Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 6 de março de 2019

06/03/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Homem tentou abusar de adolescente de 13 anos em Pitanga.
Foto ilustrativa 
No dia cinco de fevereiro de 2019 por volta das 16h35min, a equipe foi acionada para dar atendimento a uma situação de atentado violento ao pudor no parque do lago. No local, em conversa com a vitima uma adolescente de 13 anos, relatou que estava sentada, com mais algumas adolescentes, quando um masculino posteriormente identificado, se aproximou e começou a assedia-las, momento que tentaram desvencilhar e do masculino que passou a mão nas pernas da adolescente, chegando a dar-lhe um tapa, ficando a marca de sua mão. Realizado buscas e encontrado no parque do lago, dada voz de abordagem, sendo reconhecido pela vitima e encaminhada às partes a 45 DRP para os devidos procedimentos legais.
 

Filho agrediu Pai e quebra objetos em casa resiste a prisão, mas acaba preso em Pitanga.
Imagem relacionada

No dia 06 de março de 2019, as 00h05min, a equipe foi acionada pela central para dar atendimento a uma ocorrência de lesão corporal-violência domestica, sendo que o solicitante estaria na 3ª Cia aguardando a equipe. Em contato com o solicitante Miguel o qual relatou que seu filho havia agredido ele com socos e chutes deixando lesão na sua face. E também havia causado danos em vários móveis em sua residência, quebrando geladeira e TV. No local, a equipe constatou o dano na residência do solicitante, sendo que a pessoa o autor estaria no momento da abordagem na residência de seu tio, na frente da casa de seu pai, o qual estava fazendo curativo e retirando o sangue do rosto do mesmo, pois ele estava com várias manchas de sangue pelo corpo, nariz e cabeça sangrando. Ao conduzi-lo até o camburão da viatura, começou a resistir à prisão, com chutes acertando a face de um dos integrantes da equipe. Ao colocá-lo no camburão começou a dar chutes e cabeçadas, gritando que estaria sendo agredido pelos policiais, enquanto a equipe conversava com seus familiares. Destes atos resultou dano patrimônio público, pois danificou o camburão da viatura, amassando e quebrando, e causando ainda mais ferimentos em sua cabeça. Durante o trajeto até a 45º DRP o autor veio a desacatar a equipe policial com palavras de baixo calão e fazendo ameaças à equipe que “nos acertaríamos lá fora, que de mano tudo é diferente, que iria nos matar que o que de vocês esta guardado”. Chegando na 45º DRP, ao retirá-lo do camburão para apresentá-lo a autoridade policial, no momento em que iria ser algemado este investiu contra os policiais titulares da ocorrência bem como a equipe de apoio que estava em atendimento à outra ocorrência. Sendo que ele usou de socos, cabeçadas e chutes, bem como pulou no pescoço de outro integrante da equipe chegando a derrubá-lo. Desta forma foi necessário o uso de técnicas de imobilização dentro do escalonamento do uso seletivo da força pelas equipes policiais para contê-lo, visto que estava excessivamente alterado. Foi feito uso de algemas de acordo com o decreto 8858/2016 para resguardar a integridade física dos policiais. Foram encaminhadas as partes ao hospital para fazerem o exame de lesões corporais e confeccionado a documentação pertinente deixando-o a disposição da justiça. 
 

Policial rodoviário aposentado mata a mulher em Toledo e tira a própria vida.



O policial rodoviário aposentado Jean Carlos Ferreira da Costa, de 48 anos, matou Debora Carin de Jesus Machado, de 30 anos, na madrugada desta terça feira (5), em Toledo, na Região Oeste do Estado. De acordo com informações da Polícia Militar repassadas ao G1, após disparar oito vezes contra a vítima, que era esposa do policial aposentado, Jean se matou.
Ainda segundo a equipe, vizinhos ouviram gritos da briga e chamaram a polícia. No entanto, o casal já estava morto quando os PMs chegaram ao local. Do lado de fora da casa, uma menina de seis anos, filha apenas do policial aposentado, pedia ajuda. Ela foi recolhida e levada para a mãe.
Segundo a PM, o policial tinha porte de arma e nunca foi denunciado por violência contra a mulher pela esposa. O caso será investigado.

Homem é detido andando nu em via pública.



Um homem de 55 anos foi detido pela Polícia Militar de Cascavel, na noite de ontem (05) por volta de 20h40.
Segundo as informações, o indivíduo estava totalmente nu em via pública. A abordagem ocorreu na Avenida Carlos Gomes.
A ocorrência foi levada para o Fórum da Justiça Estadual, onde seria elaborado um Termo Circunstanciado por ato obsceno.
Fonte CGN

Caminhão tomba em curva na BR-373.



Um caminhoneiro ficou gravemente ferido após um acidente de trânsito que aconteceu na BR-373, entre os municípios de Guamiranga e Imbituva.
De acordo com as informações, o caminhão carregava uma carga de batata e teria tombado na curva da rodovia.
Com o tombamento da carga, populares saquearam a carga até a chegada da Polícia Rodoviária Federal, que prestou o apoio na ocorrência.
O resgate médico foi mobilizado e o homem encaminhado para a casa hospitalar.
Fonte CGN
Ao pegar celular condutor perde controle e bate em carro na PR-566.


O condutor de uma camionete perdeu o controle da direção após se abaixar para pegar o aparelho celular, bateu em um veículo que aguardava para acessar a PR-566 e acabou caindo nas margens da rodovia.
O acidente aconteceu por volta das 14h50 desta terça-feira (05) próximo a Seção São Miguel, em Francisco Beltrão.
O Corpo de Bombeiros foi acionado, para prestar atendimento, mas ninguém ficou ferido, somente danos materiais nos veículos.
O tenente Moisés do Corpo de Bombeiros disse em entrevista ao Diário da Informação que a atenção dos motoristas no trânsito deve ser redobrada, principalmente neste período de feriado, onde o movimento de veículos nas rodovias é maior e qualquer descuido pode ocasionar um acidente.
A Polícia Rodoviária registrou a ocorrência.
Fotos Ivânia Bonatto/Diário da Informação.


Mãe faz sucesso ao criar contrato com regras para filho adolescente usar celular.

Mãe faz sucesso ao criar contrato com regras para filho adolescente usar celular

Mãe é bem clara: se o menino quebrar alguma das cláusulas do contrato, terá o aparelho confiscado. Veja os detalhes desse contrato entre mãe e filho.
No mundo digital atual é praticamente impossível deixar os filhos longe dos aparelhos eletrônicos. Quando crescem, logo pedem um celular para si. Para evitar problemas com o filho de 12 anos, essa mãe australiana até cedeu aos pedidos do menino, mas arrumou um jeito de impor regras no uso do aparelho.
Mel Watts é uma blogueira e influenciadora digital com mais de 308 mil seguidores no Instagram. Ela é mãe de quatro filhos e está fazendo sucesso ao compartilhar o contrato que impôs ao mais velho para que ele pudesse ganhar um celular .

Contrato para o uso do celular

A mãe compartilhou o contrato em seu blog, The Modern Mumma (A mãe moderna, em português), e foi parar nas páginas de jornais internacionais, como o tabloide The Sun . Ela diz que decidiu divulgar esse acordo como uma forma de ajudar outras mãe a lidar com os filhos adolescente.
O contrato tem, ao todo, 17 cláusuras que incluem atos de diversas categorias. Para começar, a mãe deixa claro que a responsabilidade do aparelho é do filho. Se ele quebrar ou perder o celular, terá que arcar com os custos do reparo ou de um aparelho novo.
Sobre o uso, Mel impõe horários no contrato. O garoto deve entregar o aparelho aos pais todos os dias antes de dormir. E também nada de "madrugar". "Nada de mandar mensagens antes das 7h30 da manhã. As pessoas geralmente estão dormindo. Estranho, não", escreve a mãe.
Algumas regras de conduta também fazem parte do documento, como não tirar fotos ou fazer vídeos de pessoas que não tenham dado permissão para isso e não fazer trolagem nas redes sociais, ou elas serão excluidas imediatamente. As contas também serão apagadas se os pais perceberam que o menino apagou itens propositalmente do aparelho.
Ela ressalta ainda que o filho não poderá usar o aparelho na escola, a não ser quando isso for permitido, e alerta para outros cuidados, como ao afirmar que o que for postado nas redes sociais ficará lá para sempre e, se sofrer algum tipo de bullying online, deve reportá-lo aos pais imediatamente.
Para finalizar, Mel afirma que o contrato é válido até o filho completar 15 anos.
Ao The Sun , a mãe diz que decidiu dar o celular ao filho porque quando era jovem não teve esse privilégio - seus pais proibiam o uso de aparelhos - e ela se sentia isolada por conta disso. E o contrato foi uma boa ideia. "Esse pedaço de papel nos permite colocar regras e também nos permite que a gente monitore o que ele está fazendo", completa Mel. Nas redes sociais da mãe, os seguidores também aprovaram a ideia. (Com Delas - iG )Fonte Portal Cantu


A Prefeitura de Morretes, Litoral do Paraná, confirmou a morte de um macaco na cidade em decorrência da febre amarela.


A Prefeitura de Morretes, Litoral do Paraná, confirmou a morte de um macaco na cidade em decorrência da febre amarela. O animal foi encontrado no bairro São João da Graciosa e a notificação aconteceu na última sexta-feira (1).
Amostras do cadáver foram recolhidas e enviadas ao Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen), que confirmou a morte pelo vírus. Por enquanto, não há casos em humanos confirmados em Morretes.
Até o momento são cinco casos confirmados de febre amarela no Paraná. Um em Curitiba, mas de um morador que contraiu a doença em Adrianópolis, região metropolitana, onde o vírus circula.
Ainda, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), desde o início do ano são 168 casos suspeitos notificados, com 115 descartados e 48 em investigação.
Fonte Banda B
Após beijos de Anitta e Neymar no Carnaval, Bruna Marquezine desativa Instagram.


O motivo de tanto estresse virtual pode ser encontrado nas notícias que foram publicadas durante a madrugada sobre a movimentação nos camarotes da Sapucaí, no Rio de Janeiro. Anitta, segundo matérias publicadas pelo UOL, foi com Neymar assistir ao segundo dia de desfiles de escolas de samba. No mesmo camarote, e acompanhados do ‘parça’ Gabriel Medina, os dois não teriam desgrudado. Em uma sala reservada, Anitta e Neymar teriam trocado beijos. “Não foi a primeira vez que eles ficaram e, pelo visto, como das outras vezes, se trata de algo sem compromisso”, diz a matéria.
O problema, diz o UOL, foi que a pegação em segredo acabou chegando aos ouvidos de Bruna – e ela não gostou nada do que ouviu. A atriz já havia curtido uma foto de David Brazil com a dupla, durante a noite. Mas, depois, parou de seguir Anitta e descurtiu a foto. Resultado? O burburinho foi tanto que ela teria preferido dar um basta no Instagram.

Vaza foto de José Loreto beijando atriz nos bastidores da Globo e fãs se revoltam.


A novela O Sétimo Guardião finalmente virou assunto nas rodas de conversa, mas o motivo não é a ficção e sim os bastidores da Globo.
Após José Loreto ser expulso de casa e Marina Ruy Barbosa ter sido apontada como o pivô, uma foto do ator beijando Carolina Dieckmann começou a circular na internet.
No entanto, não é nada disso que você está pensando. A imagem se trata do print de um vídeo publicado pelo ator Marcelo Serrado nos stories do seu perfil no Instagram, no qual o colega beija a amiga no rosto. Ele aparecia cumprimentando Carolina Dieckmann e o público entendeu outra coisa.
Diante disso, Marcelo Serrado se revoltou com os comentários e soltou o verbo.
“A internet virou um circo dos horrores, pegam um story com amigo, param um frame no meio e falam o que querem! Surreal e triste ao mesmo tempo. Querem ver sangue aonde não tem [sic], não há nada! Sem mais comentários!”, disparou.



Na mensagem, José Loreto apelou para o sentimentalismo e tentou fazer a linha arrependido romântico, chegando a pedir publicamente o perdão da ex. No entanto, ele esqueceu de uma das maiores prejudicadas da história: Marina Ruy Barbosa.
Fonte Noticias top
Bolsonaro publica vídeo obsceno no Twitter e causa revolta nas redes sociais.


O presidente Jair Bolsonaro publicou no Twitter um vídeo com cenas obscenas que teriam ocorrido durante a passagem de um bloco de carnaval, que ele mesmo considerou não se sentir “confortável em mostrar.”
Na postagem, na noite desta terça-feira, 5, Bolsonaro diz que “temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades”. E criticou: “É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro”. O presidente também pediu que seus seguidores comentassem e tirassem suas próprias conclusões sobre o vídeo.
No vídeo, que já tem dois milhões de visualizações, um homem dança em cima de um ponto de táxi e coloca o dedo no ânus, mostrando ao público que assiste à cena. Em seguida, um outro

rapaz urina na cabeça dele.
A publicação foi alvo de críticas de internautas, que disseram ter denunciado o post ao Twitter por desrespeitar as regras da rede social por conteúdo impróprio.
“E não compartilhe isso!!!! É crime!!! Denuncie , improprio para qq pessoa ver. Principalmente crianças”, escreveu a apresentadora Astrid Fontenelle.
“Denunciando o tweet por conteúdo impróprio. Denuncie você também”, escreveu um internauta.
“Festa popular ? Não me inclua nessa festa. Eu não faço parte dessa degradação”, armou outro.
“Cabia a polícia ter agido na hora. Não adianta agora ficar repostando o conteúdo sem filtro algum, e ainda usando para generalizar o carnaval e

uma comunidade. O presidente só quer usar a cena de palanque e marketing, como tudo que faz. Não é o que se espera de um presidente”,
disse outro internauta.

Mais cedo, Bolsonaro também publicou um vídeo em que um cantor rebate críticas feitas por Daniela Mercury e Caetano Veloso na música Proibido o Carnaval. Também pelo Twitter, a cantora rebateu. “Se assim desejar, irei com minha esposa, que é também minha empresária, até Brasília para conversar com o senhor sobre o assunto.”
Fonte Banda B

Deputado condenado por fake news disparados de seu escritório político.


O deputado federal Herculano Passos (MDB) foi condenado a indenizar em R$ 5 mil um blogueiro morador de Atibaia em razão de fake news e ofensas que partiram de dentro de seu escritório político na cidade no interior de São Paulo. A decisão é da 1ª Turma Cível e Criminal do Colégio Recursal - Bragança Paulista. 
Os desembargadores sentenciaram o parlamentar e absolveram o deputado estadual Edmir Chedid (DEM), que compartilha do mesmo imóvel de Herculano. Em Atibaia, são diversas as batalhas judiciais envolvendo fake news. Um servidor da prefeitura foi condenado a indenizar um munícipe em R$ 10 mil depois que a quebra de seu sigilo telemático revelou que ele controlava uma página com conteúdo ofensivo.
 O município também responde por uma ação que aponta que perfis falsos nas redes sociais eram controlados de dentro do prédio da Câmara Municipal com o mesmo objetivo, segundo dados enviados por uma companhia telefônica à Justiça. O diretor da ONG Centro Nacional de Denúncia, Cléber Stevens Gerage, foi alvo de ofensas de Cristiane Muller, perfil falsos criado para disseminar fake news. 
"Tá aí o maior vagabundo da história!", dizia a página. Em outras postagens, ao lado de charges e memes, o perfil falso acusava o diretor de "possuir bens incompatíveis com seus rendimentos" e afirmava que a "prisão temporária pode sair a qualquer momento". 
Os advogados de Gerage, Rubens da Cunha Lobo Jr. e Claudia Maria Nogueira, pediram na Justiça a retirada da página. O juiz José Augusto Nardy Marzagão, da 4.ª Vara Cível de Atibaia, acolheu o pedido e mandou oficiar o provedor de internet para que entregasse dados de quem controlava o perfil. Em ofício, a companhia telefônica relatou que o conteúdo era originado de dentro de um escritório, em Atibaia, compartilhado pelos deputados Chedid e Passos. A administradora da rede é assessora da 2.ª Secretaria da Assembleia Legislativa de São Paulo, historicamente ocupada pelo DEM. 
Em primeira instância, o José Augusto Reis de Toledo Leite, da comarca de Atibaia, julgou a ação totalmente improcedente. Já em segunda instância, o TJ reverteu parcialmente a sentença, para condenar somente Herculano. Segundo o desembargador Frederico Lopes Azevedo, relator do caso, 'é incontroverso nos autos que o autor das postagens ofensivas utilizou-se da estrutura telemática disponibilizada por Herculano Castilho Passos Júnior em seu escritório político, valendo-se do serviço de internet a ela correspondente para criar perfil falso em rede social (Facebook) e, em seguida, disseminar postagens de cunho difamatório em desfavor do recorrente'. 
"Não fosse por isso, observa-se, pelas provas reunidas nos autos, que as informações prestadas pelo Facebook e pela empresa Claro convergem no sentido de vincular os IP´s dos equipamentos utilizados para veiculação das postagens difamatórias ao contrato de prestação de serviços de internet formalizado em nome do recorrido Herculano Passos", anotou. O desembargador ressalta que 'embora a efetiva autoria das mensagens não esteja devidamente demonstrada nos autos, a responsabilidade do corréu Herculano Passos não pode ser simplesmente afastada, já que a ele cabia, em última instância, zelar pelo uso correto da estrutura telemática colocada à disposição de seus prepostos e dos eventuais frequentadores do prédio que abriga seu escritório político'. 
"Neste contexto, deve ele ser chamado a responder pelos danos que tenham sido causados ao recorrente, ainda que eles decorram do mau uso, por terceiros não identificados, do serviço contratado pelo recorrido (culpa in vigilando)", escreve. Já sobre Edmir Chedid, o magistrado diz que entender 'não ser possível estender-lhe a responsabilidade pelos ilícitos noticiados nos autos'. "Conquanto seja incontroverso que seu escritório político encontrava-se instalado no mesmo imóvel em que estava o escritório político de Herculano Passos, os fundamentos que suportam o édito condenatório construído em desfavor deste último referem-se a aspectos que lhe são individuais e que, nesta medida, não podem ser estendidos ao seu litisconsorte". "Nada há de concreto que permita vincular, com a segurança necessária, o corréu Edmir Chedid ao ato ilícito praticado", anota. Para o relator, embora 'possível responsabilizá-lo, em tese, pelos atos praticados por seus prepostos (art. 932, III e 933, do Código Civil), o fato é que o uso compartilhado do local impede que se presuma que o usuário do perfil falso criado junto ao Facebook se trata efetivamente de um de seus correligionários'. "Há, neste ponto, intransponível incerteza acerca da autoria do ilícito". 
COM A PALAVRA, HERCULANO PASSOS 
"O corpo jurídico apresentará recurso da decisão. No processo resta provado que as ofensas foram disseminadas por pessoas alheias ao gabinete do parlamentar, a partir da rede de dados do escritório, que, até então, era aberta. Tão logo, verificado o ocorrido, o acesso foi restringido. O deputado Herculano Passos não conhece o autor da ação e nunca teve nada contra o mesmo. O parlamentar não coaduna com esse tipo de prática e é totalmente contrário a quem o faz". 
COM A PALAVRA, O ADVOGADO RUBENS LOBO, QUE DEFENDE CLEBER GERAGE "
A decisão da Turma Recursal, que reformou a decisão de 1.ª instância, mostrou claramente que meu cliente foi ofendido, sendo que a estrutura utilizada para isso foi bancada com dinheiro público, o que é pior ainda. A Justiça entendeu que houve responsabilidade por parte do Deputado, pois os equipamentos utilizados foram contratados por ele, sendo responsabilidade dele a má utilização dos serviços. Os ataques foram graves. É inaceitável em um Estado Democrático de Direito que um cidadão seja ofendido, por perfis falsos em redes sociais, ainda mais com aparato pago por ele".
Fonte CGN