Fique Bem Informado acesse o Blog do Beto

ÁUDIO DESCRIÇÃO DO BLOG DO BETO: VOCÊ QUE TEM PROBLEMA VISUAL CLIQUE AQUI EM BAIXO:

terça-feira, 4 de junho de 2019

04/06/2019 *--* Deus é Fiel !!!!

Leitor que está com celular Click Aqui para ler as notícias atualizadas do Blog do Beto.


Homem é acusado de estuprar as filhas, de 12 e 17 anos, no Boqueirão.


Um homem de 45 anos foi acusado nessa segunda feira (03 de junho) de estuprar as filhas de 12 e 17 anos, no bairro Boqueirão, em Guarapuava. A adolescente de 17 anos contou era estuprada pelo pai desde os seis anos.

A ocorrência foi registrada pela PM às 23h20. A menina de 12 anos contou que por volta das 16h30 ela foi abusada pelo pai. Ele teria acariciado suas partes íntimas e lhe mostrado um filme pornográfico, com a intenção de ter relação sexual com ela.  

Ela disse ainda que os abusos são freqüentes e que sofre ameaças para não contar para ninguém.

A irmã da vítima, uma adolescente de 17 anos, também denunciou o pai. Ela disse que sofre abusos desde que tinha seis anos de idade, mas nunca contou nada por medo dele. Porém, agora que a irmã estaria sendo vítima também, ela resolveu denunciar.

O homem não foi localizado.

O caso foi acompanhado pelo Conselho Tutelar.

De acordo com a PM, será instaurado um inquérito policial pela Polícia Civil para apurar os fatos.


Adolescente ataca mãe e irmã com martelo e se joga do segundo andar de apartamento.

Adolescente ataca mãe e irmã com martelo e se joga do segundo andar de apartamento

Um adolescente, de 14 anos, agrediu com um martelo a mãe e a irmã, de 12 anos, e depois se jogou pela janela do apartamento onde mora a família. A mãe e o filho foram encaminhados ao Hospital Evangélico com ferimentos moderados, enquanto a filha foi socorrida em estado grave com lesões na cabeça. O caso aconteceu no início da tarde desta terça-feira (04), na Rua Joaquim Nabuco, no centro de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo informações de vizinhos e familiares, o adolescente teria chego da escola e depois do almoço, sem mais explicações, começou a golpear a irmã na cabeça com um martelo. A mãe, tentando conter as agressões, também acabou sendo ferida pelo filho. Em seguida, o menino se jogou pela janela do apartamento da família, que fica no segundo andar.

Segundo o soldado Júlio, do Siate do Corpo de Bombeiros, a situação é atípica e a mãe contou acreditar que alguém poderia ter dado alguma droga para o filho na escola. “A mãe conta que o menino era doce e tranquilo e achou que alguém pudesse ter dado alguma droga para ele na escola que o deixou nesse estado. No atendimento, constatamos que a menina estava com ferimentos extremamente graves, inclusive com exposição de massa encefálica. O menino tem uma suspeita de fratura nos dois tornozelos e a mãe está em estado moderado. No transporte dentro da ambulância, o adolescente já não lembrava de nada que aconteceu”, afirmou Júlio que acredita que o menino possa ter algum problema psiquiátrico.

Uma vizinha da família contou à Banda B que ficou surpresa com o ocorrido. “A mãe e o menino são clientes do meu salão de beleza que fica aqui do lado e nunca vimos acontecer nada parecido. Eu ouvi quando os bombeiros chegaram, foi quando vi que o menino tinha se jogado e a irmã estava bastante desfigurada”, relatou.

O menino e as vítimas foram socorridas pela ambulância e foram encaminhadas ao hospital. 
(Com Banda B)
Homem é queimado e morto em distrito de Ponta Grossa.


Moradores encontraram o cadáver às margens de uma rua. Vítima estava com os pés e mãos amarrados.

O corpo carbonizado de um homem foi encontrado na manhã dessa terça-feira (04), em Guaragi, Distrito de Ponta Grossa.
Moradores encontraram o cadáver às margens de uma rua. Vítima estava com os pés e mãos amarrados.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal foram acionados.

O Instituto Médico Legal e o Instituto de Criminalística também foram chamados.
Com informações: A Rede. 


Paraná está em estado de alerta por epidemia de dengue.


O Paraná atingiu nesta semana a incidência acumulada de 104,73 casos por 100 mil habitantes o que significa, segundo o Ministério da Saúde, estado de alerta de epidemia de dengue para todo o Estado. O Ministério considera o alerta a partir de 100 casos para 100 mil habitantes.

O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (04) pela Secretaria da Saúde do Paraná também confirma mais uma morte por dengue, de um homem de 49 anos, morador de Cafelândia. Agora são 17 mortes confirmadas por dengue no Paraná. O boletim epidemiológico contabiliza os dados a partir da primeira semana de agosto de 2018 até o momento.
PREVENTIVAS - A secretaria de Estado segue com várias frentes de combate contra a doença, promovendo ações preventivas por meio do Setor de Doenças Transmitidas por Vetores, como a capacitação de profissionais para o diagnóstico e manejo clínico da doença.

No mês de maio, os técnicos da Secretaria realizaram capacitação em Irati, Loanda, Paranavaí e Paranaguá. Nesta terça-feira (4) e quarta-feira (5), a capacitação acontece nos municípios de Ivaiporã, Reserva e Tibagi. A Secretaria de Estado também dá apoio às ações de combate desenvolvidas pelas prefeituras.

“Para a população, nossa orientação é para a eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti que se formam em locais e recipientes que acumulam lixo e água parada. Precisamos acabar com os focos que, na maioria das vezes, estão nos quintais e terrenos baldios. Só assim vamos reduzir o registro de casos e óbitos por dengue”, explica a médica veterinária Ivana Belmonte, da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde.

BOLETIM - O boletim semanal registra 12.055 casos confirmados de dengue no Paraná. Na semana anterior foram 9.976 casos. Do total de municípios do Estado, 60 estão em situação de epidemia e 44 estão em estado de alerta. 

Sete cidades registraram casos autóctones (adquiridos na cidade de residência) pela primeira vez no período: Boa Vista da Aparecida, Formosa do Oeste, Indianópolis, Ângulo, Nossa Senhora das Graças, Santa Inês e Jardim Alegre.

SINTOMAS - A infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar a óbito. Os sintomas são febre alta acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, náuseas e vômitos. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
O texto é da AEN.
Escola tem vidros quebrados em Santa Maria do Oeste.

Imagem relacionada
Foto ilustrativa 

COMPARECEU AO DESTACAMENTO DE POLICIA MILITAR O SENHOR DIRETOR DO COLÉGIO FRANCISCO CAVALLI DA COSTA, O QUAL RELATOU QUE NESTA MANHÃ AO CHEGAR NO COLÉGIO, VERIFICOU QUE A AS JANELAS ESTAVAM QUEBRADAS, SENDO QUE FORAM QUEBRADAS 16 VIDROS DO REFERIDO COLÉGIO, O MESMO FOI ORIENTADO QUANTO AS PROVIDÊNCIAS CABÍVEIS, E O BOLETIM ENCAMINHADO A POLICIA JUDICIARIA PARA APRECIAÇÃO.


Gravíssimo acidente é registrado na rodovia PR-182.


Um gravíssimo acidente de trânsito foi registrado na tarde desta terça-feira (04) na rodovia PR-182, entre Palotina e Francisco Alves, Região Oeste do Estado. 
A colisão envolveu um caminhão e uma Van, que ficou destruída. 

Equipes de socorro foram mobilizadas até a rodovia para prestara tendimentos à ocorrência. Ainda não foram repassados detalhes das vítimas.

O trânsito no local ficou completamente interditado e a Polícia Rodoviária Estadual também foi acionada para controlar o fluxo e registrar o fato.
Com informações: Portal Palotina.


Acidente com morte é registrado na BR-376, em Guaratuba.

Adolescente ataca mãe e irmã com martelo e se joga do segundo andar de apartamento

Em Guaratuba, na BR-376, km 672,8, no começo da tarde de hoje, ocorreu uma colisão envolvendo carro e caminhão transportando produto perigoso.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, houve vazamento de tíner e uma pessoas morreu.

A pista sentido crescente precisou ser totalmente interditada para atendimento da ocorrência.
Fonte CGN


Lava Jato denuncia Romero Jucá por corrupção na Transpetro e propina de R$ 1 milhão.

A Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná denunciou o ex-senador e atual presidente do MDB, Romero Jucá, e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado pelo envolvimento em esquema de corrupção mantido na subsidiária da Petrobras. 

Segundo a denúncia, Jucá recebeu pagamentos ilícitos de pelo menos R$ 1 milhão em 2010 em razão de quatro contratos e sete aditivos celebrados entre a Galvão Engenharia e a Transpetro.

Segundo a força-tarefa, a Galvão Engenharia – em razão de contratos e aditivos mantidos na Transpetro e “com o objetivo de continuar recebendo convites para participar das licitações da estatal” – efetuava o pagamento de propinas de 5% do valor de todos os contratos com a subsidiária da Petrobras “a integrantes do MDB que compunham o núcleo de sustentação de Sérgio Machado”, então presidente da estatal.

A denúncia aponta que Machado foi indicado e mantido no cargo por Romero Jucá e integrantes do MDB e tinha “a função de arrecadar propinas para seus padrinhos políticos”. 

Segundo o MPF, em contrapartida ao pagamento de propinas pelas empresas, Sérgio Machado, “garantiria às empreiteiras a continuidade dos contratos e a expedição de futuros convites para licitações”.

O pagamento da propina pela Galvão Engenharia teria sido disfarçado por meio de doação eleitoral oficial de R$ 1 milhão. Segundo a denúncia, em junho de 2010, a empresa efetuou o repasse “desses subornos” para Romero Jucá ao Diretório Estadual do PMDB no Estado de Roraima.

“As propinas, assim, irrigaram a campanha de reeleição de Jucá ao Senado, bem como as campanhas do filho e de ex-esposa para o Legislativo”, diz o MPF.

As investigações indicam que a Galvão Engenharia “não tinha qualquer interesse em Roraima que justificasse a realização da doação oficial, a não ser o direcionamento de propinas para Romero Jucá”.

A força-tarefa Lava Jato em Curitiba já ofereceu cinco denúncias relativas ao esquema de corrupção na Transpetro. Segundo o Ministério Público Federal, o esquema de corrupção investigado perdurou pelo menos até 2014, favorecendo empresas que pagavam vantagens indevidas ao então presidente da estatal, Sérgio Machado, e políticos responsáveis por sua manutenção no cargo.

Defesas

A reportagem está tentando contato com o ex-senador Romero Jucá, com Sérgio Machado e com representantes da Transpetro e da Galvão Engenharia. O espaço está aberto para as manifestações de defesa.
Fonte Banda B


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.