Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

11/12/2017 - Deus é Fiel !!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Protesto bloqueia acesso de caminhões-tanque e pode prejudicar fornecimento de combustíveis.


Um protesto realizado em frente à Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, pode prejudicar o fornecimento de combustíveis. Na tarde desta segunda-feira (11), um grupo de pessoas fecha o acesso aos portões e impede a entrada de caminhões-tanque ao local.

De acordo com Rubio Tercila, que é um dos organizadores do movimento, o protesto é nacional e começou na semana passada. “Nossa mobilização tem como foco o Brasil como um todo, a defesa do território nacional e um repudio ao extremo aos governos do Brasil. A classe político-partidária, que usurpou e sequestrou o poder do estado. Referente a uma legislação totalmente fraca, que não pune rigorosamente e não devolve de forma coerente o que, digamos, o crime organizado no poder do Brasil realiza contra o povo brasileiro e o território nacional”, disse.
Tercila admite que o objetivo do protesto é justamente a falta de combustível para os veículos. “Queremos que falte combustível em geral para que os cidadãos entendam que precisam parar o Brasil junto conosco”, concluiu.
Além da Repar, mobilizações acontecem nos portos de São Francisco (SC) e Santos (SP). Os manifestantes entendem que em 48 horas, de seis a sete estados fiquem sem combustível.
Prejuízo
Anderson Fabiano de Almeida esteve no local e lamentou precisar voltar para casa com a carga vazia. “Pretendia abastecer 15 mil litros para um posto São José dos Pinhais, mas não há previsão para a liberação. Infelizmente o frete a gente não ganha e o posto também fica sem receber”, comentou.
A mobilização não conta com a participação de sindicatos.
Fonte Banda B


Colisão frontal deixa dois feridos na BR-476.


Dois veículos do modelo Palio bateram  de frente por volta das 05h20 deste domingo (10),  no km 133 da BR-476.
O condutor de 25 anos vinha transitando pela Via do Expresso sentido Fazenda Rio Grande e no cruzamento da Rua Anne Frank com Linha Verde entrou na contramão à esquerda e colidiu frontalmente com o outro Palio.
As duas vítimas foram encaminhadas ao hospital com ferimentos moderados. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Fonte CGN

Motociclista fica ferido após colidir contra caminhão.


Um motociclista ficou gravemente ferido após acidente de trânsito, na tarde desta segunda-feira (11), na BR-369 em Arapongas. A colisão ocorreu em frente a loja de departamento Havan. 
Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a moto bateu de frente com um caminhão e ficou embaixo do veículo de carga. A vítima, ainda não identificada, foi encaminhada ao hospital com suspeita de traumatismo craniano. 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi acionada e vai apurar o que causou a colisão.
Fonte CGN
Homem dirige veiculo em alta velocidade e recusa fazer teste de bafômetro em Manoel Ribas



No dia 10 de dezembro de 2017, por volta das 13h00min, quando em patrulhamento pela rua sete de setembro a equipe visualizou um veiculo de cor azul, transitando em alta velocidade. A equipe acompanhou o mesmo e efetuou a abordagem do referido veiculo, sendo identificado que o condutor estava visivelmente embriagado. Oferecido ao mesmo o bafômetro, o qual se recusou a realizar o teste. Diante do fato, foi confeccionado Termo de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora e encaminhado o mesmo para a Delegacia de Pitanga para as providências cabíveis.


Ocorrência de Dano é Registrada em Pitanga



As 21h40 min, atendendo solicitação, a equipe deslocou até a Rua Xv De Novembro, Centro, onde o solicitante relatou que deixou seu veículo estacionado na referida rua, quando uma caminhonete cor escura veio a bater na traseira do veículo causando dano, se evadindo em seguida. Com a equipe no local, foi constatado o fato, foi orientado o solicitante quanto às demais providências cabíveis.


PEC: grupo visita unidade para identificar necessidades de presos e agentes.


Membros da Ordem dos Advogados do Brasil e também deputados da Comissão dos Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, estiveram nesta manhã na Penitenciária Estadual de Cascavel.
A visita se deu após denúncias de familiares à Pastoral Carcerária que davam conta das más condições em que os presos estão após a rebelião do mês de novembro que durou 43 horas. Os familiares cobram uma transparência maior e a divulgação de informações sobre os detentos.
A ação visa ainda identificar as necessidades dos Agentes Penitenciários que reclamam da falta de segurança na unidade. Os agentes por conta própria tiveram que arcar com equipamentos de segurança para garantir que os detentos não fugissem.

As transferências de alguns detentos para que a situação seja amenizada é uma das cobranças dos familiares.
Fonte: CGN.
Criança de 10 anos é atropelada por carro
Um menino de 10 anos estava com sua mãe na calçada quando foi atingido por um VW/Santana, impactado por um GM/Corsa que seguia pela Avenida dos Lagos, no Jardim Tropical II. O acidente aconteceu por volta das 21h deste domingo (10). A criança foi encaminhada à Santa Casa.
Para se entender o efeito dominó, que acabou com a colisão contra a criança, neste acidente, é preciso saber que o Corsa seguia pela Avenida dos Lagos e que bateu violentamente na carretinha (na qual havia uma betoneira) de um Santana que estava parado naquela via. Com isso, parte do Santana atingiu a criança, na calçada.
O garoto ficou inconsciente, mas já estava lúcido quando equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu o atenderam. Ele foi encaminhado ao Hospital Santa Casa.
No momento em que a criança era socorrida, um tumulto se formou no local, havendo quem tentasse, segundo a PM, saquear um dos veículos envolvidos no acidente. Entre os envolvidos havia um adolescente, que não obedeceu aos policiais e ainda resistiu a ser colocado na viatura.
Os policiais tiveram bastante trabalho para conter o adolescente, mas ele foi encaminhado à 16ª Subdivisão Policial para prestar esclarecimentos. O motorista do Corsa não estava no local quando a PM chegou. Uma aglomeração de crianças e adultos atrapalhou o trabalho dos socorristas e dos policiais.
Fonte: CGN.
Quatro pessoas morrem em acidente na SC-496.


Quatro pessoas morreram após um acidente registrado por volta das 19h20 deste domingo (10), em Descanso, no Oeste de Santa Catarina.
A colisão frontal aconteceu na rodovia SC-496 e envolveu dois veículos Honda/Civic, emplacados em Descanso.

Com o impacto, um dos veículos saiu da pista e capotou. O condutor identificado como Igor Spessatto, de 19 anos morreu no local do acidente. Diego Correia da Silva e Vinicius Vicentin chegaram a ser socorridos, mas morreram ao dar entrada no hospital.
Três mulheres que estavam no outro carro foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e Samu e conduzidas para atendimento médico. Uma passageira de 70 anos também não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Regional de São Miguel do Oeste.
O texto é do site Portal São Miguel.
Morre segunda vítima do acidente registrado na PR-495


Faleceu no Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz em Medianeira, a segunda vítima do grave acidente registrado no final da tarde deste domingo (10), na rodovia PR 495.
Isidoro Royer era ocupante do veículo VW Saveiro, e foi socorrido em estado grave e foi levado por uma ambulância do SAMU até o hospital em Medianeira, onde acabou falecendo em decorrência da gravidade dos ferimentos.
O outro ocupante da Saveiro, identificado como sendo Fabiano Bizarro, continua internado no hospital em estado grave.
No veículo Vectra, estavam três pessoas. Debora Pieretti Ferreira, que faleceu no local, o marido dela e uma criança, que foram socorridos e levados ao hospital, onde permanecem internados, sem risco à vida.
As informações são do Guia Medianeira.

Ministros usam aviões da FAB para dar carona a familiares e lobistas



Ministros do governo de Michel Temer usaram voos da FAB (Força Aérea Brasileira), requisitados com o propósito de cumprir agendas de trabalho, para transportar parentes, amigos e representantes do setor privado. Há carona a mulheres e filhos, que não têm vínculo com a administração pública.
A reportagem levantou as informações por meio da Lei de Acesso à Informação. O decreto 4.244/2002, que dispõe sobre os voos, permite o uso da frota "somente" para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas, salvo nos casos em que há autorização especial do ministro da Defesa.
A norma não autoriza expressamente o embarque de pessoas sem cargo ou função pública. Também não há previsão para que congressistas peguem carona.
A reportagem obteve dados de viagens feitas por 12 ministros. Seis deles levaram filhos ou esposas na comitiva, não raro para cumprir agendas em locais turísticos.
Um sétimo deu carona para a mulher de um colega de Esplanada. Três das autoridades levaram amigos a bordo e três transportaram empresários ou lobistas. Sete pastas não apresentaram as relações de passageiros.
Entre 13 e 16 de outubro de 2016, a FAB cedeu um de seus jatos para que o titular do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), participasse de encontro sobre sustentabilidade no Pantanal. O evento, emendado com o dia das crianças, se deu no Refúgio Ecológico Caiman, hotel luxuoso em Miranda (MS). Na comitiva estava o filho de 11 anos do ministro.
Bruno Araújo (PSDB), que se desligou recentemente das Cidades, levou a mulher, Maria Carolina, em ao menos seis viagens oficiais. Em junho de 2016, o casal embarcou para Campina Grande (PB) no dia da abertura do "Maior São João do Mundo". Os dois, na sequência, embarcaram para o Recife, onde mantêm domicílio. Era uma sexta-feira.
Desde 2015, é proibido aos ministros usarem voos da FAB para retorno à residência. Maria Carolina fez ao menos mais cinco viagens em aeronaves oficiais, das quais três passando por Pernambuco, sempre em fins de semana ou datas coladas a sábado ou domingo. Em duas ocasiões, a filha do casal estava junto.
O peemedebista Helder Barbalho (Integração Nacional) -provável candidato ao governo do Pará- também levou a mulher, Daniela, para um São João, o tradicional Arraial dos Caetés, em Bragança, em junho. Foi uma viagem em família, com a presença do pai do ministro, o senador Jader Barbalho, e da mãe, a deputada Elcione Barbalho, ambos do PMDB.
A FAB alega que recebe das autoridades a lista dos passageiros, mas não tem responsabilidade sobre as comitivas.
Em abril, uma caravana de casais saiu de Brasília rumo a Foz do Iguaçu (PR) para a premiação do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), grupo da família do prefeito João Doria (PSDB).
O voo foi requisitado à FAB pelos ministros Dyogo Oliveira (Planejamento) e Sarney Filho, que embarcou junto da mulher, Camila Serra. Também viajaram o tucano Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), que pediu demissão na sexta (8), e a mulher, Márcia, que também pegou carona em outras missões oficiais.
Fizeram companhia no avião, com suas mulheres, Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor especial de Temer preso após ser flagrado com uma mala de R$ 500 mil da JBS, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o relator da reforma da previdência, Arthur Maia (PPS-BA). O presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Ives Gandra, embarcou com uma assessora. O evento, em um resort próximo das cataratas, durou três dias.
Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), do PSD, voou na companhia de amigos e empresários. Um deles é Marcelo Rehder, contemporâneo de faculdade do ministro e diretor da empresa Ella Link, envolvida em um projeto do futuro cabo submarino Brasil-Europa. Ele pegou carona, por exemplo, para uma agenda de Kassab no Instituto Butantã, em São Paulo, que produz vacinas.
Outro passageiro em voos do ministro é Paulo Tonet Camargo, vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo e presidente da Associação Brasileira de Rádio e Televisão. Em três ocasiões, houve agendas relacionadas ao setor de comunicações, como um jantar da RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul.
OUTRO LADO
Os ministros negaram irregularidade em transportar parentes, empresários e lobistas a bordo de aviões da FAB.
Eles dizem que não há vedação expressa ao transporte de passageiros sem vínculo com a administração pública e as agendas oficiais.
O Ministério do Meio Ambiente afirmou que "nenhuma hospedagem" de "qualquer membro" da família de Sarney Filho foi paga com dinheiro público. "Qualquer irregularidade que, eventualmente, seja apontada, o que não acreditamos, será imediatamente investigada", disse.
Segundo Bruno Araújo, os deslocamentos ocorreram "por compromissos da pasta", dentro da legislação vigente.
Helder Barbalho declarou que "respeita integralmente a legislação em vigor". Segundo ele, a mulher, Daniela, integrou voo requisitado pelo então titular do Turismo, Marx Beltrão, que visitaria o São João em Bragança (PA).
O ministro disse ter dividido a viagem com o colega uma vez que tinha outra agenda prevista para o Estado. "Daniela foi convidada oficialmente pela organização do Arraial dos Caetés".
O GSI informou que a esposa do ministro Sérgio Etchegoyen viajou mediante aproveitamento de vagas disponíveis em voos previamente planejados, não incorrendo em quaisquer ônus".
Dyogo Oliveira (Planejamento) explicou que viajou acompanhado por outros ministros para o evento em Foz do Iguaçu, "em virtude da necessidade de compartilhamento de voos", prevista no decreto sobre os voos. Todas as autoridades, segundo ele, foram convidadas "formalmente a participar como palestrantes do evento" em Foz.
Kassab disse seguir a legislação e afirmou que embarcam nos voos "servidores da pasta ou pessoas relacionadas a setores que são de escopo de atuação" do ministério.
O Ministério dos Transportes disse que Maurício Quintella "não oferece nem dá" carona a congressistas. Os parlamentares que compõem a comitiva do ministro "têm participação nos eventos", afirmou. Sobre ter transportado a esposa do ministro-chefe do GSI, justificou que "a pessoa citada ocupou um assento livre".
Antonio Imbassahy não respondeu.
O presidente do TST, Ives Gandra, disse disse que viajou "por haver disponibilidade de lugar na aeronave e não haver", na ocasião, "voo comercial compatível com sua agenda institucional".
A Abert informou que seu presidente, Paulo Tonet, participou com Kassab de eventos oficiais da radiodifusão, segmento que representa. "Os voos mencionados foram realizados a convite do ministro e aceitos pelos representantes em vista da finalidade setorial dos eventos e da extensa agenda de compromissos."
Fonte: CGN.