Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

18/10/2017 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.




Homem agride a mãe e a sogra no Centro de Guarapuava.


Um homem agrediu a esposa e a sogra por volta do meio dia desta quarta feira (18), na área central de Guarapuava.
A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros às 12h12, na Rua Guaíra. No local, os socorristas encaminharam S.F.D.S., de 30 anos, para atendimento médico na UPA do Batel.
A polícia foi acionada para atender o caso.
Fonte Redesul

Jacaré do papo amarelo é encontrado por moradores na Ilha do Mel.


Moradores da Ilha do Mel, no Litoral paranaense, se depararam na madrugada dessa terça feira (17), com um jacaré do papo amarelo.
O animal foi capturado por uma equipe da Polícia Ambiental, que realizou a captura do jacaré com cordas. De acordo com a polícia, o bicho foi levado para o canil do posto policial e solto em seguida. O jacaré é um adulto com aproximadamente 1,5 m de comprimento.
A Polícia Ambiental orienta que ao encontrar um animal como um jacaré, o importante é manter a calma, não se aproximar ou tocar no animal e acionar a polícia.
Fonte Redesul



Filho mata a mãe com golpes de facão e foice em Goioxim.



Um homem de 31 anos matou a própria mãe com golpes de facão e foice na noite dessa segunda feira (16) em Goioxim.
O crime ocorreu por volta das 21h, no Assentamento São Miguel, na localidade Vagner. A Polícia Militar foi até o local acompanhando uma ambulância. Porém, a mulher, de 55 anos, já estava em óbito.
De acordo com testemunhas, o autor do crime foi o próprio filho, que tem problemas mentais. Ele teve que ser retirado do local pela PM, pois estava recebendo ameaças de morte de outros assentados.
O corpo da mulher foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava, onde aguarda identificação oficial.
O caso está sendo investigado pela polícia.
Fonte Redesul

Polícia Civil investiga furto de jacaré do zoológico de Cascavel.

Imagem relacionada

Polícia Civil está investigando o furto de um jacaré do Zoológico Municipal de Cascavel, no oeste do Paraná. O animal, que havia desaparecido, foi encontrado morto e sem a cabeça e o rabo na sexta-feira (13), próximo ao Parque Tarquínio. Ele foi identificado graças a um chip instalado no corpo.
A hipótese de fuga foi descartada, por isso o caso passou a ser investigado pela polícia. Uma sindicância interna também foi aberta para apurar se houve falha na segurança e o que pode ser feito para evitar que novos furtos.
O veterinário Ilair Detoni acredita que o furto foi praticado na no dia 11, durante a troca de turnos dos guardas. Por causa da escala de feriado, na quinta (12) não foi feita a contagem dos animais e, apenas na sexta foi notada a ausência do jacaré.
O secretário de meio ambiente, Juarez Luiz Berté, reconhece o problema de falta de segurança, mas diz que ainda não sabe o que pode ser feito. O zoológico tem 17 mil metros quadrados.
“Nós temos que buscar as melhorias. Temos que atribuir esta responsabilidade aos guardas que ficam ali à noite para que possamos ter um cuidado maior e isso não aconteça mais. Colocar mais guardas e câmeras acaba tendo um custo ainda maior para o município, e quem paga é a população”, apontou.

Histórico

Em abril de 2016, um jacaré-do-papo-amarelo, de quase 30 anos foi levado. O animal vivia no zoológico havia duas décadas, media 2,5 metros e pesava cerca de 60 kg. Ele nunca chegou a ser encontrado, mas a polícia identificou um suspeito que postou fotos com o animal nas redes sociais.
Segundo o Ministério Público, o suspeito foi intimado, mas não se apresentou e a justiça deve nomear um defensor público para o caso.
No mesmo mês, duas araras e um papagaio também foram furtados. As aves estavam no setor extra, onde os animais ficam enquanto o recinto está sendo limpo ou reformado. Os funcionários encontraram um buraco no local. No mês seguinte, um tucano desapareceu.
As araras foram encontradas dentro de uma mochila abandonada em um terminal de ônibus da cidade.
Fonte G1

Justiça suspende divulgação de filme sobre a Chapecoense; assista ao trailer.


A Justiça de Santa Catarina decidiu suspender a divulgação do documentário “O Milagre de Chapecó”, que narra a história do acidente aéreo que matou 71 pessoas, ano passado, na Colômbia. Produzido pela Trailer Ltda sob comando do uruguaio Luiz Ara, o filme tem data de estreia marcada para 30 de novembro.
A Chapecoense entrou na Justiça alegando que houve divulgação do documentário sem o conhecimento ou aprovação da diretoria do clube. A Chape fez uma parceria com a empresa, mas alega que teria enviado e-mails para a produtora, sem ter recebido resposta para a produção do plano de filmagem. A ideia dos dirigentes era que o documentário tratasse da história do clube, fundado em 10 de maio de 1973, mas o trailer destaca apenas o acidente aéreo.
“Reconhece-se forte um possível descumprimento contratual”, escreve o juiz Marcos Begolin em sua decisão. O magistrado determina que a produtora não faça a divulgação ou exposição do filme em qualquer meio. Em caso de descumprimento, produtora terá de pagar multa diária de R$ 50 mil.
O caso começou depois que uma das viúvas teria levado os filhos para o cinema e acabou vendo o trailer do documentário da Chapecoense. Os familiares, então, entraram em contato com o clube, que acionou a Justiça.
Fonte Banda B

Condutor de motocicleta fica ferido ao bater com caminhão na PR-483.


Por volta de 10h45 desta quarta-feira (18), foi registrado um  acidente na rodovia PR-483 próximo ao trevo da Polícia Rodoviária, envolvendo um caminhão Scania de Marmeleiro que tracionava um bi trem e uma motocicleta Honda/CG de Francisco Beltrão.
Segundo informações do condutor do caminhão, ele estava parado aguardando para entrar em uma oficina a esquerda e quando os veículos que vinham sentido contrário reduziram a velocidade ele fez a conversão, porém o condutor da moto entrou ultrapassando os veículos e bateu na lateral do caminhão.
A motocicleta ficou destruída no impacto e o condutor Lucas Medeiros Dias de 19 anos, sofreu ferimentos moderados. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu e encaminhado ao Hospital São Francisco.
A Polícia Rodoviária Estadual registrou a ocorrência e organizou o trânsito que ficou por algum tempo no sistema siga-pare. 
Fonte PPNEWS

Colisão entre carro e caminhonete deixa pelo menos 4 feridos em Apucarana.


Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas após acidente na tarde desta quarta-feira (18), na BR-369, próximo ao retorno operacional do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Apucarana. 
O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 15h43 para atender a ocorrência. Um VW Gol, placas de Marilândia do Sul, bateu em uma caminhonete Toyota Hilux, de Umuarama. O carro capotou após a colisão deixando os quatro ocupantes feridos, dentre eles um idoso que precisou ser desencarcerado pelos bombeiros. 
De acordo com o motorista da Hilux, que saiu ileso, os dois veículos seguiam sentido Apucarana, em trecho de pista dupla. Ele disse que tentava ultrapassar uma carreta quando o condutor do Gol entrou na sua frente e provocou a colisão. Ainda conforme informações coletadas no local, o motorista do Gol pensou que o retorno operacional do 10º BPM era um contorno de acesso à Maringá. 
Além dos bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), também atendeu as vítimas que foram encaminhadas para atendimento médico.
Acidente aconteceu em frente ao 10º BPM. Foto: Sérgio Rodrigo
Fonte tn online
Criança dá o 'maior exemplo de honestidade' que funcionário da Copel já viu.

Está 'bombando' nas redes sociais a publicação de um funcionário da Copel que relata o momento de emoção que viveu ao cortar a luz de uma família pobre. No momento em que fazia seu serviço, um dos três filhos da família lhe pediu algumas moedas. Como não tinha moedas, deu-lhe R$ 5,00 para que dividisse com seus dois irmãos. 
Quando a ordem para religar a luz veio, o homem foi depressa até o endereço da "casinha de madeira torta", foi quando teve a grande surpresa:
Veja a publicação na íntegra:
- Vc vai cortar a luz, moço? Perguntou a mulher sentada num banco de madeira, acompanhada por 3 crianças descalças.

- Sim, respondi.
- Tudo bem, estou com duas atrasadas, mas só recebo dia 9.
- Mas hoje é dia 9, ponderei.
- Sério? 
- Sério, e se a senhora pagar hoje é só pedir a religação que antes das 6 eu volto!
- Combinado, disse ela!
Pra mim o "corte" é uma atividade desagradável, em qualquer circunstância, apesar de obrigatório, e se a família for pobrezinha é mais doído ainda: a tal atividade "culposa" (sem intenção de cortar!).
Antes de sair, enquanto encerro o serviço no tablet, as 3 crianças se aproximam e pedem:
- Moço, vc tem 1 real?
Sem moedas no bolso, abri a carteira e encontro uma solteira nota de 5 reais... Entrego pro menino e ordeno:
- É pra vc repartir com suas irmãzinhas.
Ele balançou a cabeça positivamente, e falou: "tábão"!
Fui embora pensando nas crianças pidonchando, mas, vida que segue!
Bem de tardezinha caiu a religação da casinha de madeira torta... Segui pra lá... Eu tinha o dever de devolver luz para aquela criançadinha, era, pra mim, o momento da redenção.
Ao ouvir o barulho da camionete, todos saíram eufóricos. O menino (Eugênio) vem até mim e diz todo alegrinho:
- Ainda bem que vc veio!
Pensei que tivesse feliz pela luz... Só que não... Ele abre sua mãozinha suja e suada e exclama:
- Toma seu troco!
Naquele instante, ao me devolver 2 reais "Geninho" estava me mostrando o maior exemplo de honestidade e responsabilidade que eu já tinha visto na vida.
- Não, não quero troco... Era tudo de vcs!
- Mas não era 1 real pra cada um? Perguntou!
- Pode ficar pra vcs!
Pois é, minha gente... No momento em que nosso país vive uma monstruosa crise moral, onde as instituições governamentais estão todas contaminadas pela ladroagem, rapinagem, farolagem e corrupção, me aparece um menino todo sujo e me faz crer que nosso país ainda tem jeito!
Às vezes a gente chora de alegria!
Hoje, definitivamente, vou dormir feliz!

Bom final de semana, Eugênio!
O caso foi registrado em Santo Antônio da Platina, região Norte do Paraná.
Até as 06H da manhã desta terça-feira (18), a publicação já tinha mais de 6640 compartilhamentos no Facebook.
Fonte CGN

Justiça proíbe que prefeitura obrigue alunos a rezar 'Pai 

Nosso'.


A Justiça determinou que a prefeitura de Barra Mansa, no sul fluminense, suspenda a ordem de serviço que obriga os alunos das escolas municipais a rezar o Pai Nosso, diariamente, antes do início das aulas. A decisão, tomada nesta terça-feira, 17, pelo juiz Antônio Augusto Gonçalves Balieiro Diniz, titular da 4ª Vara Cível de Barra Mansa, deve ser cumprida em 24 horas, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil.
Em 2 de outubro o secretário municipal de Educação de Barra Mansa, Vantoil de Souza Júnior, oficializou a ordem de serviço 008/2017-SME, estabelecendo procedimentos para a entoação de hinos cívicos e da oração Pai Nosso nas escolas municipais. Os alunos que não desejassem participar da oração seriam separados em outra fila para seguirem depois à sala de aula.
"Evidente que a formação de filas separadas entre crianças que seguem ou não determinada religião, dentro do mesmo ambiente escolar, para a entoação da oração ao Pai Nosso, foge por completo ao conceito de razoabilidade", escreveu o juiz. "Por óbvio, tal ordem de serviço tem cunho separatista, fomentador de discriminação e conflito, não encontrando qualquer respaldo nos princípios da tolerância e liberdade religiosa."
Após a decisão da Justiça, a Secretaria de Educação ainda tentou que o juiz reconsiderasse a decisão, anexando ao processo uma nova versão da ordem de serviço, alterando um parágrafo para excluir a separação dos alunos por filas e determinar o encaminhamento dos alunos que não desejassem participar da oração para as salas de aula. Mesmo assim, o magistrado considerou que a decisão fere a Constituição Federal.
"Evidente que a redação da ordem de serviço juntada pelo município de Barra Mansa é menos gravosa do que a apresentada pela parte autora. Por certo, mostra-se menos gravoso que os alunos de religiões que não entoam a oração do Pai Nosso possam se retirar do local. Ocorre que ser menos gravoso não significa, nem de longe, estar de acordo com a Carta Constitucional", destacou.
O juiz considerou ainda que a obrigação do aluno em declarar sua religião para que possa se retirar de uma atividade religiosa diferente da sua preferência também promove o separatismo, o que deve ser evitado entre os alunos.
"A obrigatoriedade da 'declaração de religião' para ausentar-se do local e a própria retirada dos alunos de local público e laico mostra-se separatista, fomentadora de discriminação e conflito, não encontrando qualquer respaldo nos princípios da laicidade, tolerância e liberdade religiosa", concluiu o juiz.
Fonte CGN

Polícia Civil prende envolvidos em desvio de dinheiro do BB.


O ex-gerente geral de uma agência do Banco do Brasil em Curitiba, um contador e empresários foram presos nesta terça-feira (17) em operação deflagrada pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), da Polícia Civil do Paraná, em quatro estados do Brasil. Eles são suspeitos de desviar mais de R$ 10 milhões, com o envolvimento direto do ex-gerente geral da agência.
Dois empresários, um do Paraná e outro de Goiás, estão foragidos e as forças policiais dos dois estados trabalham para localizá-los. Os documentos e celulares apreendidos durante a operação serão encaminhados para a perícia.

A ação policial, batizada de “Sangria”, aconteceu também nos estados de São Paulo e Brasília. Ao todo, foram cumpridos 52 mandados judiciais: cinco de prisão temporária, outros sete de condução coercitiva, cinco de bloqueios de bens, 19 de busca e apreensão e 16 bloqueios de contas bancárias.

A investigação durou pouco mais de um ano, segundo o delegado titular da DFR, Mateus Layola. “Houve a quebra de sigilo bancário dos envolvidos. A gente consegue identificar as impressões digitais direta e indiretamente na prática criminosa, cada um com sua função. O ex-gerente e o contador tinham participação direta, porque tinham poder de decisão para praticar o desvio de dinheiro”, explicou o delegado.
O esquema criminoso contava ainda com a participação de um contador, que abria contas bancárias sem o conhecimento dos donos das empresas e com documentos falsos. Com estes dados, ele repassava para o gerente-geral que, por sua vez, realizava empréstimos financeiros e antecipações de títulos.
“O contador, quando soube que estávamos ouvindo pessoas aqui na delegacia, chegou a oferecer R$ 50 mil para um dos sócios de uma das empresas para que ele negasse a prática criminosa”, completou Layola.
O ex-gerente chegou a alterar o cadastro de empresários no sistema do banco, sem que eles soubessem, para que as transferências bancárias fossem realizadas. Estes recursos eram transferidos, posteriormente, para contas de empresas envolvidas com a quadrilha.
Os donos destas empresas estão entre os detidos. Eles responderão pelos crimes de peculato (desvio de dinheiro público), falsificação de documento público e particulares, expedição de duplicatas simuladas, lavagem de dinheiro e associação criminosa.
Cerca de 80 policiais civis dos quatro estados participaram da operação. Além dos policiais da DFR, participaram as delegacia de Furtos e Roubos de Veículos; de Desvio de Cargas e do Tático Integrado Grupo de Repressão Especial (Tigre) - unidade de elite da Polícia Civil, além de policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais de Goiás, Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos, de São Paulo e da Divisão de Capturas e da Polícia Interestadual de Brasília.
Fonte PPNEWS

Menino de 13 anos é apreendido após plantar pé de maconha em casa.

Na residência foram apreendidos ainda diversos produtos possivelmente furtados de uma loja de jogos. (Foto - PM)

A Polícia Militar (PM) de Apucarana apreendeu na noite de terça-feira (17) um menino de 13 anos responsável por manter um pé de maconha dentro da própria casa no Jardim Aeroporto. 
A polícia foi até o local após denúncias de que na residência estaria ocorrendo o comércio de entorpecentes. Ao perceber a presença da equipe, um rapaz saiu pulando os muros da casa enquanto o adolescente foi abordado ainda no quintal. 
Com ele foram encontrados vários plásticos utilizados para embalar drogas, bem como o pé de maconha, o qual assumiu a propriedade. No interior da residência foram apreendidos ainda um vídeo game e fitas de jogos possivelmente produtos de furto de uma loja de jogos.


Diante da situação, o menor foi encaminhado à delegacia para as devidas providências. 
Fonte tn online

Gerente de banco encontrada morta pode ter sido vítima de extorsão, diz polícia.

Carro em que foi encontrado o corpo da gerente de banco estava abandonado às margens da PR-282 (Foto: Reprodução/RPC)

A gerente de banco Vanda Salete Cantelle, de 50 anos, encontrada morta em um carro incendiado na área rural de Ampére, no sudoeste do Paraná, no dia 10, pode ter sido vítima de extorsão, acredita a polícia. Segundo o delegado Fernando Zamonner, a suspeita surgiu após a análise de um bilhete achado na casa da bancária.
As investigações apontam ainda que foram feitos vários saques da conta da família, totalizando R$ 700 mil. Além disso, aponta o delegado, Vanda supostamente também se apropriou de R$ 527 mil do banco. Os valores foram retirados ao longo de três meses.
O corpo da gerente que morava e trabalhava em Realeza estava dentro de um carro incendiado e abandonado às margens da PR-282. Ela havia sido vista pela última vez um dia antes, ao deixar a agência. No banco de trás foram identificados restos do corpo, que foi enterrado pela família com autorização da Justiça.
Procurado, o banco disse que não deve se pronunciar sobre o caso enquanto as investigações não forem concluídas.
Fonte G1

Acidente entre carros e caminhão deixa dois feridos na Rodovia do Xisto.


Um grave acidente envolvendo dois carros e um caminhão deixou duas pessoas feridas durante a tarde desta terça-feira (17), no quilômetro 165 da Rodovia do Xisto, próximo ao limite de Araucária e Contenda, na região metropolitana de Curitiba. Um dos motoristas ficou em estado grave e precisou ser socorrido de helicóptero no local.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma caminhonete Strada teria invadido a pista contrária, vindo a bater primeiramente contra o caminhão e, em seguida, contra o terceiro Escort.
A vítima mais grave dirigia o veículo Escort e foi encaminhada para o Hospital do Trabalhador. Já a outra vítima socorrida era o motorista da caminhonete Strada.
Durante o atendimento, a pista só chegou a ser fechada para o pouso do helicóptero, mas logo liberada.
Fonte Banda B
Governo libera mais R$ 1,7 milhão para proteção da mulher.
Os 399 municípios paranaenses passam a ter verba.
Prefeituras de 227 municípios têm disponíveis R$ 1,7 milhão para atender mulheres com a sobrevivência em risco e outras situações emergenciais na área de assistência social. O recurso, liberado pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, é distribuído conforme o porte do município e deve ser solicitado até o dia 27 deste mês nos escritórios regionais da Secretaria.
Agora, todos os 399 municípios paranaenses passam a ter verba, especificada como Benefício Eventual, para proteger as mulheres que precisam do apoio do poder público. Aqueles não contemplados com essa liberação têm disponível recursos, para a mesma finalidade, pelo Piso Paranaense de Assistência Social.
“Com esse recurso extra, as prefeituras poderão dar mais atenção às mulheres que precisem ser afastadas de casa para preservar sua integridade física e emocional”, destaca a coordenadora da Política da Mulher, da Secretaria da Família, Ana Cláudia Machado,.
Segundo a coordenadora de Proteção Social Básica, Gladys Tortato, o apoio financeiro do Benefício Eventual é destinado a auxiliar famílias em casos de vulnerabilidade temporária, além de urgências quanto a nascimentos, mortes e calamidades públicas.
“O apoio financeiro permite que administrações municipais atendam casos em que a estrutura do município não permita o devido acolhimento”, explica a coordenadora. Gladys ressaltou a necessidade de o município ter a regulamentação do uso do Benefício Eventual aprovada pelo Conselho Municipal de Assistência Social.
No caso de atendimento às mulheres em situação de risco, o dinheiro pode ser usado para pagar hotel, aluguel social, ou mesmo a passagem para que a vítima possa se deslocar a outra cidade, para casa de parentes ou para instituições de acolhimento.
ORIENTAÇÃO  
A Coordenação da Política da Mulher promove no dia 24 (terça feira) videoconferência com os técnicos da assistência social de todo Estado e gestores municipais para explicar como usar o recurso para atender casos extremos de violência.
Os valores foram autorizados pelo Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), que estabeleceu como prioridade o atendimento de mulheres em situação de risco e violência, e de pessoas em situação de vulnerabilidade e risco, que estejam em trânsito, como custeio de passagens.
O repasse é feito do Fundo Estadual para o Fundo Municipal da Assistência Social, tornando a operação simples e rápida. Seu uso é orientado pelo Conselho Municipal de Assistência Social, o que confere transparência ao processo.
USOS
A deliberação 065/2017, do Ceas, também cita como prioridade pessoas em situação de rua, indígenas, migrantes, apátridas e refugiados.
As prefeituras só podem usar o recurso em despesas de custeio no prazo de um ano. É proibido o uso para investimentos, recursos humanos, obras ou ações que não sejam atribuição da Política Nacional de Assistência Social.
Os municípios elegíveis para acessar este recurso não recebem o Piso Paranaense de Assistência Social, que pode ser usado para a modalidade Benefícios Eventuais, além de serviços socioassistenciais e gestão do Sistema Único de Assistência Social. O piso é transferido mensalmente a municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Social (IDH) e população abaixo de 20 mil habitantes
Recursos para Benefício Eventual são previstos pela Lei Orgânica de Assistência Social (Loas) e, para solicitá-lo, o cidadão deve procurar as unidades da assistência social no município. O dinheiro é destinado a famílias que não têm condições de arcar com situações adversas. Por exemplo, serve para atender necessidades do bebê, para custear despesas funerárias e atender necessidades urgentes.
No caso de desastres, garante meios necessários à sobrevivência da família e do indivíduo atingidos. Também auxilia o enfrentamento de situações de riscos, perdas e danos à integridade da pessoa ou a de sua família e outras situações sociais que comprometam a sobrevivência.
Os municípios elegíveis ao recebimento do incentivo Benefício Eventual estão especificados nas deliberações 051/2017 e 076/2017, do Conselho Estadual de Assistência Social.