações, uma mesma família, dividida em três carros, seguia de Chapecó até Corbélia. O veículo Logan, que seguia na frente, acabou batendo de frente com um caminhão carregado com porcos, também com placas de Chapecó.
Morreram na hora, o pai Adilson José Rodrigues, 40 anos, a mãe Janete Delariva, 38 anos, e o filho do casal de 16 anos.
Com o impacto, o caminhão saiu da pista e tombou na lateral da rodovia. O motorista teve ferimentos leves e foi socorrido ao hospital.
Os três corpos foram retirados das ferragens e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Cascavel. 
Chovia bastante no momento do acidente e as causas serão investigadas.

fonte: Catve.com