Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

08/02/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.

Mãe desconfia que a filha de três anos, foi abusada sexualmente em Guarapuava.

Resultado de imagem para foto estrupo

No dia 07 fev. 19, às 19h15min, no, Bairro Primavera, onde relatou a solicitante, 32 anos, que diariamente deixa sua filha 03 anos e 09 meses, na casa da babá e que em data anterior a criança reclamou de dores na sua região genital, relatando que "um mosquitinho tinha mordido o local". Nesta data a criança reafirmou o fato e que teria ido até uma casa, na mesma rua da residência da babá e que neste local teria ocorrido tal fato. A genitora encaminhou sua filha até a UPA onde a criança passou por atendimentos médicos, onde o médico, emitiu um prontuário relatando a suspeita de abuso sexual. O conselheiro tutelar acompanhou os procedimentos policiais.
Fonte Policia Militar

Manifestação pacífica em Turvo pede o fim da violência contra a mulher neste Sábado.



De acordo com Jessyka Lopes Rickli, psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e uma das organizadoras, o intuito da iniciativa é despertar a atenção da sociedade para o combate a violência e para a luta pela vida das mulheres.
“Queremos a participação de toda a comunidade. Viemos pedir justiça à Suelen e a sua família, respostas a eles, e além disso, à todas as mulheres que já sentiram medo, que se sentiram violentadas, que tenham se sentido agredidas de algum modo pelo machismo, pela nossa sociedade desigual”, declarou.
Segundo Jessyka, a manifestação terá início às 17h30, em frente à Praça Municipal de Turvo. No local, haverá um ato inicial pelo movimento e, na sequência, o grupo sairá em passeata pela Avenida 12 de Maio. Vale destacar, segundo a psicóloga, que o ato é pacífico.
“Não queremos um movimento de ódio, ao contrário, queremos combatê-lo. Queremos lutar pela igualdade de direitos, pela vida das mulheres”. Alguns movimentos e grupos feministas da região, segundo Jessyka, são apoiadores da iniciativa.
Fonte RSN

Dinamites apreendidas seriam usadas para explodir Cadeia Pública de Guarapuava.



Policiais do Choque, especializados em operações especiais e de alto risco e do Bope – Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, apreenderam às 19h desta quinta feira (7), 11 unidades de dinamite em Foz do Jordão.
Os explosivos estavam no pátio de uma residência no centro da cidade. De acordo com o comando do Destacamento da Polícia Militar em Foz do Jordão, o local foi isolado até a chegada do esquadrão antibombas para a movimentação dos explosivos.
Pablo Henrique de Almeida, de 18 anos foi preso e será encaminhado para a 14ª SDP de Guarapuava ainda na madrugada desta sexta (8). O homem seria parente de alguns presos da Operação Segredo, deflagrada em junho de 2015, e que na época, desmantelou uma organização criminosa suspeita de cometer homicídios, furtos e roubos em toda a região.
A origem e o uso dos explosivos ainda serão investigados pela polícia civil. Mas de acordo com o Comando do Destacamento da PM de Foz do Jordão, o plantão recebeu uma denúncia de que havia dinamites no quintal de uma residência, e que as mesmas seriam usadas para explodir o prédio da Cadeia Pública de Guarapuava e consequentemente, facilitar uma fuga em massa.
Esta seria a segunda tentativa de explodir a cadeia com artefatos desse tipo. Em setembro do ano passado, explosivos foram encontrados na carceragem da Cadeia Pública e encaminhados ao Esquadrão Antibombas da Polícia Militar para identificação.
Na época, foi informado que os explosivos estavam no solário, em local visível, e a suspeita é que seriam utilizados para explodir o solário, permitindo a fuga de presos.


Incêndio no CT do Flamengo mata ao menos dez pessoas no Rio de Janeiro.


Um incêndio deixou dez mortos e três pessoas feridas no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, zona oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira, 8. Segundo os bombeiros, dez pessoas morreram e outras três foram levadas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

De acordo com informações da TV Globo, o alojamento abrigava adolescentes que jogavam nos times de base do Flamengo. Parentes estão no local em busca de informações.
Os bombeiros foram acionados às 5h17 da manhã. Entre os feridos, há um em estado grave. Por volta das 7h, as chamas foram controladas, mas ainda não há informações sobre quem são os mortos e a situação dos feridos. Imagens aéreas divulgadas pela TV Globo mostraram uma parte da área do CT completamente destruída por chamas.
Fonte Banda B

Carga é saqueada após carreta tombar na BR 277 em Nova Laranjeira.


Na manhã desta quinta-feira (07/02) aconteceu um tombamento de uma carreta no KM 486 da BR 277 em Nova Laranjeira.
Segundo informações o caminhoneiro perdeu o controle em uma curva e acabou tombando.
A carreta que estava carregada com várias mercadorias foi arrombada por populares e saqueada.
Fonte Cantu em Foco
Motociclista morre em acidente na BR-373 em Foz do Jordão.



Um motociclista de 41 anos morreu na tarde desta quinta feira (7) em um acidente no Km 422 da BR-373, região da Serrinha de Foz do Jordão, divisa com o município de Candói.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal de Guarapuava, o homem e a moto Honda/650F com placas de Pato Branco estavam em meio a árvores, e foram encontrados por um morador que retornava para sua propriedade.
O motociclista seguia no sentido Pato Branco-Guarapuava, e segundo a PRF teria saído da pista, depois de perder o controle da direção. A identidade da vítima não foi informada.
Fonte RSN

Tribunal reduz pena, evita a prisão e Carli Filho usará tornozeleira eletrônica.


A Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) decidiu, nesta quinta-feira (7), reduzir a pena do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho para sete anos, quatro meses e 20 dias de prisão em regime semiaberto. 
Carli Filho foi condenado por júri popular em fevereiro do ano passado, por duplo homicídio com dolo eventual a nove anos e quatro meses de prisão – pelas mortes de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida – em um acidente de trânsito, em 2009.
Desde a condenação, o ex-deputado aguarda em liberdade o julgamento da apelação do júri popular. O julgamento começou em 12 de dezembro e foi suspenso por divergências sobre o tempo de prisão.

Os desembargadores retomaram o julgamento nesta quinta-feira, com a conclusão pela redução da pena, com cumprimento em regime semiaberto.
O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR) informou que devido ao número de presos à espera por vagas no regime semiaberto ser maior do que as vagas disponíveis, o ex-deputado deve cumprir a pena com o uso de tornozeleira eletrônica.
Os desembargadores não avaliaram se Carli Filho é culpado ou inocente, isso já foi feito pelo júri, que é soberano. Os magistrados apenas analisaram se o julgamento seguiu o rito legal e se o cálculo da pena, fixada em 9 anos e 4 meses de prisão, pelo juiz Daniel Ribeiro Surdi de Avelar estava adequada.9.

Impunidade

Na saída do julgamento,  em dezembro, a mãe de um dos jovens mortos no acidente e deputada federal, Christiane Yared (PR), criticou a decisão em tom de desabafo.
“Nós recebemos [a notícia] com a certeza de que a gente vive em país que todos nós conhecemos, da impunidade, da liberdade de sair e matar alguém e responder depois de uma maneira que seja agradável”, afirmou.
Segundo ela, a impressão é a de que tudo se tornou “um grande circo”. “Me disseram que a decisão do júri é soberana. Não é, não é mesmo. Dá uma tornozeleira para ele, tadinho. Os que morreram, morreram. A Justiça é para os vivos afinal de contas”, desabafou.
Fonte Banda B

Nova lei de Cristina Silvestri protege e estimula o uso de bicicleta no Paraná.



Uma lei de autoria da deputada Cristina Silvestri (PPS), sancionada recentemente, obriga que estabelecimentos comerciais do Paraná emitam, no momento da compra na nota fiscal, o número de série das bicicletas.
De acordo com a deputada, a lei foi proposta para impedir a fragilidade do sistema, que até então não dava segurança na compra do produto porque a falta desse registro na nota fiscal impedia a comprovação de propriedade em caso de furto.
“Esta lei prevê registro similar ao chassi de um automóvel. A numeração que consta na barra da bicicleta deverá ser, obrigatoriamente, anotada na nota fiscal, como comprovante formal de propriedade do produto”, completa a deputada.
Ainda de acordo com Cristina, a nova legislação pretende tranquilizar o consumidor e agilizar o trabalho da polícia que, ao efetuar busca e apreensão em um possível furto, por exemplo, enfrenta dificuldades em restituí-lo aos seus proprietários por não existir um documento que comprove sua aquisição.
“É um direito do consumidor o acesso a informações claras e detalhadas dos produtos adquiridos. O número de série da bicicleta é único e funciona como uma forma de individualizar o bem”.
No entendimento da deputada, essa lei, principalmente, incentiva o uso desse meio de transporte, garantindo, além da economia com gasto de transporte público, a saúde e o bem-estar das pessoas.
“A bicicleta é um meio de transporte ecológico, não poluente e saudável. Faz bem para a saúde das pessoas de todas as idades, e é visto como alternativa para o trânsito das cidades. O objetivo desta lei é, através da garantia de propriedade, incentivar o uso desse meio de transporte”.
Fonte RSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.