Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quarta-feira, 27 de março de 2019

27/03/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.

‘Operação Araticum’ cumpre mandados de busca e apreensão no PR.



Na manhã desta terça feira (26), uma ação conjunta da Polícia Federal, Força Nacional e BPFron/PMPR cumpriu quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal de Santo Antônio do Sudoeste, em imóveis suspeitos de serem utilizados para a guarda de armas e munições ilegais no município e também em Pranchita.
Um homem de 34 anos foi preso e autuado em flagrante pela posse de cinco armas de fogo de cano longo, 57 munições de vários calibres, um silenciador, três Lunetas, quatro rádios de comunicação e materiais para recarga de munição.
O armamento e acessórios foram apreendidos. A operação recebeu o nome Araticum numa referência a um tipo de árvore comum naquela região de fronteira.
Fonte RSN
Ibema - Jaguatirica aparece em residência e chama atenção de moradores.

Ibema - Jaguatirica aparece em residência e chama atenção de moradores

Uma jaguatirica apareceu em meio as arvores, no final da tarde desta terça dia 26, na residência do Sr. Alcídes, morador da Rua 24 de Maio no Bairro Fátima.
Vários vizinhos, foram até a residência para ver o animal.
Crianças ficaram impressionadas com a aparição do bicho, algumas achavam que tratava-se de um filhote de onça.
A Polícia Militar foi acionada e deslocou - se até o local, e acionou os bombeiros.
Com a presença das pessoas, o animal ficou agitado.
Moradores pedem providências aos bombeiros, para fazer a captura e leva-lo ao habitat natural.
A jaguatirica é um felídeo de porte médio, com 72,6 a 100 cm de comprimento e peso entre 7 e 15,5 kg.
O padrão de coloração da pelagem é muito semelhante ao do gato-maracajá,  mas a jaguatirica é maior e possui a cauda mais curta.


É um animal solitário, noturno, territorial e os machos possuem territórios que se sobrepõem sobre os de várias fêmeas. Alimenta-se principalmente de roedores, mas também de animais de porte maior como ungulados, répteis, aves e peixes.
Caça à noite, formando emboscadas. Alcança a maturidade sexual entre 26 e 28 meses de idade, e as fêmeas dão à luz geralmente um filhote por vez, com cerca de 250 g. Geralmente, filhotes nascem a cada 2 anos.
Em cativeiro, a jaguatirica pode viver até 20 anos, o dobro da sua longevidade no estado selvagem.
Fonte Portal Cantu


Caminhão cegonha pega fogo e danifica carros na BR-116.


Um caminhão-cegonha pegou fogo no começo da noite desta terça-feira (26), no Km 2 da BR-116, sentido norte para São Paulo, entre os municípios de Quatro Barras e Campina Grande do Sul.
De acordo com testemunhas, o fogo se espalhou rapidamente pelo veículo que transportava vários carros, em direção à capital paulista. “Eu vinha de Colombo quando percebi o fogo, mas fiquei distante por medo das labaredas, que já tinham tomado o veículo. Aos poucos, curiosos começaram a parar para acompanhar a cena”, disse o caminhoneiro Eziel Raimundo.
“O fogo iniciou no ‘cavalo’, caminhão que carrega a mercadoria. O condutor tentou liberar a carreta para tentar minimizar os danos, conseguindo com dificuldade. O caminhão-cegonha foi totalmente destruído. Já os carros tiveram prejuízos parciais”, relatou o tenente Klein, do 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros.
Ele também afirmou que o condutor não se feriu e que a via foi bloqueada por motivos de segurança. “Só a exposição aos resíduos de fumaça já é prejudicial à saúde, então optamos por fechar a rodovia”, acrescentou.

Fonte Banda B


Capotamento é registrado na BR-153, em Tibagi.
Um capotamento foi registrado no quilômetro 223 da BR-153, na região de Tibagi, ontem, por volta de 19h50.
Conforme atendimento pela equipe PRF da Unidade Operacional de Imbaú, foi verificado que o automóvel seguia no sentido Tibagi/Ponta Grossa quando perdeu o controle após passar pela ponte do Rio Capivari, devido a pista estar coberta por soja derramada anteriormente por um veículo de carga não localizado.
O automóvel saiu de pista e capotou, colidindo nas arvores existentes à margem da rodovia. O condutor foi socorrido por terceiros que passavam pelo local e ainda não foi identificado.
O veículo foi recolhido ao pátio da PRF em Imbaú. A pista foi totalmente liberada às 23h50 após a limpeza com a retirada da soja.
Não houve interdição sendo o fluxo orientado pela equipe da PRF que permaneceu sinalizando o local com o apoio da Defesa Civil de Tibagi/PR.
Fonte CGN


Caminhão tomba na rodovia entre Nova Santa Rosa a Maripá.



Um tombamento de caminhão foi registrado na tarde desta terça-feira (26) em Novo Blumenau, interior de Maripá.
Segundo informações, o Ford Cargo com placas de Iporã seguia de Palotina a Nova Santa Rosa, momento em que o condutor perdeu o controle da direção na curva e o caminhão tombou fora da pista.
O motorista teve ferimentos leves.
O caminhão estava carregado com fécula de mandioca e o destino da carga seria Quatro Pontes.
A Polícia Rodoviária Estadual, posto de Marechal Rondon foi acionada.
Fonte CGN
Homem ameaça juiz com arma de fogo e acaba preso em Engenheiro Beltrão.


Dois homens foram presos pela Polícia Civil de Engenheiro Beltrão, após ameaças que fizeram contra o juiz daquela comarca, Silvio Hideki Yamaguchi. O fato aconteceu ontem à tarde, quando um dos acusados tocou a campainha da casa do magistrado.
Ao sair para atender, Yamaguchi teve uma arma apontada em sua direção. Rapidamente ele esquivou-se e acionou a polícia. A equipe da Polícia Civil iniciou imediatamente os trabalhos de investigação, e identificou os envolvidos, bem como a motivação da ameaça, que seria uma vingança dos bandidos por conta da ação desencadeada contra o tráfico de drogas na cidade.
O delegado da Polícia Civil de Beltrão, Wagner Soares Quintão representou pela prisão dos suspeitos, a qual foi cumprida pelos investigadores.
Os investigadores tiveram o apoio de policiais civis da 21ª Subdivisão Policial de Cianorte. A ação foi coordenada pelo delegado Wagner Quintão. Durante a operação foram cumpridos também, na cidade de Quinta do Sol, dois mandados de busca e apreensão.
Foi preso na operação, o jovem  L. H.V. de 20 anos, em sua residência. O outro, de iniciais P.S.O.C., 28 anos, já estava recolhido na cadeia de Engenheiro Beltrão. O detento P.S.O.C. acabou sendo transferido para a Casa de Custódia de Maringá.
As informações são do Tá Sabendo.


Internautas criticam comparações entre Anitta e boneca Momo nas redes sociais.


A cantora Anitta publicou um story em seu Instagram enquanto se maquiava na segunda-feira, 25, e alguns seguidores a compararam à boneca Momo, que ganhou repercussão nos últimos dias por ‘assustar’ crianças na internet.
Em um dos momentos do vídeo, ela esbugalhou os olhos e fez ‘bico’. Os internautas não pouparam comparações.
“A Momo apareceu no Instagram da Anitta. Cuidado, pais. Avisem seus filhos”, escreveu um.
“Desempregada, Momo tenta um extra com cover da Anitta”, brincou outro.
Fonte Banda B
Candidato do mister Brasil é casado com político brasileiro.


Max Souza, de 26 anos, só tem um foco até a próxima sexta-feira, 29: ser o primeiro negro a vencer o concurso Mister Brasil. O baiano vai representar a cidade de Lins, no interior de São Paulo. Achou estranho? Há uma razão para isso. Max é casado com o prefeito do município, Edgar Souza.
“Eu sempre quis participar do concurso, mas esperei o momento de estar mais preparado. E esse momento chegou! Que eu me lembre, nunca teve um vencedor negro, quero ser o primeiro”, diz o modelo.
                        
Fonte Banda B
Cristina Silvestri propõe três Projetos de Lei pelo fim do ciclo da violência contra mulheres.

                     Resultado de imagem para cristina silvestri

Um dos projetos implanta no Paraná, em 22 de julho, o Dia de Combate ao Feminicídio
Continuando seu trabalho parlamentar pelo fim do ciclo da violência contra mulheres no Paraná, a deputada estadual Cristina Silvestri (PPS) apresentou três Projetos de Lei na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Cristina já possui um trabalho extenso no combate a este tipo de violência, iniciado quando ainda era Secretaria Municipal de Assistência Social, em Guarapuava.
Em seu primeiro mandato como deputada, uma de suas principais conquistas sobre o tema foi a implantação do Botão do Pânico, projeto que ajuda mulheres em situação de violência e que já está em funcionamento em municípios do Paraná.
“O Botão do Pânico foi uma conquista importante, mas foi só o começo. Nós precisamos de cada vez mais propostas que atendam as mulheres em todas as áreas, evitando a propagação do ciclo da violência”.
O primeiro PL proposto por Cristina em seu segundo mandato contempla a área da educação, pedindo a priorização e preferência de vagas em curso de qualificação técnica e profissional às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, no Estado do Paraná.
“A ideia é que estas mulheres possam se capacitar, ter uma profissão, e não depender financeiramente de seus companheiros”, explica.
Já o segundo projeto em trâmite pede a priorização de vagas para crianças, filhos e filhas de mulheres em situação de violência, em escolas estaduais.
“Não é incomum termos que mudar uma mulher de cidade para que ela recomece a sua vida longe do seu agressor. Ou para que ela fique temporariamente longe dele. Então essa priorização de vagas para os filhos vem nesse sentido, para que em uma mudança, as crianças tenham vaga garantida na escola e a mulher tenha tempo para trabalhar”.

CONSCIENTIZAÇÃO

Uma terceira iniciativa de Cristina Silvestri institui no Paraná, em 22 de julho, o Dia de Combate ao Feminicídio no Paraná. A data, que será marcada pela realização de campanhas de conscientização por parte do Governo, foi escolhida em lembrança ao dia da morte da advogada guarapuavana Tatiane Spitzner, que acendeu, em todo o Brasil, o debate sobre a violência contra a mulher.
“Será um ‘dia D’. O governo fará ações de conscientização ao redor de todo o Estado para mostrar a gravidade deste bárbaro crime. Nós precisamos fazer com que as mulheres vejam, cada vez mais, que elas não estão sozinhas. Que elas têm a quem pedir ajuda. Que elas podem se livrar de seus agressores”.
Os três projetos de lei propostos por Cristina Silvestri aguardam, agora, parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para seguirem em tramitação na Alep.

REQUERIMENTO

Em paralelo aos projetos de lei de Cristina Silvestri, a parlamentar solicitou recentemente ao Governo do Estado do Paraná a criação do Fundo Estadual dos Direitos da Mulher, medida que permitiria a disponibilidade de implantação de medidas mais efetivas para garantir a proteção da mulher e, também, dos filhos que estejam sob seus cuidados.
“O Fundo poderia ser usado, por exemplo, para a atendimentos médicos a vítimas que sofreram agressão física ou psicológica por parte de seus companheiros ou ex-companheiros”, explica Cristina, lembrando que o objetivo do Fundo, entretanto, é subsidiar qualquer programa relacionado a defesa de mulheres.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.