Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 30 de maio de 2019

30/05/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Criança de 8 meses é arrastada por enxurrada e morre afogada em Guarapuava.


                                
Uma criança de oito meses morreu afogada durante as fortes chuvas que atingiram Guarapuava na madrugada desta quinta feira (30 de maio).

A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros à 00h45, no cruzamento entre as ruas Lauro Sodré Lopes e Abraham Haick, no bairro Santana.

No local, a enxurrada derrubou o muro de uma residência, que servia de parede para a casa. A água entrou na casa e arrastou o berço onde o bebê estava dormindo. Os familiares acionaram o Corpo de Bombeiros para salvar a criança. Porém, quando os socorristas chegaram ao local, a criança já havia sido encontrada na água e estava sem vida.

O corpo do bebê foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava, de onde será liberado para sepultamento.
Fonte G+

Alagamentos atingem cerca de 200 casas em Guarapuava.



As fortes chuvas que caíram entre a noite dessa quarta (29 de maio) e a madrugada de hoje (30 de maio) atingiram cerca de 200 casas em Guarapuava.

O Corpo de Bombeiros registrou dezenas de ocorrências, entre alagamentos e destelhamentos. A região que foi mais atingida pela enxurrada foi o bairro Boqueirão.
O caso mais grave ocorreu no bairro Santana, onde um bebê de oito meses foi arrastado pela água da chuva e morreu afogado (LEIA MAIS AQUI SOBRE O CASO).

De acordo com o levantamento preliminar do Corpo de Bombeiros, entre 800 e mil pessoas foram atingidas pelas fortes chuvas e tiveram que buscar abrigo em casas de amigos ou familiares. Os dados estão sendo atualizados.
Fonte G+

Tempestade causa alagamentos e deixa Ponta Grossa em alerta.


O temporal que atingiu Ponta Grossa na manhã desta quinta-feira (30) causou estragos e ainda mobiliza as autoridades no atendimento à população. Pelo menos cinco ocorrências já foram registradas pela Defesa Civil e pelo Corpo de Bombeiros, mas os números continuam crescendo e um balanço definitivo deve ser divulgado apenas no fim da manhã.

A Defesa Civil foi acionada para três situações de alagamento. Os casos foram registrados na rua Buraco do Padre, no Gralha Azul; rua Itapetininga, na Vila Princesa; e rua Condor, no Santa Marta. Neste último endereço, a vítima ficou presa dentro do imóvel e os bombeiros precisaram ser acionados para resgatar a moradora.
Além disso, também foi registrado um desabamento na rua Afonso Celso, no núcleo 31 de Março, além de um desmoronamento na rua André Mulaski, em Olarias. Ainda não há informações sobre famílias desalojadas ou desabrigadas, ou sobre a possível interdição de imóveis devido aos estragos.
De acordo com o Simepar, em 45 minutos choveu o equivalente a 28 milímetros, com rajadas de ventos de 64 quilômetros por hora. A previsão é de que volte a chover a qualquer momento na cidade, o que pode prejudicar o andamento do trabalho das equipes de resgate.
ATUALIZAÇÃO ÀS 9h10
A Defesa Civil foi acionada até o final da Avenida Ernesto Vilela onde há risco de desmoronamento próximo à linha férrea. Com isso, algumas casas que ficam nesta área de risco estão comprometidas e os moradores devem ser retirados do local até que o problema seja sanado.
O texto é do site A REDE.
Temporal derruba árvores sobre veículos e deixa prejuízos em Londrina.



Duas árvores caíram sobre veículos e deixaram prejuízos aos moradores de Londrina, na noite de quarta-feira (29). As árvores de grande porte foram derrubadas com a chuva e os fortes ventos que atingiram a região.

A primeira situação aconteceu na Praça 7 de Setembro, quando um tronco caiu sobre um Fiat Bravo. Os Bombeiros foram acionados e atenderam a ocorrência. Em seguida, a mesma equipe de brigadistas esteve na Rua Goiás, onde outra árvore despencou sobre um Chevrolet Celta e ainda atingiu um Nissan Versa. 

Mesmo com os estragos, ninguém ficou ferido. De acordo com os bombeiros, as duas árvores estavam com as raízes prejudicadas e quebraram na base.

Fonte: Odair José / Rede Massa




Chuva forte, granizo, queda de árvores. Quinta-feira começa com caos em Curitiba e RMC.

                 
Uma forte chuva com queda de granizo atinge Curitiba e vários municípios de Região Metropolitana de Curitiba (RMC) deste a madrugada desta quinta-feira (30). Até às 6 horas, o Corpo de Bombeiros já registrava 82 ocorrências com pedidos de atendimento só nos municípios da Região Metropolitana. A maioria em relação a alagamentos, queda de árvores e telhados destruídos em razão das pedras de granizo.

Equipes da prefeitura de Curitiba trabalham desde as primeiras horas da manhã para atender ocorrências da chuva, trabalho que está em andamento.


Até às 9 horas, ouve 16 solicitações de fornecimento de lona, por conta de estragos nos telhados, nos bairros Boqueirão, Portão, Pinheirinho, Santa Cândida e Santa Felicidade.

Também foram registrados pontos sem energia nos terminais de ônibus Portão, Hauer e Campo Comprido.

Queda de galhos de árvores nas proximidades da estação tubo Santa Quitéria e nas ruas Rezala Simão, Major França Gomes, Brigadeiro Franco/Júlia Wanderley, Anita Garibaldi com Flávio Dalegrave, e na Rua Mamoré.

Os municípios da Região Metropolitana mais atingidos foram Colombo, Pinhais, Itaperuçu, São José dos Pinhais, Almirante Tamandaré e Rio Branco do Sul.

A Defesa Civil Estadual ainda não fez um balanço das ocorrências e a chuva segue em toda a região. Há centenas de unidades residenciais e comerciais sem energia.

Em Rio Branco do Sul há muitas casas destelhadas, vários pontos de alagamento e até desmoronamentos pelo excesso de chuva foram registrados. 

Os bombeiros estão fazendo a distribuição de lonas e orientando as pessoas que foram atingidas.
           
                                          
Fonte Banda B


Encontrados corpos de três irmãos que desapareceram após carro cair em rio.


O Corpo de Bombeiros localizou, na manhã desta quarta-feira (29), os corpos dos três irmãos que estavam desaparecidas em Faxinal (Vale do Ivaí), após o veículo em que eles estavam cair em um riacho. 

Os pais das crianças, que também estavam no carro, sobreviveram ao acidente. Equipes dos bombeiros de Apucarana (Norte), Londrina e dos Bombeiros Comunitários de Faxinal haviam reiniciado as buscas no início da manhã desta quarta.

As vítimas foram localizadas dentro do veículo, que ainda estava submerso em um afluente do rio Pereira, na região rural de Faxinal. A informação foi confirmada em nota pelo 11º Grupamento de Bombeiros.

O carro estava passando pela estrada do Barreirinho, próximo a uma ponte em reforma, quando escorregou e caiu no leito do riacho na tarde de terça-feira (28).

Os corpos das crianças foram encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) de Apucarana.
Informações Bonde

Mulher é assassinada a facadas dentro de casa; ex-namorado é o suspeito.

(Foto: Ilustração/Reprodução/www.bljesak.info) - Mulher é assassinada a facadas dentro de casa; ex-namorado é suspeito

Uma mulher foi assassinada a facadas na manhã desta quarta-feira (29), em Araucária. As primeiras informações dão conta de que a vítima estava em casa, na companhia de uma amiga, quando o ex-namorado teria invadido o local armado com uma faca e atacado a mulher. Depois, ele teria fugido.

O Siate foi acionado pouco antes de 9 horas para atender uma pessoa agredida em uma casa na Avenida Nossa Senhora dos Remédios. Quando a equipe chegou ao local, no entanto, contatou que a mulher havia sido ferida a facadas. Ela morreu no local.

O nome da vítima não foi divulgado oficialmente, mas, conforme as primeiras informações, se trata de uma mulher de cerca de 50 anos.

A polícia investiga o crime e procura pelo suspeito.

Fonte: Jornal O Popular do Paraná.



Porca de estimação de 300 kg vira caso de polícia no Paraná.


Uma porca, que recebeu o nome de 'Helena', virou caso de polícia na região de Santo Antônio da Platina. 

O animal de estimação pesa mais de 300 quilos e gerou reclamação de vizinhos da casa onde é criado.

Uma das moradoras das imediações chegou ao extremo de registrar boletim de ocorrência em delegacia, tentando encontrar uma saída para o "impasse".

A reportagem do portal Vale Verde não citou nomes dos envolvidos, até porque uma das partes vem sofrendo ameaças pela internet. O estopim da crise foi provocado pela dona da porca, que publicou em redes sociais cópias do BO, fotos da denunciante e afirmações de que ela estaria tentando forçar a retirada do animal do local onde vive. 

Bastou isso para que a vizinha passasse a ser ameaçada na internet, além de acusações injuriosas e caluniosas, que fizeram com que retornasse à Depol para registrar novo BO. Isso, segundo a denunciante, provocou a fúria da dona do animal, que chegou a agredi-la, segundo afirma, em frente a um policial militar chamado ao local para conter a agressora. 

O delegado Rafael Guimarães informou no início da noite da última sexta-feira (24), que já iniciou as investigações e já possui cópia de postagens nas redes sociais publicadas por internautas com ameaças e acusações contra a moradora, que está assustada com a agressividade contida nas publicações.

“Quero alertar que essas pessoas vão responder criminalmente por seus atos. A partir da próxima semana alguns autores das publicações vão ser chamados à delegacia e terão que se explicar perante a justiça”, alertou o delegado. 

Mau cheiro:

A vizinha faz questão de explicar que seu intuito não é retirar o animal da casa onde vive, mas que a dona, ao manter a porca em sua residência, respeite os vizinhos, evitando sujeira, principalmente fezes e urina que se acumulam, provocando mau cheiro insuportável. “No verão a porca dorme na garagem. Sua dona coloca um ventilador para amenizar o calor e isso amplifica o mau cheiro, que torna insuportável até fazer as refeições. Não queremos que levem embora os animais, mas que respeitem quem mora na vizinhança”, desabafa.

Fonte: Portal Tribuna do Vale.


Nova Laranjeiras - Acidente na BR-277 deixa motociclista em estado grave.

Nova Laranjeiras - Acidente na BR-277 deixa motociclista em estado grave

A equipe da Ecocataratas atendeu um grave acidente do tipo colisão entre uma motocicleta com placas de Rio Bonito do Iguaçu e um caminhão no trevo de acesso a Nova Laranjeiras na BR-277 no KM472 na noite desta terça dia 28.
O motociclista identificado como Alexandre dos Santos de 25 anos, teve membros inferiores amputados.
O motorista do caminhão não precisou de atendimento, segundo ele, a motocicleta invadiu a pista vindo a causar a colisão.



Motorista de Gol morre em grave acidente na BR - 116.


Um grave acidente de trânsito foi registrado no quilômetro 172 da BR-116, em Quitandinha.

As informações são de que um veículo Gol seguia sentido Mandirituba, quando acabou saindo da pista, colidindo contra uma árvore.

Após o impacto, o carro retornou para a rodovia, com a frente voltada para o sentido contrário, e atingiu um Azera, de forma frontal.

O motorista do Gol morreu no local. O condutor do Azera saiu ileso.

A Polícia Rodoviária Federal registrou o acidente.

O corpo da vítima fatal foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: CGN.



Carreta com placas de Cascavel se envolve em acidente na BR-163.



Um acidente de trânsito foi registrado na rodovia BR-163, em Santo Antônio do Sudoeste, Região de Fronteira com a Argentina. 

Segundo informações, o condutor do caminhão com placas de Cascavel perdeu o controle da direção e saiu da pista, batendo contra um barranco. 

Com o incidente, a carreta parou em 'L', entre o acostamento e a rodovia, deixando o trânsito lento. 

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal foi mobilizada e prestou atendimentos à ocorrência, controlando o fluxo de veículo. 

O Samu também foi mobilizado, tomando as medidas cabíveis quanto aos envolvidos. 

Fonte: Renato Lima / CGN.




Cristina Silvestri propõe sete emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Imagem relacionada

Parlamentar propôs quatro emendas na área de segurança, uma na área da saúde, uma na área da assistência social e uma para o meio ambiente.

A deputada estadual Cristina Silvestri propôs nesta semana sete emendas aditivas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece as metas e prioridades para o exercício financeiro do Governo do Estado do Paraná em 2020.

“É com base na LDO que o governo determina como serão feitas as transferências de recursos a entidades públicas e privadas. A LDO é a base para equilibrar receitas e despesas, controlar custos e avaliar resultados”, explica a parlamentar.

Ao todo, Cristina propôs quatro emendas na área de segurança, uma na área da saúde, uma na área da assistência social e uma para o meio ambiente.

- Construção de casas de custódia na região Centro-Sul;
- Instalação do Programa de Escola e formação especializada de praças da Polícia Militar na região Centro-Sul;
- Construção do Centro de Sócio Educação na região Centro-Sul;
- Reforço ao pedido de implantação do Colégio da Polícia Militar em Guarapuava.

·     Saúde
- Realização de cirurgias eletivas na região Centro-Sul, através de mutirões.

·     Assistência Social
- Criação de políticas voltadas para o tratamento e apoio aos portadores de autismo.

·     Meio Ambiente
- Programa de desocupação das margens e implantação de parques para aumentar a área de permeabilidade e contenção de águas de chuva.
“São pedidos de extrema importância para Guarapuava e todos os 25 municípios do entorno, que atendem anseios diretos e constantes da nossa população”, reforça Cristina.

Agora, as propostas irão para avaliação da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e, em seguida, seguirão para votação dos deputados no plenário.

Ex-presidente da Câmara de Faxinal deverá restituir R$ 29,1 mil em diárias.


Em processo de Tomada de Contas Extraordinária, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) julgou irregular a concessão indevida de diárias pela Câmara Municipal de Faxinal (Região Central) em 2014, ao então presidente do Legislativo municipal, vereador Paulo Vitor Portela. Devido à decisão, ele foi responsabilizado pela devolução de R$ 29.100,00, atualizados monetariamente desde aquele ano.

Os motivos foram os pagamentos de diárias de viagens sem documentação comprobatória, totalizando o valor de R$ 26.800,00, e também o pagamento indevido de diárias integrais em dias de retorno de supostas viagens, no valor de R$ 2.300,00, somando assim os R$ 29.100,00 a serem ressarcidos ao cofre municipal.

O processo de Tomada de Contas foi instaurado após a comprovação da irregularidade pelos sistemas eletrônicos do TCE-PR que acompanham os atos da gestão municipal. Os analistas de controle do Tribunal apontaram que, em 2014, o pagamento de diárias representou um incremento de 80% na remuneração anual de Paulo Vitor Portela, que presidiu o Legislativo municipal no biênio 2013-2014.

Além da determinação de devolução das diárias pagas indevidamente, o então presidente da câmara terá que pagar a multa de 30% do valor do dano, prevista no artigo 89 da Lei Orgânica do TCE-PR (Lei Complementar Estadual nº 113/2005). Paulo Vitor Portela também recebeu uma multa administrativa que, em maio, corresponde a R$ 4.130,40. A controladora interna da Câmara Municipal de Faxinal em 2014, Glauceli Machado de Oliveira, também recebeu essa segunda multa - prevista no artigo 87, inciso IV, da Lei Orgânica, devido à falta de atuação para garantir que os atos irregulares fossem demostrados nos processos administrativos pertinentes ao controle interno.

A Coordenadoria de Gestão Municipal (CGM) do TCE-PR opinou pela procedência da Tomada de Contas Extraordinária, com aplicação de multas aos responsáveis e a devolução dos valores. Em seu parecer, o Ministério Público de Contas (MPC-PR) concordou com a instrução da unidade técnica.

O relator do processo, conselheiro Ivan Bonilha, acompanhou a CGM e o MPC-PR. Ele destacou que não houve a apresentação de certificados da realização de cursos ou outros documentos que pudessem comprovar a motivação das viagens. 

Ainda que houvessem esses documentos, ressaltou Bonilha, ficou evidente o desvio de finalidade diante da expressiva quantidade de dias em que o gestor ficou ausente do município, além do recebimento de diárias integrais nos dias de retorno de viagens.

O conselheiro determinou que o então presidente da Câmara Municipal de Faxinal restitua R$ 29.100,00, devidamente atualizados, pague uma multa correspondente a 30% do valor de dano e mais uma multa administrativa. Essa última multa corresponde a 40 vezes o valor da Unidade Padrão Fiscal do Paraná (UPF-PR), que sofre atualização mensal. Em maio, UPF-PR vale R$ 103,26 e a sansão corresponde a R$ 4.130,40.

Os membros da Segunda Câmara da corte aprovaram, por unanimidade, o voto do relator, na sessão de 23 de abril. A decisão está contida no Acórdão nº 1065/19 - Segunda Câmara, publicado no dia 6 de maio, na edição nº 2.051 do Diário Eletrônico do TCE-PR (DETC). O periódico oficial é veiculado no portal www.tce.pr.gov.br.
Informações são do TCE-PR.





STF decide hoje se privatização precisa de aval do Congresso.


Integrantes do STF não arriscam um placar para o julgamento, já que o resultado de discussões sobre “pautas econômicas” (envolvendo questões fiscais e tributárias, por exemplo) costuma ser mais imprevisível. Nesses casos, os ministros tendem a decidir caso a caso, ao contrário, por exemplo, de questões levantadas no âmbito da Operação Lava Jato, onde a posição de cada um sobre as investigações é considerada mais clara e definida.

Na sessão desta quinta-feira, os ministros também deverão discutir uma outra decisão, do ministro Edson Fachin, que suspendeu a venda de 90% da Transportadora Associada de Gás (TAG) por US$ 8,6 bilhões. O argumento de Fachin, que acolheu pedido feito pelos sindicatos dos petroleiros e de trabalhadores de refinarias, é que a venda da empresa precisa passar por um processo de licitação. 

A decisão representou um revés no plano de venda de ativos da Petrobrás, que tenta, com essa estratégia, melhorar seu caixa.

Maratona. Ontem, na véspera do julgamento desses dois processos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, fez uma maratona de audiências com integrantes da Corte. Pela manhã, reuniu-se com Cármen Lúcia e, à tarde, com Luís Roberto Barroso e Rosa Weber. No caso da audiência com Rosa, a pauta “oficial” é a identidade digital nacional. A avaliação, dentro do Supremo, é que o julgamento sobre privatizações deverá pacificar a questão e garantir mais segurança jurídica ao ambiente de negócios no País.

O ministro-chefe da Advocacia-Geral da União, André Mendonça, disse que o processo deve servir como regra para todas as empresas públicas. “A expectativa é que o Supremo, diante de uma causa relevantíssima, traga segurança jurídica para todo o processo de investimento do País, certo de que essa causa servirá de parâmetro para toda a construção de desenvolvimento não só da Petrobrás, mas também para todo o processo de desinvestimento das empresas públicas”, disse.
Fonte Banda B

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.