Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

20/12/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Nota de Falecimento !!!

Resultado de imagem para luto

É COM MUITO PESAR QUE NOTIFICAMOS O FALECIMENTO DA DONA DEJANIRA MARTINS DE CARVALHO CONHECIDA COMO "DONA DEJA" AOS 72 ANOS OCORRIDO NO HOSPITAL SÃO VICENTE NA CIDADE DE GUARAPUAVA/PR

AQUELES QUE DESEJAM PRESTAR AS ÚLTIMAS CONDOLÊNCIAS, SEU CORPO ESTÁ SENDO VELADO EM SUA RESIDÊNCIA NA COMUNIDADE DE SÃO MANOEL EM SANTA MARIA DO OESTE/PR.

O HORÁRIO DE SEPULTAMENTO SERÁ DEFINIDO PELOS SEUS FAMILIARES.


Mulher cai no “golpe do empréstimo” e banco será responsabilizado.



Uma mulher que realizou um empréstimo consignado e foi vítima de golpe será ressarcida e indenizada pelo Banco Pan S. A. O processo tramitou no Juizado Especial Cível de Londrina.

O empréstimo no valor de R$ 15 mil foi solicitado em maio de 2018. Quando recebeu o crédito uma pessoa ligou, se identificando como empregado do banco, pedindo a devolução do valor. O falso funcionário alegou erro interno e disse que o valor seria depositado novamente na sequência.

A mulher fez a transferência para uma conta indicada e não obteve restituição, descobrindo só depois que era um golpe.

O Banco Pan disse que não cometeu ato ilícito e cumpriu as condições do empréstimo. O banco entende que a culpa é da cliente que forneceu voluntariamente a terceiros o montante emprestado.

A justiça, no entanto, julgou que o banco é responsável, pois o golpe só ocorreu porque terceiros obtiveram todos os dados do contrato, os quais deveriam estar apenas ao alcance do réu.

“Assim, apesar de a autora ter transferido quantia relativa ao empréstimo para a conta de terceiros, a responsabilidade não pode ser atribuída a ela, pois, inegavelmente, foi induzida em erro, tendo em vista que criminosos detinham conhecimento de todos os dados do contrato, os quais tão somente o réu deveria possuir”.

Além do reembolso de quinze parcelas já pagas, que somam quase R$ 5 mil, a sentença determina indenização de R$ 2 mil. Cabe recurso da decisão. A CGN busca o Banco Pan para um posicionamento.

Fonte: CGN.



Carro estraga após abastecida e posto terá que indenizar consumidor.



Um consumidor que abasteceu R$ 40 em um posto de Curitiba e precisou mandar o carro para o conserto no dia seguinte será ressarcido e indenizado. A sentença da 1ª Vara Descentralizada de Pinheirinho, Juizado Especial Cível de Curitiba foi dada ontem.

O motorista relatou que o veículo parou de funcionar e precisou ir para a mecânica. O reparo custou R$ 825. 

O Auto Posto Mediterrâneo Ltda afirmou em sua contestação inexistir prova do abastecimento, que este ocorreu no veículo danificado e, principalmente, que houve adulteração do combustível”.

Um caso curioso deste processo foi que o consumidor apresentou sozinho a ação, sem a participação de advogado. A empresa chegou a questionar o pedido por este motivo, mas o juiz destacou que a legislação vigente prevê a possibilidade das partes postularem seus direitos sem a
assistência de advogado, permitindo aos mais humildes solucionarem seus problemas.

“Não se pode exigir do leigo o mesmo conhecimento que possui um profissional, especialmente no que tange a questões de ordem processual, sendo imperioso o abandono de formalismos desnecessários. Portanto, não deve ser declarada a inépcia da inicial, se for possível compreender o pedido e a causa de pedir, fatos observados no caso dos autos”.

A justiça entendeu que o autor a ação comprovou que houve o abastecimento e a necessidade de reparos.

“Ao que pesem os argumentos lançados pelo réu em sua defesa, restou demonstrado o nexo entre o abastecimento e os defeitos causados no veículo do autor em decorrência da má qualidade do combustível comercializado”, diz a sentença.

Além do ressarcimento do valor do abastecimento e do conserto, foi fixado dano moral em R$ 3 mil. Cabe recurso da decisão.


Fonte: CGN.



Depois de comprar óculos e não enxergar, consumidor será indenizado.



Um cliente de uma ótica de Curitiba será indenizado depois de comprar um óculos que não funcionou. A sentença contra a Panótica Ótica Ltda foi dada esta semana pelo Juizado Especial Cível da Capital.

O cliente foi abordado com a proposta de fazer os óculos de grau por R$ 750 e resolveu aceitar porque precisava renovar a carteira de habilitação. Ao receber o produto, no entanto, ele não estava enxergando bem.

A justiça apurou que o óculos foi prescrito a partir de exame com o optometrista da empresa, o que não é adequado.

“O profissional optometrista não está habilitado a realizar exames de refração, testes ou exames de visão, bem como prescrever receitas e lentes de contato, uma vez que tais atividades são privativas dos médicos oftalmologistas”.

Além de ressarcir o valor do óculos foi fixada indenização de dano moral de R$ 2 mil.


Fonte: CGN.



Colisão entre carro e caminhão deixa uma pessoa morta na BR-158.



Uma pessoa morreu em um acidente de trânsito no inicio da tarde desta quinta-feira (19) na BR-158 em Pato Branco sentido Coronel Vivida.

Envolveram-se na colisão um Pálio de Vitorino e um caminhão Scania placas de Pato Branco. O condutor do Palio que ainda não foi identificado oficialmente não resistiu e morreu no local do acidente.

O Corpo de Bombeiros realizou a retirada da vítima que ficou presa às ferragens. Após os procedimentos o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco.

A Polícia Rodoviária Federal realizou os levantamentos no local.

Fonte: Abel Silvério / Olho Vivo PR.



Quatro jovens ficam feridos após caminhonete capotar e atingir árvore na PR - 566.



Um grave acidente de trânsito foi registrado na noite desta quinta-feira (19) na rodovia PR-566, entre Francisco Beltrão e Itapejara do Oeste.

Segundo informações, o condutor perdeu o controle da direção e saiu da pista, batendo contra uma árvore, às margens da via.

Quatro rapazes estavam no veículo, que ficou capotado, com as rodas para o alto.

Um conseguiu sair sozinho de dentro da camioneta, outros três precisaram ser resgatados pelos socorristas do Corpo de Bombeiros e SAMU.

Após o resgate, os jovens foram encaminhados à Casa Hospitalar para reavaliação.

O trânsito no local ficou parcialmente interditado e a Polícia Rodoviária Estadual foi acionada para controlar o fluxo e tomas as medidas cabíveis.

Fonte: Ivânia Bonato/Diário da Informação-TV Beltrão.



João de Deus é sentenciado a 19 anos de prisão.


O médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, foi condenado nesta quinta (19) a 19 anos e quatro meses de prisão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado, por abusos sexuais cometidos contra quatro frequentadoras da Casa Dom Inácio de Loyola, espécie de hospital espiritual que mantinha em Abadiânia (GO).

A sentença, da juíza Rosângela Rodrigues, da comarca do município, é a primeira a ser aplicada por causa das denúncias de violência sexual.

Ela se refere à primeira denúncia, apresentada pelo Ministério Público de Goiás e recebida pela Justiça em janeiro de 2018.

Das quatro mulheres citadas na ação, segundo a acusação, duas foram vítimas de estupro de vulnerável e duas de violação sexual mediante fraude. As informações foram apresentadas pelo Tribunal de Justiça de Goiás. João de Deus ainda responde a mais dez ações penais por crimes contra mulheres, uma delas já conclusa para sentença.Ele já havia sido condenado, mas por posse ilegal de arma

O médium já havia sido condenado antes, mas por posse ilegal de arma de fogo.

Procurado pela reportagem, o advogado do médium, Marcos Lara, informou que ainda não leu a decisão e que o fará antes de se manifestar.

João de Deus está preso desde dezembro do ano passado no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

O caso veio à tona no dia 7 daquele mês, quando o programa Conversa com Bial, da TV Globo, mostrou entrevistas de mulheres que alegaram ter sofrido abusos no hospital espiritual.

O Ministério Público de Goiás divulgou um e-mail para receber denúncias de eventuais vítimas. Até hoje, mais de 350 relatos de crimes sexuais foram recebidos pelas autoridades.

A maioria das mulheres contou que o médium as chamava para um atendimento individualizado, num cômodo nos fundos da casa dom Inácio, local em que teriam ocorrido as violações.

Há casos relatados de 1973 ao ano passado. João de Deus sempre negou as acusações, por meio de sua defesa.

Fonte: Banda B



Bolsonaro diz que deve sancionar fundo eleitoral por recomendação jurídica.

Imagem relacionada


Em transmissão nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que deverá sancionar o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões, mesmo, segundo ele, discordando da concessão dos recursos. “A minha opinião é que não tem que ter dinheiro para fundo eleitoral para ninguém”, declarou.

O presidente, contudo, lembrou que o fundo eleitoral está previsto na Constituição Federal e se disse um “escravo da lei”. “O Congresso pode entender que, se eu vetei, atentei contra dispositivo constitucional e começar um processo de impeachment contra mim”, disse. 

Segundo o presidente, ele aguarda o parecer final de sua assessoria jurídica para decidir se vetará ou não a proposta. “O parecer preliminar é que eu tenho que sancionar”, afirmou.

Sobre o valor do fundo, o presidente observou que vem sofrendo críticas e esclareceu que a sugestão do valor passar de R$ 3,8 bilhões para R$ 2 bilhões não foi sua. “Tinha um valor que foi fixado lá atrás e depois passou-se a ser acrescido de 30% do valor das emendas impositivas de bancada. No ano passado, foi colocado em votação para passar de 30% para 100%”, argumentou.

O presidente rebateu ainda críticas do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que, segundo o presidente, é contrário ao fundo, mas votou de forma favorável para que os recursos passassem de 30% para 100% do valor das emendas. “Completamente incoerente”, observou.

Fonte: CGN.