Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

sábado, 12 de janeiro de 2019

12/01/2019 Deus é Fiel !!!!!!!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.




Bairro São Manoel fica sem luz 11 horas criando grande transtorno aos moradores em Santa Maria do Oeste.

Imagem relacionada

O Blog do Beto esteve ontem dia 11/01/2018, nesta sexta – feira no bairro São Jose para constatar a falta de luz que durou 11:00 Horas criando um grande transtorno a todos moradores da região.
Uma das moradoras nos disse que a falta de luz começou as 19:00 horas do dia 10/01/2019 e foi acabar em torno das 18: 00 horas do dia 11/01/2019.
Relatou que teria registrada a denuncia na coopel, mas que durante a falta de luz ligou farias vezes e a coopel só informava que a luz iria voltar.
Constatamos no local que os frízer e geladeira já estavam completamente descongelados as carnes e frangos e outros produtos com risco de estragar.
Esperamos que seja dada uma explicação para a população que paga em dia sua conta, e que não volte acontecer.


Catanduvas - Identificado o terceiro elemento morto em confronto com a polícia.

Catanduvas - Identificado o terceiro elemento morto em confronto com a polícia

Na continuidade das apurações sobre o confronto entre bandidos e a Rotam, ocorrido no final da tarde desta sexta dia 11, na PR 471, a reportagem do Portal Cantu, obteve a identificação do terceiro elemento morto no confronto trata-se de Paulo Edinaldo de Freitas 36 anos de idade.

Os elementos mortos no confronto, Jeferson Da Luz Morais “ Vulgo Baguá’’, Elias dos Anjos vulgo “ Pisquila” e Edinaldo, anteriormente executaram a tiros em uma residência no Bairro Alto Alegre o Adilson Gomes da Silva quando durmia com a namorada.

A Polícia intensifica as investigações e acredita que o trio que executou Adilson, fazia parte de uma facção criminosa e havia rivalidade entre ambos.

Os mortos no confronto, todos tinham passagens pela polícia.
No local do confronto entre os bandidos e a Rotam, foram apreendidas duas armas uma Pistola cal.9mm e um revólver cal. 22 e ainda o veículo em que os elementos estavam sendo um Corsa de Cor Bordô.
Os corpos passaram por autopsia e necropsia no IML de Cascavel.

Investigadores estão nas diligências sobre o caso.
Fonte Portal Cantu


Ladrão de moto leva dinheiro de cinco postos de pedágio da BR-376.


Um ladrão de motocicleta assaltou cinco postos do pedágio na Colônia Witmarsum, em Palmeira, na BR-376, entre Curitiba e Ponta Grossa. O roubo aconteceu na noite desta sexta-feira (11), por volta das 21 horas. Os funcionários passam bem e o suspeito ainda não foi encontrado.
Segundo as vítimas, o homem estava em uma Honda CG preta e deu voz de assalto sem mostrar nenhuma arma. A policial rodoviária federal Samara explicou que cinco cabines foram assaltadas. “Um rapaz chegou em uma moto, anunciou o assalto e levou dinheiro de cinco postos. O trecho é bem acompanhado, a PRF sempre faz buscas pelo local, junto com a Polícia Militar (PM), também. Isso não é nada comum”, descreveu a policial.
A praça de pedágio é da concessionária CCR RodoNorte. Ainda não há informações de quanto de dinheiro foi levado. O caso seguirá investigado pela Polícia Civil da região.
Fonte Banda B

Irritada com marido, mulher fala 'tomara que pegue fogo nessa coisa' e carro começa a incendiar.



A Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar de Santa Helena, foram acionados na noite desta sexta-feira (11), para atender um incêndio em um veículo na avenida Paraná, no bairro Baixada Amarela.
Quando as equipes chegaram no local, constataram que se tratava de um princípio de incêndio e que populares já haviam controlado as chamas.
O proprietário do veículo VW Parati, estava alterado, pois segundo ele, sua mulher teria amaldiçoado seu veículo. Ele contou que teria acabado de retirar o automóvel de uma chapeação e chegando em casa, sua esposa teria falado: "tomara que pegue fogo nessa coisa", e logo o incêndio começou.
Como o princípio de incêndio já havia sido controlado, não houve intervenção por parte dos órgãos de segurança, apenas foram retirados os cabos da bateria, para evitar um novo incêndio.
Caminhoneiro morre na rodovia BR-376.


Carreta tombou em uma curva, bateu contra defensa metálica e invadiu pista contrária. Passageira ficou encarcerada por 2 horas na cabine do veículo.
Um caminhoneiro de 44 anos morreu em um acidente de trânsito registrado na noite de sexta-feira (11) na rodovia BR-376, próximo ao município de Tibagi. O caminhão que ele dirigia, carregado com sal, tombou em uma curva da rodovia, quebrou a defensa metálica e invadiu a pista contrária. Além dele, uma mulher de 47 anos estava como passageira no caminhão e ficou presa por mais de 2 horas dentro da cabine, até ser resgatada pelos socorristas.
O veículo seguia para o sentido Norte quando o condutor perdeu o controle na curva e tombou sobre a defesa metálica no km 437 da rodovia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão ficou atravessado no sentido contrário da pista (Sul). Ela ficou interditada por cerca de 5 horas, sendo liberada em uma faixa por volta das 3 horas deste sábado (12).
Equipes da CCR RodoNorte fizeram o resgate da mulher e a encaminharam com ferimentos ao Pronto-Socorro Municipal de Ponta Grossa. Apesar de ficar presa dentro do veículo, os ferimentos não trazer risco à vida da vítima. O condutor teve o corpo recolhido pelo Instituto Médico-Legal (IML). A causa do acidente não foi informada pela PRF.
Fonte aRede



Mulher tem lesões graves ao ser atropelada por carro na marginal da BR-467.



Uma mulher ficou gravemente ferida na manhã deste sábado ao ser atropelada, na marginal da BR-467, região do Bairro Canadá, em Cascavel.
Segundo as informações, a vítima, que é diarista, estava indo para o trabalho, quando sofreu o acidente. Ela foi atingida por um carro.
O Siate foi acionado para atender a pedestre. Chegando ao local, os socorristas pediram apoio do médico de plantão, diante da gravidade do caso.
A vítima, Ivone Fátima Reis Neves Sobrinho, 52 anos, precisou receber oxigênio. Ela apresentava lacerações na cabeça e na coxa esquerda. 
Após os primeiros atendimentos, os bombeiros encaminharam a mulher para a UPA Tancredo Neves.
A Polícia Rodoviária registrou a ocorrência.

Condutores saem ilesos em forte colisão na PR-180.



Uma colisão entre carros foi registrada na tarde desta sexta-feira (11), na PR-180, no trevo de acesso a Goioerê (PR). 
Felizmente, a batida não deixou vítimas, apesar dos estragos de grande monta nos dois automóveis.
Segundo as informações, o Fiat Uno, de Goioerê, cruzava a pista da rodovia quando foi atingido pleo Corolla, de Quarto Centenário (PR).
Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram acionadas, mas dispensadas em seguida.
As informações são do GoioNews.

STF revoga liminar e TJPR terá que estatizar 172 cartórios.


O Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) terá 60 dias para estabelecer um plano de estatização de 172 cartórios privados no Estado. Com a derrubada da liminar pelo STF, a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de 2009, voltar a ser aplicada e todas as nomeações  de serventuários após 1988 estão prejudicadas.
“Conceda ao Tribunal de Justiça do Estado do Paraná o prazo de 60 (sessenta) dias para que apresente ao CNJ um plano, acompanhado de cronograma de implantação, juntamente com demonstrativos financeiros, para estatizar todas as serventias judiciais, exercidas em caráter privado, cuja titularidade tenha sido concedida, por qualquer modo ou forma, após 05 de outubro de 1988”, diz a determinação do CNJ.
Em 12 meses, incluídos os 60 dias do plano, o Tribunal terá que finalizar todo o processo de efetivação integral da estatização, com a nomeação de todos os servidores aprovados em concurso público para o provimento dos cargos necessários. Para garantir a efetivação do plano, o CNJ autorizou, em caráter excepcional, a utilização de recursos do Fundo da Justiça – FUNJUS, para custear as despesas necessárias a esse fim, o que será acompanhado pela Corregedoria Nacional de Justiça.
O Sindicato dos Servidores do Judiciário no Paraná (Sindijus-PR) reforça a necessidade de realização de concurso público diante do grande número de vagas que serão abertas. São 100 cartórios cíveis, de família, de acidentes do trabalho e precatórios, e mais 72 distribuidores, avaliadores e contadores.
“Hoje já enfrentamos uma defasagem de servidores nas comarcas que tem prejudicado o serviço. Com a estatização, será fundamental que o TJPR realize concurso público para preenchimento dessas vagas , bem como a reposição de servidores nos atuais locais de trabalho”, destaca o coordenador-geral do Sindijus-PR, José Roberto Pereira.

Flávio Bolsonaro não comparece a depoimento no Ministério Público sobre Queiroz.


O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) não comparecerá nesta quinta-feira (10) para prestar depoimento ao Ministério Público do Rio. Ele foi convidado para falar sobre o caso de seu ex-assessor, Fabrício Queiroz, citado em relatório do Coaf que identificou movimentações financeiras atípicas.
Com prerrogativa parlamentar, o filho de Jair Bolsonaro (PSL) não estava obrigado a comparecer ao órgão nesta quinta, podendo reagendar o depoimento.
Nas redes sociais, o senador eleito se comprometeu a agendar novo dia e horário para prestar esclarecimentos. Ele disse que não é investigado, que ainda não teve acesso aos autos e que só foi notificado do convite do órgão na segunda-feira (7).
“No intuito de melhor ajudar a esclarecer os fatos, pedi agora uma cópia do mesmo para que eu tome ciência de seu inteiro teor”, escreveu.



Na terça (8), familiares de Queiroz também faltaram a oitiva no Ministério Público. Suas filhas, Nathalia e Evelyn, e a mulher, Marcia Aguiar, alegaram que estão em São Paulo acompanhando o ex-assessor em tratamento de um câncer intestinal.
Em petição, a defesa de Queiroz informou ao órgão que ele estava internado no Hospital Albert Einstein. Ele teve alta na própria terça, após dar entrada no dia 30 de dezembro e passar por cirurgia no dia 1°. Segundo seu advogado, Paulo Klein, a internação foi custeada pelo ex-assessor, que apresentará os recibos.
A defesa pediu que os depoimentos sejam marcados para o fim do tratamento, sem previsão de data. Queiroz já faltou a dois encontros com o Ministério Público.
Em nota, o órgão disse que tem informações que permitem o prosseguimento das investigações, com a realização de outras diligências como quebra de sigilo bancário e fiscal.
RELEMBRE O CASO
Relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) identificou que Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.
Segundo o Coaf, as transações são “incompatíveis com o patrimônio, a atividade econômica ou ocupação profissional” do ex-assessor.
Em 2016, Queiroz fez 176 saques em espécie. O policial chegou a realizar cinco saques no mesmo dia, somando mais de R$ 18 mil. No total, as retiradas chegaram a mais de R$ 300 mil.
Oito funcionários ou ex-funcionários do gabinete de Flávio Bolsonaro realizaram repasses para Queiroz. Sua mulher e duas filhas são citadas no relatório.
O nome de uma delas, Nathalia, aparece no documento ao lado do valor de R$ 84 mil, mas não há detalhes sobre estes repasses.
Nathalia trabalhou como assessora de Flávio e, posteriormente, no gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara. Conforme revelou a Folha de S.Paulo, ela atuava como personal trainer no Rio no mesmo período.
Em entrevista ao jornal SBT Brasil, Queiroz disse que parte da movimentação atípica veio da compra e venda de carros e negou ser laranja de Flávio Bolsonaro.
A família Bolsonaro tem evitado dar explicações sobre o assunto, afirmando que cabe ao ex-assessor esclarecer os fatos.

Sem imunidade, Temer deve ser investigado junto com ex-ministros por propina da Odebrecht.


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu, nesta quinta-feira (10), investigação conjunta do ex-presidente da República Michel Temer e dos ex-ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha em caso que apura recebimento de R$ 14 milhões em vantagens indevidas da Odebrecht. Eles são investigados no inquérito 4.462, aberto a partir de informações fornecidas em colaboração premiada por executivos da construtora Odebrecht.
A manifestação foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) em agravo regimental interposto pela defesa de Moreira Franco contra decisão do ministro Edson Fachin, relator do caso, em novembro do ano passado, que suspendeu temporariamente o trâmite dos autos em relação a Temer até o término do mandato de presidente. A decisão também determinou a remessa dos autos em relação aos demais investigados – Moreira Franco e Eliseu Padilha – para o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.
Nas contrarrazões, Raquel Dodge destacou que “não há mais qualquer utilidade prática no agravo interposto pelo investigado, uma vez que o mandato presidencial de Michel Temer se encerrou em 1º de janeiro de 2019” e que o caso somente foi desmembrado pelo ministro Edson Fachin em função da imunidade do ex-presidente. Para a PGR, é certo que os fatos apurados no inquérito que envolvem Michel Temer, Moreira Franco e Eliseu Padilha são conexos. Segundo ela, há conexão instrumental no caso, pois a prova de uma infração ou de qualquer de suas circunstâncias elementares influiu na prova de outra infração. “Justamente em razão da conexão é que a investigação ocorreu de maneira conjunta, e apenas após apurados os fatos”, aponta. Em dezembro do ano passado, Raquel Dodge apresentou agravo regimental ao STF no qual solicita que os autos sejam enviados à Justiça Federal e não à Eleitoral, conforme determinou o ministro Fachin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.