Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

terça-feira, 22 de maio de 2018

Agora a Pouco: Acidente em Santa Maria do Oeste !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Agora a pouco: Acidente antes da Mac Mil próximo ao trevo de Santa Maria do Oeste


Hoje dia 22/05/2018, há poucos instantes um veículo wolksvagem voiage vinha sentido São Manoel para o trevo de Santa Maria do Oeste, só que antes da Mac Mil o condutor perdeu a direção e veio a cair no barranco.

Segundo as primeiras informações não há vitimas fatais.


O Blog do Beto voltará com mais informações ao decorrer dos fatos !!!

Fonte: Redação por Lucas Gonzaga 









22/05/2018 - DEUS É FIEL SEMPRE !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Vereadores Arlete e Zé do Leite falam na bancada que regional não interfere no fechamento do Hospital, a decisão única é do Prefeito de Santa Maria do Oeste.


Ontem dia 21/05/2018 segunda – feira, durante a sessão da câmara de vereadores, o vereador Zé do Leite, disse que participou de uma reunião com a regional de saúde junto com os vereadores Marcio Stoski e João Alex Damião, sendo que a vereadora Arlete não pode comparecer.

Confirmando que caso aconteça o fechamento do Hospital, a única e exclusiva decisão é do Prefeito Reinoldo, que a mesma não interfere no fechamento ou não de nosso Hospital, apenas apoia a decisão tomada pelo executivo.

Sendo que foi feito pela Vereadora Arlete Latzuk um pedido de informação, para saber sobre os gastos do Hospital Municipal, sendo que o pedido foi aprovado por todos os vereadores presentes.

Estão de Parabéns todos os vereadores que estão querendo se informar e tentando solucionar o problema financeiro de nosso Hospital.

Esperamos que este desfecho seja favorável á população Santa-mariense, vamos aguardar a decisão do Executivo !!!


Fonte: Redação por Lucas Gonzaga 



Blog do Beto entrevista Vereadora Arlete, que comenta sobre Hospital Municipal, assista ao vídeo:




Criança de 1 ano e 9 meses cai de carro em movimento


Uma menina de apenas 1 anos e 9 meses caiu de um carro em movimento, no início da tarde desta segunda-feira (21), próximo a delegacia de Umuarama. Ela foi socorrida pelo Samu, com várias escoriações pelo corpo e um edema na cabeça. A menina foi encaminhada ao hospital de plantão para ser avaliada.

Segundo o pai, a menina estava com o irmão mais velho no banco de trás, sem cadeirinha ou cinto de segurança, quando ele fez uma curva acentuada com o veículo. A porta de trás teria aberto sozinha e a criança caiu. A família é de Icaraíma e veio à Umuarama a passeio na casa de uma tia.

A menina chorava muito no momento do atendimento de emergência. O irmão mais velho também, devido ao susto de ver a irmãzinha cair.

As informações são do portal O Bem Dito.



Adolescente é executado com vários tiros.


Por volta de uma hora da madrugada, um menino de 15 anos foi atingido por seis disparos, cinco no tórax e um na cabeça, na chácara Sogima, perto do conjunto habitacional Colorado, em Santo Antônio da Platina. O local foi alugado para uma festa de aniversário.

As circunstâncias do homicídio ainda não foram esclarecidas.


Ele seria usuário e já foi apreendido por tráfico de drogas. Com ele foi encontrada uma porção de maconha.

Passou no Centro Cirúrgico do Hospital Nossa Senhora da Saúde sendo submetido a uma operação. Por volta das quatro horas foi encaminhado para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa de Jacarezinho, com risco iminente de morte. Às seis horas perdeu a vida.

Cinquenta minutos depois do crime, apurou a reportagem, um adolescente com histórico de atos infracionais foi deixado por amigos na casa da mãe, na Rua Diamantina, Vila Ribeiro. Minutos após, a madrasta percebeu o sangue, o enteado confessou ter atirado no outro adolescente.

O garoto disse que na hora da fuga a arma disparou e um tiro atingiu sua perna. Em seguida, a mulher acionou o 190.

Imediatamente, a Polícia Militar foi ao local, mas a suposta vítima fugiu correndo a pé.

Há a suspeita procedente de que o que fugiu teria atirado no primeiro por pretensas indisposições motivadas pela busca de espaço no tráfico de entorpecentes, o que não se confirmou até este momento.

A ROTAM (Rondas Ostensivas Tático Móvel) atuou desde o início com suporte das outras equipes, tão imprescindíveis quanto a essa unidade.

Ela pertence ao 2º Batalhão de Polícia Militar, com sede na cidade de Jacarezinho, é constituído por um efetivo especializado, preparado para o pronto atendimento a ocorrências alto de risco (crimes violentos, roubos a bancos, veículos tomados em assalto, sequestro) em que é necessária a ação imediata que venha a reprimir e solucionar a crise com o emprego de equipamentos de alta tecnologia, armamentos pesados e viaturas de grande porte.

As informações são do NP Diário.



Homem fica ferido após ser atropelado.


Deu entrada na Unidade de Saúde em Marechal Cândido Rondon, por volta das 18h47 da noite desta segunda-feira (21), um homem de 55 anos de idade.

O atropelamento do pedestre ocorreu na PR-491, no Perimetro Urbano de Marechal Cândido Rondon, Bairro Barcelona, envolvendo Saveiro de Marechal Cândido Rondon, conduzido por um homem de 82 anos.

Uma Equipe do Corpo de Bombeiros, socorreu o homem e emcaminhou o mesmo para atendimento médico, na Unidade de Saúde 24 Horas, ele resultou com ferimentos leves.

Uma Equipe da PRE e da Policia Militar estava no local atendendo o acidente e realizando os levantamentos ds praxe.

Fotos: Marcio Cerny/Marechal News.



Mulher morre após bater carro de frente com ônibus em rodovia.


Uma mulher de 58 anos morreu após colidir frontalmente contra um ônibus da TIL na rodovia PR-090, entre Ibiporã e Sertanópolis, perto do patrimônio Taquara do Reino, no início da noite desta segunda-feira (21). 

Conforme informações preliminares, a motorista teria invadido a pista contrária e acabou batendo de frente com um ônibus. O forte impacto deixou o carro totalmente destruído. 

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico-Legal) de Londrina. 
A PRE (Polícia Rodoviária Estadual) chegava ao local por volta das 20h.

Redação Bonde.



Motociclista sofre fratura exposta na perna após desviar de caminhão na PR-323.


Um homem ficou ferido, no início da noite desta segunda-feira (21), após se envolver em um grave acidente de trânsito. 

O fato aconteceu na rodovia PR-323, em Umuarama. 

Segundo informações, condutor da moto teria sofrido a queda após desviar de um caminhão. A princípio, não ocorreu a colisão. 

Com a queda, o rapaz teve uma fratura exposta na perna queda, sendo encaminhado à Casa Hospitalar. 

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu prestaram atendimentos ao motociclista. 

A Polícia Rodoviária Estadual também foi mobilizada para realizar os procedimentos cabíveis. 

Fonte: O BEM DITO



Minas e São Paulo são os mais afetados por greve de caminhoneiros.


Descontentes com a política de reajuste do óleo diesel, caminhoneiros fizeram paralisações nas cinco regiões do país nesta segunda-feira (21). Pelo menos 17 estados registraram manifestações com bloqueios de rodovias, em greve organizada pela Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), que representa motoristas autônomos -a paralisação não envolve veículos fretados.

De acordo com a CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos), foram registrados 188 pontos de paralisação no país, sendo 7 no Norte, 38 no Centro-Oeste, 27 no Nordeste, 55 no Sul e 61, no Sudeste.

Os maiores reflexos foram sentidos em São Paulo e Minas Gerais. Levantamento da Abcam mostra que Minas foi o estado com mais pontos de paralisação -15. Cerca de 300 mil caminhoneiros pararam em algum momento as atividades no país, conforme a associação.

No período da tarde, caminhoneiros fizeram atos em vários pontos da Marginal Tietê e Pinheiros. Por volta das 18h30, os trechos já haviam sido liberados. Porém, ainda há protestos na zona leste, na avenida Jacu Pêssego, sentido Ayrton Senna, próximo a avenida Maria Santana, na zona leste.

Os caminhoneiros pedem mudanças na política de reajuste dos combustíveis da Petrobras, com a redução da carga tributária para o diesel. Além disso, querem isenção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico).

"Acreditamos que o objetivo foi atingido. O que está acabando com o transporte rodoviário de carga são os impostos embutidos no óleo diesel", afirmou José da Fonseca Lopes, presidente da Abcam.

Segundo ele, em média 42% do custo do frete se refere ao diesel e, quando o motorista pega um frete por R$ 4.000, "não ganha nem para chiclete". "Ele vende o almoço para comprar a janta, pois está pingando para ele. Não tem ponto de apoio decente, não tem segurança nas rodovias e não está conseguindo manter a família com o mínimo de tranquilidade e rentabilidade."

Na maioria dos estados, os caminhoneiros desencadearam a operação tartaruga, o que deixou o tráfego lento. Em outros locais, houve interdições totais ou parciais e queima de pneus.

Em São Paulo, pontos de manifestação afetaram o trânsito após bloqueio de pistas da marginal Pinheiros, na zona sul, e da avenida Jacu-Pêssego, na zona leste.

O protesto ganhou força por volta das 7h40, quando quatro caminhões, um em cada faixa, passaram a trafegar lentamente pela marginal Pinheiros segurando o fluxo de veículos na pista expressa, sentido Castelo Branco.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou que não houve nenhum tumulto além da lentidão. Por volta das 9h30, um caminhão segurava o trânsito em uma faixa da direita na avenida Escol Politécnica, também na zona oeste.

No interior, caminhoneiros fizeram protesto em Paulínia, em frente à Replan, uma das principais refinarias do país, e em Bauru, Votorantim e Cravinhos, entre outras cidades. 

Em Cravinhos, bloquearam a Anhanguera e pneus foram queimados na pista interior-capital. O motorista João Alberto Mendes afirmou que participava do ato por não ver outra possibilidade de reverter a insatisfação do setor. "Todos reclamam, em todos os lugares. Não é possível que todos estejam errados sobre as dificuldades."

Lopes disse que a queima de pneus representa a revolta do setor e que, se houver reajuste do diesel, a situação pode piorar. "Aí vai virar guerra. Não é isso que nós queremos."

A paralisação ocorre num momento em que a Petrobras anuncia, para esta terça-feira (22), reajuste de 0,9% no preço da gasolina, que subirá para R$ 2,0687 o litro, e no diesel, 0,97% -o diesel acumula alta de 12,3% no mês, e deve passar a custar R$ 2,3716 a litro com o último aumento. A flutuação se deve à alta do dólar, que influencia as cotações internacionais de petróleo.

As rodovias Anchieta (SP-150) e Cônego Domênico Rangoni (SP-248) também tinham pontos de interdição pela manhã, segundo as concessionárias responsáveis pelos trechos.

LIMINAR

A CCR NovaDutra conseguiu, na sexta (18), liminar proibindo a interdição total da Dutra sob multa de R$ 300 mil por dia. No Paraná, também foi concedida liminar proibindo bloqueios em rodovias sob pena de R$ 100 mil por hora de interdição.

Segundo a concessionária da Dutra, porém, quatro trechos foram interditados nesta manhã -Guarulhos, Lorena, Pindamonhangaba e Jacareí.

Lopes disse que, se houver negociação e a retirada de impostos do diesel, o movimento termina imediatamente. "Tivemos greve em 2013, 2014 e 2015 e não aconteceu nada. O governo criou grupos de trabalho que não resolveram nada."

Também foram registrados protestos no Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Ceará, Paraíba, Tocantins, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Pará e Bahia.

Segundo a Abcam, a orientação era não bloquear estradas ou queimar pneus.

Mas bloqueio total ou queima de pneus foram registrados também na BR-116, no Paraná e na Bahia, na BR-101, em Santa Catarina, e no km 513 da Fernão Dias, em Minas.

Fonte: CGN.



Temer autoriza uso das Forças Armadas nas eleições de outubro.


O presidente Michel Temer autorizou o uso das Forças Armadas para os dias de votação e apuração das eleições deste ano. Ele assinou hoje (21) um decreto que será publicado amanhã (22) no Diário Oficial. O efetivo uso das Forças Armadas, no entanto, dependerá de solicitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Fica autorizado o emprego das Forças Armadas para a garantia da votação e da apuração das eleições de 2018. [...] As localidades e o período de emprego das Forças Armadas serão definidos conforme os termos de requisição do Tribunal Superior Eleitoral”, diz o decreto.

Os eleitores irão às urnas no dia 7 de outubro, para votar em candidatos a deputado estadual/distrital, senador, governador e presidente da República. Em caso de candidatos a governador ou a presidente irem ao segundo turno, os eleitores votam novamente no dia 28 de outubro.

Fonte: Agência Brasil



Por aliança, MDB aceita esconder Temer durante campanha eleitoral.


Com dificuldade de encontrar um nome com viabilidade eleitoral que aceite o rótulo de "candidato do governo", o MDB discute com partidos aliados esconder o presidente Michel Temer durante a campanha presidencial.

A proposta na mesa é que o candidato apoiado pela sigla terá de pregar as reformas e iniciativas da atual gestão, mas não precisará defender diretamente o presidente ou colocá-lo em palanques eleitorais e propagandas televisivas.


Segundo relatos de amigos e aliados, o emedebista já se conscientizou que seu apoio é tóxico, ou seja, mais prejudica do que ajuda na disputa presidencial. Com governo considerado ruim ou péssimo por 70% dos brasileiros, segundo o Datafolha, Temer anunciará a sua desistência de concorrer à reeleição.

Embora insista publicamente em uma candidatura própria ou do ex-ministro Henrique Meirelles, o partido reconhece em conversas reservadas que o caminho mais natural é que apoie um nome de outra legenda da chamada -mais para organização do espectro político do que expressão ideológica- de centro-direita.

Nas conversas com partidos da base aliada, o MDB tem aceitado a possibilidade de que pré-candidatos presidenciais evitem defender ou citar o emedebista em discursos. Nas palavras de um dirigente do partido, o papel do presidente no processo eleitoral será "permanecer no Palácio do Planalto".

A postura representa uma mudança no discurso do MDB, que antes cobrava uma defesa pessoal ao presidente dos partidos aliados que reivindicavam uma aliança com a legenda. A alteração deveu-se principalmente ao receio de um desgaste ainda maior de imagem.

A avaliação negativa do governo é um dos principais fatores para que legendas como PSDB e DEM, por exemplo, venham mantendo certo distanciamento do Palácio do Planalto.

Com o novo tom do MDB, os prováveis aliados já não se sentem mais obrigados a utilizar a imagem ou citar o nome do presidente durante a campanha presidencial, o que deve facilitar uma composição com os partidos de centro, entre eles, o PSDB.

Em negociação com o MDB, o pré-candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, tem sentimentos dúbios sobre uma aliança com o partido do presidente.

Se por um lado ele tem interesse no acréscimo de 1min26s que uma aliança poderia trazer ao seu tempo de propaganda televisiva, há um temor de que sua imagem ligada a Temer possa prejudicar o seu já frágil desempenho eleitoral. Segundo a última pesquisa Datafolha, Alckmin tem entre 6% e 8% das intenções de voto. 

Os tucanos não são os únicos procurados pelo MDB. Lideranças da legenda têm negociado com o PRB, do empresário Flávio Rocha, e com o Podemos, do senador Álvaro Dias.

Apesar das conversas, os caciques emedebistas acreditam que as alianças só serão costuradas em julho. Até lá, o DEM deve manter o nome do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), como seu pré-candidato e o MDB, o de Meirelles.

Fonte: CGN.