Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

20/09/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Adolescente de 17 anos grávida é encontrada em Bar de mulheres em Palmital. Entenda o Caso !!!!



  No dia 19 de setembro de 2019, a equipe foi acionada pela equipe do Conselheiro Tutelar a qual relatou ter recebido uma denuncia anônima dando conta que no endereço supracitado funcionava um bar que servia como prostíbulo e que neste local haveria uma menor a qual estaria se prostituindo e ainda estaria grávida. Diante dos fatos a equipe deslocou até o endereço, juntamente com a equipe do Conselho Tutelar e ao adentrar o bar foi realizada a abordagem de dois masculinos, sendo um masculino de 23 anos e o outro de 24 anos, sendo ainda foi possível constatar que a referida adolescente (17 anos) estava no local, com roupas curtas e grávida juntamente com duas outras femininas sendo uma com 22 anos e a outra de 30 anos, esta responsável pelo bar. Questionada esta quanto à presença da adolescente no recinto ela apenas alegou que a mesma morava ali. Foi constatado a presença de camas no local, bem como jukebox e bebidas alcoólicas. Identificados os dois masculinos e nada pendente encontrado, sendo os mesmos liberados no local. Sendo as femininas a testemunha de 22 anos e (a autora de 30 anos e a adolescente de 17 anos encaminhadas a 44 SDP de Palmital para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Polícia Militar. 



Recém-nascido é encontrado dentro de caixa de papelão.

Recém-nascido é encontrado dentro de caixa de papelão

Uma caixa de papelão deixada em um ponto de ônibus, no Butiatuvinha, em Curitiba, despertou a curiosidade de pessoas que passaram por perto e não souberam identificar o que era. A Polícia Militar (PM) foi acionada, então, para o local. Quando a equipe chegou, constatou que o que tinha dentro da caixa era um recém-nascido.

A situação aconteceu na manhã desta sexta-feira (20) e o bebê foi imediatamente levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Campo Comprido, em Curitiba.

Segundo o soldado Kinap Maycoln, da PM, provavelmente o bebê foi deixado no local por volta das 4 horas, pois a caixa estava bem molhada quando foi encontrada. “O bebê não estava molhado, mas a caixa sim. Ele estava tranquilo, quieto. Enrolei ele na coberta, estava com as mãos bem geladas”, relatou.

O recém nascido estava no ponto de ônibus em frente ao Seminário, enrolado em uma coberta, com a roupa, fralda e nada mais. “Ele estava hipotérmico e com o cordão umbilical, mas foi imediatamente aquecido e feito os primeiros cuidados. Está bem, é um menino”, esclareceu a Dr. Carmela Brocher, médica que atendeu o bebê na UPA.


O bebê foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador. O caso será investigado pela Polícia Civil do Paraná (PCPR).

Fonte: BANDA B.



Homem é baleado na cabeça e fica entre a vida e a morte.

Homem é baleado na cabeça e fica entre a vida e a morte

Um homem de 38 anos está entre a vida e a morte após ser baleado na cabeça durante a noite de quinta-feira (19) em Ponta Grossa. O crime foi registrado na Rua Alfredo Hoffmann, no Jardim Los Angeles, por volta das 19 horas.

Equipes do Siate, do Samu e da Polícia Militar estiveram no local para atender a ocorrência. Segundo as autoridades, não há informações de quem teria efetuado os disparos. A vítima sofreu ferimentos considerados gravíssimos e foi levada às pressas para a Santa Casa de Misericórdia, onde permanece internada com risco de morte.

Fonte: A REDE.



Homem morre em acidente com moto esportiva na BR-163.

Homem morre em acidente com moto esportiva na BR-163

Um motociclista morreu em um grave acidente de trânsito por volta de 23h50min desta quinta-feira (19) na BR-163 entre Marechal Rondon e Mercedes.

O rapaz de 27 anos seguia de moto pela rodovia, quando colidiu contra um guard-rail, numa curva. Com o impacto, o homem foi lançado a vários metros da motocicleta, caindo em um barranco.

O motociclista teve graves ferimentos por todo corpo e morreu antes da chegada do Corpo de Bombeiros. 

A moto parou a 165 metros do local da batida. 


A PRF de Quatro Pontes esteve no local realizando os levantamentos. 

O corpo foi recolhido e encaminhado ao IML de Toledo, para posterior liberação aos familiares.

Fonte: PONTO DA NOTÍCIA.



Três carros batem na BR-277, em Laranjeiras do Sul.

Três carros batem na BR-277, em Laranjeiras do Sul

Um acidente de trânsito foi registrado ontem (19), por volta de 18h20, na BR-277, em Laranjeiras do Sul. A batida envolveu um Corolla e dois veículos GOL.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, com base na análise dos vestígios identificados, constatou-se que o condutor do Corolla de São Paulo tentou realizar manobra de ultrapassagem em local proibido, vindo a colidir frontalmente com um Gol que seguia no sentido contrario, rodou na pista e colidiu na lateral de outro VW/ Gol. 

O condutor do Corolla de 56 anos e a passageira de 60 anos sofreram ferimentos leves. O motorista do Gol de Nova Laranjeiras, de 36 anos, que que se envolveu na colisão frontal sofreu lesões graves e seu passageiro lesões leves.

O condutor do segundo Gol não foi identificado até o momento.

Fonte: PRF.



Homem morre em grave acidente na BR-277, em Palmeira.

Homem morre em grave acidente na BR-277, em Palmeira

Uma pessoa morreu em um grave acidente registrado por volta de 04h45 desta sexta-feira na BR-277, perto do quilômetro 195, em Palmeira.

A batida envolveu um Honda City, com placas de Balneário Camboriú (SC) ocupado por cinco pessoas, e um caminhão carregado com suínos ocupado apenas pelo motorista.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o condutor do automóvel tentou realizar uma conversão em local proibido, para adentrar o Posto de Combustível, pela via de saída do mesmo, obstruindo a passagem do caminhão, que seguia no mesmo sentido.

Ambos veículos seguiam sentido Curitiba para Irati.

No choque o automóvel foi arremessado para fora da via, ficando imobilizado na lateral direita, com seu condutor de 40 anos, já em óbito, e duas passageiras com lesões graves, uma mulher de 39 e uma uma criança feminina de 7 anos. Ambas as vítimas foram encaminhadas ao Hospital do Sócio em Campo Largo. Outros dois menores, um menino de 16 e uma garota de 7, com ferimentos moderados, foram encaminhados para a Santa Casa de Irati. 


O condutor do caminhão nada sofreu. Ele realizou o teste de Etilômetro com resultado 0,00mg/L, para ingestão de álcool.

A pista não ficou interditada, pois ambos veículos ficaram imobilizados a margem da via.

O corpo do condutor do automóvel foi encaminhado para o IML de Ponta Grossa.

Fonte e Imagens BDCom PRF

Homem morre em grave acidente na BR-277, em Palmeira



Busca da PF gera embate entre Senado e Supremo.

Busca da PF gera embate entre Senado e Supremo

A operação da Polícia Federal, autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, que vasculhou nesta quinta-feira, 19, gabinetes do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), abriu uma nova crise entre os Poderes. Após a ação, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reagiu e disse que questionará a ofensiva na Corte.

Bezerra e seu filho, o deputado Fernando Coelho Filho (DEM-PE) - também alvo da operação -, são suspeitos de receberem R$ 5,538 milhões em propinas, segundo a PF.

Alcolumbre, porém, contestou a realização de busca e apreensão nos gabinetes da liderança do governo e do parlamentar - na época dos fatos investigados, Bezerra não tinha mandato de senador. A Procuradoria-Geral da República havia se manifestado contrária a essa medida, solicitada pela PF.

O episódio desgastou as já conturbadas relações entre STF e Senado. Na Casa, parlamentares pressionam Alcolumbre para autorizar a criação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar ministros do tribunal - a CPI da Lava Toga. Outro foco de tensão são os pedidos de impeachment protocolados no Senado contra integrantes da Corte.

A ação da PF que teve como alvo Fernando Bezerra Coelho pegou de surpresa senadores, que manifestaram preocupação com o futuro da articulação política do Palácio do Planalto na Casa e com uma eventual saída do líder do cargo.

Após colocar o cargo à disposição do presidente Jair Bolsonaro, Bezerra foi até à residência de Alcolumbre para tentar esclarecer os fatos. Os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e José Serra (PSDB-SP) participaram da conversa. Alcolumbre se disse surpreso com a investigação e com a ação da PF no Senado. E criticou o fato de a busca ter sido determinada individualmente por Barroso.

Bolsonaro não se manifestou sobre o assunto nesta quinta, nem em redes sociais nem na transmissão ao vivo que costuma fazer às quintas-feiras.

Apesar das críticas dos senadores a Barroso, há precedentes na Corte. Ministros do STF já autorizaram em decisões monocráticas operações de busca e apreensão nas dependências do Congresso. Em 2017, o relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, autorizou a atuação de policiais federais nos gabinetes dos então deputados Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) e Rocha Loures (MDB-PR).

'Desnecessária'

"A drástica interferência foi adotada em momento político em que o Congresso Nacional discute a aprovação de importantes reformas e projetos para o desenvolvimento do País. Mostra-se, desse modo, desarrazoada e desnecessária, em especial pela ausência de contemporaneidade, pois os fatos investigados ocorreram entre 2012 e 2014", disse Alcolumbre, em nota. Mais cedo, em declaração a jornalistas, o presidente do Senado afirmou considerar a ação desta quinta uma "diminuição do Senado Federal". "Eu não vou deixar que isso aconteça."

Alcolumbre e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foram avisados da operação pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, e colocaram a Polícia Legislativa à disposição da PF, medida considerada praxe. Os policiais passaram a manhã nos gabinetes de Bezerra Coelho, no Senado, e no de Fernando Filho, na Câmara. No encontro com o senador, Alcolumbre manifestou solidariedade.

'Republicana'

Em nota divulgada após as críticas de Alcolumbre, Barroso disse que a decisão que autorizou a operação "foi puramente técnica e republicana" e que a investigação de fatos criminosos pela PF e a supervisão de inquéritos policiais pelo STF "não constituem quebra ao princípio da separação de Poderes, mas puro cumprimento da Constituição".

"A providência de busca e apreensão é padrão em casos de investigação por corrupção e lavagem de dinheiro. Fora de padrão seria determiná-la em relação aos investigados secundários e evitá-la em relação aos principais", escreveu o ministro.

A ação autorizada por Barroso foi deflagrada com base em diversos elementos, incluindo delações de investigados na Operação Turbulência - entre eles, o empresário João Lyra, dono da aeronave envolvida no acidente aéreo que matou o ex-governador de Pernambuco e então presidenciável Eduardo Campos (PSB) em 2014.

A PF apresentou registros de transações bancárias para demonstrar a transferência de recursos aos investigados, bem como elementos de prova que indicam o recebimento dos valores, entre 2012 e 2014, pagos por empreiteiras, em razão das funções públicas exercidas pelos parlamentares. Também foi juntada gravação de conversa entre um delator e um operador que discutiam a forma de pagamento de um empréstimo. Barroso determinou a realização de buscas em 52 endereços.

Defesa

O advogado André Callegari, que defende Fernando Bezerra e Fernando Filho, disse que "causa estranheza que medidas cautelares sejam decretadas em razão de fatos pretéritos que não guardam qualquer razão de contemporaneidade com o objeto da investigação".

Para o advogado, a operação foi "retaliação" pela atuação do senador contra "abusos" de órgãos de investigação". "Primeiro, teve uma declaração dele (Bezerra) sobre o Moro ser esquecido", disse Callegari, ao citar frase do senador ao jornal O Estado de S. Paulo segundo a qual, uma vez fora do governo, o ex-juiz poderia ser esquecido em 60 dias. "O senador tem defendido a não abertura da CPI da Lava Toga, tem sido incisivo em pontos relativos a investigações sem prova robusta, tem criticado a atuação de auditores da Receita em relação a fatos aos quais eles não têm atribuição", afirmou. 

Fonte: O Estado de S. Paulo.



Gleisi: filiados ao PT que venceram Mega-Sena não precisam dar dízimo ao partido.

Gleisi: filiados ao PT que venceram Mega-Sena não precisam dar dízimo ao partido

Os vencedores do bolão da Mega-Sena filiados ao PT não vão precisar dar o "dízimo", como são batizadas as contribuições que parlamentares e ocupantes de cargos de confiança filiados têm que fazer ao partido. Pelo estatuto petista, quem for membro do PT tem de contribuir com um porcentual de 2% a 20% do salário para ajudar na manutenção da legenda. O prêmio total foi de R$ 120 milhões e cada um dos apostadores deve receber R$ 2,5 milhões.

"Não. O prêmio não entra na regra. Mas quem quiser doar uma parte, será muito bem vindo", afirmou a presidente do PT, Gleisi Hoffmann. A reportagem apurou que uma vencedora que está lotada na assessoria técnica já afirmou que vai doar uma porcentagem.

O porcentual varia de acordo com o valor do salário e é maior para os parlamentares. A cobrança do dízimo pelo PT já foi contestada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que proibiu o desconto na folha de pagamento. Mas o estatuto do partido, alterado em 2007, mantém a obrigatoriedade do pagamento mensal. Os parlamentares inadimplentes ficam sujeitos até a serem expulsos da legenda.

Dos 96 servidores nomeados no gabinete da liderança, apenas um foi deputado: Waldir Damous (PT-RJ). De acordo com dirigentes do partido, ele não participou do bolão.

O grupo que apostou é formado por assessores e funcionários da Câmara. De acordo com dois vencedores, que pediram anonimato, cada cota tinha valor de R$ 10. Assim que saiu o resultado, o grupo saiu comemorando pelo corredor chamando a atenção de quem passava. O prêmio dos petistas é o terceiro maior deste ano e um dos 20 mais altos da história. O maior foi sorteado em maio, para um sortudo que levou R$ 289 milhões.

Fonte: CGN.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.