Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

23/01/2019 *--* DEUS É FIEL !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Menor é pego com maconha em Pitanga.

Imagem relacionada

Foto ilustrativa

Na data de 22/01/2019 por volta das 19h15min à equipe em cumprimento a ordem de serviço a qual se refere a patrulhamentos na nova sede do Sindicato Rural de Pitanga, a equipe realizou abordagem a um adolescente e em busca pessoal foi localizado com o mesmo cinco (5) gramas de substancia análoga à maconha. Diante dos fatos foi acionado o Conselho Tutelar e encaminhado o adolescente juntamente com a droga até a 45 DRP de Pitanga para demais procedimentos legais.

Fonte: Policia Militar 




Bolsa é encontrada em terreno de uma residência em Palmital.

Imagem relacionada
Foto ilustrativa

Por volta de 10h00min do dia 22/01/2018, a Solicitante. Informou que havia alguns objetos no terreno de sua residência, os quais não pertencia a ela. No local foi constatado o fato, sendo uma bolsa de mulher na cor marrom, com algumas peças de roupas infantis e uma carteira de trabalho em nome de uma senhora, duas certidões de nascimento. A bolsa com os objetos e os documentos foram recolhidos e entregues na Delegacia Local para as demais providências. 
Fonte Policia Militar


Ladrão rouba residência tenta fuga quebrando as telhas em Guarapuava.

Resultado de imagem para telha de casa
Foto ilustrativa

No dia 22 jan. 19, às 17h25min, na Rua Pedro Conrado Sobrinho, Bairro dos Estados, onde um indivíduo tentou adentrar a uma residência em que não havia moradores. Populares tentaram o abordar, sendo que o indivíduo subiu no telhado da residência vizinha, o que ocasionou a quebra das telhas e sofrendo uma queda de uma altura de três metros. Após a queda o indivíduo continuou a empreender fuga, pulando para um terreno vazio, onde foi abordado por populares, oferecendo resistência contra a abordagem, sendo necessário o emprego de força física por parte dos populares para conter e imobilizar o autor até a chegada da equipe policial no local. Identificado o jovem, 19 anos, conhecido do meio policial por furtos e também por ser usuário de crack. A vítima, 59 anos, se fez presente no local, e em averiguação a residência, deu por falta apenas da bateria encontrada com o autor. Dada voz de prisão sendo encaminhado à 14ª SDP, onde foi entregue juntamente com a bateria.

Fonte: Policia Militar



Pai é preso após confessar estupro de filha de dois anos.

(Foto: Ilustração/Pixabay)  - Pai é preso após confessar estupro de filha de dois anos

Em Chopinzinho, uma criança de dois anos e três meses foi estuprada. O crime foi descoberto depois que a menina foi transferida a um hospital de Pato Branco. Ela estava bastante debilitada e pesava pouco mais de três quilos. Os médicos suspeitaram que ela pudesse ter sido vítima de violência sexual e solicitaram exames de corpo delito. O Instituto Médico Legal (IML) confirmou o abuso na manhã desta terça-feira (22).

Segundo a Polícia Civil, o principal suspeito é o pai da criança. O rapaz, de vinte anos, foi ouvido pelo delegado e confessou o crime. Ele está preso na quinta subdivisão policial. Já a garota continua internada na uti neonatal da Policlinica de Pato Branco. Ela está em estado grave, respira com ajuda de aparelhos e não se pode informar quando deve receber alta.

Fonte: Matheus Viana/Rede Massa


Idoso é preso por estupro de criança de 10 anos.


Confirmando um triste balanço referente ao ano passado apresentado pelo Conselho Tutelar de Campo Mourão sobre o aumento dos casos de abusos sexuais contra crianças e adolescentes, mais uma menina 10 anos foi vítima de violência sexual. O acusado é o amásio da avó da criança, um homem de 60 anos, que estaria praticando os abusos há pelo menos dois anos.
A denúncia chegou ao conhecimento da Polícia Civil nesta segunda-feira (21) e a equipe de investigadores foi até o endereço do idoso. Ele negou o crime, mas no aparelho celular do acusado os policiais constataram imagens e vídeos com conteúdos impróprios relacionados à criança.
“Como não havia mais flagrante, embasamos o pedido de prisão por meio dessas imagens. A Justiça deferiu o pedido e ele permanece preso”, contou o delegado da 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão, João Paulo Menuzzo Lauandos.
Segundo o delegado, laudo pericial não apontou a ocorrência de conjunção carnal, mas de diversos atos libidinosos, que causaram lesões na criança. “Houve situações como sexo oral e outros abusos. Esses abusos ocorriam nos finais de semana em que a criança ficava na casa da avó. Esse individuo, aproveitando a situação, abusava da criança, inclusive a levando para outros lugares”, afirma o delegado.
O idoso negou o crime e ainda tentou se fazer de vítima, culpando a criança de ter se insinuado para ele. “Chega ser uma covardia, um absurdo ele dizer que a vítima, uma criança de 10 anos se insinuava para o mesmo. Para se defender, ainda revela que não tocava na menina por ela ser muito nova.”
Fonte: TÁ SABENDO.

Em vídeo, motorista mostra diversos buracos na rodovia PR-180.


Um internauta entrou em contato com a CGN para fazer uma reclamação referente a um trecho da PR-180, entre Goioerê e Quarto Centenário.
Indignado com a situação da rodovia, o internauta gravou um vídeo que mostra as péssimas condições, principalmente para quem trafega diariamente.
Nas imagens é possível ver diversos buracos, além da sinalização precária.
Segundo o internauta, já faz quatro meses que ele passa pelo local e até o momento nunca foram feitas melhorias.
Assim, o internauta chama a atenção das autoridades competentes para que o trecho seja melhorado.
Fonte: CGN

Incrível! Menina escapa de acidente; Veja Vídeo:


Circula na internet um vídeo impressionante. A imagem foi registrada no momento que uma menina quase foi atropelada por um automóvel em Araucária. 

Pela câmera de segunda é possível ver uma menina atravessando correndo a rua sem olhar para os lados, obrigando o motorista de um carro que seguia pela via a frear para evitar um acidente. A rua Carlos Calvacanti tem o limite de velocidade de 40 km/h.

Comerciante da região, Noeli Sokuski Broch, é proprietária do estabelecimento em que as imagens foram gravadas. Ouvida pelo Massa News, Noeli conta que a menina escapou dos pais e correu para atravessar a rua. "Eu estava no caixa da minha loja, a gente viu tudo. A menina escapou dos pais e atravessou a rua. Aqui é uma região de bastante fluxo de pessoas, não sabemos o motivo que levou a criança a fazer isso." diz a empresária.

A comerciante destaca a importância do motorista ter sido ágil "Foi muito importante a reação imediata dele. O motorista evitou um acidente." relata Noeli.

Fonte: Rede Massa.


Mortes e acidentes na BR-277 diminuíram em 44% no ano passado.



As mortes em acidentes de trânsito na BR-277, no trecho entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, tiveram redução de 44% em 2018. De acordo com informações repassadas pela Ecocataratas, concessionária responsável pela administração do trecho da rodovia, este foi o menor índice registrado desde 2013.
Ainda segundo a assessoria de imprensa da concessionária, em 2018, houve  redução no número de acidentes neste trecho da rodovia federal. Para a equipe da Ecocataratas, o resultado demonstra que as campanhas de segurança, o atendimento de emergência hábil e a qualidade na condição viária tem sido pontos fundamentais para o resultado.
“Ações de segurança viária, profissionais qualificados e atentos as particularidades da rodovia, aliado com o comprometimento e as ações de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, levam a resultados positivos como em 2018”, enfatizou o gerente de atendimento ao usuário da Ecocataratas, Marcelo Belão.
Fonte RSN
Cinco pessoas ficaram feridas em uma colisão frontal.

Laranjeiras - Carro com placas do município se envolve em acidente em Irati

Cinco pessoas ficaram feridas em uma colisão frontal na tarde de segunda-feira (21), no quilômetro 254 da rodovia, em Irati, região dos Campos Gerais do Paraná.

A batida envolveu um Chevrolet Meriva, de Foz do Iguaçu, e um Fiat Palio, com placa de Laranjeiras do Sul.

De acordo com a PRF, o acidente aconteceu por volta de 14h45. O Meriva trafegava no sentido Curitiba e realizou uma conversão à esquerda para acessar o pátio de um posto de combustíveis, colidindo frontalmente com o Palio, que seguia no sentido oposto.

Um casal que estava no Palio e três passageiras do Meriva foram atendidos por socorristas da concessionária que administra o trecho, sendo encaminhados ao Hospital Santa Casa de Irati, todos com ferimentos leves.

As duas condutoras foram submetidas ao teste do bafômetro, que apontou resultado negativo para ingestão de álcool.
Fonte Portal Cantu


Uma pessoa morre duas ficam feridas após acidente na PR-280.


Um acidente na rodovia PR-280 entre Vitorino e Pato Branco na manhã desta terça-feira (22) deixou um morto e dois feridos.

A colisão frontal envolveu uma VW/Saveiro de Vitorino e um Ford/Focus de Tupanciretã (RS).

O condutor da Saveiro Olmiro Zanquette, 73 anos ficou preso nas ferragens, chegou a ser socorrido, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu ao dar entrada no hospital. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco

No Focus o condutor e a passageira tiveram ferimentos e precisaram de atendimento médico.

Samu, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Estadual atenderam o acidente.

Fonte: Rádio Itapuã


Guarapuava é uma das cidades do Paraná com maior incidência de raios.

(Foto: Klaus Pettinger)

A temporada de chuvas aliada ao calor intenso está fazendo de Guarapuava uma das cidades do Paraná com a maior incidência de raios. Somente na quinta feira (17), foram 2,6 mil raios, enquanto na sexta (18) o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) registrou 934 descargas elétricas. Um desses raios atingiu o local onde estava um mecânico numa transportadora da cidade, no bairro Alto Cascavel. De acordo com um dos funcionários da empresa, o senhor foi atingido por choques que queimaram parte do lado esquerdo do corpo. Ele chegou a ficar internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um dos hospitais da cidade e já recebeu alta.

Nesse mesmo dia, o televisor da casa de Mariângela Esteche queimou. De acordo com Edson dos Santos, dono de uma eletrônica na cidade, a incidência de eletrodomésticos aumentou desde que a temporada de chuva começou. Em outra eletrônica, nos últimos dias, são mais de 40 televisores levados para consertar. “Muitos não adianta. É melhor comprar um novo”, disse Alberto Sanches.

De acordo com o meteorologista do Simepar, Samuel Braun, Guarapuava, Cascavel e Campo Mourão tem o maior número de raios por quilômetro quadrado no Paraná. Ele disse também que a divisa entre Guarapuava e Prudentópolis, na Serra da Esperança, é uma área onde acontecem muitas descargas elétricas. Porém, a maioria dos raios não atinge solo. “Cerca de 20% chegam ao solo”, diz o meteorologista.

Mapa de raios no Paraná (Foto: Reprodução/Simepar)

O professor Maurício Camargo Filho, doutor em Geografia na Universidade Estadual Centro-Oeste (Unicentro) explica que os raios acabam causando prejuízos e mesmo óbitos. Segundo ele, no verão é normal a formação de nuvens desse tipo, em função das elevadas temperaturas durante o dia, ocasionando chuvas localizadas. “Por exemplo, é comum vermos nessa época que choveu num bairro da cidade e em outro não. Chove de um lado da rua e do outro não. Isso porque são nuvens pontuais que podem gerar uma tromba d’agua extremamente forte, provocando inundações e prejuízo e logo em seguida o tempo voltar a ficar livre de nuvens de chuva”.

De acordo com o professor, o mesmo acontece com os raios, que são mais comuns nessa época do ano e quando há entradas de frentes frias, principalmente no inverno. “A maior frequência que se tem observado, ainda precisa de uma análise mais profunda, comparação com dados coletados historicamente para vermos se é apenas uma impressão ou se realmente houve um aumento desse tipo de descarga atmosférica”.

(Foto: Klaus Pettinger)

Ele lembra que estamos passando por mudanças “extremamente importantes” no que se refere as condições climáticas mundiais e não estamos isentos. “O que se tem para nós é que os dados climáticos históricos apontam para um sinal que sugere uma concentração mais das chuvas, o que significa chuvas mais intensas, destrutivas, quando comparada com as precipitações da década de 70 e 60. Mas como disse é um sinal e ainda não há nada conclusivo. Mas esse sinal coincide com os intensos desmatamentos que tivemos no estado do Paraná e no mundo. A economia e a sociedade não ficarão impunes a essas alterações, se não nos adaptarmos a essas flutuações ambientais”, alerta.

“Devemos lembrar que na década de 80 tivemos registradas, oficialmente em Guarapuava, temperaturas na casa dos 35 graus, acompanhada de intensas precipitações com raios não ponderados numericamente na época. Tivemos outros anos atípicos com temperaturas e precipitações intensas também na década de 60”.

Maurício observa também que o aumento da população e de construções nem sempre levam em consideração projetos de proteção a descargas elétricas. “Acrescente a esse fato que Guarapuava é historicamente um dos municípios paranaenses que mais tem registro de descargas elétricas no paraná. “Assim considero que o que vemos hoje é um processo de intensificação de fenômenos atmosféricos que são chamados de alta magnitude, alta intensidade ou fenômenos atípicos, resultados da nossa interação com o ambiente natural”.

Fonte: RSN.


Paciente recebe alta e morre ainda dentro do hospital: “Ele não estava bem”.


A família tirou foto de José logo depois que ele recebeu alta. O paciente já estava inconsciente e bastante inchado. (Foto: Arquivo pessoal).

Uma família de Curitiba procura por respostas sobre a morte de José Correa Ribeiro, de 71 anos. Ele estava internado no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana, e morreu logo depois de receber alta, segundo denúncia dos familiares.

A situação teve início no dia 30 de dezembro do ano passado, quando o idoso chegou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Fazendinha com pedra na vesícula. Devido à gravidade do caso, ele foi transferido para o Angelina Caron, onde passou por uma cirurgia.

“Ele foi para a UTI [Unidade de Terapia Intensiva] e ficou vários dias por lá. As enfermeiras inclusive disseram que ele estava delirando bastante por causa dos medicamentos. Mesmo assim, da UTI ele passou para o quarto”, relatou a sobrinha de José, Ilisângela Ribeiro, em entrevista à Banda B.

Segundo ela, na tarde do dia 18 de janeiro, a família recebeu a notícia de que José podia ir para casa. “A minha mãe ficou o dia inteiro no hospital e viu que ele não estava muito bem. Ela pediu para que eu fosse de carro até lá para levá-los para casa. Quando eu cheguei, o meu tio estava inconsciente, em uma cadeira de rodas, e bastante inchado, não dava para saber se naquele momento ele já estava morto ou não”, completou Ilisângela.

Sem saber direito o que estava acontecendo, ela chegou a pedir ajuda de funcionários da instituição para colocar José no carro. “Até os enfermeiros tentaram, mas não conseguiram, já que o corpo dele estava duro e também por ele ser um pouco mais pesado. Nessa hora, os seguranças viram que tinha alguma coisa errada e falaram para a gente tirar fotos e chamar a assistente social. Ela veio, analisou a situação e avisou que pediria um médico, porque o meu tio tinha que ser internado novamente”.

Ilisângela entrou novamente no hospital com a mãe, procurando por respostas. De acordo com ela, 15 minutos depois, uma médica chegou e comunicou o falecimento do idoso. “Eu fiquei sem entender nada. Eu estava levando o meu tio para casa, ele tinha acabado de receber alta. Como assim ele estava morto? Eles simplesmente informaram que ele tinha cirrose e problemas no coração e que não resistiu”, relatou.

“Ele não estava bem”
A esposa de José, Irotilde Rocha, ficou muito abalada e cobrou explicações dos médicos ainda no hospital. Segundo ela, durante o internamento do marido, um dos principais problemas foi a falta de informações que a equipe médica repassava para a família.

“Depois da cirurgia, o médico nos disse que estava tudo bem e que o José só precisava passar por uma consulta com um cardiologista, que daria ou não alta para ele, dependendo do resultado. Eu fui atrás desse cardiologista e nada, então fui perguntar para as enfermeiras. Elas me avisaram que ele tinha passado por todos os procedimentos e podia ir para casa, inclusive me deram receita com medicamento para dar para ele e tudo”, explicou.

Fonte: Banda B.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.