Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

10/10/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Sargento Moraes e equipe são chamados para atender uma grave ocorrência em Pitanga, veja o que aconteceu !!!



No dia 09 de outubro de 2019, por volta das 10h15min, a equipe foi acionada pelo Sgt Moraes para dar atendimento em uma ocorrência de furto em andamento na localidade cascata – área rural de pitanga. Segundo informações do Sgt, a pessoa de *** proprietário do local onde estaria ocorrendo o furto, teria entrado em contato e informado a situação. Deslocado até o local e em conversa com o filho de **, a pessoa **, passou a relatar que estava transitando pela via e visualizaram um veículo Kadet, de placas ****, de cor verde, e que acharam estranhos e pararam para perguntar o que estava acontecendo e que tinha uma mulher com uma criança e que esta informou estar parada na via para amamentar a criança, fato que gerou estranheza pelo sr **. E que nesse momento saiu do local e logo em seguida visualizou dois masculinos que estavam furtando um transformador de sua propriedade, aproximadamente uns 900 metros de onde estava o veículo estacionado. E que ao verem o solicitante empreenderam fuga pelo mato. E que nesse momento teria entrado em contato com o Sgt Moraes. Que retornou para ver o veiculo e este já estava do outro lado da via, e que chegou a questionar a mulher novamente e esta não o respondeu. E que ao perceber que a viatura estava chegando, foi recepcionar, mas que a mulher evadiu-se do local. Dessa forma e diante das informações a equipe adentrou a propriedade, mas devido a mata ser muito densa não foi possível localizá-los. Enquanto a equipe estava em diligencias em buscas aos possíveis autores, o sr *** foi tentar localizar o referido veículo sendo este localizado em uma residência na localidade de **, Boa Ventura de São Roque, localidade que faz divisa com Pitanga. A equipe deslocou até o local, e em conversa com a pessoa de ***, esta informou ser a condutora do veículo. Questionado onde estaria momentos atrás e esta não sabia informar. Perguntado de quem seria o veículo também não sabia. Também foi indagado sobre o furto que havia ocorrido, demonstrou extremo nervosismo, perguntado se aquela residência seria sua, informou que sim, que residia com seu marido, seu filho e sua mãe, perguntado quem seria seu marido, se manteve em silencio, perguntado onde seu marido estava, falou que esta estava na cidade de Guarapuava, na localidade de palmeirinha. Questionado novamente onde morava, mudou a versão dizendo que residia em um sitio, na cidade de boa ventura de são roque. Diante das contradições, a equipe informou que a conduziria para a DP conduzidos à 45DRP para esclarecimentos e providencias. 

Fonte: Polícia Militar.


Motos com alerta de Furto foram recuperadas em Manoel Ribas !!!

Resultado de imagem para Motos com alerta de Furto
                                                
No dia 10 de outubro, por volta das 15h00mim, após solicitação da 6 CIPM a equipe prestou apoio a Rotam de Ivaiporã na localidade de Santa Mariana, no local foram apreendidas duas motocicletas com alerta de furto onde o autor se evadiu do local adentrando um matagal, feito buscas porém sem êxito. As motocicletas entregues na delegacia de Manoel Ribas pela equipe Rotam.  

Fonte: Polícia Militar.


Polícia Militar de Pitanga auxilia e da apoio para Mulher Retirar seu filho de 6 anos e pertencesses de dentro da residência de seu amásio após separação !!!

Resultado de imagem para giroflex

No dia 09 de outubro de 2019, às 18h20min, atendendo solicitação da senhora *** de **, 46 anos, foi deslocado até a localidade Cantu, a fim de dar apoio a mesma na retirada de alguns pertences da residência, tais como roupas e documentos pessoais, tendo em vista que seu amásio *** não estava de acordo com a retirada dos pertences, bem como, da separação. Com a equipe no local, foi orientado a solicitante, que logo em seguida da chegada da equipe o senhor **** se retirou do local, que após a solicitante retirar seus pertences à equipe a conduziu, juntamente com seu filho menor ** **, 06 anos até a sede da Companhia para a confecção do boletim de ocorrência. 

Fonte: Polícia Militar.


Mandado de prisão é cumprido em Pitanga !!!

Resultado de imagem para imagem para mandado de prisão

No dia 09 de outubro de 2019, às 22h50min, em patrulhamento foi localizado na Rua da Liberdade, esquina com a Alameda Guarani, o senhor ****, 35 anos, ****, o qual era de conhecimento da equipe que possui um mandado de prisão vigente em seu desfavor numero ***-10, expedido pelo meritíssimo juiz de direito ***, sendo dado fiel cumprimento e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil 45ª DRP - Pitanga.

Fonte: Polícia Militar.


Rapaz condenado por estupro é preso em Ponta Grossa.

GM prende condenado por estupro em Ponta Grossa

Equipes da Guarda Municipal (GM) prenderam um homem condenado pelo crime de estupro de vulnerável em Ponta Grossa. A prisão foi realizada por equipes do Grupamento de Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) por volta das 22h30 desta quarta-feira (9). O nome e a identidade do rapaz não foram divulgadas pela Guarda Municipal.


De acordo com as informações oficiais da GM, os guardas faziam uma ronda pela região quando encontraram um homem sentado na esquina das ruas Padre João Pedro Medaile e Antoinio Darius. O rapaz demonstrou nervosismo ao notar a aproximação da viatura da Guarda Municipal.


Na abordagem, os guardas pesquisaram o nome do rapaz no sistema e constataram que havia um mandado de prisão contra ele pelo crime de estupro de vulnerável. O rapaz acabou preso e encaminhado à 13ª Subdivisão Policial e, logo em seguida, deverá ser inserido no sistema prisional para cumprir a pena. 

Fonte: PP NEWS FB.


Condutor de motocicleta morre após acidente com caminhão na PRC-158.

Condutor de motocicleta morre após acidente com caminhão na PRC-158

Um homem de 35 anos morreu em um acidente de trânsito no inicio da noite desta quarta-feira (09), na rodovia PRC-158 entre Vitorino e Pato Branco.

Segundo a PRE, envolveram-se na colisão uma motocicleta Yamaha YBR com placa de São Lourenço do Oeste (SC) e um caminhão Ford/Cargo emplacado em Curitiba.

O condutor da motocicleta, Edson Rocha Varela da Silva, não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no local do acidente. Ele teria sofrido uma queda e acabou sendo atingido pelo caminhão.

Após perícia no local, o corpo foi encaminhado ao IML de Pato Branco.

Fonte: PP NEWS FB.


Acidente entre carretas deixa trânsito interditado na BR-153


Um acidente entre duas carretas na BR-153, próximo à cidade de Porangatu, deixou a rodovia interditada nos dois sentidos, na manhã desta quinta-feira, 10. De acordo com informações preliminares da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os dois veículos que transportam carga pesada teriam batido de frente.

A PRF está no local, e o trânsito segue bloqueado. As causas do acidente estão sendo apuradas, e a polícia não divulgou, ainda, se houve feridos.

Fonte: Jornal Opção.


Tribunal da Lava Jato mantém 2ª condenação de André Vargas a 6 anos de prisão.

Resultado de imagem para André Vargas

Os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmaram nesta quarta-feira, 9, por unanimidade, a segunda condenação por lavagem de dinheiro do ex-deputado federal André Luiz Vargas Ilário (PT/PR) nos autos da Operação Lava Jato. André Vargas teve a pena mantida em 6 anos de reclusão. Na mesma ação, também tiveram a condenação confirmada o irmão dele, Leon Denis Vargas Ilário, o empresário Marcelo Simões e a contadora Meire Bonfim da Silva Poza. As informações foram divulgadas pelo TRF-4.

Segundo concluiu o tribunal da Lava Jato, André Vargas, à época dos fatos deputado federal, "usou de sua influência política" junto a funcionários ainda não identificados da Caixa para que a empresa IT7 Sistemas, pertencente a Marcelo Simões, fosse contratada pelo banco para fornecimento de software e prestação de serviços de informática pelo valor de R$ 71,3 milhões.

Em contrapartida, a IT7 repassou R$ 2,4 milhões a Vargas, sustenta a força-tarefa da Lava Jato. "A origem do dinheiro foi ocultada por meio de notas fiscais de serviços não prestados pelas empresas Arbor Consultoria e Assessoria Contábil e AJJP Serviços Administrativos e Educacional, controladas por Meire Poza."

Os valores foram sacados em espécie e repassados a Leon Denis pelo doleiro Alberto Youssef. Os quatro réus foram condenados por lavagem de dinheiro pelo então juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba em 17 de agosto de 2018.

André Vargas, Leon e Simões recorreram ao tribunal. O Ministério Público Federal também recorreu.

Leon, Simões e Meire tiveram as penas recalculadas em função da diminuição do agravante da culpabilidade. No caso de Meire também foi levada em consideração a agravante da circunstância. O relator Gebran Neto considerou que o acréscimo na pena teria sido demasiado.

Ainda cabe recurso de embargos de declaração. Esgotados os prazos, a 13ª Vara Federal será oficiada para dar andamento ao cumprimento das penas.

Primeira condenação

André Vargas teve a primeira condenação criminal em segunda instância confirmada em 21 de fevereiro de 2018, com pena de 13 anos, 10 meses e 24 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Fonte: CGN.


Procuradoria avalia 'saída honrosa' para Dallagnol

Resultado de imagem para Dallagnol

Procuradores discutem nos bastidores o que poderia ser uma "saída honrosa" para Deltan Dallagnol da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, destaca o jornal O Estado de S. Paulo. A ideia seria promovê-lo ao cargo de procurador regional, para atuar na segunda instância do Ministério Público Federal, o que o afastaria da operação. Para isso acontecer, porém, Dallagnol precisa se candidatar à vaga.

Dallagnol é o titular da Lava Jato desde o início, há cinco anos, período em que a operação levou dezenas de empresários e políticos à prisão. Nos últimos meses, porém, teve a conduta contestada após a divulgação de conversas privadas no Telegram com integrantes de sua equipe e com o então juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro. Eles não reconhecem a autenticidade das mensagens. As conversas reforçaram representações contra Dallagnol no Conselho Nacional do Ministério Público, que fiscaliza a atuação de procuradores.

A decisão pela promoção cabe ao Conselho Superior do Ministério Público Federal, formado por dez subprocuradores e presidido pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Há, no momento, dez vagas abertas para procurador regional - cinco por antiguidade e outras cinco por merecimento - e mais uma prevista até o fim do mês. Dallagnol precisaria se candidatar a uma vaga por mérito.

Segundo a reportagem apurou, aliados de Dallagnol se dividem quanto à possibilidade de o procurador concorrer. Segundo Januário Paludo, um dos mais experientes da equipe da força-tarefa, ainda não é hora de o procurador sair. "Essa é uma questão pessoal dele. A operação ainda está em curso. Temos trabalho para pelo menos dois anos", disse Paludo.

Por outro lado, defensores da promoção a Dallagnol argumentam que isso seria uma forma de reconhecimento pelo bom trabalho na Lava Jato. Ao mesmo tempo, poderia reduzir o desgaste na imagem da operação, sobretudo pela exposição pessoal do procurador após as divulgações das mensagens.

O procurador evita falar do assunto. Questionado pela reportagem, Dallagnol não comentou. Mesmo seus interlocutores afirmam não saber qual será a decisão. Quem acenou com a possibilidade publicamente foi Aras. "Vai haver a promoção de 11 procuradores regionais da República nas próximas sessões. Ele (Dallagnol) pode ser promovido, até porque é um direito dele. Nem por isso deixará de responder (a representações no Conselho Nacional do MP)", disse o procurador-geral da República em entrevista ao jornal Valor Econômico publicada na segunda-feira passada.

Críticas

Diferentemente de sua antecessora no cargo, Raquel Dodge, Aras defende a análise das mensagens atribuídas a procuradores e divulgadas pelo site The Intercept Brasil e outros veículos. Em sabatina no Senado, no mês passado, o procurador-geral fez críticas ao que considera "excessos" da Lava Jato e, especificamente, à conduta de Dallagnol. "Talvez tenha faltado nessa Lava Jato a cabeça branca, para dizer que tem certas coisas que pode, mas tem muitas outras coisas que nós não podemos", disse Aras.

A próxima sessão do Conselho Superior do MPF está marcada para 5 de novembro, e o tema das promoções deve entrar na pauta. 

Fonte: O Estado de S. Paulo.