Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

terça-feira, 4 de julho de 2017

04/07/2017 - Deus é Fiel !!! - 12:58

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Cristina Silvestri entrega recursos para o Hospital Bom Pastor do Turvo.

A mostrar IMG_7717.JPG

Com o repasse, instituição adquiriu aparelhos para o centro cirúrgico.

O Hospital Bom Pastor, em Turvo, adquiriu novos aparelhos através de recursos entregues pela deputada estadual Cristina Silvestri no último final de semana. Ao todo, o repasse foi de R$ 145,936 mil, que serviu para a compra de um aparelho de anestesia, um foco cirúrgico e um foco cirúrgico auxiliar. Os aparelhos foram adquiridos para centro cirúrgico do hospital, que estava em reforma desde o final do ano passado.

Na entrega, Cristina relembrou que o Bom Pastor é importante não apenas para o Turvo, mas também para toda a região.

“O hospital é referência a outros municípios vizinhos, como Boa Ventura de São Roque e Campina do Simão. Investir nele é ajudar a população da região a ter um local mais próximo dela para realizar algumas cirurgias, além de ajudar a desafogar também outros hospitais maiores que atendem esses municípios, como é o caso de Guarapuava”.

Atualmente, o Hospital Bom Pastor está habilitado para realização de pequenas cirurgias, como partos e alguns procedimentos na vesícula, por exemplo. Para o presidente da associação mantenedora do hospital, João Paulo Kruger, iniciativas como a da deputada são necessárias para que a instituição continue atendendo a população.

“Não temos condição de mantermos o hospital sozinhos. São necessários auxílios do poder público e do setor privado para que reformas como essa do centro cirúrgico sejam possíveis”.
Além dos R$ 145 mil, Cristina destinou mais R$ 159 mil para compra de novos aparelhos ao hospital, valor este que está aguardando liberação do Governo do Estado do Paraná para ser repassado a instituição.

Em 2016, além dos investimentos na saúde, a deputada Cristina destinou recursos ao esporte, com uma academia ao ar livre, e também no desenvolvimento social, com um veículo para a Secretária Municipal do Trabalho e um veículo para transporte sanitário.

“Sou uma deputada municipalista. Sou do interior. Sei das dificuldades que os municípios passam e por isso sempre estou nas secretarias buscando recursos para a nossa região. Fortalecer os municípios do nosso entorno é fortalecer o centro do Paraná”, pontuou Cristina.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Deputada Cristina Silvestri. 

A mostrar IMG_7760.JPG

A mostrar IMG_7773.JPG



Veiculo furtado é Recuperado na Rodovia – 456 sentido Pitanga


 No dia 03 de julho de 2017, por volta das 08h30min, à equipe recebeu uma ligação anônima relatando que teria um veículo abandonado às margens da Rod 456, sentido Pitanga, na Vila Parque Junior. A equipe deslocou até o referido local, onde foi constatando que o veículo abandonado se tratava de uma motocicleta Honda/CG 125cc Fan ES, produto de um furto ocorrido no dia 01 de julho, relatado no. A referida motocicleta foi então encaminhada até a delegacia de Palmital para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Polícia Militar.


Homem embriagado é preso e tem veiculo apreendido por dirigir sob - influência de álcool.


Durante patrulhamento a equipe avistou o veículo VW Gol de cor verde com andando em zigue - zague, e em atitude suspeita. Realizado a abordagem a equipe identificou a pessoa de O de O, o qual apresentava odor etílico forte e visíveis sinais de embriagues, diante do fato a equipe conduziu o mesmo até a 4° Pelotão PM, onde foi realizado o teste do etilômetro, dando 0,81 mg/l de álcool no sangue. Diante do fato de o resultado se tratar de um crime de transito o mesmo foi encaminhado a 44ª delegacia de polícia de Palmital para as providencias cabíveis e o veículo sendo apreendido ao pátio do 4° pelotão.

Fonte: Polícia Militar.


Filho mata o pai com golpe de machado.


Um homem foi morto pelo próprio filho com golpes de machado na tarde dessa segunda feira (03), em Imbituva.

A Polícia Militar recebeu a informação de que o crime teria ocorrido no bairro Vila Nova.

Chegando no local, na residência dos fundos, os PMs encontraram o homem, 33 anos, que aparentemente apresentava distúrbios mentais, falando palavras sem nexo, sentado do lado externo da residência. Ele confessou que teve uma discussão com seu pai e teria agredido o mesmo.

Dentro da residência da vítima, foi encontrado o homem, de 64 anos, já em óbito com um ferimento na região da cabeça (orelha direita). Segundo o autor, ele utilizou um machado para agredir seu pai enquanto este dormia. Ele mostrou para as equipes policiais onde estava a suposta arma utilizada a qual foi deixada no local até a chegada da criminalística para que esta fizesse a apreensão.

Em contato com a esposa da vítima, ela disse que saiu pela manhã e, ao retornar, logo após o almoço, encontrou seu esposo deitado na cama e coberto. Ao retirar a coberta viu ele com marcas de sangue e um ferimento na cabeça e saiu pedindo ajuda na vizinhança.

Diante da confissão do autor, foi dada voz de prisão e encaminhado para a Delegacia local, juntamente com a arma do crime.

Fonte: Rede Sul.


Funcionária da Copel é presa suspeita de desviar mais de R$ 500 mil.

Funcionária da Copel é presa suspeita de desviar mais de R$ 500 mil

Uma funcionária pública da Copel foi presa na manhã desta terça dia 04, na cidade de Colombo, região metropolitana de Curitiba, suspeita de desviar mais de R$ 500 mil da estatal.

A ação policial é coordenada pelo Nurce (Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos), da Polícia Civil, e tem como objetivo cumprir os mandados expedidos pela Justiça de Curitiba, de prisão temporária e busca e apreensão.

O juiz ainda determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal, o sequestro de um terreno e a busca e apreensão de um veículo de luxo– ambos adquiridos com dinheiro desviado dos cofres da Copel.

A fraude foi identificada pela Copel e repassada imediatamente ao Nurce para apurar o caso. Em menos de um mês, a equipe da especializada da Polícia Civil conseguiu identificar o modus operandi da funcionária e reunir provas que sustentassem o pedido de prisão dela.

O esquema era relativamente fácil. A servidora, que trabalha no Departamento Administrativo da Copel, era considerada exemplar e detinha alto grau de confiança dentro da empresa – que acabou sendo vítima dela. Basicamente a função da funcionária era lançar no sistema as faturas emitidas contra a empresa – para posterior pagamento.

Mas, valendo-se função exercida e do conhecimento e acesso ao sistema da Copel, passou a desviar dinheiro da companhia em proveito próprio, na maior parte das vezes quitando boletos referentes a gastos particulares.

Funcionava assim. Ela pegava os boletos bancários dela, falsificava e lançava-os como sendo dívida da empresa. Em um dos casos, ela comprou um carro de luxo 0 km. A investigação comprovou que ela construía uma fatura ou boleto com código de barras e valor corretos.

Neste exemplo, ela manteve o boleto da concessionária, com código de barras e o valor de R$ 128 mil, mas montou uma fatura de uma companhia de telefonia celular. Como se a dívida de R$ 128 mil fosse da Copel com serviço de telefonia.

Desta forma, apenas nos meses de maio e junho, ela desviou mais de meio milhão de reais. Além do carro, ela fez a quitação de um terreno em Colombo, comprou materiais de construção, pagou antecipadamente a construção de uma casa pré-fabricada – recusando, inclusive, o desconto oferecido pela fábrica de R$ 10 mil –, adquiriu diversos produtos de uma loja de departamento e por meio do telemarketing de uma empresa, além de produtos de beleza.

A investigação continua, mesmo após a prisão da funcionária, e a polícia não descarta o envolvimento de mais pessoas, já que os boletos eram pagos em outros setores da estatal.

 Fonte: Bem Paraná.


Preço diferente para mulher e homem em balada é ilegal, diz Justiça.


A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão subordinado ao Ministério da Justiça, divulgou nesta segunda-feira (3) uma orientação para bares, restaurantes e casas noturnas vetando a cobrança diferenciada para homens e mulheres em eventos e festas.
Uma decisão da Justiça do DF reacendeu a discussão sobre a cobrança de preços menores para mulheres em festas. Uma liminar concedida há duas semanas pela juíza Caroline Santos Lima, do Juizado Especial Cível (JEC), determinou que um estabelecimento cobrasse de um consumidor o mesmo valor do ingresso disponível para clientes do sexo feminino.
Ex-presidente do conselho da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), Claudio Considera concorda com o fim da diferenciação de preços e afirma que, pelo Código de Defesa do Consumidor, tem que haver tratamento igual para os clientes, salvo as exceções previstas em lei (idosos, estudantes e professores).
"A cobrança diferenciada é ilegal. Não pode haver distinção em função de gênero e o consumidor que se sentir lesado deve reclamar numa entidade de defesa do consumidor", diz.
Caso se sinta lesado, o consumidor deve buscar um posicionamento do administrador do evento ou do estabelecimento. A recomendação é da advogada Claudia Almeida, do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec). Ela aconselha a resolução amigável da questão.
Caso ainda haja discordância, o consumidor pode buscar o Procon e ou mesmo a Justiça, munido de documentos que comprovem a prática abusiva. "O contato prévio com o administrador é o caminho mais curto para resolver o problema", diz.
Fonte: CGN.
Deputados são pressionados pelo WhatsApp para aceitar denúncia contra Temer.


Deputados estão sendo pressionados pelas redes sociais e até mesmo pelo WhatsApp para votar a favor do recebimento da denúncia contra o presidente Michel Temer.

Um deputado do PP mostrou ao jornal “O Estado de S. Paulo” dezenas de mensagens que havia recebido na última semana, desde que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu apresentar a denúncia por corrupção passiva contra Temer.

Um eleitor chegou a criar um grupo no WhatsApp, chamado de “Aceita a denúncia já”, e incluiu o número de diversos deputados para constrangê-los a não enterrar a denúncia contra o peemedebista.

Em uma das mensagens enviadas no grupo, os eleitores pedem que a denúncia contra Temer seja aceita para que os deputados não façam “do corrupto seu bicho de estimação”.

Em um vídeo que também circula nos celulares dos parlamentares, um homem conclama as pessoas a pressionarem os deputados para que eles não engavetem o caso de Temer. “Nós vamos acompanhar o voto de cada deputado. Não aceitaremos presidente corrupto. Temer tem que ser julgado sim. Deixa o Supremo (Tribunal Federal) julgar”, diz a gravação.

Impeachment

Durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mobilização parecida foi realizada. Deputados, no entanto, relatam que naquela época a pressão foi ainda maior. Movimentos anticorrupção, como o Vem Para Rua, chegaram a criar sites onde monitoravam a posição de cada parlamentar e estimulavam as pessoas a cobrarem os seus deputados.

Esses grupos, no entanto, têm mantido uma posição neutra diante das acusações que pesam contra o atual presidente. Diferentemente da postura que adotaram com Dilma, até agora, nenhum desse movimentos convocou manifestações pedindo a saída de Temer.

Fonte: CGN.


Acidente na BR-280 envolve trator, dois caminhões e uma caminhonete.


Duas pessoas ficaram feridas em um acidente na tarde desta segunda-feira (03) na rodovia BR-280, em Flor da Serra do Sul. O acidente aconteceu por volta das 15 horas na Serra de Tatetos.
A colisão traseira envolveu um trator agrícola de Flor da Serra do Sul, um caminhão Volvo que tracionava um Bitrem com placas de Guaraciaba (SC), um caminhão Volvo (leiteiro) com placas de Cascavel e uma caminhonete VW/Amarok de Marmeleiro.
Com o impacto da batida, o trator tombou as margens da rodovia. O condutor de 53 anos teve ferimentos e foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros de Palma Sola ao Hospital Santa Rita de Cássia para cuidados médicos.
Na Amarok uma pessoa ficou ferida e foi encaminhada a casa hospitalar por uma ambulância da Secretaria de Saúde de Flor da Serra do Sul.

fonte: Cabo Leandro Souza - CB Palma Sola - PPNews.



Motorista perde controle e para em barranco na PR-482


O motorista Cícero Negri, 56 anos, sofreu um acidente de trânsito na tarde desta segunda-feira (03) na rodovia PR-482, nas proximidades da localidade conhecida como Encruzo dos Goianos.
Negri, que é morador em Tapira, trafegava entre Maria Helena e Umuarama quando perdeu a direção do veículo. Ele atravessou a pista e parou em um barranco na margem da rodovia.
Policiais Militares de Douradina passavam pelo local e pararam para prestar apoio. O condutor já tinha conseguido sair do veículo Corolla, cor prata, placas ANX-3847.
Uma ambulância de Maria Helena socorreu o motorista, que reclamava de dores abdominais e na cervical. Ele foi encaminhado para o Pronto Socorro de Maria Helena para receber atendimento.
As informações são do O Bemdito.

Motorista morre após capotamento na PR – 090.


Um caminhoneiro de 59 anos de idade morreu em um acidente registrado na noite desta segunda-feira (3) na PR-090, em Piraí do Sul, região dos Campos Gerais. Valdir Dias Pereira transportava uma carga de sacos de papelão e seguia de Ventania para Piraí do Sul quando perdeu o controle da direção e o veículo capotou. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.
O acidente aconteceu no quilômetro 165 da rodovia, na região conhecida como Alto da Serra. Com o impacto, a carga foi parar na cabine do caminhão e o motorista acabou ‘soterrado’ pelo papelão. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para remover o corpo das ferragens e tiveram trabalho para conseguir fazer o resgate.
A Polícia Rodoviária Estadual, o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa estiveram no local do acidente para prestar atendimento.
As informações são do A Rede/Correio dos Campos Gerais.


TCE alerta 22 municípios do PR que extrapolaram despesas de pessoal.


O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) expediu alerta de despesa com pessoal a 22 municípios paranaenses. Dez prefeituras ultrapassaram 95% do limite com essas despesas em 2016 e estão sujeitos às vedações da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Outros 11 municípios extrapolaram, também em 2016, o limite de 54% da receita corrente líquida (RCL) com despesas de pessoal e devem seguir as determinações constitucionais.
O Município de Pérola foi alertado pelo TCE-PR por ultrapassar 90% do limite de despesas no primeiro semestre de 2016; e o Município de Brasilândia do Sul recebeu alerta por déficit na execução orçamentária em razão do resultado negativo de R$ 350.750,47.
A LRF estabelece (artigo 20, III, “a” e “b”) o teto de 54% e de 6% da RCL para os gastos com pessoal dos Poderes Executivo e Legislativo Municipal, respectivamente. Neste ano, as Câmaras de julgamento do Tribunal de Contas já emitiram 163 alertas de gastos de pessoal, referentes a 144 municípios, em relação aos exercícios de 2015 e 2016.
Os municípios que extrapolam 95% do limite são Bocaiúva do Sul, Campo Bonito, Diamante do Oeste, Doutor Camargo, Laranjal, Mamborê, Missal, Nova Aliança do Ivaí, Nova Santa Bárbara, Prudentópolis. Eles  gastaram, respectivamente, 52,23%, 51,82%, 51,55%, 52,02%, 51,84%, 53,50%, 53,77%, 52,66%, 52,68%, 52,62%, da RCL com despesas de pessoal.
A essas administrações municipais é vedado (parágrafo único do artigo 22 da LRF): concessão de vantagens, aumentos, reajuste ou adequações de remuneração a qualquer título; criação de cargo, emprego ou função; alteração de estrutura de carreira que implique aumento de despesa; provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal, ressalvada reposição de aposentadoria ou falecimento de servidores nas áreas de educação, saúde e segurança; e contratação de hora extra, ressalvadas exceções constitucionais.
O Município de Castro gastou 55,25% da RCL com despesas de pessoal no primeiro quadrimestre de 2016 e 54,89% no segundo. E o Município de Santo Antônio do Caiuá gastou 57,13% e 58,07% da RCL com essas despesas nos mesmos períodos, ultrapassando o limite em 100% nos dois quadrimestres.
Os outros Executivos municipais que ultrapassaram o limite em 100% em 2016 são Formosa do Oeste, Iguaraçu, Ipiranga, Itaúna do Sul, Leópolis, Nova Esperança, Rosário do Ivaí, Santo Inácio e Três Barras do Paraná, tendo gasto 57,27%, 55,10%, 54,19%, 59,41%, 60,20%, 56,86%, 54,76%, 61,26% e 54,21% da RCL, respectivamente. Eles devem reduzir os gastos com pessoal, conforme determina a Constituição Federal.
Os municípios são alertados pelo Tribunal para que adequem seus gastos e suas despesas com pessoal não alcancem o limite de 54% da RCL. Nos municípios onde isso ocorre, a Constituição Federal estabelece (parágrafos 3º e 4º do artigo 169) que o poder Executivo deverá reduzir em, pelo menos, 20% os gastos com comissionados e funções de confiança.
Caso não seja suficiente para voltar ao limite, o município deverá exonerar os servidores não estáveis. Se, ainda assim, persistir a extrapolação, servidores estáveis deverão ser exonerados. Nesse caso, o gestor terá dois quadrimestres para eliminar o excedente, sendo um terço no primeiro, adotando as medidas constitucionais.
Fonte: CGN.


Collor será julgado pelo Supremo por corrupção e lavagem de dinheiro.


O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu enviar para julgamento na 2ª Turma do Supremo a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador e ex-presidente da República Fernando Collor de Mello (PTC-AL), na Lava Jato, no contexto de uma organização criminosa relacionada à BR Distribuidora. Ainda não está marcada a data do julgamento, que poderá tornar Collor réu.
Denunciado junto com mais 8 pessoas, Collor responderá por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. Além disso, tanto ele como os demais denunciados são acusados também do crime de organização criminosa.
Segundo as investigações, pelo menos entre os anos de 2010 e 2014, mais de R$ 29 milhões em propina foram pagos ao senador em razão de um contrato de troca de bandeira de postos de combustível celebrado entre a BR Distribuidora e a empresa Derivados do Brasil (DVBR), bem como em função de contratos de construção de bases de distribuição de combustíveis firmados entre a BR Distribuidora e a UTC Engenharia.
A suposta organização criminosa relacionada à BR Distribuidora atuaria voltada principalmente ao desvio de recursos públicos em proveito particular, à corrupção de agentes públicos e à lavagem de dinheiro. Segundo a PGR, teria ocorrido em razão da influência do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) sobre a empresa.
Os demais denunciados são: Caroline Serejo Medeiros Collor de Melo, esposa do senador; Luís Pereira Duarte de Amorim, considerado o "testa-de-ferro" do senador; Pedro Paulo Bergamaschi de Leoni Ramos, na condição de "operador particular" do senador; Luciana Guimarães de Leoni Ramos, esposa de Pedro Paulo; os assessores parlamentares Cleverton Melo da Costa (falecido), Fernando Antônio da Silva Tiago e William Dias Gomes; e Eduardo Bezerra Frazão, diretor financeiro da TV Gazeta de Alagoas.
A denúncia foi assinada em 18 de agosto de 2015, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e foi aditada (ampliada) em março de 2016.
Com informações UOL.