Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sábado, 10 de fevereiro de 2018

10/02/2018 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.

Capotamento deixa um ferido na PR-486.


Um capotamento foi registrado na manhã de hoje (10), na rodovia PR-486, trecho que liga Assis Chateaubriand a Alto Piquiri, proximidades de Brasilândia do Sul. Um Gol se envolveu no acidente.
Após o capotamento uma pessoa saiu com ferimentos leves, sendo socorrida e levada para um hospital de Brasilândia do Sul. A PRE de Assis Chateaubriand, registrou o caso.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, carro, atividades ao ar livre e natureza
As informações são do Policial Web.
Jovem morre em acidente na BR-158.
Um jovem morreu em um acidente de trânsito registrado na manhã deste sábado (10) na rodovia BR-158, em Pato Branco sentido a Coronel Vivida.
O veículo Gol com placas de Mangueirinha provavelmente teria saído da pista e batido em uma árvore ainda durante a madrugada, mas só foi localizado na manhã de hoje. O condutor de 22 anos morreu no local do acidente.
Após os procedimentos o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco.
Fonte PPNEWS
Motorista de coleta de lixo de Curitiba morre em acidente na BR-116.


O motorista de um caminhão de reciclagem de Curitiba de 33 anos morreu em um grave acidente na tarde deste sábado (10), na BR-116, em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Ele não conseguiu frear e colidiu violentamente contra a traseira de um caminhão, em um trecho que possui um semáforo. O motorista já está identificado, mas a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no local aguarda confirmação dos familiares.
O acidente aconteceu no quilômetro 125, na pista sentido Curitiba, em frente a empresa Plastilit. Pela gravidade do motorista, o helicóptero da Polícia Militar (PM) foi acionado, mas ele não resistiu depois de uma parada cardiorrespiratória.
O trecho da BR chegou a ser totalmente interditado para o socorro do motorista. Os caminhões permanecem no local e a concessionária Arteris informou que o tráfego sendo desviado pela marginal norte. O corpo do motorista será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.
Fonte Banda B

Mais de 15 pessoas ficam feridas em grave acidente.



Um grave acidente de trânsito foi registrado na noite  de ontem na BR 163, no trecho entre Marechal Cândido Rondon e Novo Horizonte.
No local, cerca de 16 pessoas ficaram feridas na colisão que envolveu um Renault Duster com placas de Cascavel, uma Van com placas de Mundo Novo-Mato Grosso do Sul e um caminhão Mercedes Benz com placas de Santa Catarina.
De acordo com informações  da polícia, o veículo Duster teria aquaplanado na rodovia em função da intensa chuva que acontecia no momento.
Ele acabou batendo contra a Van que estava em sentido contrário.
O caminhão Mercedes Benz que estava logo atrás da Van, acabou batendo na traseira do coletivo. Diversas pessoas ficaram feridas no acidente, mobilizando várias equipes de Socorro.
Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros estiveram no local com ambulâncias, além do caminhão do Corpo de Bombeiros de Marechal Rondon .
Vários feridos foram encaminhados para atendimento médico.
As informações são , de que pelo menos 16 pessoas foram socorridas, destas algumas em estado grave e com fraturas.
Três pessoas teriam ficado presas nas ferragens.
O trânsito, ficou interditado nas duas pistas até o socorro aos feridos e remoção dos veículos.
O acidente foi atendido por equipe da PRF de Quatro Pontes.
Até o momento não se tem a confirmação do número de feridos, nem a identificação.
Informações do site AQUI AGORA, reproduzidas pelo site Rádio Educadora.
Jovem fica ferida em capotamento de carro na PR-280.
Uma jovem ficou ferida após o veículo Renault/Clio com placas de Pato Branco que ela conduzia, sair da pista, bater em um barranco as margens da rodovia e capotar. 
O acidente aconteceu por volta das 14h15 deste sábado (10), na rodovia PR-280, entre a cidade de Renascença e a ponte do Rio Santana.
Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para prestar atendimento a jovem que recebeu os primeiros socorros no local e em seguida foi encaminhada para casa hospitalar.
A Polícia Rodoviária Estadual registrou a ocorrência e controlou o trânsito no local.
Fonte PPNEWS

Após asfalto ceder, PR-482 é totalmente interditada em Tapira.

Após asfalto ceder, PR-482 é totalmente interditada em Tapira, no noroeste do Paraná (Foto: Polícia Rodoviária Estadual/Divulgação)

Após o asfalto ceder, a PR-428 foi totalmente interditada no km 66, entre Tapira e Nova Olímpia, no noroeste do Paraná. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o bloqueio começou por volta das 13h30 deste sábado (10).
Segundo a PRE, o excesso de chuvas na região causou a erosão no solo, que acabou levando o asfalto. O trecho interditado fica em Tapira.
A PRE informou ainda que o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) já foi comunicado sobre o problema na rodovia.
O DER informou que a interdição estava sendo sinalizada na tarde deste sábado. Será necessário fazer um levantamento e projeto para contratação da obra, sem prazo para execução.

Caminhos alternativos

Para quem precisa viajar no sentido Tapira, a PRE informou que o desvio deve ser feito pela PR-082, ou por Ivaté ou por Cidade Gaúcha.
Já quem segue no sentido Umuarama deve pega pegar a PR-487.
Pista da PR-482 foi totalmente interditada por volta das 13h30 deste sábado (10) (Foto: Polícia Rodoviária Estadual/Divulgação)
Fonte G1
Rapaz tem carro incendiado e sofre tentativa de homicídio.
Um rapaz foi vítima de uma tentativa de homicídio durante a madrugada deste sábado (10) em Itapejara D’Oeste.
Em um primeiro momento, por volta das 4h da madrugada a Polícia Militar registrou um incêndio em um veículo Saveiro próximo à nova captação de água da Sanepar.
Por volta das 7h40, usuários da rodovia PR-566, encontraram um homem, caído e completamente nu, na comunidade de Sete de Setembro. O homem que seria o condutor da Saveiro queimada apresentava ferimentos provocados por golpes de faca pelo corpo.
A Defesa Civil, recebeu o chamado e um agente foi até o local juntamente com uma enfermeira para prestar atendimento ao homem que estava gravemente ferido.
A vítima foi identificada como Valdacir Zimpel Junior de 26 anos, morador do município de São João. Ele foi levado até a unidade de Saúde Osmã Simões em Itapejara e posteriormente encaminhado pelo Samu a um hospital em Pato Branco.
A Saveiro era de propriedade de uma empresa de Francisco Beltrão e segundo o proprietário ele havia emprestado o veículo durante o final de semana para o funcionário que reside em São João.
Durante o atendimento a vítima conseguiu relatar que fingiu estar morto para que parasse de ser agredido.
O local foi isolado para perícia.
(Informações NP1)

PRF apreende 26,6 quilos de cocaína.



Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram um Renault Sandero na BR-163, em Capitão Leônidas Marques. Durante a vistoria, os policiais encontraram, dentro do tanque de combustível do carro, 24 tabletes de cocaína, que pesados, totalizaram 26,5 quilos. A droga está avaliada em cerca de R$ 1,3 milhão. A apreensão aconteceu nessa sexta feira (09), impedindo que a droga fosse distribuída em Itapema, no litoral catarinense.
Segundo a PRF, esta é a maior apreensão dos últimos anos, desde novembro de 2015.
O motorista disse que deixou o carro com um desconhecido em Foz do Iguaçu e no dia seguinte o retirou, já carregado.
Diante dos fatos, o motorista, o veículo e a cocaína foram.
Fonte RSN
Policia Militar faz operação carnaval em Pitanga.


Nesta Madrugada dia 10/02/2018, começou a operação Militar carnaval, em Pitanga.

Para manter a ordem neste carnaval e ter mais segurança na cidade rondas serão feitas pela Policia Militar, evitando excessos pelos foliões e fica o alerta se beber não dirija.


Tudo isso para dar mais tranquilidade a todos os moradores e ter um carnaval mais tranquilo.  






Apostas da Mega - Sena poderão ser feitas até as 19h deste sábado.


O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar R$ 70 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2.013. O sorteio será neste sábado (10).

Segundo a Caixa, aplicado na poupança, o prêmio renderia cerca de R$ 280 mil por mês.

No sorteio de quinta-feira (8), realizado na cidade de Santana, no Amapá, nenhum apostador acertou os seis números do concurso 2.012.  Os números sorteados foram:  8, 11, 27, 35, 36 e 51.

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) de hoje, em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país.

Fonte: Agência Brasil


Homem é morto a tiros na garagem de casa.


Uma ação criminosa tirou a vida de um homem de 32 anos em Ponta Grossa. Julio Cesar Silva Falcão estava recolhendo o seu veículo em sua casa, localizada no bairro Ronda, na noite de ontem, quando foi alvejado por disparos de arma de fogo e veio a falecer no local da ocorrência. Ainda não se sabe o que teria estimulado o homicídio. Os autores do crime não foram localizados.
O assassinato teria ocorrido por volta das 20 horas, na rua Delfino de Carvalho, no bairro Ronda. Assim que Julio Cesar chegou em sua residência, com seu carro, uma Chevrolet Ipanema prata, foi abordado por duas pessoas, que chegaram em uma motocicleta, adentrando em sua garagem. Diversos disparos da arma de fogo foram realizados contra o morador – na traseira do carro é possível ver, pelo menos, dois buracos feitos pelos projéteis. Um dos tiros acertou a sua cabeça.
Samu e Siate se dirigiram para atender a ocorrência, porém a vítima faleceu ainda em sua casa. O seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Ponta Grossa. A Criminalística, da Polícia Civil, esteve no local, para fazer a perícia. Um inquérito será aberto para investigar o crime.
O velório do homem, que tinha como profissão auxiliar de serviços gerais, está sendo realizado na capela do Luto Santana. Ele será enterrado ainda hoje, às 16h30, no Cemitério São José. 
O texto é do site A REDE.

Grave acidente termina com cinco mortos; quatro vítimas eram crianças



Um adulto e quatro crianças, uma delas de apenas 8 meses, morreram em um acidente gravíssimo, na madrugada deste sábado (10), na PR-567, no trecho entre Cianorte e o distrito de São Lourenço.

O acidente aconteceu por volta das 04h, numa curva fechada, quando o veículo GM/Kadett, com placas de Mamborê, ocupados por 9 pessoas, sendo 4 adultos e cinco crianças, trafegava no trecho entre São Lourenço à Cianorte, e na curva, a cerca de 7 km da PR-323, o veículo perdeu o controle, vindo a chocar-se contra árvores e capotar às margens da rodovia.

A pista estava molhada devido as fortes chuvas que caíam no momento, o que pode ter contribuído para provocar o acidente.

Todos ficaram encarcerados no veículo, e 4 entraram em óbito no local, sendo 3 crianças e um adulto. Um bebê de apenas oito meses foi encaminhado ao Hospital em estado gravíssimo, mas dentro da ambulância antes de chegar no hospital sofreu uma parada cardíaca, sendo feito todos os procedimentos pelo médico intervencionista do Samu, chegando com vida no Hospital, mas não resistiu vindo a óbito logo depois.

Outras 4 vítimas sendo 3 adultos e mais uma criança de 6 anos foram encaminhadas até o hospital Santa casa de Cianorte pelas ambulâncias avançada e básica do SAMU e também ambulância dos Bombeiros.


De acordo com as primeiras informações, os ocupantes do carro eram de duas famílias diferentes e estariam na venda Guarité, e ao retornarem para Cianorte, aconteceu o acidente.

Apesar da placa do veículo ser de Mamborê, todos seriam moradores de Cianorte.

Os corpos das vítimas fatais, foram todos encaminhados ao IML de Campo Mourão para exames de necropsia.

O texto é do site NOTÍCIA.COM


Mais de 15 pessoas ficam feridas em grave acidente.


Um grave acidente de trânsito foi registrado na noite  de ontem na BR 163, no trecho entre Marechal Cândido Rondon e Novo Horizonte.

No local, cerca de 16 pessoas ficaram feridas na colisão que envolveu um Renault Duster com placas de Cascavel, uma Van com placas de Mundo Novo-Mato Grosso do Sul e um caminhão Mercedes Benz com placas de Santa Catarina.

De acordo com informações  da polícia, o veículo Duster teria aquaplanado na rodovia em função da intensa chuva que acontecia no momento.

Ele acabou batendo contra a Van que estava em sentido contrário.

O caminhão Mercedes Benz que estava logo atrás da Van, acabou batendo na traseira do coletivo. Diversas pessoas ficaram feridas no acidente, mobilizando várias equipes de Socorro.

Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros estiveram no local com ambulâncias, além do caminhão do Corpo de Bombeiros de Marechal Rondon .

Vários feridos foram encaminhados para atendimento médico.

As informações são , de que pelo menos 16 pessoas foram socorridas, destas algumas em estado grave e com fraturas.

Três pessoas teriam ficado presas nas ferragens.

O trânsito, ficou interditado nas duas pistas até o socorro aos feridos e remoção dos veículos.

O acidente foi atendido por equipe da PRF de Quatro Pontes.

Até o momento não se tem a confirmação do número de feridos, nem a identificação.

Informações do site AQUI AGORA, reproduzidas pelo site Rádio Educadora.


Em pacto, Maduro só cede em data de eleição.

Resultado de imagem para Maduro

Após o fracasso das negociações com a oposição, o líder venezuelano, Nicolás Maduro, lançou nesta quinta-feira (8) uma campanha para que os cidadãos assinassem o acordo que seus adversários não quiseram subscrever.

"Assinei o acordo ontem, para mim ele é extraordinário. Faço um convite aos partidos da MUD [Mesa da Unidade Democrática] para assiná-lo. Se existem novos temas, continuaremos a conversar, dou minha palavra."

Os elogios têm sua razão de ser. No documento que saiu das reuniões na República Dominicana, o chavista cedeu só em relação à data das eleições presidenciais, marcadas para 22 de abril em vez do almejado 8 de março.

A única reivindicação da MUD incluída foi o pedido ao secretário-geral da ONU, António Guterres, para que a organização chefie uma missão de observação internacional. As regras, porém, saem diferentes no documento final e no rascunho que a coalizão diz ter enviado ao regime.

Os opositores previam que Maduro teria que enviar a solicitação a Guterres 48 horas depois do acordo e que a missão atuaria do registro eleitoral às auditorias pós-votação -padrão usado pela OEA.

No documento de Santo Domingo, porém, as partes concordariam em "propor ao secretário-geral da ONU que se conforme uma delegação de acompanhamento e observação", mas sem prazos ou obrigação de instalá-la.

A linguagem condicional e sem prazo dá margem a que o regime mantenha seu método de monitoramento. Desde 2015, as missões chegam após o encerramento da campanha eleitoral e vão embora dias depois da votação.

CANDIDATOS

Em nenhum momento menciona-se a situação dos partidos da MUD e de seus líderes. Durante as negociações, a Justiça impediu a frente de se coligar e o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) cassou o Primeiro Justiça e o Vontade Popular, duas das maiores siglas antichavistas.

A oposição reivindicava recuperar a permissão dos partidos e a restabelecer os direitos políticos de líderes opositores, incluindo o ex-presidenciável Henrique Capriles e Leopoldo López, preso.

Ainda no que concerne às eleições, o texto de Santo Domingo propõe sete dias para a mudança do registro eleitoral –contra 15 da proposta opositora– e não inclui a troca de duas das quatro militantes chavistas que compõem a quina de diretores do CNE.

Apesar dos prejuízos à MUD, o ex-presidente de governo espanhol José Luis Rodríguez Zapatero, mediador das três negociações anteriores que fracassaram, escreveu uma carta pedindo que a frente aceitasse a proposta.

Para Luis Florido, um dos negociadores da oposição, seria "um 5 x 0 para o governo" se a MUD assinasse o acordo. "O que ocorreu na República Dominicana serviu para fazer cair a máscara do governo, que não quer eleições limpas nem restituir a democracia."

Fonte: FOLHA PRESS


Trump nega divulgação de relatório democrata sobre FBI e Rússia.

Resultado de imagem para Trump gif

Em novo desdobramento da queda de braço entre o presidente Donald Trump e o FBI, a Casa Branca negou nesta sexta (9) a divulgação de um relatório da Comissão de Inteligência da Câmara redigido por democratas, que fazia considerações sobre a investigação da influência russa nas eleições americanas de 2016.

O documento é uma espécie de resposta democrata ao memorando divulgado na semana passada, redigido por republicanos, que colocou em xeque o inquérito do FBI e levantou suspeitas de viés político.

Trump é um crítico da investigação, que afirma ser uma caça às bruxas, e afirma que o caso está sendo politizado pelo Departamento de Justiça. O inquérito vem se aproximando do Salão Oval, e já apontou contatos entre membros da campanha republicana e agentes russos.

A Casa Branca argumentou que a divulgação do relatório democrata, que está sob sigilo, levantaria preocupações quanto à segurança nacional e ao cumprimento da lei em especial diante de passagens confidenciais e especialmente sensíveis.

O ofício desta sexta (9) contém uma carta assinada pelo atual diretor do FBI, Christopher Wray, e pelo subsecretário de Justiça, Rod Rosenstein, que afirmam que trechos do memorando violam a proteção de fontes e métodos de inteligência e comprometem investigações em andamento.

Na carta, assinada pelo advogado da Casa Branca Donald McGahn, o governo afirmou, porém, que Trump está inclinado a divulgar o memorando, em nome do interesse público.

Para tanto, recomenda que a Câmara revise o relatório, a fim de eliminar trechos críticos. A administração oferece aos deputados a assistência de integrantes do Departamento de Justiça para a tarefa, e afirma que o presidente encoraja o esforço sugerindo que, seguidas as instruções, o documento seria enfim divulgado.


ATO POLÍTICO

A deputada Nancy Pelosi, líder dos democratas na Câmara, criticou a decisão da Casa Branca.

Isso confirma o que já sabemos há semanas: que a decisão de divulgar o memorando republicano [da semana passada] era um ato político descarado, sem preocupação com a segurança nacional, afirmou. A hipocrisia está exposta.

No caso do documento elaborado pelos republicanos, o governo considerou que havia significativo interesse público na divulgação. A decisão, na época, foi precedida da campanha #DivulguemOMemorando, encampada por republicanos e apoiadores de Trump, e celebrada pessoalmente pelo presidente.

A Casa Branca informou que a decisão desta sexta (9) segue recomendação do próprio Departamento de Justiça, e que está disposta a divulgar o memorando democrata tão logo as sugestões sejam acolhidas.

Fonte: FOLHA PRESS


Mensagens indicam que reitor da UFSC foi avisado de operação sigilosa da PF.

Resultado de imagem para UFSC

Uma troca de mensagens por celular apreendida pela Polícia Federal indica que o então reitor da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Luiz Carlos Cancellier, foi informado com antecedência que uma operação sigilosa da PF apurava irregularidades em bolsas na universidade. Semanas depois, ele assinou um ofício para retirar da Corregedoria da UFSC uma investigação que tramitava internamente sobre o mesmo assunto.

O vazamento ocorreu quando a operação da PF, que depois ganharia o nome de Ouvidos Moucos, ainda estava em segredo de Justiça.

Um relatório da CGU (Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União), que analisou as mensagens apreendidas pela PF, aponta que a informação sobre a investigação da PF foi repassada a Cancellier por Alvaro Prata, ex-reitor da UFSC e atual secretário de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia, em Brasília.

Ele disse a Cancellier que soube do caso porque o corregedor da UFSC, Rodolfo Prado, manteve uma audiência em Brasília com o presidente da Capes, Abílio Baeta Neves. A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), vinculada ao Ministério da Educação, repassava os valores da UFSC para o programa de ensino que estava sob suspeita. O corregedor pretendia informar ao presidente do órgão sobre as irregularidades na UFSC e pedir providências a respeito, como a suspensão dos repasses.

Prata escreveu a Cancellier: "Ontem à noite finalmente conversei com o presidente da Capes sobre a reunião com o corregedor. O corregedor não deu detalhes e apenas comunicou sobre uma ação da PF em curso e em sigilo envolvendo recursos da Capes e o ensino a distância na UFSC. Fiquei preocupado, depois ligo".

A operação da PF foi de fato deflagrada quatro meses depois, em setembro de 2017, e seria chamada de Ouvidos Moucos. As conversas por mensagem entre Cancellier e Prata ocorreram de 2 de maio a 8 de julho de 2017. Poucos dias depois, em 19 de julho, Cancellier assinou ofício pelo qual retirava o processo que estava em poder de Rodolfo Prado.

"Mostra-se plausível a hipótese de que o conhecimento de uma suposta ação da PF em curso tenha motivado o reitor a tentar avocar a investigação da Corregedoria da UFSC", informou o relatório.

OBSTRUÇÃO

Por esse ofício e outros depoimentos de professores que indicavam tentativas de obstrução da investigação, a PF e o Ministério Público Federal pediram a prisão e o afastamento de Cancellier do cargo, o que foi aceito pela Justiça Federal. Dias após ter sido solto por outra decisão judicial, Cancellier se matou em um shopping de Florianópolis (SC).


Reitor da UFSC de 2008 a 2012, Prata manifestou a Cancellier, nas mensagens, uma preocupação sobre as investigações que ocorriam na instituição. "O Abílio me ligou para informar dos resultados da reunião e me avisou da liberação de recursos. Ele acha que você está subestimando a ação do corregedor", escreveu Prata. Cancellier respondeu: "Vou me informar melhor".

Em outra mensagem, Cancellier manifestou seu desconforto com a movimentação do corregedor. "Ele é administrador [administrativo] da AGU [Advocacia-Geral da União] e corregedor da UFSC. Acho estranho um corregedor pedir uma audiência para Capes sem passar pelo reitor da Universidade".

Prata concordou que era "estranho". Dias depois, os dois se encontraram em um aeroporto não especificado. Em julho, Prata voltou a alertar Cancellier: "O presidente da Capes está achando que você não está dando a devida atenção ao problema". O reitor quis saber se ele tinha "conseguido alguma informação".

"Sim. Ele [Neves] me confirmou que o problema na UFSC é sério e disse que o [professor] Márcio Santos é parte do problema. Me falou inclusive que a equipe que esteve aí fazendo uma auditoria fez um relatório crítico e desabonador", respondeu Prata.

OUTRO LADO

Em nota à reportagem, Alvaro Prata afirmou que, em virtude dos cargos que ocupou e ocupa, "mantém relações tanto com a Capes como com a UFSC". Ele disse que já foi "ouvido como testemunha pela Polícia Federal na Operação Ouvidos Moucos e prestou todos os esclarecimentos solicitados". "Como este tema está em tramitação pelas autoridades, o professor Prata não se manifestará a respeito."

Em depoimento dado à PF em setembro, Cancellier defendeu-se das suspeitas, negou quaisquer irregularidades e disse que decidiu avocar a sindicância interna para dar maior celeridade à apuração visando ao esclarecimento dos fatos, até mesmo porque a Capes também estava realizando uma apuração própria a respeito dos mesmos fatos.

Em nota, a Capes afirmou que "não é investigada na Ouvidos Moucos" e que seu presidente "limitou-se a pedir informações ao secretário Alvaro Prata, ex- reitor da UFSC, sobre um funcionário que solicitava audiência". Segundo a assessoria da Capes, a fundação "jamais foi orientada a não comentar a investigação e chegou, inclusive, a chamar o reitor a Brasília para pedir explicações". O órgão informou ainda que seu presidente prestou depoimento à PF "e deu todos os esclarecimentos solicitados".

Fonte: FOLHA PRESS


Petróleo cai 10% e tem pior semana em 2 anos.

Resultado de imagem para Petróleo

A tumultuada semana nos mercados financeiros também atingiu os preços do petróleo e colocou um freio na recuperação pela qual a commodity passou nos últimos meses.

O barril do Brent, referência internacional, encerrou esta sexta (9) a US$ 62,76, valor 11% abaixo do pico do ano, registrado em 24 de janeiro (US$ 70,53). A queda na semana ficou perto de 9%.

O WTI, referência nos EUA, caiu abaixo de US$ 60 pela primeira vez em 2018, negociado a US$ 59,20. Na semana, perdeu quase 10%.

Tanto o Brent como o WTI tiveram as maiores quedas semanais em dois anos.

As cotações do petróleo vinham de meses de recuperação, turbinadas pela maior demanda mundial, por restrições na produção impostas por países da Opep e por um dólar mais fraco.


Da menor cotação do ano passado, os US$ 44,8 de 21 de junho, até o pico de janeiro, o Brent subiu 57%.

O aumento na produção dos EUA, estimulado pelas cotações mais altas, colaborou para reduzir os preços.

Também a alta do dólar nos mercados mundiais nesta semana pressionou a commodity - a moeda dos EUA e o petróleo têm uma correlação inversa: quando o dólar se desvaloriza, investidores procuram refúgio em matérias-primas, e vice-versa.

Fonte: FOLHA PRESS