Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

quinta-feira, 28 de março de 2019

28/03/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.



Homem morre atropelado na PR-466 em Pitanga.


Um homem de 51 anos morreu na manhã desta quarta feira (27) após um acidente de trânsito no quilômetro 179 da PR-466, em Pitanga. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a vítima atravessava a rodovia por volta das 10h quando foi atropelada por um caminhão Iveco, com placas de Guarapuava. Ainda segundo a PRE, o homem entrou em óbito no local.
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava. No local, a vítima foi identificada como Orlando José Rodrigues.
Fonte RSN


Tragédia, adolescente morre ao ser atingido por trave de campo de futebol em Guarapuava.


O jovem fazia parte de um projeto social desenvolvido por voluntários da igreja em um campo de grama sintética entre o Residencial 2000 e o Morro Alto, envolvendo crianças e adolescentes com vulnerabilidade social dos dois bairros.

De acordo com testemunhas, João Gabriel se pendurou na trave do campo e, após enroscar um dos pés na rede de futebol, o arco se soltou e caiu sobre o menino. Segundo o Corpo de Bombeiros, a ambulância e a equipe foram acionadas, mas o adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O velório do adolescente João Gabriel Tomacheski Conceição, 16 anos, vítima do acidente ocorrido nesta quarta feira (27), num campo de futebol society, no bairro Morro Alto, em Guarapuava, será na Igreja Presbiteriana do Residencial 2000, após às 22h. De acordo com a Central de Triagem, o sepultamento será nesta quinta (28), às 17h, no Cemitério do bairro Boqueirão. O atestado de óbito tem como causas da morte um choque hemorrágico e traumatismo craniano.
Fonte RSN

Barbaridade, menina de 12 anos é vítima de estupro coletivo; 11 homens são suspeitos.

Imagem relacionada

Uma menina de 12 anos foi estuprada no último dia 04, durante o carnaval, em uma casa abandonada no Morro do Carvão, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio.
Na casa havia “cerca de 11 homens” que, segundo a Polícia Civil, têm envolvimento com o tráfico de drogas.
De acordo com a 50ª DP (Itaguaí), um deles – identificado como Jorge Luis da S. Peres – foi preso em Santa Cruz, na Zona Oeste da capital, nesta terça dia 26. (Com Extra).



Aluno de colégio particular usa soco inglês e spray de pimenta para agredir colega em Curitiba.


Um aluno do Colégio Positivo foi agredido por um colega na manhã desta quarta-feira (26), no bairro Bigorrilho, em Curitiba. De acordo com familiares, o adolescente agressor teria usado um soco inglês e um spray de pimenta contra a vítima.

Nas redes sociais, o adolescente relatou que foi levado ao hospital e recebeu sete pontos na cabeça. “Ando meio tonto, mas passo bem. Prometo falar com todos assim que possível e obrigado pela preocupação”, disse.

Colegas relataram que a agressão teria acontecido logo após o término da aula. “Tudo começou com uma discussão. Mas, quando o sinal bateu, o agressor apertou o spray justamente para deixar o outro sem reação, foi quando deu o soco com o objeto na mão. Começou uma correria e um professor foi quem veio tentar acalmar tudo”, comentou.

Procurou a assessoria do Positivo, que lamentou o ocorrido. De acordo com o colégio, todas as medidas pedagógicas cabíveis, assim como o atendimento aos envolvidos e às suas famílias foi realizado.
Confira a nota na íntegra:
O Colégio Positivo lamenta profundamente o caso ocorrido na manhã desta quarta-feira (27) dentro da nossa unidade na Ângelo Sampaio. Reforçamos que a instituição desaprova qualquer ato de violência dentro ou fora de suas unidades, priorizando sempre a segurança e integridade de alunos, colaboradores e visitantes.

Infelizmente, não pudemos evitar o ocorrido, mas reiteramos que estamos sempre atentos e atuando constantemente para coibir atos violentos.  O conflito entre os estudantes envolvidos na briga já havia sido identificado pela equipe pedagógica, que vinha realizando acompanhamento junto aos estudantes e seus familiares.

Informamos ainda que o Colégio tomou todas as medidas pedagógicas cabíveis, assim como prestou atendimento aos envolvidos e às suas famílias, que foram acionadas e atendidas pelo diretor.

Seguimos à disposição para esclarecimentos.
Fonte Banda B


Grave colisão de trânsito é registrada na BR-163, em Toledo.


Um grave acidente de trânsito foi registrado no quilômetro 255 da rodovia BR-163, em Toledo.
O carro transitava em direção a Marechal Cândido Rondon, quando ocorreu a saída de pista, seguida de colisão com um poste.

Um grave acidente de trânsito foi registrado no quilômetro 255 da rodovia BR-163, em Toledo.

O carro transitava em direção a Marechal Cândido Rondon, quando ocorreu a saída de pista, seguida de colisão com um poste de PUBLICIDADE.

Duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para o hospital Bom Jesus.
A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência.
Fonte CGN


Com cantor Leonardo, desembargador diz a juízas: “Nós vamos aí comer vocês”.Veja o Vídeo.


Um vídeo de 31 segundos que circula nas redes sociais mostra o desembargador Jaime Machado Júnior, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, ao lado do cantor Leonardo dizendo que iria ‘comer’ juízas. “Ele segura e eu como.”
“Tá gravando, já? Ô Aline, Mônica, Patricia, Ângela, Karen, minhas amigas juízas, se eu esqueci de alguém… Eu queria apresentar aqui para vocês meu amigo caiobá, também conhecido como Leonardo, que quer mandar um abraço para vocês”, diz o magistrado no início do vídeo.

“Aline, grande beijo para você, doutora, um beijo para todas as suas amigas juízas”, afirma Leonardo.
“Nós vamos aí comer vocês”, diz Jaime Machado Júnior.
“Vamos”, afirma o cantor.
“Ele segura e eu como”, diz o desembargador.
As declarações provocaram reação de internautas e também do Movimento Nacional de Mulheres do Ministério Público e da Associação Brasileira de Mulheres de Carreiras Jurídicas.

As entidades manifestaram repúdio às declarações do desembargador de Santa Catarina.

“Num país em que uma mulher é estuprada a cada 10 minutos, é inadmissível o comportamento sexista adotado pelo desembargador, que, ainda que em tom jocoso, expõe as magistradas destinatárias da mensagem como objetos sexuais e banaliza a conduta de violência sexual, atingindo todas as mulheres, reforçando uma cultura machista e misógina que, infelizmente, ainda insiste em violar os direitos mais basilares da população feminina diariamente”, afirmam os movimentos.

Em nota, o desembargador afirmou que ’em nenhum momento’ teve ‘a intenção de ofender, menosprezar e mesmo agredir as minhas colegas, nem as mulheres em geral’.

“Reconheço que as colocações foram inadequadas, infelizes e que, de fato, acabam por reforçar uma cultura machista que ainda é latente em nossa sociedade. Assumo os meus erros e com eles procuro aprender. Espero que este episódio sirva de lição não só para mim, mas para todos os homens que tratam um assunto muito sério como se fosse brincadeira”, afirmou.

Jaime Machado Júnior entrou na magistratura catarinense em 20 de julho de 1992, com lotação nas comarcas da Capital, Xanxerê e São Lourenço do Oeste. Em 27 de dezembro de 1994 foi promovido ao cargo de juiz de direito, e atuou nas comarcas de Guaramirim, Sombrio, São Joaquim e Lages. O magistrado tomou posse como desembargador em março de 
2017.

Entidades

O Movimento Nacional de Mulheres do Ministério Público, que congrega em torno de 500 promotoras e procuradoras de todo o país e a Associação Brasileira de Mulheres de Carreiras Jurídicas, filiada à Fédération Internationale des Femmes des Carrières Juridiques, e com quase 3.000 associadas no Brasil, manifestam REPÚDIO às declarações do desembargador Jaime Machado Júnior em vídeo que circula nas redes sociais, no qual o referido, vinculado ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina, dirige ofensas a magistradas. Num país em que uma mulher é estuprada a cada 10 minutos, é inadmissível o comportamento sexista adotado pelo desembargador, que, ainda que em tom jocoso, expõe as magistradas destinatárias da mensagem como objetos sexuais e banaliza a conduta de violência sexual, atingindo todas as mulheres, reforçando uma cultura machista e misógina que, infelizmente, ainda insiste em violar os direitos mais basilares da população feminina diariamente.

O Movimento e a ABMCJ, que têm por objetivos, dentre outros, promover a igualdade de gênero e a valorização de mulheres de carreiras jurídicas, permanecerão atentos a condutas dessa natureza, exigindo apuração dos fatos e tomada de providências pelas instâncias competentes.

Em 27 de março de 2019.
MOVIMENTO NACIONAL DE MULHERES DO MINISTÉRIO PÚBLICO. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MULHERES DE CARREIRAS JURÍDICAS.

Outro lado

Nota de esclarecimento

Na tarde de hoje fui surpreendido com a veiculação de um vídeo em que apareço ao lado do cantor Leonardo, em um encontro entre amigos, no qual faço comentários dirigidos a algumas colegas magistradas, com as quais possuo laços de amizade já de muitos anos. Inicialmente, quero esclarecer que em nenhum momento tive a intenção de ofender, menosprezar e mesmo agredir as minhas colegas, nem as mulheres em geral.

Reconheço que as colocações foram inadequadas, infelizes e que, de fato, acabam por reforçar uma cultura machista que ainda é latente em nossa sociedade. Assumo os meus erros e com eles procuro aprender.

Espero que este episódio sirva de lição não só para mim, mas para todos os homens que tratam um assunto muito sério como se fosse brincadeira.
Cordialmente,
Jaime Machado Júnior, desembargador do TJSC
Fonte Banda B


Mariana Rios passa por cirurgia e alerta fãs para cuidado com a saúde.


A atriz e apresentadora Mariana Rios, 33, foi submetida a uma cirurgia nesta terça-feira (26). Na cama do hospital, um dia depois, ela gravou um vídeo para os Stories do Instagram, em que tranquiliza os fãs e reflete sobre a importância de cuidar da saúde.

Esses três dias no hospital me fizeram pensar como a gente precisa agradecer pela nossa saúde. Como a gente tem que agradecer pela oportunidade de viver”, disse.

Mariana também aproveitou para dizer aos fãs para “não deixar para amanhã o que podem fazer hoje”, visitar o médico e valorizar as pessoas que realmente amam.
Ela também aproveitou o vídeo para pedir doações para o fã Iam Camilo Junior, que a acompanha desde os tempos de Malhação e que está com câncer. Mariana divulgou o perfil do garoto, que faz uma vaquinha para pagar o tratamento.

Além de Iam, a atriz também divulgou o perfil da campanha dos irmãos João e Miguel, que sofrem de uma doença rara chamada AME (Atrofia Muscular Espinhal).
A atriz não detalhou a qual procedimento foi submetida, mas adiantou que a alta médica está prevista para quinta-feira (28).
Fonte Banda B


Governador do DF que emprestou jatinho a Temer diz que fez ‘ato humanitário’.


Um ato humanitário. É desta forma que o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), classificou o seu gesto de emprestar um jatinho próprio para transportar o ex-presidente Michel Temer do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, até São Paulo, após deixar a corregedoria da Policia Federal.

“Eu achei uma prisão injusta, foi um erro da Justiça. Por isso mesmo, ele foi solto. O que fiz foi um gesto humanitário. Estamos falando do ex-presidente da República, é um homem de 78 anos. Além disso, é o presidente do meu partido”, disse à reportagem.

O empréstimo do avião ocorreu na noite de segunda-feira, 25. Temer estava preso desde a última quinta-feira, 21.
Novato na política, Ibaneis foi uma das maiores surpresas na disputa eleitoral de outubro de 2018. O advogado de 47 anos e ex-presidente regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) mal aparecia nas pesquisas de intenção de votos, mas venceu com folga no segundo turno. À época, Ibaneis disse que, quando decidiu entrar para a política, primeiro procurou o PDT, mas sentiu que não haveria espaço para sua candidatura. Por isso, acabou na legenda de Michel Temer.

Questionado, na ocasião, se não via contradição em se apresentar como o candidato da renovação e fazer parte de um grupo político tradicional, Ibaneis afirmou que procurou um lugar onde pudesse ter diálogo aberto com os demais partidos, além de precisar do tempo de televisão.

Considerado um dos padrinhos da candidatura de Ibaneis, o ex-vice-governador do DF e ex-assessor do presidente Michel Temer, Tadeu Filipelli (MDB), afirma que viu no advogado um “bom produto” que representava o desejo da sociedade por renovação na política.

Ontem, a Procuradoria da República em Brasília pediu à Justiça Federal que receba a denúncia contra o ex-presidente pelo suposto crime de corrupção passiva, envolvendo a mala de R$ 500 mil da J&F.

Segundo a denúncia oferecida à época, e ratificada pelo procurador da República Carlos Henrique Martins Lima, os pagamentos poderiam chegar ao patamar de R$ 38 milhões ao longo de nove meses. Com o fim do foro privilegiado de Temer, o processo foi remetido à primeira instância e tramita na 15ª Vara Federal, em segredo de Justiça.

Em abril de 2017, o então assessor do presidente Rodrigo Rocha Loures foi filmado em ação controlada da Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil do executivo da J&F, Ricardo Saud.
Fonte Banda B


Defesa de Richa pede que processo na Lava Jato seja enviado à Justiça Eleitoral.


A defesa de Beto Richa (PSDB) pediu à Justiça Federal, nesta quarta-feira (27), que envie o processo que investiga o ex-governador na Operação Integração para a Justiça Eleitoral. Richa foi denunciado pela força-tarefa da Lava Jato e se tornou réu na ação que investiga corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa na concessão de rodovias federais que fazem parte do Anel da Integração do Paraná.
O pedido da defesa tem como base o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que disse que a Justiça Eleitoral é quem deve julgar casos de corrupção quando envolverem simultaneamente caixa 2 de campanha e outros crimes comuns, como lavagem de dinheiro. A Lava Jato critica a decisão e acredita que ela pode acabar com a operação.
“O colaborador Nelson Leal Junior declara que “que a relação estreita da empresa com a cúpula do governo ocorria graças às generosas doações de campanha que ela fazia ao sr. Carlos Alberto Richa; Que essas doações eram realizadas muitas vezes por ‘caixa dois’ (…) Que, apesar das conversas em tais reuniões não serem diretas, sempre ficou claro para o colaborador que a pressão exercida pelo Governo para que o aditivo fosse celebrado o quanto antes existia porque a empresa Econorte e Triunfo eram grande financiadoras das campanhas de Carlos Alberto Richa, SOBRETUDO POR INTERMÉDIO DE DOAÇÕES VIA CAIXA DOIS”, justifica a defesa ao pedir a incompetência absoluta da Justiça Federal para a discussão do caso.
Nelson Leal Junior é ex-diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) e assinou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF).
No pedido, a defesa ainda pede a rejeição da peça acusatória, alegando que a denúncia é “inepta por descrever genericamente o comportamento delituoso, sem a necessária indicação do modo ou forma pela qual o acusado participou das práticas supostamente delituosas muito menos precisar qual o crime antecedente teria gerado o proveito econômico objeto do crime de lavagem pelo acusado”.
Fonte Banda B

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.