Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.

Homem natural de Pitanga é assassinado em Ponta Grossa.




Um homem natural de Pitanga foi assassinado no final de semana na cidade de Ponta Grossa. Antônio Marcos Mehret foi atingido por três tiros na noite de sábado (12) e morreu ao dar entrada no Hospital Bom Jesus. O crime aconteceu na rua Abel Ricce, no Jardim Maracanã, no bairro Contorno.

De acordo com a Polícia Militar, houve uma discussão minutos antes e Mehret levou três tiros na cabeça, boca e nuca.

O Pelotão de Choque da Polícia Militar esteve no local do crime para levantar informações e realizou patrulhamento pela região, mas não encontrou o autor dos disparos.

O crime ocorreu após uma discussão entre Marcos e um mecânico, que foi o autor do homicídio.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Marcos é nascido em Pitanga e tem vários parentes na cidade.


Fonte Redesul



Laranjeiras do Sul - Jovem é agredido por ''PLAYBOYS'' no centro da cidade.



O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar atendimento na Rua Capitão Joaquim de Camargo, centro, próximo ao Restaurante Happy Hour.

Adriano Rodrigo, de 34 anos, havia sido agredido, e possuía ferimentos considerados graves, porém, sem risco de vida.

A equipe levou Adriano ao Hospital São Lucas.

Ladrões explodem simultaneamente quatro bancos de cidade no Paraná.


Foto:  Reprodução Facebook Valdemir Figueiredo
Foto: Reprodução Facebook Valdemir Figueiredo


As quatro agências bancárias de Terra Rica, no noroeste do Paraná, tiveram os cofres explodidos na madrugada de domingo (13). Até a tarde desta segunda-feira (12), ninguém foi preso.  As explosões aconteceram simultaneamente e parte da quadrilha atirava próximo a corporação da Polícia para desviar a atenção dos soldados.
Em agosto, as mesmas agências: do Bradesco, Itaú, Sicred e Sicoob, tiveram os caixas eletrônicos explodidos em uma ação parecida.  O sistema de segurança da Caixa Econômica impediu que o cofre da agência fosse explodido.
Um carro que supostamente foi utilizado no crime, foi encontrado nesta manhã. O Instituto de Criminalística recolheu  digitais nos bancos.
Fonte Paraná Portal

Mulher é presa suspeita de roubar R$ 13 milhões em joias; quadrilha assalta apartamentos de luxo.



Gardene Jardim Caíres é uma mulher de 46 anos, estatura mediana e loira. Possivelmente ela passaria desapercebida pelo hall de um edifício. E é justamente esta característica, a descrição, que faz de Gardene uma criminosa perigosa, procurada pelas polícias de diversos estados, que responde a nada menos que 40 processos.
Ela faz parte de uma quadrilha especializada em furtos qualificados de apartamentos de luxo que atua em diversos estados do Brasil. A suspeita é que esta organização criminosa tenha furtado nada menos que R$ 13 milhões em joias. O último furto aconteceu no dia 5 deste mÊs em Itumbiara, no Estado de Goiás, quando foram levadas joias avaliadas em R$ 1 milhão. Entre as vítimas estão um ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e um ex-secretário de Estado do Paraná.
Sempre com o mesmo modus operandi, e acompanhada de Luciana Rita Carneiro, de 42 anos, as duas mulheres invadiam prédios de luxo para furtar as peças. Entravam nos apartamentos e faziam a limpa. O foco são sempre as joias. Elas passavam desapercebidas pela portaria e, de forma aleatória, escolhiam os apartamentos que iriam fazer o furto – sempre quando os moradores não estavam em casa. Para isso, usavam uma chave micha e ingressavam no imóvel. Depois, saiam tranquilamente dos edifícios com as joias na bolsa.
Gardene foi presa na terça-feira (8) em São Paulo por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba, da Polícia Civil do Paraná. Na casa dela, os policiais encontraram relógios e algumas joias. As peças mais valiosas, no entanto, já não estavam lá. “A partir da investigação identificamos o endereço dos membros desta quadrilha. Mandamos equipes para São Paulo que confirmaram a residência deles. Quando a Gardene chegou com familiares ela foi abordada e disse que já imaginava porque estava sendo presa”, explicou o delegado operacional da DFR, André Feltes. “Ela afirmou aos policiais, no momento da prisão, que após os furtos as joias eram entregues imediatamente para uma terceira pessoa – que ela não nominou. E que vendia e se desfazia rapidamente dos objetos furtados”, completou. A Polícia Civil do Paraná agora foca a investigação para identificar este receptador.
Luciana está foragida — assim como José Valdo Sandes Pereira, de 49 anos, ex-marido de Gardene que também integra a quadrilha. O trio tem uma vasta ficha criminal. Os registros de Gardene na polícia de São Paulo preenchem 25 páginas. Os três já foram presos e condenados pela Justiça de Santa Catarina. Eles possuem passagens pela polícia por furto qualificado, estelionato, falsificação de documento público, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.
Eles deixaram o sistema penal e retornaram às ruas para continuar cometendo os mesmos crimes: furtos em apartamentos de luxo. A Polícia Civil do Paraná relacionou pelo menos 12 casos envolvendo esta quadrilha. Eles atuavam desde 2009 e de lá para cá furtaram lojas em apartamentos de São Paulo, Pernambuco, Alagoas, Goiás e Paraná.
O delegado Matheus Laiola, titular da Furtos e Roubos de Curitiba, detalha como esta quadrilha agia. “As duas entravam no prédio, uma ficava no andar verificando o elevador e a Gardene entrava no imóvel. Elas têm uma habilidade incrível para abrir fechaduras. A Gardene nos relatou que só não consegue abrir fechadura eletrônica. Ela diz que abre fechadura até com a unha”, explica o delegado. Outra pessoa ficava fora do prédio, num carro, observando as janelas abertas e orientando as mulheres. Era ele quem dava fuga para a quadrilha”, completou.
No estado paranaense, as mulheres agiram em Curitiba, nos bairros Água Verde, Cabral e Cristo Rei, e nas cidades de Cambé e Londrina. No dia 30 de julho deste ano, as duas mulheres entraram num edifício no bairro Cristo Rei. A vítima, que não estava em casa, só deu falta das joias dois dias depois. Ela procurou a Delegacia de Furtos e Roubos e noticiou o crime. As equipes da DFR iniciaram a investigação e, com as imagens das câmeras de segurança do prédio, conseguiram identificar as duas mulheres. A mesma dupla foi flagrada pelas câmeras de outros edifícios, no Cabral e no Água Verde.
“Verificamos que elas vinham agindo em ações sucessivas. Durante a investigação, identificamos o veículo que dava suporte a quadrilha e verificou-se que era um carro com placa clonada. A partir daí a Polícia Civil do Paraná começou a desvendar o crime e identificar a quadrilha”, disse o secretário da Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita.
A quadrilha usava um Honda Fit com placa ETU 2723, da cidade de São Paulo. Ao consultar a placa, percebeu-se que indicava o veículo modelo Ford Fiesta Branco. “Descobrimos que a quadrilha adulterou a placa utilizando uma fita preta. No lugar da letra T, na verdade a letra era I”, explicou o delegado André Feltes. O Honda Fit, com a placa correta, estava no nome de Pereira – apontado como um dos líderes desta quadrilha especializada.
Ele, assim como Luciana estão foragidos e estão sendo procurados pela Polícia Civil do Paraná e também de outros estados. Gardene será transferida nos próximos dias para São Paulo, onde ficará presa e responderá pelos crimes de associação criminosa e furto qualificado.


Fonte Banda B


Acidente entre carro e moto mata motorista em Fernandes Pinheiro.


Motorista do carro morreu na hora (Foto: Divulgação/PRF)

Uma batida entre um carro e uma moto matou um homem de 54 anos em Fernandes Pinheiro, na região central do Paraná. O acidente ocorreu por volta das 6h desta segunda-feira (14), na BR-277.
Segundo a PRF, depois da batida, os dois veículos capotaram. O motorista do carro morreu na hora. Já o motociclista foi levado com ferimentos graves para a Santa Casa de Irati, também na região central do estado.

Fonte G1

Garotos de 13, 14 e 17 anos matam homem a pauladas durante programa sexual.


Adolescentes de 13, 14 e 17 anos foram apreendidos no domingo (13), por investigadores da Polícia Civil de Itaquiraí no MS, depois de matar a pauladas Edvaldo Miotti, 30 anos durante desacerto em encontro sexual marcado através do Facebook. Crime aconteceu no sítio da família da vítima que fica no Assentamento Sul Bonito.
De acordo com a polícia, Edvaldo marcou um encontro com os três menores, por meio da rede social, mas durante o programa sexual eles se desentenderam, ocasião em que os garotos mataram a vítima a pauladas e desfiguraram seu rosto. Em seguida, fugiram com o carro da vítima, modelo Gol.
Conforme site TáNaMídia Naviraí, corpo do homem estava na cozinha, ao lado do fogão. Próximo ao corpo foram encontrados diversos pedaços de madeira utilizados pelos menores no crime. Manchas de sangue estavam espalhadas pelo cômodo, inclusive nas paredes.
Já o veículo de Edvaldo foi abandonado, fora da pista, em estrada vicinal do assentamento. A suspeita é de que adolescente que conduzia o automóvel perdeu controle da direção e se envolveu em acidente porque carro estava com radiador furado, sem placa dianteira e com para-choque danificado, mas a chave estava na ignição.
Adolescentes apontados como autores do crime foram encontrados em suas residências, apreendidos e levados para a delegacia, onde confessaram o assassinato.
Fonte Marechal News
Mulher de Cunha será interrogada por Moro na quinta-feira.
Cláudia Cruz é acusada de ser beneficiária das contas atribuídas ao ex-deputado na Suíça.

A jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, será interrogada pelo juiz federal Sérgio Moro quinta-feira (16), às 14h, na sede da Justiça Federal em Curitiba. Cláudia prestará depoimento na ação penal a que responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ela é acusada de ser beneficiária das contas atribuídas ao ex-deputado na Suíça.

Na audiência, Cláudia Cruz poderá ficar em silêncio e optar por não responder às perguntas do juiz e do representante do Ministério Público. De acordo com a Constituição, um investigado não é obrigado a produzir provas orais ou materiais contra si.

Em junho, Moro recebeu denúncia apresentada pela força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato contra Cláudia Cruz e outros investigados que viraram réus. A denúncia é vinculada à ação penal a que Cunha responde por não ter declarado contas no exterior, que também será julgada por Sérgio Moro.

Cunha está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 19 de outubro.

Informações da Agência Brasil.

Municípios do Paraná receberão R$386 milhões da Repatriação. Veja o valor recebido de Santa Maria do Oeste, Pitanga, Turvo, Palmital e Região.
Prefeito avalia que recursos da Repatriação chegam em excelente hora
Prefeito avalia que recursos da Repatriação chegam em excelente hora
Estimativa feita pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios) aponta que as 399 cidades do Paraná receberão um valor bruto superior a 386,6 milhões com o programa de Regularização de Ativos no Exterior - Repatrição. Esse valor não inclui o desconto de 20% do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). 

Os valores devem ser repassados às prefeituras até o 2º decêndio de novembro com o FPM (Fundo de Participação dos Municípios). No último decêndio de outubro, os municípios brasileiros receberam R$332 milhões da Repatriação.


Sobre o valor repatriado pela Receita Federal dos contribuintes, incide uma alíquota de 30% - metade referente à multa e a outra metade ao Imposto de Renda. Estados e municípios têm direito a receber apenas o montante obtido com o IR. Ou seja, apenas R$24,580 bilhões são direcionados à partilha com os entes subnacionais. A multa fica inteiramente com a União.


A partilha dos valores do IR respeitam os percentuais do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e do FPM. Por isso, os municípios receberão 22,5% desse valor – equivalente a R$5,726 bilhões.


A Receita Federal informou que no Brasil obteve de volta a economia R$169,9 bilhões. Desse total, foram arrecadados R$50,9 bilhões referentes ao Imposto de Renda e à multa da formalização dos valores. O prazo para regularizar os ativos encerrou em 31 de outubro. Com isso, 25.114 contribuintes apresentaram a Declaração de Regularização Cambial e Tributária (Dercat) - 25.011 pessoas físicas e 103 pessoas jurídicas.


Pela estimativa da CNM, os municípios receberão os seguintes valores:
Arapuã, Ariranha do Ivaí, Boa Ventura do São Roque, Borrazópolis, Campina do Simão, Cruzmaltina, Godoy Moreira, Grandes Rios, Laranjal, Lidianópolis, Lunardelli, Mato Rico, Mauá da Serra, Nova Cantu, Nova Tebas, Rio Branco do Ivaí e Rosário do Ivaí (R$522 mil). Iretama, Jardim Alegre, Roncador, Santa Maria do Oeste, São João do Ivaí e São Pedro do Ivaí (R$697,2 mil). Cândido de Abreu, Manoel Ribas, Palmital e Turvo (R$871,5 mil). Faxinal (R$1.045 mil). Reserva (R$1.220 mil). E Ivaiporã e Pitanga (R$1.394 mil).



O prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, defendeu que os municípios deveriam receber o dobro desse valor. No entanto, a Repatriação teve uma regra diferente, em que o valor das multas passaria integralmente para o Governo Federal, quando na verdade normalmente, 15% do valor das multas entra no bolo que compõe o FPM. Mesmo com a ressalva, o prefeito reconheceu que os recursos chegam em excelente hora e ajudarão as prefeituras a fechar as contas no final do ano. 


No caso de Ivaiporã, a situação estava controlada e, por esse motivo, o prefeito vai investir o dinheiro em algumas obras. Contando com o bolo da Repatriação, o município deu ordem de serviço para as obras de construção de três salas de aula na Escola Municipal Maria Diva Proença, na Vila Santa Maria; reforma da Praça Henrique Portelinha; canteiro da Avenida Brasil, em frente ao Banco Itaú; entre outras ações.


“Os recursos são importantes também para reaquecer a economia, porque são R$150 bilhões que regressaram do exterior de forma legal”, lembrou Gil.


Para o prefeito, outro ponto positivo da Repatriação é que o Governo pretende utilizar parte do dinheiro para quitar restos a pagar de convênios com os municípios. “Praticamente todos os municípios têm obras paradas e o dinheiro chega em boa hora”, comentou Gil.

Fonte JPC
Carros batem na BR-277.


Uma colisão entre dois carros ocorreu na manhã de hoje na BR-277, proximidades da Ferroeste.
Segundo informações, um veículo Corsa seguia sentido Curitiba quando bateu com uma Strada que saía da marginal e atravessava a rodovia. A travessia ocorria para acessar um posto de combustível.
A Ecocataratas e a Polícia Rodoviária Federal atenderam a ocorrência. Ninguém ficou ferido.
Fonte: CGN.
Istambul, Turquia e o registro deslumbrante da superlua, Veja a Foto:
A tão falada e esperada maior Superlua do século está produzindo imagens espetaculares ao redor do mundo e a intertnet está bombando com centenas de fotos. Dentre tantas, escolhemos essa feitoa por um fotógrafo da Agência Reuters, registrando o fenômeno sobre a Torre de Gálata, em Istambul, na Turquia.
Inspiradora, não?

Fonte: Rede Sul.

Duas mulheres ficam feridas após carro bater em árvore na PR-471.

Foto: Reprodução WhatsApp

Duas mulheres ficaram feridas em um acidente registrado por volta das 18h20 deste domingo (13) na rodovia PR-471, entre Salto do Lontra e Nova Prata do Iguaçu.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, um veículo Renault Symbol com placas de Nova Prata do Iguaçu, conduzido por Ereny Saretta, 74 anos, saiu da pista e bateu contra uma árvore as margens da rodovia.
A condutora e a passageira Marilene Saretta, 68 anos tiveram ferimentos considerados graves e foram encaminhadas ao Pronto Atendimento de Salto do Lontra.  
Foto: Reprodução WhatsApp
Foto: Reprodução WhatsApp
Fonte: PPNews.

Veículo é flagrado a 184 km/h na BR-277.

                            

No início da manhã de hoje (14), um veículo Honda/Civic foi flagrado transitando a 184 km/h na no km 597 da BR 277, próximo ao acesso do aeroporto de Cascavel-PR.
O condutor do veículo receberá uma notificação no valor de R$ 880,41, além de ter o direito de dirigir suspenso por um período de 02 a 08 meses.
Durante uma hora de operação nesse local 21 condutores foram flagrados transitando acima do limite de velocidade, que é de 110 km/h para veículos leves e 90 km/h para veículos pesados.
Desde o início da Operação Proclamação da República 2016, na sexta feira (11), mais de 700 condutores foram flagrados pela PRF transitando acima do limite de velocidade nas rodovias federais da região de Cascavel.
Fonte: CGN.

Motorista sai com vida após colisão frontal.



No final da manhã deste domingo (13), um grave acidente foi registrado no km 36 da PR-323, em Sertanópolis (40 km ao norte de Londrina), deixando uma idosa de 60 anos, identificada como Linete Bartalo, e mais duas crianças feridas. A mulher, que conduzia o carro, teve lesões moderadas. Já os menores sofreram ferimentos leves, conforme a equipe médica da Econorte, concessionária que administra o trecho da rodovia estadual onde o colisão frontal ocorreu.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), acionada para prestar apoio, o Uno bateu contra um caminhão, que saiu de Sobradinho (GO), carregado de cimento e pronto para descarregar a carga em Londrina. O motorista não se feriu, mas disse aos policiais que a idosa teria tentado uma ultrapassagem e por isso não teria tido tempo suficiente para frear.
A vítima, que teve fratura exposta no braço e vários escoriações em face, foi encaminhada para o hospital São Lucas, em Sertanópolis. As crianças foram liberadas no local do acidente.
Fonte: Bonde.

Fim do foro privilegiado na pauta da CCJ do Senado.


A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve votar nesta quarta-feira (16) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2013, que retira o foro privilegiado de políticos e autoridades brasileiras, inclusive o presidente da República, nas infrações penais comuns. O relator da proposta, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estima em 22 mil o número de autoridades que possuem algum privilégio de foro por conta da função que ocupam no país.
Randolfe afirma que a submissão dessas autoridades à jurisdição ordinária, de primeiro grau, conforme as regras processuais de competência comum, tornará o processo de responsabilização mais rápido. Na prática, de acordo com o relator, serão retirados da alçada de algumas dúzias de ministros e desembargadores processos que poderão ser julgados por mais de 16 mil juízes.
— Multiplica-se exponencialmente o número de julgadores — afirma o senador.
As autoridades manterão o foro por prerrogativa de função nos crimes de responsabilidade, aqueles cometidos em decorrência do desempenho do cargo público, como os contra o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais, a segurança interna do país, a probidade na administração; a lei orçamentária, o cumprimento das leis e das decisões judiciais, entre outros.
Autor da proposta, o senador Alvaro Dias (PV-PR) diz não ver justificativa para a existência de regras que estabelecem foro privilegiado no caso de crime comum cometido por autoridade. O parlamentar observa que, de maneira diferente da edição de um ato administrativo, que decorre do poder legalmente constituído, um crime comum “nada tem a ver com os poderes ou faculdades conferidos pela lei ao administrador”.
Randolfe observa que “muitas pessoas buscam o mandato eletivo justamente para fugir das instâncias ordinárias da Justiça, conduta francamente reprovável”. Segundo o relator, o foro especial é visto pela população como “verdadeiro privilégio odioso”, utilizado apenas para a proteção da classe política.

Prisão

A proposta permite a prisão de membros do Congresso Nacional condenados em segundo grau, nas infrações comuns. Hoje, eles são julgados pelo Supremo Tribunal Federal e só podem ser presos após condenação definitiva dessa Corte. A PEC também elimina a possibilidade de a Casa parlamentar sustar o andamento de ação penal contra os legisladores, hoje prevista pela Constituição.
A PEC mantém a exigência de autorização da Câmara dos Deputados, por dois terços de seus membros, para o julgamento do presidente da República. Entretanto, permite que ele seja julgado por um juiz de primeiro grau, nos crimes comuns. O julgamento por crime de responsabilidade continua a ser feito pelo Senado.
A proposta prevê a suspensão do presidente da República de suas funções, nas infrações penais comuns, a partir do momento do recebimento da denúncia ou queixa-crime pelo juiz competente. Nos crimes de responsabilidade, a suspensão só ocorre após a instauração do processo pelo Senado.
O texto também elimina a competência originária dos tribunais de justiça estaduais para processar e julgar, nos crimes comuns, juízes estaduais, promotores e procuradores de Justiça. Ou seja, quando eles cometerem crimes comuns, serão julgados na primeira instância. Mantém, porém, a competência privativa desses tribunais de julgá-los nos crimes de responsabilidade.
Fonte: Paraná Portal.

OAB denuncia compra de votos e encaminha gravações ao Ministério Público.

compra de votos, eleições, fraude, sao josé dos pinhaisA subseção de São José dos Pinhais, município da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) encaminhou uma denúncia de compra de votos ao Ministério Público (MP).
De acordo com a OAB-SJP, um candidato a vereador pagou em dinheiro para que eleitores tirassem fotos do voto na urna eletrônica. A denúncia encaminhada ao MP acompanha nomes e gravações das compras de voto. “Caberá às autoridades apurarem os fatos e se confirmada a justiça pode cassar o político que foi colocado no poder pelo próprio povo. A compra de votos deixa claro que a corrupção está enraizada e sendo disseminada como um câncer silencioso”, diz a OAB em nota.
Foram eleitos em São José dos Pinhais, os candidatos Professor Abelino (PSB), Nina Singer (DEM), Gilberto Mello (PV), Juliano Martins (PSC), Professor Marcelo (REDE), Professor Assis (PSDB), Ailton Feneme (PTB), Luiz Paulo (PSB), Abilio (DEM), Alex Purkote (DEM), Bira do Banco (PC do B), Carlos Machado (PSDB), Mari Temperasso (PSDB), Edson Dangui (PSC), Dr. Ido (PMDB), Fátima de Paula (PP), Tico Setnarsky (PMDB), Silvio Santo (PSC), Tadeu Camargo (PSL), Pastor Gilmar (PSC) e Elcio do Bolinho (PP). Eleitos, os candidatos receberão salários de pouco mais de R$ 12 mil, além de outros benefícios.
Agora, a partir da denúncia encaminhada pela OAB-SJP, os promotores eleitorais devem fazer a investigação, ouvir testemunhas e coletar provas e os documentos ao procurador regional para propor a ação ou formular a denúncia por crime eleitoral. Se for caracterizado o crime, há a cassação do registro ou do diploma e a aplicação de multa.
Nota na íntegra:
A pratica de compra de voto nas eleições municipais em São José dos Pinhais/PR teria sido utilizada por candidato a vereador que pagou em dinheiro para quem apresentasse foto do voto na urna eletrônica. A denúncia para a OAB/SJP veio acompanhada com nomes e áudios que foram encaminhados para o Ministério Público.
Os eleitores de alguns candidatos  transformaram seus votos em moeda de troca sem imaginar as consequências, especialmente porque elegeram os fiscais do dinheiro público, da realização de obras, investimentos na saúde, educação, enfim os destinos do Município.
Caberá às autoridades apurarem os fatos e se confirmada a justiça pode cassar o político que foi colocado no poder pelo próprio povo. A compra de votos deixa claro que a corrupção está enraizada e sendo disseminada como um câncer silencioso.
Por este motivo será em vão a atual supressão e relativização de direitos no âmbito das leis e da Constituição Federal em nome da corrupção, enquanto o cidadão não reconhecer o poder do voto. Todo esforço da sociedade contra a corrupção tem esbarrado nela própria, com inversão de valores, menosprezando-se a ética e a própria justiça.
Fonte: Paraná Portal.